História Minha Namorada Virtual (Imagine Taehyung - V) - Capítulo 24


Escrita por: ~ e ~Wonho-

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bts, Ciumes, Namoro Virtual, Taehyung, Você
Exibições 576
Palavras 941
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


»Oi, biscoitos sz
»Gente, eu sei que demorei muito com esse capítulo! Mas acontece que muitas coisas aconteceram na minha vida durante essa semana. Eu fiquei uns dias afastada do site, num resumo de como foi minha semana, minha bizavó faleceu, torci o tornozelo e ainda tive que fazer zilhões de trabalhos pra nota do colégio. Enfim, eu não estava com cabeça e nem com tempo pra escrever, espero que possam me entender! Eu realmente fiquei alguns dias tentando aceitar o fato de quê minha bizavó havia falecido. Ela era e é uma pessoa muito importante pra mim e saber que ela se foi sem mais nem menos e sem eu ter tempo de me despedir dela, não foi muito fácil pra mim... Na segunda de manhã ela tava tão bem e de noite, tudo aconteceu tão de repente... Como se não bastasse, no dia seguinte eu torci á merda do tornozelo direito! Enfim, vocês não tem nada haver com á minha vida pessoal, mas espero que possam me entender! A notícia boa é que agora eu entrei de férias do colégio! (:
»Obrigada pelos favoritos e comentários <333 Vocês são maravilindas sz
»Desculpem-me o capítulo lixinho e os errinhos, boa leitura.

Capítulo 24 - Twenty Three.


 

"Eu senti que era amor quando,

depois do 'boa noite',

havia uma vontade incontrolável de dizer: Eu te amo."

 

Minha Namorada Virtual. - Capítulo 23.

 

Kim Taehyung - Point of View.

 

Eu não fazia ideia de que horas eram quando apaguei pela noite, e só me dei conta de que isso havia acontecido quando acordei no outro dia com raios de luz em meu rosto. Xinguei mentalmente o ser humano que havia deixado ás cortinas abertas ontem á noite e tateei o colchão ao meu lado em busca de algo, ou melhor, alguém.

 

Mas não havia nada ao meu lado. Entortei á boca e abri lentamente os olhos, piscando-os algumas vezes, antes de observar que apenas eu encontrava-me naquele quarto. Fiz uma careta e busquei com os olhos algum rastro de __________. Sorri e apanhei seu celular próximo ao pé da cama. Acendi o visor e averiguei serem 06:43 da manhã.

 

O que __________ fazia acordada tão cedo num domingo?

 

Sabe quando você fica tentando advinhar á senha do celular de outra pessoa? Pois é, depois de quase bloquear o celular de ________, decide me levantar e procurá-la pela casa. Tomei o máximo de cuidado ao sair do quarto e ainda olhei todos os lados antes de sair.

 

Só fui encontrá-la quando cheguei na cozinha. _________ estava encostada no balcão e segurava uma xícara em mãos, encarando fixamente á parede, como se estivesse pensando em alguma coisa. Soltei um sorriso involuntário e me aproximei.

 

- O romântico seria o cara acordar e á garota estar do lado dele. - Comentei, selando sua bochecha direita. _______ sorriu fracamente e me encarou de relance.

 

- Que pena, isso é muito clichê. - Ofereceu-me a xícara em sua mão, onde notei ser café o conteúdo dentro do copo.

 

- Olha só, já tá até dividindo comida. - Brinquei, pegando o objeto. - Quanto amor. - Bebi um pouco do líquido preto. Nem amargo, nem doce... no ponto.

 

- Não compare café com comida. - Respondeu-me.

 

- Alguém já acordou? - Perguntei curioso, depois de breve segundos.

 

________ negou brevemente com á cabeça e encostou o rosto em meu braço. Larguei a xícara sobre o balcão e abraçei-a de lado, apoiando meu queixo sobre sua cabeça.

 

- Não quero ir embora. - Quebrei o silêncio.

 

- Não quero que vá embora. - Respondeu, me fazendo sorrir.

 

- Pois é. - A soltei, olhando para o outro lado. - Mas mais tarde tenho que ir pra Tóquio. - Comentei baixo, rezando aos céus para quê ________ não tivesse me ouvido.

 

- Tóquio?

 

Ela me ouviu.

 

- Sim, Tóquio. - Confirmei. - Temos alguns compromissos por lá amanhã pela manhã. - Expliquei, encarando o nada e logo baixando meu olhar para o chão.

 

- Legal. - Disse. - Vão ficar quantos dias?

 

- Não sei direito, talvez dois ou três dias. - Respondi. - Mas eu não quero ir, Noona. - Fiz manha, voltando á abraça-la.

 

- Taehyung!

 

- Calma, eu sei que eu devo ir. - Brinquei.

 

 º º º

 

O pior de tudo em ir pra Tóquio, em outro país, era saber que eu tinha de deixar _________ para trás. Se fosse a quatro meses atrás, eu não me importaria. Muito pelo contrário, eu amaria passar esses dias por lá, adoro viajar com o bangtan. Mas agora, _________ estava em minha vida, e saber que eu não poderia vê-la por longos três dias, deixava-me um pouco desanimado.

 

Não tivemos muito tempo durante o dia, já que logo depois do café da manhã com _______ e a família Shin, Jimin me ligou avisando que tinhamos de estar logo cedo na empresa. Até aí fácil...

 

Acho que o momento mais difícil foi ter que me despedir dela. Foi complicado dizer um "até logo" para _________, simplesmente por quê minha maior vontade era de sequestrá-la e levá-la junto comigo ou fugir com ela. Só Deus sabe o quanto eu havia a abraçado e não queria soltá-la mais.

 

Eu queria ________ comigo, aonde quer que eu fosse.

 

No começinho da noite, lá pelas 19 horas, já estavamos quase toda a staff no aeroporto, apenas esperando o nosso vôo ser anunciado para que pudessemos ir. E eu mal havia embarcado e já queria voltar.

 

Suspirei e me ajeitei na poltrona, olhando para os lados. Hoseok estava quase babando em meu ombro. Namjoon, do outro lado, estava concentrado enquanto ouvia música com seus fones e lia algum livro, do qual não reparei o nome.

 

Voltei minha atenção á janela e observei o céu escuro, logo em seguida pegando o celular em meu colo. Desbloqueei á tela e verifiquei ser 23:04 da noite. Abri os aplicativos e fui no chat.

 

Tae: Ei

 

Parei e pensei um pouco no que escrever mas já obtive uma resposta:

 

________: Taehyung

________: Bebê

________: Que saudades de você

________: Seu mala

 

Sorri e digitei uma resposta:

 

Tae: Eu sei que sou importante e que me ama

 

________: Chato

 

Tae: Brincadeira, Noona

Tae: É clichê mas eu também estou com saudades

 

________: Eu sei

________: Mais serão três dias

 

Tae: Nem me lembre disso...

Tae: Hoseok está babando no meu ombro

 

________: Shhyjjiiilkkkijj

________: J-Hope melhor pessoa

 

Tae: Ria das desgraças alheias mesmo, Noona

 

________: Desculpa sjjuikk

________: Por sinal, deveria estar descansando, Kim Taehyung

________: Então tchau

 

Tae: Nossa, sua grossa

Tae: Deixa só quando eu voltar

Tae: Mais eu já vou descansar, tá moça?

 

________: 'Moça' o seu nariz

 

Tae: Sjuuhjkkiuukk Calma

Tae: Enfim

Tae: Daqui 2 minutos, vai lá fora e respira fundo. Soprei na sua direção um milhão de beijinhos e centenas de abraços. Devem estar chegando... Boa noite, Noona!

 

To be continued...

 

 


Notas Finais


Gente, tenham calma, o hot vai sair!

Apenas um aperitivo do que vai vir sjjuhhuukk:
https://www.youtube.com/watch?v=8ipEVukP3uw


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...