História Minha garota G!P - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony, Shawn Mendes
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Shawn Mendes
Tags Camila, Camren, Lauren
Exibições 312
Palavras 1.215
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Hentai, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Fala zentiii

Capítulo 26 - Por que agora?


Lauren POV

-Eu fiz uma pergunta filha, quem é essa?-Perguntou pelo incrível que pareça, bem calmo.

-Essa é...-Parei por que notei o que ele havia falado-Filha?

-Sim, eu não posso chamar você de filha?-Disse e sorriu-Afinal, você é minha filha, mas você ainda não me apresentou essa menina linda.

O que aconteceu?

-Há..é..essa aqui é a Camila-Tentei sair da frente mas ela me puxou denovo e apertou minha mão.

-Minhas roupas Laur-Ela sussurrou no meu ouvido e eu entendi.

-Esse é meu pai Camila-Continuei com as apresentações.

-Fico feliz em conhecê-la, eu vou subir mas daqui a pouco vou pra empresa-Deu alguns tapinhas no meu ombro-Fiquem a vontade.

E sumiu, ficamos paradas uns segundos olhando pra escada, eu por que realmente não tô entendendo nada.

-É...é..vamos lanchar, vem-Sentamos no balcão comigo ainda tentando processar o que tinha acontecido.

-Ele pareceu bem simpático-Ela sentou ao meu lado e lhe dei seu copo com suco.

-Mas ele nunca foi assim-Falei pensativa.

-Tente aproveitar que ele está calmo-Ela disse e eu virei para a mesma.

-Eu vou é aproveitar que você está aqui-Puxei seu banco pra mais perto de mim e fiquei entre suas pernas.

Acariciei sua bochecha e tomei seus lábios.

-Desculpa atrapalhar-Meu Michael para na porta da cozinha de roupa trocada-Só vim avisar que já tô de saída, até depois filha, tchau Camila.

Ela se assusta e demora um pouco pra responder-Tchau Senhor Michael.

Ouvimos só a porta da frente batendo.

-Agora ele faz barulho-Reviro os olhos e volto minha atenção a Camila.

-É a segunda vez que ele me assusta-Ela fala meio afastada, por ele ter nos atrapalhado.

-Agora imagine seu pai-Segurei em sua coxa e a puxei pra mais perto.

-Quem?

-Ninguém, vem cá que agora não tem ninguém em casa-A beijei novamente e dessa vez não houve mais interrupções.

-Vamos lanchar, que daqui a pouco tenho que ir-Disse e tirou uma mecha de cabelo do meu rosto.

-tudo bem-Falei triste pelo fato dela ter que ir embora.

Terminamos e subimos pra trocar de roupa, sentei na cama e esperei Camila sair do banheiro, eu mandei ela se trocar lá por que não queria ela tirando tudo na minha frente, imagine ela com aquele corpo nu, aqueles peitos, ha aquela bun.....

Não, é melhor assim.

Saí de meus pensamentos poluídos com ela já pronta saindo do banheiro.

-Vamos?

-Eu te levo até a  porta-Levantei e descemos.

-Eu já vou, até amanhã na escola-Abriu a porta e me deu um selinho.

-Ok, até amanhã- A beijei calmamente e acariciei sua cintura-Não quer mesmo que eu te leve?

-Eu já disse que não precisa, ainda vou no mercado comprar algumas coisas.

Eu tentei insistir mas ela não queria que eu a deixasse em casa, olhei pra fora e estava escurecendo, se ela vai ficar andando pela rua sozinha que pelomenos esteja claro.

-Se cuida-A beijei novamente e suguei sua lingua com vontade o que fez ela sorrir-Até amanhã.

Fechei a porta e estava na metade da escada quando Chris entra em casa todo sorridente.

-Há, eu não falei-Gritou e veio saltidando até mim.

-Hãn?-Olhei pro mesmo que subia rápido de dois em dois degraus.

-Eu não disse que eu ía me acertar com a Manu? Tá tudo certo agora-Sorriu ainda mais e apertou minhas bochechas.

-Para com isso, vai tomar banho-Dei um tapa na sua mão e empurrei ele pelo corredor até seu quarto.

Ele gtitou um "uhuul" antes de fechar a porta do quarto e continuou com a barulheira.

Peguei meu violão e sentei no meio da minha cama com um caderno, no qual eu componho minhas músicas no tempo livre.

Fiz algumas notas e cantei algumas que eu mais gostava, talvez eu melhore minha voz se eu pedir algumas dicas da Selena, ela pode me ajudar com isso. Coloquei uma melodia na recente letra que eu havia escrito e sorri por estar gostando do som que estava saindo. Até que tá legal.

Deixei as coisas de lado somente quando Chris me chamou pra jantar.

-Cadê os dois?-Perguntei enquanto descìamos a escada.

-Estão na cozinha, você já viu o papai?-Ele fez uma careta.

-Nem me fala-Disse antes de entrar na cozinha e ver meus pais rindo de algo, uma cena que até agora não tinha presenciado.

-Boa noite-Digo e sento em meu lugar.

-Oi gente, eu comprei comida japonesa, vocês gostam?-Michael pergunta e se serve, fiz o mesmo mas não respondi, Chris resmungou um "aham".

-Vocês nem sabem-Ele continua sorridente-Hoje eu conheci a Camila.

-Ela não é linda? Essa menina é um doce-Clara me olha e arquea a sobrancelha.

-Tabom, mãe-Fiquei com vergonha dela estar falando isso pro meu pai.

Ele nunca foi presente no nosso crescimento e agora do nada aparece super interessado, ele é quase um estranho pra mim.

Estavamos terminando de comer e notei que Chris parecia incomodado.

-Mas então, por que estamos todos aqui?-Chris foi direto ao assunto.

-Estamos jantando?-Minha mãe respondeu como se fosse óbvio.

-Sim, mas nunca jantamos com ele na mesa, o que aconteceu?-Ele parece irritado.

Papai para de comer e entelaça seus dedos apoiando o cotovelo na mesa com o olhar baixo.

-Eu sei, que todos esse anos foram difíceis pra vocês, eu nunca fui um pai presente, peço desculpa por que eu perdi uma fase importante da vida dos dois-Falou devagar e sua voz transparecia culpa-Mas eu quero mudar, quero ficar ao lado de vocês e dar conselhos quando precisarem, vou tentar ser melhor pelomenos agora.

Ficamos apenas ouvindo, ele estava realmente se desculpando com nós.

-Eu quero ver vocês se formando e estando ao lado de quem gostam, fico feliz por estarem namorando, é mais um passo que vocês dão, só não quero netos agora-Sorriu e limpou algumas lágrimas-Eu vou ficar menos tempo no trabalho, vou dar a atenção que vocês sempre mereceram e....eu vou te amar mais Clara, você vivia dizendo pra mim mudar e eu caí na real depois que Lauren me fez perceber que eu estava os perdendo.

-Que bom que percebeu, mas não acha que está tarde demais?-Chris diz com um sorriso irônico.

-Agora está tudo bem filho, ele quer tentar ser um pai melhor- Clara tenta acalmá-lo -E ainda não é tarde pra recomeçar, agora vão os dois pra cama que tem aula cedo.

-Boa noite- Eu disse antes de levantar e fazer sinal pra Chris vir junto.

-Até amanhã- Ele veio contra a vontade e transparecia raiva.

Parei ainda no corredor e o chamei.

-O que aconteceu Chris?

-Eu não sei, só que...-Respirou fundo-Por que ele decidiu mudar só agora? Por que ele nunca passeou com a gente por aí como as outras crianças que eu via no parque?

-Eu sei que é difícil entender, mas veja que agora tudo pode melhorar-Dei um meio sorriso-Só, tenta aproveitar.

Entrei no quarto e tomei um banho pra esquecer essa bagunça que aconteceu do nada.

Coloquei meu alarme e pensei um pouco antes de dormir.

Acho que enfim minha vida melhorou, dei uma chance pra mim mesma de ter alguém maravilhosa ao meu lado, parei de me achar "estranha" só por que tenho um pênis, agora uso ele de forma correta com a Camila, ok deixa em off.....E Michael decidiu ser um pai exemplar, acho que agora sim tenho uma família.

Então é só curtir que tá tudo bem e estou feliz.


Notas Finais


Isso foi só pro clima não ficar ruim com o pai da Lauren logo vai melhorar....prevejo tretas 🌚


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...