História Minha Estrela - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Monsta X
Personagens Hyung Won, I'M, Joo Heon, Ki Hyun, Min Hyuk, Personagens Originais, Show Nu, Won Ho
Tags Hyungwon, Minhyuk, Wonho
Exibições 42
Palavras 2.363
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


DESCULPAAAAAAAAAAAAAAAAA

Eu seei q demorei, sorry!!!!

Antes de td eu NÃO REVISEI então se encontrarem algum errinho ja sabem néh, flem nos comentarios pra eu acertar!!!

Desculpem pela demora, estava sem criatividade pra escrever!! Eu escrevi várias coisas e td saiu ruim, nd parecia bom por penúltimo cap!! Pséh unicórnios, já estamos nas retas finais, na vdd, já estamos no final msm!!! Pode ser q eu venha com uma segunda tem, mas isso vai depender da minha inspiração e de vcs!!!

Sem mais delongas......

Vamos pro cap, boa leitura e nos vemos lá em baixo!!!!





NÃO DEIXEM DE LER AS NOTAS FINAIS!!!


Agr siim, boa leitura :)

Capítulo 23 - You Are My Purpose.


Acordei faltando um pouco mais de uma hora pro horário que Kyun iria vir me buscar, me arrumei e arrumei as coisas que iria levar.

Fui para a cozinha e preparei um sanduiche de queijo e um copo de suco para tomar, assim que terminei limpei o que havia sujado e fui para a sala, não demorou muito para Kyun chegar na minha casa e irmos para para sei lá onde!

 

 

[.....]

 

 

- Chegamos! – Kyun falou todo animado com um sorriso no rosto.

- Nossa! Aqui é lindo! – Fiquei encantada com tudo ao meu redor.

Estávamos em uma casa de campo, a casa era grande porem simples, e havia uma linda floresta atrás da casa, o dia estava nublado o que contribuiu para que tudo ficasse mais bonito do que já era.

- Meus pais quase nunca veem para cá!

- Por que? Aqui parece ser tão calmo! Diria que é um lugar perfeito pra fugir do mundo e seus problemas!

- Eu concordo! Aqui é perfeito! Mas eles falam que não tem tempo para ficar vindo e que eles não precisam se desligar do mundo porque para eles as coisas estão ótimas, mesmo com tantos problemas!

Pegamos nossas coisas e fomos para dentro da casa, assim como eu imaginei era tudo simples e haviam bastantes moveis de madeira, e tinha também uma lareira, o que deixava a casa com um aspecto mais aconchegante, a casa tinha 2 andares e um terraço, e na divisão da sala para cozinha tinha uma escada de madeira que dava acesso para o segundo andar, Kyun me guiou até o quarto em que ficaríamos, e senhor, se eu tivesse um quarto assim juro que nunca mais saia de lá!

O quarto do Kyun tinha uma parede toda de vidro e a vista era para a pequena floresta que tinha do lado de fora, tinha uma cama de casal no meio do quarto e um criado mudo ao lado, perto da parede de vidro havia uma mesa redonda com duas cadeiras e um notebook em cima, havia também um banheiro. Kyun me deixou à vontade para arrumar minhas coisas e assim eu fiz, quando terminei de arrumas as roupas que havia levado nas gavetas que estavam disponíveis voltei para a sala e encontrei o Kyun sentado vendo tv, me juntei a ele e assim passamos o início do nosso final de semana, que pra mim parecia ser o melhor fim de semana do mundo!

 

 

[....]

 

 

- Agora já sei por que meus pais não gostam tanto de vir pra cá! – Kyun levantou do sofá e foi em direção a cozinha, e eu, é claro que o segui.

- Kyun, para de drama! Aqui é ótimo!

- Ótimo quando não falta luz! – Ele falou em um tom irritado e foi para a varanda que tinha atrás da cozinha.

- E qual o problema de ter faltado luz? Essas coisas acontecem – dei de ombros

Vi Kyun se sentar nos degraus que davam acesso a parte externa da casa – só pra ressaltar, tinha uma piscina extremamente maravilhosa – e fiz o mesmo me sentando ao seu lado

- Isso vai estragar os meus planos pro nosso fim de semana perfeito! – Ele falou em um tom manhoso fazendo biquinho e virando o rosto, não consegui me segurar e acabei rindo da cena – O que foi?

- Você fica fofo assim! – Falei roubando um selinho dele – E por que isso vai estragar o nosso fim de semana perfeito? Até agora eu estou amando tudo!

- Aish, você não entende Kris!

- Kyun, você está parecendo uma criança birrenta – ele me olhou com raiva – Ou melhor, uma garotinha que acabou de quebrar a unha e está com raiva por que o namorado não entende a gravidade do problema que é quebrar a preciosa unha!

- Te odeio!

- Eu também te amo! Agora dá pra parar de drama?

- Não! – ele se levantou e se sentou na beirada da piscina.

Me lembrei que havia visto um violão perto da porta do quarto do Kyun quando estava saindo e resolvi ir buscar o violão – é, eu sei tocar violão, e quando não se tem nada pra fazer por que não tocar violão e arriscar umas notas desafinadas.

Me levantei dos degraus e subi correndo atrás do violão, e como eu disse, ele estava perto da porta do quarto, peguei e voltei para onde estava, quando cheguei recebi um olhar confuso de Kyun.

- O que? Não é só porque você ta fazendo drama que eu tenho que fazer também! Enquanto você está ai se lamentando pela unha quebrada, eu vou dar uma de idol e fazer um pequeno show! – falei jogando meu cabelo par trás, dei uma de convencida agora? Claro! Eu é que não vou ficar fazendo draminha por que faltou luz!

 

Comecei a tocar a musica Purpose

 

Feeling like I'm breathing my last breath

 

Sinto como se estivesse respirando meu último suspiro

 

Feeling like I'm walking my last steps

 

Sinto como se estivesse andando meus últimos passos

 

Look at all of these tears I've wept

 

Olhe para todas essas lágrimas que eu chorei

 

Look at all the promises that I've kept

 

Olhe para todas as promessas que eu tenho mantido

 

I put my heart into your hands

 

Eu coloquei meu coração em suas mãos

 

Here's my soul to keep

 

Aqui está a minha alma para manter

 

I let you in with all that I can

 

Eu deixo você com tudo que eu posso

 

Enquanto ainda estava cantando começou a chover, eu deixei o violão de lado e fui em direção a um lugar que não fosse coberto para poder tomar banho de chuva – eu amo fazer isso, é simplesmente a coisa mais legal do mundo – mesmo deixando o violão de lado eu não parei de cantar, e quando cheguei perto da piscina já estava pegando bastante chuva, abri meus braços e comecei a girar, vi Kyun sorriso e então fechei os olhos e levantei meu rosto, e então cantei mais alguns versos da musica, mais dessa vez Kyun me acompanhou.

 

You're not hard to reach

 

Você não é difícil de alcançar

 

And you bless me with the best gift

 

E você me abençoa com o melhor presente

 

That I've ever known

 

Que eu já conheci

 

You give me purpose

 

Você me dá propósito

 

Yeah, you've given me purpose

 

Sim, você me deu propósito

 

 

Quando terminamos de cantar, já estava abraçada com Kyun, ouvi seu riso e então abri meus olhos, e tive a visão mais perfeita do mundo, um Changkyun com o sorriso mais fofo do mundo estampado no rosto, todo molhado e com a franja grudada na testa, e naquele momento o mundo pareceu parar, nada mais ao meu redor importou, a sinti a chuva ficar mais forte mais não me importei, nesse momento queria me concentrar exclusivamente na pessoa que estava a minha frente, e assim fiz, me permitir abrir o maior sorriso que podia e então Kyun acabou com o mínimo espaço existente entre nos colando nossos lábios e começando um dos melhores beijos da minha vida.

 

 

[....]

 

 

Já havíamos tomado banho e estávamos terminando de comer, a lareira estava acesa para que pudesse iluminar a sala pois já não tinha mais luz do lado de fora da casa, e sem energia não dava para ligar as luzes. Terminamos de comer e fomos para o quarto do Kyun, levamos algumas velas e deixamos espalhadas por alguns cantos do quarto para que pudesse iluminar o quarto.

Kyun foi até a sala buscar algo que havia esquecido lá e eu me deitei na cama, fechando os olhos e pensando em como o dia tinha sido completamente perfeito! Ouvi Kyun fechar a porta do quarto e se aproximar da cama.

Abro os olhos devagar e vejo o Kyun em cima de mim, com uma perna de cada lado, se aproximando do meu rosto.

Fico estática enquanto ele se aproxima mais e mais, ficando bem de frente para mim, ele se aproxima da minha boca mas não a beija, vejo ele aproximar sua mão do meu queixo e inclina minha cabeça para o lado esquerdo, deixando o lado direito do meu pescoço exposto.

Changkyun esfrega o nariz delicadamente pela pele exposta, logo depois mordendo de leve o local, me fazendo estremecer. Sinto sua risada contra o meu pescoço, logo sendo distribuídos beijos na região. Envolvo sua cintura com minhas pernas, o puxando para colar seu corpo ao meu. Suas mãos alcançaram a barra da minha blusa, que foi retirada e jogada em algum canto do quarto sem muita importância, e sem muitas cerimônias meu sutiã foi pelo mesmos caminho, Kyun me olhou como se pedisse permissão para ir mais além, sorri como resposta e ele pareceu entender, pois logo começou a descer os beijos do meu pescoço indo de encontro com meus seios, beijando com carinho e os tocando devagar, ficou nessa “brincadeira” até se cansar e começar a descer a boca, arrastando seus dentes e distribuindo beijos e alguns chupões, o que me causou arrepios, até chegar na barra do meu short, o tirando com delicadeza e voltando a beijar meu corpo, foi para minha coxa e enquanto beijava e dava leves mordidas em uma, apertava a outra. O puxo para que volte a me beijar e assim faz, mas dessa vez o beijo não foi delicado e nem expressava carinho, era como se nossas vidas dependessem daquele beijo, e expressava todo o desejo que sentíamos, foi um beijo afobado, sem pudor algum, coloco minhas mãos em suas costas e percebo a minha desvantagem de roupa, e então logo trato de puxar sua blusa, parando o beijo apenas para terminar de tira-la e volto toda a minha atenção para sua boca que parecia cada vez mais convidativa, seguro seus cabelos e entrelaço minhas pernas em sua cintura o puxando para colar seu corpo ainda mais ao meu, paramos o beijo apenas pela ausência de ar em nossos pulmões e dessa vez inverto as posições ficando por cima e assim logo trato de retribuir as marcas que mais tarde apareceriam em meu pescoço.

- Geralmente quando chego nessa hora, fico com medo e recuo, mas com você é diferente – sussurro em seu ouvido – Com você meu medo desaparece e meu desejo só aumenta.

Vi um sorriso se formar no canto de seus lábios, e mordo o lóbulo de sua orelha e o vejo morder os lábios para evitar um gemido, resultando em um arfar mais ou menos alto. Volto a beijar e dar leves mordidas pelo seu pescoço e logo vou descendo os beijos para seu abdômen e paro apenas quando encontro com sua calça, desabotoando-a e volto a beijar sua boca terminando de tirar a calça com meus pés, paro o beijo apenas para retirar por completo sua calça, agora tendo uma visão melhor de seu membro ereto coberto apenas pelo pano fino de sua cueca, afim de provoca-lo ainda mais, rebolei lentamente por cima de seu membro, arrancando um gemido manhoso de Kyun, o que me fez dar uma risada.

- Então é assim? – Falou segurando com um pouco de força minha cintura e me pressionando ainda mais contra seu membro, mas dessa vez não foi ele que gemeu, e sim eu que soltei um gemido baixo o satisfazendo, então trocou as nossas posições ficando novamente por cima de mim. – Hoje não sou eu que vou ser todo seu, e sim você que vai ser completamente minha, apenas minha.

Kyun fez com que me arrepiasse toda com essa frase, não só por ter a dito no meu ouvido, mas sim por sua voz estar mais grossa e rouca que o normal. Não fez muita cerimonia na hora de tirar as últimas peças de roupa que impediam o contato direto de nossos corpos, pela primeira vez, consegui ver o desejo transbordar de seus olhos, e isso fez com que meu corpo implorasse por ele, e ele entendeu pois logo se posicionou na minha entrada e foi penetrando devagar, fechei os olhos e apertei o mais forte que consegui o lençol a fim de amenizar um pouco da dor que estava sentindo.

- Ei, calma, a dor já vai passar, agora vamos fazer um combinado? – Kyun disse entrelaçando nossas mãos – Se concentra apenas no som da minha voz, tá bom? Você é mais linda do que eu pensava sabia? A cada dia que passa me surpreendo ainda mais com você e isso só faz com que me apaixone mais e mais por você! – Quando terminou de falar beijou minha bochecha – Agora não vai mais doer!

Abri meus olhos e vi Kyun me olhar de uma forma carinhosa, soltou uma das minhas mão e ficou acariciando meu rosto esperando até eu me acostumar com seu membro todo dentro de mim e assim que isso aconteceu me mexi apenas para que ele continuasse e assim fez, de início os movimentos eram calmos e devagar mais conforme fui me acostumando passaram a ser mais intensos e rápidos, fazendo com que o único som que saísse de minha boca fossem gemidos, enrolei minhas mãos no lençol e joguei minha cabeça para trás revirando os olhos, o prazer que Kyun me proporcionava ia muito além do que havia imaginado.

- K-Kyunnie... – O chamei no meio de um gemido arrastado quando cheguei em meu ápice.

Kyun deu mais algumas estocadas até que se desfez e saiu de dentro de mim, se jogando ao meu lado na cama e me puxando para mais perto, me aconcheguei em seu corpo e o mesmo nos cobriu e começou a acariciar meu cabelo.

- Foi como você imagina que seria? Digo... – Kyun me olhou e pareceu perdido sobre o que falar, então o interrompi.

- Foi melhor do que eu imaginei, foi perfeito! Só de ter sido com você, fez com que tudo se tornasse ainda mais especial! – Beijei sua bochecha e deitei minha cabeça em seu peito escutando as batidas de seu coração, permiti-me apenas a sorrir e fechar os olhos e assim dormi, aconchegada em Kyun o fazendo de travesseiro enquanto ele acariciava meu cabelo e o clima frio apenas contribuiu para que tudo fosse perfeito, com certeza jamais me esqueceria desse dia!


Notas Finais


Já me desculpei la em cima, pedi pra me flarem os erros e já dei os avisos q tinha q dar!!!

To aki msm só pra pedir pra vcs darem uma olhadinha na minha fic nova!!
Érh de Hunhan!!! Pfvor, vejam e me flem oq acharam, érh mtoo importante pra mim!!!

https://spiritfanfics.com/historia/overdose-7044165

Então unicórnios, era só isso msm, nos vemos daq a algum tempinho!!!

SIM VOU DEMORAR PRA ATT!!!
Não qro dxr vcs com um ultimo cap bosta, vou me esforçar pra escrever O Ultimo Capitulo!!!

Então até mais, bjuus de arco-iris!!!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...