História Minha melhor escolha.( Imagine HyunA ) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias 2NE1, ASTRO, Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO, F(x), Got7, HyunA, K.A.R.D, Monsta X, Seventeen
Personagens Amber Liu, B.M, Baekhyun, BamBam, Boo Seungkwan, Chanyeol, Cl, D.O, Eunwoo, Hansol "Vernon" Chwe, HyunA, I'M, J.Seph, Jackson, JB, Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jiwoo, Joo Heon, Jungkook, Kai, Lee Jihun "Woozi", Lisa, Mark, Rap Monster, Sanha, Somin, Suga, V, Youngjae, Yugyeom
Tags 2jae, Abo, Bseph, Chanbaek, Eunha, Hyuna, Jenlisa, Jikook, Jookyun, Kaisoo, Markson, Namjin, Originais, Sanwoo, Saranghae_geeh, Verkwan, V-hope, Yaoi, Yoozi, Yugbam, Yuri
Visualizações 124
Palavras 1.558
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Fluffy, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Suspense, Universo Alternativo, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiiiiiii
Estou aqui com esse novo projeto.
Ele é Yuri , mais tem meus OTPs nele.
Vou dar umas explicações desse capítulo .

Eu sou apaixonada por mundo ABO, acho que todos sabem disso kkk

Bom espero que gostem e dêem muito amor a ela .
Nós vemos nas notas finais.

Boa leitura 😘❤

Capítulo 1 - Acidente?


Fanfic / Fanfiction Minha melhor escolha.( Imagine HyunA ) - Capítulo 1 - Acidente?

 

      Minha melhor escolha    

 

         

       Park EunKi  P.O.V's

 

Eu tinha acabado de chegar em casa, estava com muita dor de cabeça. Abri a porta de casa logo tirando meu tênis e jogando minha bolsa em cima do sofá, andei até a cozinha vendo minha mãe lavando a louça, vou indo devagar e abraço ela por trás.

– Oi filha.

– Aish, porque eu nunca consigo lhe assustar? 

– Por causa do seu cheiro talvez!? Ou porque você não é nada discreta!? 

– Poxa Omma, a senhora podia pelo menos fingir né!? E oi 'pra senhora também.

– Desculpa filha, da próxima eu vou fingir tá?

– Não quero mas, falando nisso a senhora tem ​remédio 'pra dor de cabeça? 

– Tenho sim filha, vai tomar banho que eu vou pegar 'pra você.

– Ok.

Beijei sua bochecha e sai correndo, subi a escada que dava ao corredor de meu quarto e de minha mãe, virei para o lado do corredor que dava direito para a porta do meu quarto, abri a porta e fui direto para minha cama e pulei em cima da mesma.

Logo veio uma pontada na minha cabeça, levantei e peguei a toalha no armário e fui resmungando para o banheiro, me despi e liguei o chuveiro, adentrei debaixo do mesmo sentindo meu corpo relaxar, minha dor de cabeça passou um pouco. Toda vez que meu cio acaba fico com dor de cabeça, nunca passei um cio com ninguém, nem mesmo com o Woozi, sempre me dopo, tenho medo de não me controlar e acabar machucando alguém.

Desligo o chuveiro e me enrolo na toalha, vou em direção do guarda-roupa e pego uma calça moletom cinza e uma regata preta com listras brancas, penteie meu cabelo deixando ele solto, fui para sala vendo minha mãe assistindo novela.

 

Omma, a senhora pegou o remédio? 

– Peguei, está em cima do balcão da cozinha.

– Ok, obrigada Omma.

– De nada.

 

Fui para a cozinha, logo avistando o comprimido, abri a geladeira e peguei uma jarra de água, depositei a água no copo e botei a jarra de volta na geladeira, peguei o remédio botando ele bem no fundo de minha garganta, bebendo o líquido logo em seguida, fiz uma careta por sentir um amargo em miha boca, eu realmente odeio tomar remédio, pode ser qualquer tipo, mas eu não suporto ter que tomar aquela coisa.

 

– Tá fazendo careta porque? Nem é tão ruim, se você passasse seu cio com alguém não ia ter que tomar, mas como você não me escuta, não posso fazer nada.

– Omma, não misture as coisas, tomar remédio é uma coisa, passar o cio com alguém é outra.

– Deixa de frescura menina, até quando você vai ter medo de passar o cio com alguém? Eu quero ter netos sabia? 

– Eu não tenho medo de passar o cio uma pessoa, tenho medo de não conseguir me controlar e machucar ela, e eu sou muito nova pra ter filhos Omma, entenda.

 

 – Tá, tá, vou parar de te pertubar com isso, agora saia da minha cozinha que eu vou fazer a janta.

– Ótimo, estou morrendo de fome.

 

Subi para meu quarto, me jogando na cama logo em seguida, como não tinha nada pra fazer, fui ver minhas redes sociais, abri o Whatsapp que estava cheia de mensagens nós grupos e algumas de meu amigos. Terminei de responder os grupos e fui responder meus amigos, entre elas tinha uma mensagem de meu irmão mais novo.

 

        ~ Conversa on ~

 

{ Minnie ❤}: oi Noona ^^

[19:10]

 

{ Noona ^^}: oi Minnie, tudo bem?

[19:21]

 

{ Minnie ❤}: Estou bem, aí Noona, estou com muita saudade de você :(

[19:22]

 

{ Noona ^^}: Também estou com muita saudade Minnie, não se preocupe, nas férias eu vou ir ver vc e o Appa :)

[19:23]

 

{ Minnie ❤}: Que legal, estou louco pra quê vc  conheça meus amigos.

[19:24]

 

– Filha, venha comer, já está pronto.– escutei a Omma falar do corredor, então fui me despir do Minnie.

 

{ Noona ^^}: Também estou, Minnie vou ter que sair, vou jantar. Bjs, te amo °3°

[19:26]

 

{ Minnie ❤}: Okay Noona . Bjs, também te amo .

[19:27]

 

 

         ~ Conversa off ~

 

Sai do meu quarto e fui para cozinha, senti um cheiro maravilhoso de macarronada, fazendo com que eu fique com água na boca. Cheguei na cozinha vendo minha mãe botando uma jarra de suco na mesa.

 

– Venha filha, se não vai esfriar.

– Humm... O cheiro está ótimo Omma.

 

Puxei uma cadeira e me sentei na mesma, minha mãe se sentou a minha frente, começamos a comer em silêncio.— a hora da comida é sagrada, pelo menos pra mim é.— A comida estava ótima, Omma sempre faz comida gostosa, tenho muito orgulho dela. Quando terminei de comer fui levar a louça para a pia, 'pra mim poder lavar, mas a mamãe disse que ela mesma ia fazer aquilo. Dei ui m beijo em sua bochecha e dei boa noite, fui para meu quarto e me deitei na cama, peguei meu celular, vendo que tinha uma chamada perdida de Woozi.

 

      ~ Chamada on ~

 

Woozi: Alô?

Eunki: Oi Woozi, você me ligou?

Woozi: Ah sim... Eu preciso lhe contar uma coisa .

Eunki: Está tudo bem? Estou ficando preocupada.

Woozi: Está sim Noona, é só que... Eu vou voltar 'pra Coréia.

Eunki: OQUÊ?!! Você 'ta falando sério?

Woozi: Estou sim. Noona, eu não quero ir, estou com medo.

Eunki: Pois não tenha, Woozi você é lindo, fofo, vai se dar bem com qualquer pessoa.

Woozi: Mas você sabe que eu não sou igual a esses ômegas submissos, não me comporto como tal.

Eunki: E é isso oque vai conquistar as pessoas, confie em mim.

Woozi: Tudo bem, tenho que desligar, tchau Noona, amo você.

Eunki: Tchau bebê, também amo você.

 

       ~ Chamada off ~

 

Fazia  um mês que eu tinha terminado meu namoro com o Woozi, ele é um Ômega muito fofo mais muito desbocado e não liga para oque as pessoas falam do seu jeito e é isso o que eu mas adoro nele, agora somos melhores amigos, não temos rancor, nem nada do tipo um pelo outro, eu acho que desde que terminamos ficamos mas próximos​, e agradeço por isso, ele é coreano mas veio para o Brasil por causa de seu pai, ele nunca me contou o motivo, então não quis puxar esse assunto pois ele fica desconfortável.

Quando desliguei​, sentei na cama e fiquei pensando um pouco. Essa oportunidade é ótima pra ele, pode conhecer novas pessoas, fazer amigos, quem sabe até achar alguém. Se isso acontecer vou ficar muito feliz, claro que ficarei com um pouco de ciúmes também, pois ele pode esquecer de mim e não mandar mensagem ou essas coisas do tipo.

Fui tirada de meus devaneios pela falta de luz derrepente, fiquei esperando voltar a luz deitada na cama. Estava quase dormindo quando ouço um barulho muito alto vindo do corredor, me levantei num pulo da cama, estava muito assustada, meu coração batia forte, quando abri a porta na mesma hora a luz voltou, estava no corredor quando avistei uma sombra muito rapidamente como se fosse um vulto.

 

– Omma? — chamei pensando ser ela. Omma?! gritei.

 

 Não houve resposta, o que me fez ficar mais aflita. Estava no meio da escada quando olhei 'pra baixo, não consegui acreditar no que estava vendo, minha mãe estava caída no pé da escada com muito sangue em sua volta, não consegui pensar em mais nada, minha única reação foi gritar e correr até ela.

 

– OMMA! ACORDA POR FAVOR, NÃO ME DEIXA!!! eu gritava e chorava ao mesmo tempo, não conseguia acreditar no que estava acontecendo.

 

Peguei seu corpo gélido e botei em meu colo enquanto abraçava a mesma.

 

– Eu te amo, Omma.– sussurrei em seu ouvido antes de escutar a porta de casa sendo arrombada pelo I.M.

– Eunki, oque aconteceu? Eu ouvi você gritar.

 

Não consegui responder, eu estava de costas para a porta, fazendo com que ele não conseguisse ver a Omma em meu colo. Quando ele mais perto, viu minha mãe e tampou a boca com a mão em surpresa, e deixou as lágrimas cair de seus olhos.

 

IM Changkyun era como um irmão pra mim. Quando minha Omma se separou de meu Appa, vinhemos morar em Manaus, depois de um ano morando aqui ela conheceu​  IM Stephane, mãe de I.M. Stephane era uma ômega muito boa, gentil, doce é muito bonita, fico feliz em saber que ela fez muito bem 'pra minha mãe. Ela morreu quando eu tinha treze e I.M quinze anos, desde então mamãe​ cuidava dele, mais quando​ fez dezenove ele comprou a casa do lado e foi morar nela sozinho, falando que queria ser independente e tudo mais, bobagem, ele vivia aqui em casa falando que tinha um fantasma na casa dele é que tinha medo.

 

Desesperado ele tirou o celular do bolso de sua calça e ligou pra polícia, Chang veio até mim e me abraçou, também chorando.

Quando a polícia chegou consegui me acalmar mais, antes deles irem embora escutei dois policiais falarem que a causa da morte era porque ela caiu da escada e bateu a  cabeça, não acho que seja esse o motivo, eu vi aquela sombra, eu sei que não foi um acidente, meu coração dizia isso, mas prefiro deixar como está, agora oque me resta é saber como vai ser agora em diante sem minha mãe.

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Então é isso pessoal, espero que tenham gostado kk
Desculpa​ se tiver algum erro.
Então, oque será aquela sombra?
Porque a mãe dela teve que morrer no primeiro capítulo ???
Mistérios, mistérios, odeio eles me fazem ficar curiosa
I.M pra quem não sabe é do grupo monsta x
Kkkkkk

Até o próximo capítulo, dêem muito amor a essa fic 😍
Bjs, te amo vcs ❤ 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...