História Minha nova irmã (Norminah , G!P) - Capítulo 116


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Camren, Dinah, Normani, Normimah, Siope, Trolly, Veronica Iglesias, Zandaya
Visualizações 397
Palavras 1.483
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Famí­lia, Festa, Mistério, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Intersexualidade (G!P), Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Acho que esses vocês não vão chorar não , fiquem tranquilos.

Capítulo 116 - A volta das malditas provocações


Fanfic / Fanfiction Minha nova irmã (Norminah , G!P) - Capítulo 116 - A volta das malditas provocações


Narradora (vulgo destruídora de shippers) 


Normani estava parada com uma postura superior da qual a mesma não fazia ideia de onde havia saído , ela só estava usando. Dinah ainda estava no chão , deitada de bruços , com os cotovelos no chão e o rosto apoiado nas mãos , com um sorriso amarelo , pijama , meias e cabelos bagunçados , uma verdadeira criança. 

-Dinah , cuidado. - Lauren vai até a mulher no chão , lhe dando a mão e a ajudando a levantar - Você poderia ter se machucado. Está tudo bem?  - Lauren pergunta preocupada ao analisar o estado da amiga. 

-Estou sim , Lauren , obrigada - Dinah lança um sorriso meigo para Lauren e recebe outro gentil. 

Normani queria saber se a esposa também estava bem , mas pergunte para essa Hansen se o orgulho deixou. 

-Você ainda não respondeu a minha pergunta . Estava ouvindo atrás da porta , Dinah Jane? - Normani perguntou com um sorriso debochado e cínico , pois ela havia gostado de saber que Dinah não gostava da ideia de vê-la com outras mulheres. 

-Engano seu, querida - Dinah entra no jogo dela. Dinah havia percebido que Normani estava lhe provocando , então ela não cederia tão fácil assim para ela. 

-Ah não? - Normani muda o tom de voz debochado para um mais decepcionado. 

-Não - Dinah dá de ombros a encarando de modo nojento e metido - Eu estava dando uma geral na cozinha , pois quem tem que fazer isso , realmente não fez , não é? Daí eu acabei tropeçando e caí aqui , nada demais - Dinah mente como se aquilo não fosse nada. 

-Sei...- Normani aperta o olhar para ela de jeito desconfiado , fazendo a loira engolir em seco. 

-Foi boa a sua noite? - Dinah pergunta com um misto de ranço e raiva. 

-Maravilhosa - Normani coloca a mão no coração suspirando , só que ela estava mentindo , porque noite passada ela estava dormindo. Dinah abaixou a mão e começou a cerrar o punho forte , ficando extremamente vermelha de raiva. Normani dá um sorrisinho de lado com aquele ato. - Olha , eu nunca tive uma noite daquela na minha vida , com certeza a melhor de todas. E pensar que ninguém nunca tinha me proporcionado tamanho prazer assim - Normani diz e Dinah abre a boca , negando indignada. 

Dinah estava com vontade de voar na cabeça dela e jogar ela no chão , batendo muito na cara dela. 

Filha da puta , desgraçada!  Como é que essa puta tem coragem de falar isso na minha cara? Ah , mas eu não vou deixar barato , porque quem perdoa é Deus. - Dinah pensa

-Aposto que você foi a única que sentiu nisso tudo , já ela...- Dinah pausa para dar um risinho. Normani estava começando a ficar irritada , mas se conteve diante daquela provocação. 

-Não foi isso que você me disse a 3 meses atrás - Normani rebate.

-Pois é , foi a tanto tempo que eu nem me lembro mais. Que feio , Normani! - Dinah nega com uma expressão cínica. - É isso que acontece quando a pessoa não dá conta do recado - a loira pisca

O quê? Mas eu dou sim conta do recado , ela que é uma maníaca sexual. - Normani pensa brava. 

-Acho que o seu amante deve ser bem forte para aguentar esse "peso" todo , né. Cadê o "guerreiro" , para eu parabenizá-lo do tamanho "esforço" ?- Normani cruza os braços a encarando

Ela está me chamando de gorda , é isso mesmo? Que absurdo! Piranha desgraçada - Dinah pensa irritada

-É bom que se você não aguenta a "pressão" de ter uma mulher como eu , ele aguenta né - Dinah morde a lateral do lábio sapeca. 

Então eles foram mesmo para a cama? - Normani se pergunta com certa tristeza.

Certo, isso afetou ela. Um à um. Parece que o jogo está virando , não é mesmo? - Dinah pensa perversa 

-E qual é o nome do cafetão?

Ela me chamou de prostituta? Ah não! Que vagabunda! - Pensa Dinah

-Não vou falar - disse Dinah , pois ela realmente não sabia o nome do homem -.O nome da sua prostituta barata é Emma , não é? Coitada de você , deve ter pagado uma fortuna para a novinha querer ficar contigo - Dinah provoca mais.

-Primeiro : Não fala assim da Emma , ela é uma boa pessoa - Normani inicia fazendo Dinah revirar os olhos com tédio - Segundo : A Emma disse que para mim era de graça , porque eu fui tão boa a legal com ela. Terceiro: Posto que você nem sabe o nome do cara , pois ele só queria te comer e ir embora. 

-Já parou para pensar que o nome dele não é da sua conta? 

-Já parou para pensar que eu não vou sair da minha casa e se você tiver incomodada, você que se retire? 

-Já parou para pensar que você é otária e eu estou muito melhor no quarto sem você? Saiba que é melhor assim , vai que um certo Peter Pan vem me visitar , né ? -Dinah pisca um olho para ela.

-Saiba você , que eu estou voltando para o meu quarto hoje mesmo - Normani esbraveja , fazendo Dinah sorrir vitoriosa , pois era aquilo que ela queria.- Mas você não pode me encostar - Dinah desfaz o sorriso. 

-Quem falou que eu quero te encostar , meu anjo? 

-Então agora você pode - Normani muda de ideia rapidamente. 

-Ô santa bipolaridade! - Dinah bufa de maneira falsa , porque ela estava feliz de poder tocar sua mulher de novo. 

-Querida , eu sou de gêmeos , com ascendente em libra e Lua em leão , você está esperando mesmo uma decisão concreta da minha parte? Vai morrer esperando algo concreto de mim. Ainda bem que eu tenho muito Capricórnio no mapa , porque isso faz com que eu trabalhe e tenha meu dinheiro. - Normani diz pensativa - Ah , esqueçam! Eu não quero puxar meu mapa aqui.

-Meu signo é câncer , com ascendente em leão e Vênus em escorpião , com certeza. Meu Marte é em Áries- Dinah muda de assunto também.

-Vênus é o quê? - Lauren entra na conversa.

-É o Amor - Dinah e Normani respondem juntas , se olhando e em seguida olhando para baixo , numa sincronia perfeito . 



Normani


Eu não acreditava que a Dinah realmente estava me traindo com aquele bonitão de porte atlético. Ela tinha falado que ele aguenta e eu não. Que absurdo! Eu também não presto , fiz de tudo para atacá-la e parece que funcionou. Ela nem conhecia Emma , mas eu aposto que ela já estava imaginando uma cena dela torturando a pobre moça , que eu nem sequer tinha encostado da maneira que ela estava pensando. Eu só tinha vontade de ajudar Emma , nada além disso. Ela parecia uma moça legal e sofrida, então resolvi ajudá-la.

Era de noite e eu estava saindo do banho do meu quarto só de toalha , rezando para a Dinah não estar lá. 

Não sei , mas tinha algo incomodando minhas áreas baixas , então eu cutuquei de leve , mas lembrando que eu não tinha essa mania , que eu julgava estranha , mas eu tive que fazer isso. 

-Ai Deus, o que está acontecendo com você hoje? - olho para baixo perguntando ao meu amigo, enquanto cutucava de leve. 

-Que ajuda?  - ouço uma voz extremamente sexy e sigo a dona da voz , que estava deitada na cama , encostada sobre a cabeceira.

-Não , obrigada - digo meio envergonhada.

-Isso que dá ficar muito tempo sem usar  - ela se expressa implicante

-Quem te garante que eu não usei ontem? - lhe lanço um sorriso malicioso e vou para o closet

-Está afiada , heim gatinha. 

-Aprendi com a melhor , vulgo Dinah Jane. Isso tudo é culpa sua , isso que dá quase 10 anos de casamento - digo a fazendo rir.

-Tenho que concordar , mas nós duas sabemos que nada foi usado ontem e que você está blefando - ouço ela ao sair do closet com o meu pijama e me jogo ao seu lado.

-Estou? Se eu fosse você , engoliria essa autoconfiança toda sua - digo vendo ela engolir em seco. 

-Olha , eu vou te contar um segredo - ela se aproxima de mim colocando a mão em minha nuca - Você sabe que não é capaz de jogar fora isso tudo isso que você tem aqui - ela se apróxima mais mordendo meu lábio inferior e dando uma mordidinha , mas depois se afasta. Eu não aguento e puxo ela para um beijo de verdade e quente. 

Ai papai, essa mulher ainda me mata- penso sem parar o beijo , enquanto puxo seu corpo para cima do meu .



Notas Finais


Tchauzinho


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...