História Minha música favorita é você (Imagine Lay) - Capítulo 11


Escrita por: ~

Visualizações 66
Palavras 914
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Ecchi, Festa, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Visual Novel
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 11 - Declaração


Fanfic / Fanfiction Minha música favorita é você (Imagine Lay) - Capítulo 11 - Declaração

Lay volta a me beijar pressionando meu corpo contra a parede. Está frio mas nossos corpos estão quentes.O beijo começou normal mas ele começou pedir passagem para a língua.
 

Eu não sabia o que fazer já que eu nunca havia beijado alguém antes. Sim, 20 anos e nunca beijei ninguém. Mas o Lay não sabia disso e eu acho que naquela hora ele não queria saber
 

Lay tira sua mão da parede e toca meu pescoço com seus dedos frios enquanto me beija ferozmente. Suas maos vão caindo e descendo pelo meu corpo mas eu vejo que ele tenta se controlar para manter suas mãos em cima . Meus olhos, que antes abertos, ficaram pesados fazendo assim que se fechassem. Meu corpo do nada se aquece, minhas pernas e braços se enfraquecem e tudo o que eu segurava em meus braços caem no chão. Finalmente eu me entrego totalmente ao seu beijo e sem saber muito o que fazer apenas agarro o seu casaco e ponho a mão no seu pescoço o aproximando mais.
 

Lay finalmente desce suas mãos até minha cintura colando ainda mais o nossos corpos. Sua respiração pesada foi automaticamente incentivando o meu desejo de querer mais. Ele para de me beijar e começa a descer seus beijos até minha chegar a cima da clavícula. Nesse intervalo é que eu percebo o quão pesada respiração está e acaba ficando ainda mais enquanto ele vai descendo.
 

Lay para, sobe arrastado seus lábios refazendo todo o caminho que já tinha feito com seus beijos até chegar aos meus. Ele me beija novamente mas dessa vez é um selinho demorado.

 

Ele para, me olha, me dá mais 2 selinhos rápidos e me abraça acalmando sua respiração que antes estava bem  rápida.
 

- Vem - diz Lay interrompendo o abraço e me pegando pela mão
 

-Pera aí - Ele pega as coisas caídas do chão. Eu não sei muito o que dizer e nem o que pensar. Apenas peguei minha bolsa e o segui.
 

(.....)

 

Começamos a caminhar pela rua em silêncio de mãos dadas. Sinto o meu rosto quente, essa droga só pode estar vermelha.
 

- Você está bem? - Lay pergunta pra quebrar o silêncio ainda olhando para frente
 

- Sim, eu acho que estou. - Digo enquanto olho para o chão
 

- "Eu acho"? - O tal olha para mim
 

- Não sei dizer, muita coisa aconteceu hoje e  eu não sei o que pensar,muito menos o que dizer.
 

- Então não diga nada - volta seu olhar para frente -  Vem cá - Ele me puxa para um banco perto de uma árvore - sobre o que eu fiz hoje, me desculpa eu não aguentava mais. Todos os dias, desde o  dia em que fomos ver o mar, eu não tirava você da cabeça. Não foi por escolha minha, você apenas... vinha e me desconcentrava. As vezes que eu estava perto de você eu queria te agarrar sem ter que me importar de onde estávamos ou quem estava em nossa volta. Quando SoJin apareceu lá em casa só pensei em você,o que me fez ficar bravo com as coisas que estavam acontecendo. Foi aí que eu percebi que só estava sendo idiota e lerdo por não me dar conta de que eu estava me apaixonando por você -  nessa hora ele ajeitou o meu casaco por causa do frio - Se você não sente o mesmo ou se não gostou do que acabei fazendo por impulso eu peço desculpas, não farei isso novamente. Se quiser eu até me afasto um pouco, mas eu não me arrependi do que eu fiz.
 

Essa hora minha cabeça ficou pesada. Eu não sabia  o que estava sentindo naquele momento em que Lay estava se declarando pra mim. Eu queria rir mas rir de nervoso, mas tentei me segurar pra não dar a entender nada errado.
 

- Lay... - Sem querer escapou uma pequena risada
 

- O-o que foi? - pergunta nervoso
 

Eu o abracei na mesma hora - Eu tô feliz. Eu não quero que você não faça mais isso, não quero que se afaste de mim. Quero o contrário disso - Eu o solto um pouco dando espaço o suficiente para olhar em seus olhos
 

- Certo, farei como deseja -mais uma vez ele selou nossos lábios frios, mas diferente dos outros esse  parecia ter mais sentimento.
 

- O bolo! - interrompi me lembrando que tinha encomendado a droga do bolo
 

- Bolo? - Olha pra mim sem entender
 

- É, eu queria te fazer uma surpresa  mas como não Sabia se estava com seus amigos preferi mandar pra sua casa.

 

 - Não precisava se incomodar com isso - Ele ri- Vamos! -  Levanta oferecendo sua mão - Vamos lá pra casa
 

 - Mas.. e se ela ainda estiver lá?  - pergunto meio receosa
 

- Aish!  Eu tinha me esquecido dela... mas vamos,  eu pergunto ao porteiro se ela já foi embora, ele sabe quem não mora lá, quem entra e quem sai
 

- Certo... mas e se ela estiver lá?  - Levanto e pego sua mão
 

- Hm... - Pensa por alguns instantes- Posso ir para sua casa ? - Ele me pergunta de repente me fazendo ficar mais vermelha ainda e não responder - Ei, está pensando em que, hm? Acho que a Iza não vai se importar
 

- Tem razão, não vai mesmo...
 

- Então vamos, ainda quero comprar algumas coisas pra gente comer.
 

- Está bem, vamos.

 

(FIM  CAP 11)


Notas Finais


AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA FALA AE MINHAS XINGMINHAS
Senti tanta falta de postar gente kkk essas coisas de ter dia certo é um saco kkk gostei não


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...