História Minha Menina - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha
Tags Naruhina, Romance, Sasusaku
Exibições 825
Palavras 2.106
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Ecchi, Escolar, Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Tenho planos em relação essa fanfic, espero que entendam que o final esta determinado ser Sasusaku , claro que vai ter alguns momentos em relação a Kyo e Sakura, Kyo também merece ser feliz então tenho uma coisa destinada para ele.

Capítulo 12 - Seja Bem Vinda.


Sasuke não suportou escutar aquilo saindo da boca de seu irmão, Ele sabia que era um canalha por tudo que havia feito com ela mas estava pagando por tudo o que fez, e mesmo sendo o pior dos homens existentes nesse mundo ele ainda queria fazer o Papel de Pai de sua filha pelo menos uma vez, pelo menos agora que Sakura tanto precisava dele e de seu apoio.

-Você não vai com ela, sou o pai da criança eu tenho direito de acompanhar a Sakura.-Falou Sasuke puxando o irmão para fora da ambulância- Kyo você já teve seu momento com ela agora e a minha vez de cuidar da Sakura, se você realmente gosta dela faça uma coisa por mim.

-O que? –Perguntou Kyo-.

-Acabe com a Ume, faça ela desaparecer da vida de todos não quero voltar e ter que olhar para a cara dessa garota, o que ela fez foi tentativa de assassinato .-Respondeu Sasuke- Sé for possível chame a policia e coloque ela atrás das grades, não deixe que coloque um dedo no meu filho.

-Filho fique calmo resolvemos esta questão, agora entra logo a Sakura precisa ser atendida o mas rápido o possível, Daqui a pouco estamos no hospital.-Falou Mikoto-.

Quando finalmente Sasuke entrou o motorista deu partida na ambulância indo o mas rápido o possível para o hospital, quanto mas rápido ambos chegassem no hospital melhor seria para Sakura e para o bebê, a criança ainda não estava na hora de nascer ainda tinha 8 meses de gestação mas por conta da queda o parto foi adiantado e o melhor seria que a criança nascesse agora pois se esperasse a criança morreria, a gravidez já era de risco mas graças a queda se tornou ainda mas.

Tinha 3 possibilidades naquele parto, o bebê talvez não sobrevirá por conta da queda, Sakura poderia morrer na hora do parto e ainda tinha 35% que as duas saíssem vivas, Sasuke estava cada vez desesperado pois não sabia o que estava acontecendo a única coisa que o mesmo tinha idéia de que estava acontecendo era que sua rosada e sua filha poderiam sair mortas as duas daquela tragédia e aquilo tudo era por sua culpa, por culpa do seu egoísmo agora tudo esta se virando contra ele, a felicidade que o sobrava em saber que Sakura estava bem já estava acabando.

-Doutor ela vai ficar bem? –Perguntou Sasuke desesperado- É minha filha vai ficar bem?

-Esperamos que sim, mas pela queda pode ser que perderemos uma das duas.-Respondeu o Doutor injetando a anestesia na rosada- Vou fazer o possível para que as duas fiquem bem, tente se acalmar meu jovem sei que isso e difícil já passei por isso, e acredite nunca superei a tragédia de ter perdido meu filho e minha esposa, vejo que você esta desesperado e a ama de verdade, tenho certeza que sua fé e seu amor vão salvar as duas-.

--------

Não era tão simples a cesárea que estava feita na Rosada, a mesma estava com a pressão muito baixa e a qualquer momento se tudo descontrolasse a mesma podia dar uma parada cardíaca, Sasuke não pode entrar na sala de cirurgia para acompanhar a Rosada pois estava muito nervoso e isso podia deixar as coisas ainda mais difíceis para todos que estavam ali na sala de cirurgia, graças a dedicação do cirurgião tudo estava indo o mas bem o possível depois de 1 hora fazendo a cirurgia finalmente a pequena Sara veio ao mundo, ao tirarem a bebê de dentro da Rosada levaram a pequena para fazer todos os exames o possível para ver se o acidente de mais sedo havia afetado a criança.

Já com Sakura as coisas não estavam muito bem assim pois a mesma ainda não havia acordado mas tudo isso era por conta dos remédios fortes que havia injetado na mesma, mas fora isso tudo estava bem a Rosada havia corrido risco de vida mas estava tudo bem agora.

-Como está a Sakura? –Perguntou Sasuke desesperado-.

-Calma meu jovem eu não disse que sua fé iria salvar sua filha e a mãe.-Respondeu o Doutor- Meus parabéns você e Pai de uma bela menina, tão bela quanto a mãe.

-Você esta falando seria? Nada de ruim aconteceu com elas ? –Perguntou o Moreno se acalmando aos poucos-.

-Graça ao nosso bom Deus tudo deu certo.-Respondeu o Medico- Mas devo alertar uma coisa, por conta da queda que ela levou pode ser que nunca mas possa engravidar de novo e se engravidar será arriscado talvez pior que essa gravidez que ela passou.

-Vamos tomar cuidado em relação a isso.-Falou o Moreno- Onde esta a Sakura agora posso ver ela e a minha filha?

-Sakura ainda esta dormindo por causa dos remédios, você não poderá ver ela agora.-Disse o Doutor- Mas pode ver sua filha, ela acabou de ser levada para o berçário do Hospital.

-Obrigado Doutor nem sei como agradecer.-Falou o Moreno dando uma abraço de agradecimento do Doutor, e logo em seguida foi o mas rápido o possível para o berçário onde ficava os diversos bebês-.

O mesmo não podia entrar lá dentro pois era proibido mas podia ver os bebês através de um vidro que dava a visão de todos os pequenas pessoas, Sasuke olhou por toda a sala e seu olhar parou em um berço branco onde se encontrava uma bebê , já estava escrito ‘’Sara’’ esse era o nome da sua filhinha, o mesmo se emocionou ao ver a mesma e não se sentiu arrependido de ter tido a chance de ter tido aquela criança com Sakura mesmo tendo a feito sofrer tanto.

A pequena ‘’Sara’’ era linda, o rosto da pequena era uma mistura entre o seu rosto com alguns traços de Sakura, o pouco cabelo que a pequena possuía no alto da cabeça já dava para ver que eram Rosa que nem de sua mãe, a única coisa que não dava para ver era a cor dos olhos já que a pequena estava com os mesmos fechados, mas foi por pouco tempo o Moreno pode ver sua pequena abrindo os olhos revelando seus pequenos olhos negros que nem o seus.

-Como pode ser tão pequena? –Perguntou o Moreno colocando a mão no vidro que o separava de sua filha que estava na outra Sala- Mas e tão perfeitinha.

-Filho você está bem? –Perguntou Mikoto aparecendo ali ao lado de seu filho- Soube pelo medico que tudo correu bem, mas foi por pouco que não perdemos uma das duas.

-Olha como a minha filha e perfeita mãe.-Falou o Moreno – Linda que nem a mãe.

-Ela e perfeita, a bebê mas linda que já vi até hoje.-Disse a Morena- Parece vocês dois juntos, mas ela puxou mas a Sakura por causa do cabelo e o jeito dos olhos.

-Mas a cor dos olhos dela são iguais aos meus.-Falou o Moreno dando um pequeno sorriso e limpando a lagrima que escorreu pelo seu rosto- É o Daisuke onde ele está? Você não o deixou com aquela maluca.

-Não se preocupe o Daisuke esta lá fora com seu Pai.-Disse Mikoto pousando sua mão no ombro do filho- É a Ume bom ela fugiu.

-Como assim fugiu ? Porque vocês deixaram aquela louca quase matou a Sakura e a minha filha.-Falou o Moreno se irritando-.

-Se acalme filho ela fugiu mas não vai longe, Kyo colocou a policia atrás dela com certeza a uma hora dessa Ume esta sendo presa se já não estiver.-Disse Mikoto- Ela vai ser presa por tentativa de assassinato.

-Quero o divorcio daquela mulher o mas rápido o possível, por culpa dela quase perdi a Sakura e a Sara.-Falou o Moreno voltando a olhar para sua filha que agora estava dormindo tranquilamente, a mesma estava linda vestida com um macacão Rosa combinando com seu pouco cabelo-.

--------

Aos poucos Sakura foi abrindo seus olhos, sua visão ainda estava um pouco embaçada mas aos poucos iria voltar ao normal, a mesma estava sentindo uma dor na região da sua barriga a mesma se desesperou ao olhar para baixo e ver que o volume da sua gravidez já não estava mas ali isso a deixou praticamente louca o que havia acontecido com sua barriga, onde estava a sua filha .

-Cadê a minha bebê.-Perguntou a Rosada em um sussurro, já estava quase chorando quando pode ver Sasuke ao seu lado o mesmo a olhava intensamente- Sasuke o que faz aqui? Onde esta a minha filha? Não me diga que eu a perdi?

-Calma Pequena, Esta tudo bem agora.-Respondeu o Moreno- Sara e uma linda bebê, mesmo tendo nascido antes da hora a mesma veio ao mundo saudável.

-Mesmo? –Perguntou a Rosada com os olhos marejando e a mesma pode ver que o Moreno estava sendo sincero com ela- Graças a Deus, fico aliviada que tudo tenha corrido bem e minha filha tenha nascido sem nenhum problema, mas só de pensar que eu podia ter a perdido.

-Não diga isso, tudo já passou agora você e nossa filha estão bem.-Respondeu o Moreno- Não se preocupe a cretina da Ume vai pagar por ter feito isso com vocês, amanhã mesmo vou pedir o divorcio.

-Sasuke me desculpa .-Disse a Rosada- Você deve se separar dela e ser feliz de verdade.

-Quero ser feliz ao seu lado , sei que pode ser tarde mas eu descobri que te amo deis de sempre Sakura.-Falou o Moreno pegando na mão da Rosada-.

-Sasuke eu vou ser grata para sempre por ter me dado uma filha, e por ter estado ao meu lado agora que quase a perdi, e mesmo antes você tentou me ajudar .-Disse a Rosada- Mas não acho que podemos ficar juntos, preciso de um tempo para mim mesma, pensar sobre tudo que esta acontecendo passamos por muitas coisas juntos deis de pequenos, mas você tem que entender que quero viver a minha vida e tentar ser feliz.

-Eu te magoei lhe fiz sofrer não correspondendo seu amor no momento certo, mas eu estou arrependido eu sempre soube que sentia alguma coisa por você mas sempre tive medo de admitir isso para mim mesmo .-Falou o Moreno-.

-Talvez se nos tivéssemos revelado o que sentíamos antes um para outro as coisas seriam diferente, podíamos estar felizes um com o outro.-Disse a Rosada- Espero que você me entenda, e apesar de tudo espero que continuemos sendo amigos.

-Tudo bem Sakura eu lhe respeito.-Respondeu o Moreno desesperado- Você merece ter seu momento, viver a sua vida do jeito que você esta planejando daqui para sempre, mas saiba que estarei aqui sempre que precisar, somos pais da mesmo criança isso não vai mudar.

-Sim Sasuke.-Disse a Rosada- Me perdoa mesmo.

-Não precisa pedir desculpa você não fez nada eu que tenho que lhe pedir desculpas por tudo que fiz com você.-Falou o Moreno limpando seu rosto molhado- Posso lhe dar um abraço ?

-Claro.-Respondeu a Rosada com bastante dificuldade a mesma se sentou na cama e logo em seguida Sasuke se aproximou e a abraçou com cuidado pois sabia que a mesma havia acabado de ser operada e qualquer coisinha errada que ele fizesse ela podia sentir dor estrema-.

----------

-Por Deus, graças a Deus que você e a bebê estão bem filha,pensei que fosse morrer quando lhe vi caindo escada abaixo.-Falou Mebuki chorando horrores-.

-Calma mãe já passou pode ficar tranqüila, a única coisa que quero nesse momento e que aquela garota que fez comigo tenha o que merece .-Disse a Rosada-.

-Sua filha e uma gracinha, e uma coisa rosa que nem você.-Falou Yuri sorrindo-.

-Obrigada pelo elogio Yuri, sei que você me ama demais irmãozão .-Disse a Rosada rindo do comentário do irmão mas velho-.

-Pensei que tivesse perdido a minha filha, quero que aquela Ume pague por tudo e se um dia ela chegar a morrer vá para o inferno e queime lá com o diabo .-Falou Kizashi dando um beijo na testa da filha mas nova-.

-Vocês podem ficar todos tranquilo como podem ver eu estou ótima, a unica coisa que estou sentindo e uma dor na barriga mas acho que e por causa da cirurgia .-Disse a Rosada-.

-O Medico que lhe operou nos disse que em 2 dias você pode ir para a casa com a bebê.-Falou Mebuki-.

-Fico tão feliz em saber disso, não gosto de hospitais.-Disse a Rosada-.

-Com licença mamãe, temos uma bebê linda querendo mamar agora.-Falou a enfermeira entrando no quarto de Sakura com Sara nos braços-.

-Como ela e linda.-Disse Sakura emocionada pois essa era a primeira vez que estava vendo sua pequena- Tão perfeitinha, seja bem vinda minha filha, espero que seja feliz nesse mundo.

----------

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...