História Minha mentira - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 5
Palavras 948
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Desculpa a Demora

Capítulo 5 - O livro na cara


Fanfic / Fanfiction Minha mentira - Capítulo 5 - O livro na cara

Eu estava no shopping  com a minha mãe  e o meu irmão  mais novo, estávamos pra ver um filme infantil que foi lançado recentemente, o nome do filme é cegonhas, eu estava com o Lucas, o meu irmão  mais novo e a minha mãe  foi comprar pipoca, o Lucas estava brincando de soco soco bate bate, pra passar o tempo, faltavam 15 minutos pro funcionário do cinema liberar a entrada


- ari.. - lucas chama minha atenção


- fala bebê  


- aquele ali não  é o Daniel? - ele diz apontando para trás  de mim


- onde? - pergunto curiosa


- ali, na fila do outro filme - ele aponta mais uma vez


Lucas não  estava errado, Daniel estava com um balde de pipoca nas mãos, ele estava sozinho, estranhei no começo, ele odeia ir no cinema sozinho ainda mais quando é um filme de terror, pensei em ir falar com ele, mas a fila do meu filme grande e não  podia sair e perder o terceiro lugar na fila, não  podia deixar o Lucas sozinho porque não  sou tão  desnaturada  assim, então  decidi esperar minha mãe. Ela logo chega com um balde de pipoca e uma sacola com 3 refrigerantes.


- Ária, adivinha com quem eu encontrei  na fila da pipoca


- o Daniel? - perguntei animada  


- Não, a Larissa  - ela responde entregando a sacola para o Lucas


Larissa era uma antiga amiga minha, estudávamos na mesma sala, eu era completamente  burra, ela era muito falsa comigo e todos percebiam, menos eu, eu era burra o bastante para continuar sendo amiga dela e contar todos os meus segredos enquanto  os dela, nem abria a boca pra falar


Quando olho novamente   para fila do filme que o Daniel está, larissa chega e o abraça  por trás, meu coração  acelerou e não  queria pensar aquilo do Daniel, mas não  tive escolha ao ver ele beijando ela,meus olhos se encheram de lágrimas, segurei o choro quanto pude, fingi que estava tudo bem, minha mãe olhou pra mim algumas vezes, estranhando


- Filha está tudo bem ?


- sim, vamos  


homem dá um pequeno rasgo na meu papel, me dando passagem para a sala, de repente sinto o Lucas agarra a minha mão, olhei  para baixo e vi o pequeno sorrir de orelha a orelha, correspondi com um sorriso e um carinho na cabeça, sentamos em nossos lugares, Lucas se sentou entre mim e minha mãe, as luzes se apagaram e o filme começou, não é aguentava mais segurar o choro, fui me soltando aos poucos, lágrimas caíam, mas eu permanecia em silêncio, Lucas cutucou o meu braço, olhei para o lado para saber porque me chamou


- eu vi o Daniel beijando uma menina, que não  era você, pare de chorar, não  gosto disso - abracei o Lucas bem forte, minha mãe  olhou estranha, parei o abraço  e insisti para que continuassem a assistir o filme


(...)  


As luzes  acenderam, minha mãe  olhou  pra mim assustada, meus olhos estavam inchados, meu nariz vermelho e minhas bochechas também


-  filha oque aconteceu?


- não quero falar nisso mamãe, vamos, quero sorvete de baunilha e você  Lucas ? - perguntei tentando  mudar de assunto


- eu também - ele da pequenos pulos  de alegria


Saio do corredor da poltrona e vou para saída, andamos por um longo corredor com várias portas de outras salas, umas delas se abriu e a multidão  começou a sair, Daniel está no meio da multidão  junto com a Larissa, meu sangue sobe ao ver os dois de mãos  dadas, mas não  valia a pena, então  lágrimas se formaram nos olhos, limpo elas rapidamente sem que minha mãe  ou outras pessoas percebam, continuei o meu caminho, fomos direto para sorveteria que tinha perto do cinema, compramos os 3 sorvetes e andamos pelo shopping, entramos em uma livraria e Lucas correu para o espaço  infantil


- Querida pegue um livro que lhe agradar - e sai andando atrás  do pequeno


Fui na prateleira  de romances, tive três opções

Mas o'que  me agradou mais foi para todos os garotos que já amei,  minha escolha já havia sido feita vou levar este, de repente sinto alguém  me abraçar por trás, assustada me desfaço do abraço no mesmo segundo, não  era ninguém mais do que o traidor do Daniel


- oque você  quer?


- Nossa é assim que você  fala comigo?


- foda-se você


- oque aconteceu ? -  Ele pergunto tentando me abraçar mas recusei


- oque aconteceu? Vou te falar oque vai acontecer, agora mesmo você  vai sumir da minha frente, nunca mais vai falar comigo ou até mesmo me tocar, você está me dando nojo -

Tento sair do corredor  mas ele me segura


- Ari, por favor, não  estou te entendendo - no mesmo segundo me viro e bati com o livro na sua cara,A maçã do seu rosto começa a ficar vermelha.


- Eu eu disse pra você não  me tocar - sai andando deixando ele sozinho  


Quando volto a minha mãe  já está no caixa com o Lucas no colo  


- onde estava? Estamos te esperando


- Desculpa, os livros me deixam perdida no tempo, sabe disso - mostro um sorriso e tento fingir que nada  aconteceu


Saímos da loja e a Larissa está na porta, ela olhou pra mim,mas não  tive paciência para olhar na cara da pessoa que tirou o meu namorado de mim.


Andamos até  a saída, estava tão  distraída que esbarrei em um garoto  e algo caiu da mão  dele, me abaixei para pegar


- me desculpa, estou muito distraída - o celular dele havia caído no chão, me levanto para entregar o celular, mas me paralisou totalmente  ao ver quem estava na minha frente


(Não  pode ser …. ) ~penso











Notas Finais


Até mais ❤💘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...