História Minha Menina - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha
Tags Naruhina, Romance, Sasusaku
Exibições 829
Palavras 2.380
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Ecchi, Escolar, Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Antes que venham me criticar sobre a fanfic, vou dizendo que ela e Sasusaku .

Sasuke foi um cretino com ela mas ele esta arrependido e vai fazer de tudo para que tudo volte ao normal.

Capítulo 10 - Assumir .


Após o desmaio de Sakura, Itachi viu que era necessário a levar em um hospital para ter certeza de tudo que estava acontecendo com ela e se a mesma estava ou não grávida de verdade, o mesmo tinha uma noção de que poderia ser uma gravidez mas nunca se sabe quando se esta enganado. Mas no final de contas foi confirmado que a causa do desmaio era realmente por causa de uma gravidez, Itachi não ficou surpreso pois já esperava por isso mas Sakura ficou extremamente em choque, mil coisas se passavam ela cabeça da jovem que não imaginava que seria mãe e ainda por cima mãe solteira, já que o pai da criança era comprometido com outra mulher que também estava grávida.

-Fica calma tudo vai dar certo Sakura.-Falou Itachi a ajudando, a mesma estava um pouco fraca por conta da coleta de sangue para os exames-.

-Tudo vai dar certo? Itachi nunca mas me diga essas palavras.-Disse  a Rosada olhando para Itachi como se fosse o matar- Nada vai dar certo, minha vida e toda errada não esta vendo?

-Não seja desse jeito Sakura, tudo vai dar certo sim.-Falou Itachi- Aconteceu você não imaginava que o remédio não era valido, a única coisa que você pode fazer nesse momento e ficar tranqüila e pensar no seu futuro e a do bebê.

-Que futuro? A sim o meu futuro vai ser ótimo o melhor de todos, vou ser mãe na minha curta adolescência onde eu devia estar aproveitando, Meus pais vão me matar quando souberam que eu dei minha perereca e para tudo ficar perfeito vou ser mãe solteira, pois o cretino do seu irmão já tem uma família sendo formada.-Disse a Rosada nervosa, sua vontade era de xingar o primeiro que aparecesse em sua frente, a mesma só não soltou palavras de baixo conteúdo para Itachi ouvir, pois seria muito mal agradecida com ele -.

-Tudo vai se resolver, cada coisa no seu momento.-Falou o Moreno – Você vai sim passar por uma faze difícil da sua vida agora, mas já foi Sakura a única coisa que você deve fazer no momento e aceitar esse fato, ou pretende abortar a criança ?

-Eu posso ser qualquer coisa nesse mundo mas jamais tiraria a vida de uma criança que nem nasceu ainda não sou assassina Itachi, Não estava esperando por essa gravidez mas como você disse já foi aconteceu vou ter que aceitar de um jeito ou de outro.-Disse a Rosada- .

Itachi sabia que o que a Rosada estava passando não era uma coisa boa, claro que tem muitas mulheres querendo ser mães no mundo todo, mas Sakura era apenas uma adolescente que estava prestes a acabar o ensino médio, uma jovem cheia de planos para sua vida, agora ela teria que deixar tudo de lado para viver uma vida de mãe mesmo que fosse mãe solteira.

--------

-Porque você está tão seria filha? –Perguntou Kizashi vendo que sua filha estava muito nervosa-.

-Tenho uma coisa muito importante para dizer para vocês dois.-Respondeu a Rosada, o nervosismo era imenso a mesma não sabia por onde começar só estava tentando procurar as palavras certas para dizer- Depois que eu dizer o que eu tenho para dizer, vocês dois vão se decepcionar muito comigo, mas saiba que não era minha intenção simplesmente aconteceu.

-Fala logo filha você esta me deixando nervosa.-Disse Mebuki olhando para a filha- Aconteceu alguma coisa grave com você?

-Mãe, Pai vocês dois vão ser avós.-Falou a Rosada fechando os olhos fortemente-.

-Avós? Não me diga que seu irmão já engravidou a namorada ? –Perguntou Kizashi- De qualquer maneira e um grande acontecimento não e todos os dias que se recebe uma ótima noticia.

-Olha não.-Disse a Rosada mas foi interrompida pela mãe que estava animada com a noticia-.

-Onde esta seu irmão? Porque ele não veio nos contar por acaso ficou com medo ?-Perguntou Mebuki-.

-Eu não sei se a namorada do meu irmão esta grávida.-Respondeu a Rosada dando um longo suspiro e logo encarou seus pais- Quando eu disse que vocês seriam avós, eu não me referi que o filho seria do meu irmão e sim quis dizer que eu estou grávida, vou ser mãe.

-Filha você bebeu alguma coisa antes de vim falar com a gente? Tipo álcool que mexe com a cabeça se bem que bêbados falam a verdade.-Falou Mebuki-.

-Eu estou falando serio, vou ser mãe de um bebê, estou grávida de 3 semanas mas ou menos não sei o certo .-Disse a Rosada-.

-Sakura quem e o Pai dessa criança ? –Perguntou Kizashi olhando serio para sua filha-.

-O Pai da criança? Bom o Pai da criança é, bem o Pai ele é .-Respondeu a Rosada enrolando não conseguindo falar-.

-QUEM É O PAI DA CRIANÇA QUE VOCÊ ESPERA ?-Gritou Kizashi-.

-Sasuke Uchiha.-Respondeu a Rosada fechando mas uma vez seus olhos com força, mas foi abertos quando escutou um barulho de porta sendo quase quebrada- Mãe cadê o Pai ? Onde ele foi?

-Provavelmente atrás do ‘’Papai’’ do seu bebê.-Disse Mebuki- Como isso pode acontecer filha? Você e tão jovem tinha uma vida toda pela frente e agora vem nos dizer que esta grávida e ainda de um rapaz que acabou de se casar.

-Mãe eu não tenho culpa simplesmente aconteceu.-Falou a Rosada- É melhor eu ir atrás do Papai se não ele vai acabar com a amizade de vocês com a família Uchiha.

--------

-Kizashi o que faz aqui a essa hora? –Perguntou Fugaku abrindo a porta da sua casa-.

-Vim para resolver algumas coisas.-Respondeu friamente- Sasuke Uchiha se encontra nesse momento ?

-O Que esta acontecendo? Porque esta falando dessa maneira ? –Perguntou Fugaku dando passagem para que o amigo pudesse entrar em sua casa-.

Kizashi não respondeu só foi entrando na casa da família Uchiha como se aquela fosse sua própria casa, o mesmo não se importou se seus pés estavam sujos entrou com o sapato que estava mesmo, o mesmo foi em direção a sala de estar onde se encontrava Itachi que estava no canto trabalhando em seu notebook mas ao ver Kizashi já imaginou o que estava prestes a acontecer, Kyo se encontrava ao lado da mãe no sofá , em quanto Ume estava ao lado de Sasuke que estavam sentados no outro sofá.

-Tio Kizashi, O que faz aqui? –Perguntou Kyo dando um grande sorriso ao ver o Tio de consideração -.

-SASUKE UCHIHA, VOCÊ TEM NOÇÃO DO QUE FEZ COM A MINHA FILHA ? –Perguntou Kizashi aos berros em quanto puxava Sasuke pelo colarinho da camisa-.

-Ta louco Kizashi? Solta meu filho agora .-Disse Mikoto vendo o amigo de seu marido atacando seu filho mas novo-.

-Tio o que eu fiz com a Sakura? –Perguntou o Uchiha mas novo o mesmo estava serio porem não estava entendo, o que se passava pela cabeça dele era que seu Tio tivesse descoberto que ele teve relações com sua filha-.

-PAI.-Gritou Sakura entrando na sala sendo seguida por sua mãe- Solta ele.

-Cala a Boca garota, meu assunto agora e com esse moleque irresponsável.-Falou Kizashi-.

-O Que pensa que esta fazendo com o meu marido, solte ele agora senhor.-Disse Ume desesperada -.

-Mocinha o assunto não tem nada haver com você e sim com o seu marido, então cale a sua boca antes que eu faça alguma coisa de errado aqui.-Falou Kizashi- Vamos Sasuke me diga o que pensa que fez com a minha filha ?

-Sasuke o que você fez com a Sakura? –Perguntou Kyo irritado, não acreditava que o seu irmão havia feito mas mal para a Rosada-.

-Também estou tentando saber.-Respondeu o Moreno em um tom irônico, do nada o mesmo sentiu ser soltado pelo Tio- Vamos Tio me diga o que eu fiz com ela?

-VOCÊ ENGRAVIDOU A MINHA FILHA.-Gritou o Pai da Rosada, fazendo com que todos ali quicassem surpresos, principalmente Ume e Sasuke-.

-Isso é impossível Senhor, o Sasuke não faria isso além do mas ele esta casado comigo, vamos ter um filho juntos.-Falou Ume-.

-Sinto muito em lhe dizer mais você não e a única que vai ter um filho com ele.-Disse Mebuki entrando na conversa-.

-Isso e verdade Sakura? –Perguntou Sasuke se aproximando da Rosada e olhando nos olhos da mesma, mas ela insistia em desviar seus olhos dos dele- Diga Sakura e verdade, Porque não me contou antes ?

-Descobri hoje depois de passar mal.-Respondeu a Rosada sem olhar-.

-Como você pode fazer isso seu cretino, não basta ter quebrado o coração dela e ainda tem que a engravidar ? –Disse Kyo furioso indo em direção a Sasuke e lhe dando um soco fazendo com que o Uchiha mas jovem caísse no chão-.

-Agora que esta tudo esclarecido, quero que você de seus pulos e cuide da minha filha, não ligo se esta casado .-Falou Kizashi- Vai se separar dessa ai e se casar com a minha filha.

-PAI.-Gritou a Rosada entre o choro- A vida e minha eu descido o que será de agora em diante, estou grávida sim é o filho e dele mas isso não e motivo para que ele pare a vida e deixe a mulher dele, agora ele terá uma família para cuidar.

-Não seja tola quem vai sustentar seu filho ? Você acha que as coisas são tão fáceis assim?-Perguntou Kizashi-.

-Sei que não e fácil mas vou conseguir, sou forte e sei disso.-Respondeu a Rosada- Não precisa se preocupar se o problema e ter uma filha grávida dentro da sua casa, pode ficar de boa vou dar um jeito de sair da sua casa e me virar .

-Também não e assim, pare com isso jamais jogaria minha filha na rua ainda mas grávida, a única coisa que quero é que você tenha seus direitos, ele lhe engravidou então ele e o Pai da criança, o mas justo e que assuma a criança.-Falou Kizashi-.

Todos estavam em silencio ali naquela sala, ninguém não conseguia dizer nenhuma palavra, Mebuki estava feliz por um lado saber que seria avó de uma criança concebida entre seu filho e a filha da sua melhor amiga, mas estava triste também pois seus filho já estava comprometido com outra.

-Se o problema e assumir a criança, não se preocupe Tio eu mesmo irei assumir a criança mesmo que eu não seja o Pai.-Disse Kyo- Eu nunca disse isso mas eu amo a Sakura, será um prazer ajudar ela a criar essa criança.

-Kyo.-Começou a Rosada mas foi interrompida-.

-É verdade sempre gostei de você Sakura, não se diz que devemos apoiar a pessoa que amamos nos piores momentos pois bem e isso que estou fazendo, vou cuidar de você e do bebê.-Disse Kyo-.

-Você não vai fazer isso, o filho e meu Kyo.-Falou Sasuke quase aos gritos- Eu irei assumir a criança.

-Você pode até assumir mas quem vai ajudar na criação dela sou eu, você já magoou a Sakura demais esta na hora de alguém a fazer feliz, é nesse momento a única pessoa que pode fazer isso sou eu.-Disse Kyo-.

-Sakura jamais ira amar você, o coração dela me pertence .-Falou Sasuke-.

-Não me importo o meu amor e o suficiente para nos dois.-Disse Kyo-.

-Filha o que você diz sobre isso? –Perguntou Mebuki-.

-Eu não sei,preciso pensar sobre isso sinceramente não sei o que fazer, estou confusa e muita coisa para minha cabeça.- Respondeu a Rosada, mas logo olhou para Sasuke- Mas uma coisa eu sei, o que tive com o Sasuke foi coisa de uma noite como ele queria naquela hora, então não vale a pena largar a família dele para cuidar de mim, além do mas Ume também precisa dele.

-Ainda bem que você sabe que não pode ser o motivo da separação de um casal tão perfeito como eu e Sasuke.-Falou Ume- Sasuke errou sim me traindo, mas eu o perdoou.

-Ele não te traiu queridinha, isso aconteceu antes do casamento se eu quisesse separar você e ele já tinha feito isso a muito tempo, mas eu decidi que não vale a pena correr atrás de alguém que percebe o amor tarde demais.-Dito isso a Rosada saiu dali deixando para trás seu pai e sua mãe, o único que foi atrás foi Kyo, Sasuke tentou ir também mas Ume o impediu-.

-Você e casado comigo e não com ela, então seu dever e ficar aqui comigo pelo meu bem e pelo bem do seu filho, deixe que seu irmão se vire com ela.-Falou Ume se agarrando ao Moreno-.

-Me desculpem pêra a confusão, de verdade eu não queria que isso tivesse acontecido mas como Pai o meu marido perdeu a cabeça ao saber que nossa filha adolescente seria mãe.-Disse Mebuki- Espero que isso não afete a amizade entre nossas famílias.

-Não se preocupe isso não vai acontecer .-Falou Mikoto dando um pequeno sorriso-.

---------

Não precisa chorar Sakura, eu estou aqui para lhe ajudar e apoiar.-Disse Kyo-.

-Obrigada por me apóia, você e uma ótima pessoa queria eu ter me apaixonado por você em fez do Sasuke.-Falou a Rosada- Vi que você foi sincero quando disse que me amava, mas no momento a única coisa que posso lhe oferecer e minha amizade de sempre, depois de tudo que passei e estou passando não sei se consigo amar mas alguém.

-Eu te entendo Sakura, não precisa se preocupar tudo em seu temo, só quero lhe ajudar com o bebê.-Disse Kyo acariciando a cabeça da Rosada-.

-Obrigada mesmo, Não sei o que seria de mim se estivesse sozinha.-Falou a Rosada- Mas de qualquer maneira eu não poderia estar sozinha além do mas agora tenho ele ou ela que esta a caminho .

Mesmo triste com aquilo tudo e sem saber o que fazer naquela situação, por um lado Sakura estava feliz pois seria mãe de uma criança feita por ela e Sasuke, mesmo que Sasuke não estivesse ao lado dela para a ajudar a criar a mesma estava feliz, faria de tudo por esse bebê e para que ele fosse feliz.

-Sobre o colégio.-Falou Kyo-.

-Não precisa falar em colégio, em relação a isso esta tudo certo já passei mesmo, só pegar o diploma costatando que conclui o ensino médio, só farei isso não quero ir em baile de formatura .-Disse a Rosada-.

-Se você prefere assim tudo bem.-Falou Kyo-.

-----------

8 Meses depois....



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...