História Minha Flor de Cerejeira - SasuSaku ♡ - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Kakashi Hatake, Naruto Uzumaki, Rock Lee, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Tsunade Senju
Tags Sasusaku, Suspense
Exibições 243
Palavras 1.863
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oee, voltei. Aqui está mais um capítulo, espero que gostem.
Continuem comentando e dizendo se estão gostando.

Capítulo 6 - Capítulo VI



Sai da sala de Kakashi, quer dizer, do Hokage, não conseguia mais ficar ali, meu coração doía só de imaginar que a Sakura iria se casar com outro.. Isso fazia meu coração se despedaçar.. Doer.. Uma dor que eu jamais imaginei sentir de novo.
Por que eu fui tão idiota e não falei o que eu sentia antes ? Burro. Idiota. Burro.
Sai caminhando rapidamente pelos corredores, queria sair dali. Caminhei pelas ruas de Konoha e ouvi Naruto me chamar.

–  Teme ? – Chamou-me.

  Fala Naruto. –  Respondi parando de andar.

–  Nós vamos encontrá-la e traze-la de volta. Eu prometo. –  disse pegando em meu ombro.

Não prometa coisas que você não sabe se poderá cumprir Naruto. –  Disse tirando a mão dele do meu ombro. –  Agora vamos chamar os outros.

–  Sasuke.. eu..–  Disse baixinho.. –  Tudo bem.

Caminhamos por alguns minutos até acharmos as pessoas que iriam conosco.
Nos reunimos e cada um já estava devidamente armado. Não sabíamos o que achariamos no caminho.
Na viajem inteira, Sakura não saía dos meus pensamentos. Eu queria vê-lá, toca-la. Ouvi-la me chamar de Uchiha do jeito que só ela sabe. Eu prefiro quando ela me chama de Sasuke-kun, mas isso não acontece desde que voltei. Sinto falta daquela irritante e só de pensar que ela se casará. . Não, nem que eu tenha que rapta-la, ela não vai se casar com esse tal Yamada Tadashi, não mesmo.

  Chegaremos lá antes de anoitecer. - Disse enquanto pulavamos nas árvores.

Se nós apressarmos chegaremos no máximo em 2 horas. – Disse Lee preocupado.

  Precisamos de um plano. Não podemos somente chegar lá e traze-la de volta. Isso é problemático. –  Comentou Shikamaru com cara de paisagem.

  O plano é entrar, acabar com quem vinher pela frente e trazer min...  Nossa Sakura de volta. –  Disse ríspido.

–  Isso mesmo. –  Disse Naruto sorrindo.

–  Vamos trazer Sakura-chan. –  Disse Hinata, que pela primeira vez desde que saímos abriu a boca para falar.

¤♡¤♡¤♡¤♡¤♡¤♡¤♡¤♡¤♡¤♡¤♡¤♡

Estávamos falando sobre o plano pra resgatar Sakura-chan e ouvi o Sasuke falar minha Sakura. Quase engasguei. Mas não comentei nada. Ele parece muito preocupado. Já era hora de ele demonstrar que gosta dela. Eu sempre soube, desde que éramos crianças. Sim, eu encrencava com ele, por que eu também gostava de Sakura.

Soube que ele gostava dela, quando ums Ninjas do Som lutaram com ela na Floresta da morte. Eu senti o Chakra dele modificar após vê-la naquele estado. Ele parecia louco, sim, louco. Mas por ela, pelo abraço dela, ele voltou a sanidade.

Sakura jamais mentiu sobre seus sentimento para com Sasuke. Ele que sempre foi cego com a vingança e nunca lhe deu o devido valor.
O dia em que tive absoluta certeza que ela jamais deixaria de ama-lo, foi quando ele quase a matou. Naquele momento, eu sabia que a escuridão tomou seu coração por completo quando ele viu, que ela o preferia morto do que sofrendo. Ela sempre foi assim, sempre a felicidade dos outros, e talvez depois a sua.
Eu sinto muito orgulho da mulher que Sakura-chan se tornou, hoje ela é como uma irmã que não tive.

☆¤☆¤☆¤☆¤☆¤☆¤☆¤☆¤☆¤☆¤☆¤

Chegamos a Aldeia, e não tinha ninjas no portão, o que era estranho. Entramos sem nenhum problema, meus companheiros, sim companheiros, também estranharam não ter ao menos um ninja de guarda.

Andamos pela Vila e virmos muita movimentação dos moradores.. As ruas estavam bastante agitadas, as pessoas se direvionavam todas pelo mesmo caminho.
Naruto perguntou a uma moradora o que estava acontecendo e ela disse que a Vila estava agitada por causa do Casamento de Yamada Tadashi com a Flor de Cerejeira de Konoha.

Ouvi isso e meu coração apertou. Doeu ouvir tal coisa. Uma lágrima solitária veio em meu olho, e rapidamente a limpei. O meu sangue ferveu só de pensar nisso. Céus! Eu mato esse tal de Yamada. Flor de Cerejeira, só podia ser ela. Minha Sakura. Minha.

Comecei a caminhar rapidamente em direção ao local da cerimônia, Naruto e os outros me seguiram sem entender nada.

– Onde estamos indo Teme ? – Indagou Naruto confuso.

– Vamos impedir um casamento. – Respondi friamente.

¤♡¤♡¤♡¤♡¤♡¤♡¤♡¤♡¤♡¤♡¤♡¤♡

Passei a tarde deitada, tentei diversas vezes sair, mas eu estava fraca. Muito cansada. Talvez eles tivesse me dado alguma droga.
Fitei o teto e várias lembranças vingaram feito uma enchorada em minha mente. A primeira missão junto ao Time 7, as brigas e discussões, os atrasos e desculpas esfarrapadas de Kakashi-sensei, a saida de Sasuke da Vila, meus treinamentos com Tsunade-sama, os ataques que a Vila sofreu, o dia em que Naruto foi reconhecido como Herói da Vila, aquele dia foi importante. O dia que tentei matar Sasuke-kun.. Senti uma lágrima rolar por meu rosto. Sorri. Eu jamais conseguirei ferir aquele Uchiha metido. A Quarta guerra ninja.. tantas coisas.. novos amigos. Novos companheiros.
Meus pensamentos param, assim que ouço a porta do quarto abrir e vejo uma moça me olhando.

  Você deve ser Sakura, Haruno Sakura. Certo? –  perguntou ela me observando.

Sim e você quem é? –  perguntei desconfiada.

  Sou Yumi Yamada. Sou prima de Tadashi. –  respondeu.

Ah o rapaz que vou ter que casar. –  disse e abaixei a cabeça.

Você não sabia não é mesmo? – Perguntou

– Não. – Respondi triste.

–   Imaginei. Ele também não sabia. Soube a 3 dias. –  Disse num tom melancólico.

–  Como assim não sabia? Está me dizendo que passamos a vida inteira achando que éramos livres e agora vamos nos casar por um contrato maldito pra unir as vilas? –  Perguntei gritando.

Isso. – Disse ela meio triste. –  Sakura você ama alguém?
 

Aquela pergunta me pegou de surpresa. Lógico que eu amava, amo. E sempre amarei. Mesmo que não seja recíproco. Mesmo que ele jamais saiba que ainda o amo. Eu sempre amarei Sasuke Uchiha.

–  S-sim. – Disse gaguejando.

–  Imaginei. Você é muito linda. Uma beleza exótica, mas ainda sim linda e única. –  Disse sorrindo. –  É melhor você se vestir, venha vou te ajudar.

–  Eu não tenho escolha? –  perguntei triste.

  Não, acho que não. É isso ou o ataque a Konoha acontecerá. É melhor começar logo a se arrumar. O Casamento é daqui a uma hora. – Disse ela pegando o vestido.

Yumi? – Chamei.

Sim ? 

Você ama o Tadashi não é ? Por isso perguntou se amo alguém. – Perguntei.

É tão óbvio? – disse com um sorriso triste.

Eu sei como é isso. Conheço os sintomas. – Disse sorrindo. – Tudo bem, vou me arrumar. Mas primeiro me conte a historia de você e Tadashi.
Disse e ela assentiu.

– Tudo começou quando tínha 15 anos e Tadashi 17, foi a primeira vez que nos vimos. Meus pais e eu, vivíamos viajando pelas Vilas, meu pai era um ninja aposentado e decidiu viajar pelo mundo, e como minha mãe nunca o abandonava viajamos todos juntos. Mas depois de uns anos meu pai faleceu de uma surto de gripe que deu no país do Trovão e voltamos para cá. – disse triste. – A primeira vez que vi Tadashi foi mágico e traumático. Ele me salvou de um homem que queria me estrupar. – ela falou e eu arregalei os olhos. Sussurei um sinto muito e ela prosseguiu. – Ele é ninja como você já deve ter percebido. E me livrou das mãos daquele homem nojento. Só de lembrar me causa ânsia. Depois disso começamos a nós encontrar e descobrimos que éramos primos. Namoramos por todos esses anos e pretendíamos nos casar, até 3 dias atrás. – Falou triste.

Fiquei triste com toda essa história, senti por ela ter passado por um quase estupro, pela morte de seu pai. E agora por esta perdendo o homem da sua vida por um contrato idiota.

Yumi ajudou a me arrumar, me olhei no espelho, eu estava bonita. Sempre sonhei em me casar, porém não desse jeito. Yumi estava com a expressão triste, tentava sorrir mais eu via que ela não estava bem, não era para menos.

Acabamos de ajeitar meu cabelo, eu estava realmente linda. Sai do quarto e fiquei na escada pronta pra descer. Como eu queria meus amigos aqui. Pelo menos pra me despedir.. e me despedir dele..

¤♡¤♡¤♡¤♡¤♡¤♡¤♡¤♡¤♡¤♡¤♡¤♡

Chegamos ao local que ocorreria o casamento, assim que chegamos a frente do portão vi uma faixa enorme dizendo: " Seja bem-vindo a cerimônia de casamento do Sr. Yamada Tadashi e a Srt. Haruno Sakura." Aquilo me fez querer arrancar aquela faixa e enfiar pela boca de quem a fez. As pessoas estavam tão entusiasmadas que nem notaram nossa presença.
Tentamos passar pelo montueiro de gente, mas estava bastante difícil.
Eu estava para empurrar aquelas pessoas, quando sinto a mão de Naruto no meu ombro.

– Vai com calma Teme, vamos jáchegar nesse maldito salão. – disse e tirou a mão do meu ombro.

– Sasuke-kun, tudo vai da certo. Sakura-chan é forte. – Falou Hinata sorrindo timidamente.

Sasuke-kun.. Minha memória foi ao dia em que sai da Vila. Ela estava tão triste.

Caminhamos até o salão da festa onde ocorreria o casamento, no meio da multidão de convidados, vi que as pessoas olhavam pra escada. Olhei e quase não acreditei no que mais olhos estavam vendo.. era ela.. Estava vestida com um vestido de noiva. Ela estava simplismeste linda.

¤♡¤♡¤♡¤♡¤♡¤♡¤♡¤♡¤♡¤♡¤♡¤♡

Estava tudo pronto, os convidados, a música, os comes e bebis, eu só não estava feliz. Mas se era pelo bem de Konoha eu me sacrificaria.

Está pronta Sakura? - perguntou atrás de mim, ajeitando meu vestido.

– Estou sim, vamos logo acabar com isso Yumi. – Respondi e respirei fundo.

Tudo bem. – falou.

Descemos as escadas e vi várias pessoas. Tadashi me esperava no final da escada. Ele estava lindo. Lindo era pouco.. Agora entendia por que Yumi amava esse homem.
Cheguei ao pé da escada e ele pegou na minha mão.

– Você está belíssima. – Disse sorrindo.

Obrigada, você também está. –  Respondi e retribui o sorriso.

Formos caminhando dentre os convidados e senti um Chakra familiar... 5 chakras na verdade. Eu estou ficando louca, só pode.

Tadashi? – chamei-o

Sim? – disse andando ao meu lado.

Você é apaixonado pela Yumi não é? – perguntei-lhe e senti ele parar.

Sim, desde a primeira vez que a vi, mais se é para o bem da Aldeia me casarei com você. – respondeu e continuou andando.

Eu também estou fazendo isso por Konoha. Mas eu amo outra pessoa. Eu sei da sua história com Yume. – Disse e ele parou novamente.

Sorte de quem você ama. Você é linda. – Disse e sorriu.

Chegamos ao altar e o padre iria começar  a cerimônia..
Quando senti alguém atrás de mim, mas não me virei para olhar.

Eu vim buscar você. – Disse a voz rouca.

Era ele, era Sasuke Uchiha.

      

                                   ¤♡¤♡¤♡¤♡¤♡¤♡


Notas Finais


Até a próxima babys ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...