História Minha Marrenta - Capítulo 43


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Tags Ciumes, Colegial, Romance
Exibições 41
Palavras 1.092
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Festa, Lemon, Lírica, Orange, Romance e Novela, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Gente esse da capa é o Teo!

Boa Leitura!

Capítulo 43 - Reencontro!


Fanfic / Fanfiction Minha Marrenta - Capítulo 43 - Reencontro!

Justin*

-Como assim a Emilly acabou de viajar para Montana?

-Assim fácil, a Emilly acabou de viajar para Montana! -falou Lari

-Porque você não me contou antes que a Emilly ia viajar? -perguntei

-Por que eu fiquei sabendo que ela ia viajar, hoje.

-Na hora que você ficou sabendo, era pra ter me ligado. -falei

-Não sabia que eu tinha a obrigação de ter contar tudo oque a Emilly me fala, e ainda mais na hora que ela me fala! 

-Muito engraçadinha você! -falei. -Ela volta quando?

-Daqui a um mês. -falou Lari

-Quê? Mano eu não acredito que a Emilly vai ficar fora durante um mês, eu nem pude me resolver com ela.

-Relaxa Justin, talvez ela tenha feito essa viagem para pensar em tudo oque está acontecendo na vida dela, e quando ela fizer isso ela vai perceber que foi burra em não te escutar antes! -falou Lari tentando me animar.

-Tomara. -falei. -Tem como você ficar me dando notícias dela?

-Tem. -falou Lari

-Valeu!

Após falar com a Lari eu fui dormir um pouco.

Emilly*

A viagem foi super tranquila, quando cheguei no aeroporto principal de Montana vi minha madrinha e suas duas filhas segurando uma plaquinha com meu nome, eu e minha madrinha não nos vemos desdo do meu aniversário  de sete anos, ou seja tem dez anos que eu não vejo a minha madrinha nem as suas filhas, a filha mais velha da minha madrinha tem 18 anos e a mais nova tem 12 anos, eu tenho algumas lembranças minhas brincando com a Ana (filha mais velha da minha madrinha), mas não tenho nenhuma lembrança com a Angelina (filha mais nova da minha madrinha), afinal a última vez que eu vi ela, ela tinha apenas 2 anos de idade.

-Minha Afilhada querida! -falou minha madrinha de braços abertos pronta para me abraçar.

-Madrinha! -falei dando um abraço nela

-Oi Emilly! -falou Ana

-Oi Ana. -falei dando um abraço nela. -Tudo bem?

-Tudo sim. -falou ela com um sorriso.

-Oi Angelina. -falei olhando para a garotinha.

-Oi. -falou ela envergonhada.

-E aí como foi a viagem? -perguntou minha madrinha

-Foi ótima! -falei sorrindo.

Após conversarmos um pouco eu, minha madrinha e as filhas dela fomos para a casa da minha madrinha...Chegando lá percebi que era uma casa simples, mas bem arrumada.

-Você vai dormir comigo no meu quarto. -falou Ana.

-Ótimo! -falei sorrindo.

-Vem, vamos levar suas coisas lá para o meu quarto. -falou Ana.

-Tá. -falei pegando a minha mala e subindo com a Ana para o quarto dela.

O quarto da Ana era bem grande, dava para nós duas dormir ali de boas.

-E aí como é lá no Havaí? -perguntou Ana

-Lá é ótimo, lá bem é diferente de Atlanta! -falei

-Tenho muita vontade de conhecer o Havaí! -falou ela

-Você poderia passar alguns dias lá em casa. -falei sorrindo

-Olha que eu vou, viu? -falou Ana rindo

-E como está aqui em Montana? Faz tempo que não venho aqui. -falei

-Está como sempre, né. -falou ela. -Mais tarde eu vou sair com o meu namorado e uns amigos dele, você quer ir?

-Quero! -falei sorrindo

-Tá bom! Agora eu vou na casa da minha amiga fazer um trabalho da escola, mais tarde eu volto.

-Tá. -falei.

Assim que a Ana saiu eu mandei uma mensagem para a Lari falando que a minha viagem tinha sido ótima e que eu havia chegado em Montana bem, mandei a mesma mensagem para a minha mãe e ela respondeu na mesma hora com um "Graças a Deus."

Larissa*

Assim que li a mensagem da Emilly fiquei mais aliviada, mandei uma mensagem para o Justin dizendo que a Emilly tinha chegado bem em Montana, após tirar um cochilo recebi uma mensagem da Talita me chamando para sair, como eu não tinha nada melhor para fazer, eu fui.

Emilly*

Quando estava anoitecendo eu tomei um banho, vesti uma saia preta de cintura alta, um cropped branco ciganinha, coloquei um mix colar preto, calcei um vans branco, arrumei o meu cabelo, passei um make básica, peguei uma bolsinhas preta e coloquei dentro dela coisinhas "importantes", sentei na cama da Ana para esperar ela terminar de se arrumar...Após a Ana ligar para o namorado, dez minutos depois um Jeep vermelho parou na porta da casa da Ana com três gatos dentro, um eu supus que era o namorado da Ana, assim que a gente entrou no carro a Ana me apresentou o namorado dela...Fomos para um bar, chegando lá nós começamos a conversar e beber, logo um dos amigos do namorado da Ana ficou bêbado e foi para a pista de dança, dançar com duas garotas que também estavam bêbadas, a Ana e o namorado saíram para algum lugar, me deixando sozinha na mesa com o garoto amigo do Alex (namorado da Ana).

-Emilly, né? -perguntou ele

-Isso! -falei sorrindo. -E o seu nome é?

-Teo. -falou ele rindo. -Sua amiga esqueceu de me apresentar.

-É. -falei rindo. -É um prazer te conhecer.

-O prazer é todo meu. -falou ele

Eu e o Teo conversamos sobre várias coisas, o papo dele era bom e a compania também...No final da noite o Teo que dirigiu o carro por que além de mim e dele as outras pessoas estavam todas bêbadas...Tive que ajudar a Ana a subir as escadas, pois ela não conseguia fazer isso sozinha...Acordei cedo, tomei um banho, vesti uma roupa fresca e sai pela cidade, encontrei uma cafeteria bem simpática, sentei em uma mesa, pedi um café e enquanto eu esperava meu café liguei para Larissa.

-Alô! -falou ela com uma voz de sono.

-Oi vadia. -falei

-E aí vaca, porque está me ligando tão cedo?

-Para contar as novidades.

-Mais você já tem novidades?-perguntou Lari

-Claro minha filha, eu sou rápida. -falei. -Ontem eu fui para um bar com a filha da minha madrinha, o namorado dela e dois amigos dele.

-E aí? -perguntou Lari.

-E aí que eu fiquei bem amiguinha de um dos garotos. -falei

-Ele é gato?

-Muito gato. -falei rindo

-Uau! -falou Lari. -Pegou?

-Não estou pronta para ficar com ninguém ainda. -falei

-Sei.

-Preciso desligar amiga, tchau. -falei assim que o garçom chegou com o meu café.

Assim que eu ia saindo da cafeteria, encontrei o Teo.

-Oi. -falei assim que ele atravessou a rua e chegou perto de mim.

-Oi. -falou ele sorrindo. -Dormiu bem?

-Dormi e você?

-Também! -falou ele. -Hoje eu e os garotos vamos fazer um churrasco na casa do Alex, topa?

-Topo. -falei dando uma olhada sexy para o Teo.


Notas Finais


Gostaram?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...