História Minha Mãe Irresistível - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony, Justin Bieber, One Direction, Shawn Mendes
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Harry Styles, Justin Bieber, Lauren Jauregui, Louis Tomlinson, Normani Hamilton, Shawn Mendes, Zayn Malik
Tags Camilacabello, Camilag!p, Camren, Camreng!p, Camrenhot, Hot, Laurenjauregui, Norminah, Norminahg!p
Visualizações 402
Palavras 1.208
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Famí­lia, Orange, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - Capítulo 3


Fanfic / Fanfiction Minha Mãe Irresistível - Capítulo 4 - Capítulo 3

Depois de estarmos devidamente compostas, dei um último selinho em Ariana, e tomamos rumos diferentes. Caminhei para fora do colégio, encontrando Dinah, Lucy, Alexa e a gostosa da Keana. Aproximo-me delas abraçando Keana por trás, e deixando um beijo molhado em seu pescoço, fazendo ela estremecer, adoro esse efeito que eu causo. --- Você está muito gostosa hoje, quer ir lá pra casa mais tarde? -- Pergunto sussurrando em seu ouvido.

--- Claro, meia-noite pode ser? -- Tá um sorrisinho malicioso, sendo retribuído por mim.

--- Está ótimo. -- Falo um pouco mais alto, atraindo a atenção das outras meninas que conversavam entre si.

--- Aonde estava Mila? DJ me disse que você terminou cedo, e sumiu do nada. -- Alexa colocou as mãos na cintura, achando que é dona mim.

Urrg, não suporto essa garota, será que ela não entende que não quero um relacionamento sério, que oque aconteceu entre nós foi apenas uma tranza casual. Depois daquele dia, Alexa não me deixa em paz, vive me perseguindo, entrando onde não é chamada.

--- Não te interessa babuína. -- Retrucu, fazendo colocar a mão no peito ofendida.

--- Nossa que grossa, só fiz uma pergunta. -- Responde bufando, antes de dali batendo pisando duro.

--- Já vai tarde demônio. -- As outras gargalham pelo meu comentário.

--- Pegou pesado Mila, ela é nossa amiga. -- DJ balança a cabeça em negação ainda sorrindo. Dou de ombros.

--- Vamos né meninas tenho que ir para casa, meu pai chega de viagem hoje. -- Diz Lucy me puxando de Keana que faz bico por ter me tirado de seus braços.

Entramos na minha Lykan Hypersport, Lucy foi na frente, depois de uma briga entre ela em Keana de quem iria na frente acabou que Lucia ganhou. Dinah e Keana foram atrás.

Levei cada uma a sua e fui para minha casa. Cheguei ouvindo gritos de lá de dentro.

--- POR FAVOR MEU AMOR EU PRECISO DE VOCÊ AGORA, NÃO VAI, PELO MENOS NÃO HOJE, POR FAVOR ZACK, EU TE AMO. -- Pude ouvir o tom de voz choroso e desesperado de minha mãe.

--- EU JÁ DISSE QUE TENHO QUE IR VIAJAR LAUREN, MAS QUE PORRA, EU TENHO QUE TRABALHAR. --  Entro correndo angustiada, encontrando uma Lauren segurando seus pés o empedindo de sair. --- ME SOLTA LAUREN POR FAVOR. -- Ele chutou Laur fazendo a mesma cair para trás, chorando ainda mais.

Aquilo me deixou com uma raiva fora do normal, meu rosto estava queimando, e meus ouvidos prestes a sair fumaça.

Sem pensar pulo em cima de Zack. Quem ele pensa que é para tratar minha mãe desse jeito, minha Lauren, ele não tem mais moral aqui dentro a partir do momento em que resolveu trai-la e dedicar-se mais de seu tempo ao seu trabalho do que sua própria esposa e filha.

Dou-lhe um soco forte, mas como ele era milhões de vezes mais forte que eu, aquilo não foi nada para ele. Quando eu ia deferir outro ele segura meu pulso, me empedindo de realizar o ato. --- Não se atreva a fazer isso novamente, eu sou seu pai mereço respeito. Agora vou indo cuide de sua mãe por mim. -- Beija minha testa e sai dali com suas malas.

Estava tudo quieto, apenas o choro e soluços da minha mãe preenciam o local, viro-me caminhando até ela para poder ampara-la, a mesma estava no chão encolhida chorando. Nunca a tinha visto tão vulnerável, tão frágil. Ela era tão feliz, vivia sempre sorrindo e  fazendo palhaçada. Pego-me sorrindo com essas lembranças.

  FlashBack on

Califórnia, Estados Unidos                               13:45.
                Camila 14 anos.
         Casa dos Jauregui Malik.

P.O.V. Narradora.

Camila e sua mãe estavam se preparando para mais um almoço em família, Zack chegaria de seu trabalho a qualquer momento e elas queriam deixar tudo impecável para sua chegada. "Mamãe terminei o que eu faço agora?" Perguntou a pequena, não tão pequena assim, Camila. Lauren a havia pedido para cortar o tomate para o molho da lasanha em que estavam preparando. "Coloque em uma dessas tigelas, e depois corte o pimentão. Enquanto isso vou por uma música para nós ouvirmos enquanto isso." Ela pisca para filha que gargalha alto.

Logo o som foi ligado em volume máximo e a uma de suas músicas Latinas preferidas ecoar. Hey ma de Pitbull se deu início e Lauren já sorria animada mexendo os ombros no ritmo da música voltando para cozinha.

Camila assim que viu sua mãe dançando assim que entrou, sorriu e cantou acompanhando a letra, enquanto continuava cortando. A mulher de olhos verdes, cantava e dançava com os braços para cima e rebolava o quadriu, com um dedo chamou sua filha para se juntar a ela, Karla soltou a faca e se juntou a sua mãe.

Logo as duas dançavam animadas, entre gargalhadas. Zack havia chegado no meio da música, que estava tão alta que elas não escutaram o abrir da porta e os gritos de seu marido e pai, avisando que já havia chegado. Ao ouvir o som alto sorriu, e foi a procura de suas garotas, brevemente as encontrou dançando loucamente. Ele escorou na parece cruzando os braços as observando dançar com um sorriso no rosto.

As duas encontravam-se de mãos dadas se balançando, Camila rodou sua mãe, que gargalhou, fazendo-a ver seu marido, assim que percebeu que ela havia o visto abriu os braços para a esposa abraça-lo, Lauren abriu seu maior sorriso e correu até os braços de seu marido, pulando em seu colo, fazendo ele cambalear para trás. Com suas mãos ao redor de seu pescoço e suas pernas em volta da cintura do homem, o apertou forte.

Mesmo com ciúmes Camila de sua mãe ela sorriu, tinha as melhores pessoas ao seu lado.

FlashBack off

Saio dos meus desaveios, e me abaixo pegando Lauren no colo. Ela se aconchega em meu peito, ainda chorando, porém um pouco mais calma. Parecia está aceitando o que acabou de acontecer.

Caminho com ela até a sala e deito no sofá com ela, aninho Lauren em meus braços e pego meu celular para mandar mensagem para minha dinda.

___________________________                Dinda Mani❤ (Online)

Dinda, venha para cá, é urgente [12:20]

Estou indo, chego aí
em 10 minutos [12:21]    

__________________________

Saio da conversa, e desligo o celular, jogando o mesmo do outro lado do sofá. Olho para minha mãe que já não chovarava mais, apenas olhava sem expressão para um ponto fixo.

Começo a fazer carinho em seus cabelos, a fazendo se aconchegar mais a mim. Continuamos assim até a campainha tocar, Lauren não se moveu, ainda olhava para o mesmo lugar. Então me levantei com cuidado para ela não cair.

Já sabendo quem era abrir a porta rapidamente, sem perguntar quem.

--- O que aconteceu agora? O que aquele desgraçado fez com minha amiga? -- Tia Mani entrou furiosa.

Ela fica tão gostosa irritada. Um dia ainda a fodo bem gostoso.

Fecho a porta. --- Depois te explico tudo, minha mãe precisa de você.

Dinda foi até minha mãe, que continuará do mesmo jeito, ela estava realmente mal.

--- Amiga? -- Mani se ajoelha a sua frente. Lolo desvia seu olhar a encarando, porém não disse nada. --- Você está bem? -- Passa suas mãos pelo rosto de minha mãe. --- Lauren você está muito gelada.

Normani se levantou e se dirigiu para mim. --- Precisamos conversar.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...