História Minha nova irmã (Norminah , G!P) - Capítulo 80


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Camren, Dinah, Normani, Normimah, Siope, Trolly, Veronica Iglesias, Zandaya
Visualizações 583
Palavras 1.779
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Famí­lia, Festa, Mistério, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Intersexualidade (G!P), Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Caralho , a Normani é tão mulherão da porra , que eu tô babando a uma hora e olha que eu sou hétero , heim kkkkkkk

Onde essa mulher se encontra?

Capítulo 80 - Onde estará Normani?


Fanfic / Fanfiction Minha nova irmã (Norminah , G!P) - Capítulo 80 - Onde estará Normani?

Normani

Eu estava arrasada. Eu estava feliz por Hope ser minha filha e decepcionada ao mesmo tempo por Dinah ter me escondido isso por tanto tempo. De todos os vacilos dela , esse com certeza foi o pior. Será que Hope me aceitaria como mãe? Será que ela brigou com a outra mãe? Acho que sim , porque ela tem a mistura do meu gênio , que quando é atacado saí de baixo , mas ela também tem o gênio da Dinah ,que é o pior de todos.

Eu estava mal , era quarta e eu nem havia ido ao trabalho. Acho que o certo a se fazer , é ligar para aquelas que irão me apoiar nesse momento. 

:-Alô , Normani? Não morre tão cedo, heim ! Estávamos falando de você agora. 

:- Oi  Alexa , desculpa o sumiço , eu andei meio enrolada , mas é , eu estou de volta

:-Está chorando , meu anjo? O que te fizeram? 

:-Longa história. Preciso de você e da Keana para beber comigo, vocês topam? 

:-Claro amor , aonde ? -

:-Perto da sua casa , que é longe e não corre risco de certos incomodos.

:-Esta bem , bebê. Até mais.


Desligamos o telefonema. Eu respiro fundo , limpo o rosto e eu tentava estar pronta para outra. Se eu ligasse para Lauren e para Verônica,   elas não me deixariam beber , então eu liguei para as minhas maridas de porre, até porque nada melhor que uma boa cachaça para aliviar. 

Ligo o carro e em 10 minutos eu estava lá. Adentro o Pub vendo minhas amigas sentadas lá me esperando. Me sento com cara de poucos amigos.

-E aí ,nenê? Qual é o equivoco? - Alexa passa a mão em meu rosto e Keana intrelaça nossas mãos. 

-É que...eu sou mãe - abaixo a cabeça chorando.

-Calma meu amor , não é o fim do mundo. - Keana faz carinho com a outra mão em minhas costas.

-Eu sei , mas a mãe dela mentiu para mim e estou decepcionada - levanto meu rosto. Elas me olham preocupadas.

-Não liga , essa mulher não presta. Ela é uma cobra sem nem um valor , que não vale a janta que come. - Alexa limpa minhas lágrimas.

-Não fala assim dela. - falo com biquinho - Poxa , eu só queria poder parar tudo que sinto por ela , mas é inevitável.

-Meu Docinho , deixa a tia te contar um segredo. O amor é uma fraqueza. É uma fraqueza que nos domina tomando conta de nós , então não se deixe levar por essa besteira. - Alexa fala friamente , sem expressar nem um sentimento.

-Não liga para o que ela fala , Mani. A Alexa não tem sentimentos , é o verdadeiro iceberg que afundou o Titanic.

-Keana só diz isso porquê...aii sua brutamontes! Agressiva! - Alexa estava prestes a revelar algo , mas Keana lhe dá um beliscão forte. 

-Tem algo do que não sei? - pergunto cessando as últimas lágrimas , já rindo da idiotice das duas. 

-Eu meio que gosto de alguém , mas é bobagem , nada demais - Keana fala como quem não se importasse

-"Oh mon Dieu, je suis choqué!"- exclamo em francês. Sim , eu havia feito aulas de francês. - Não me diga que é por mim? - brinco a fazendo rir.

-"Je t'aime mon amour , mais ce n'est pas vou" - ela ri respondendo em francês dizendo que me ama , mas não sou eu.

-Então é quem? Não me diga que é a Lauren , porque a Camila vai te arrastar até o alto do "Empire State" , vai te jogar lá embaixo te matando,depois vai te ressucitar ,  vai te arrastar até a "Estátua da Liberdade" e vai te jogar lá de cima direto no mar.- digo as fazendo rir. Keana nega dizendo que não é Lauren

-Aí ela vai entrar no mar com a raça dela , as piranhas. - Alexa implica.

-Eu não sou você não , vagabunda - Keana se irrita nos fazendo rir - E desce logo um drink.

-A Alexa paga - dito logo

-Pago. Se for para você esquecer essa vadiazinha de quinta , eu pago tudo até - Alexa diz desdenhosa.

-É sério , Lexinha , não fala assim dela - falo triste.

-Ok , só porque você pediu. Eu sei do que precisa - Alexa arquea a sobrancelha e sorri de lado maldosa.

-Club de Stripper ? - Keana pergunta e Alexa afirma maldosa

-São quatro horas da tarde , estou morrendo de fome e com dor no coração - começo a ficar triste de novo.

-Calma Baby. Vamos no Bistro almoçar , nada de Shopping e coisa gordurosa. Aí depois a gente se diverte entre a gente , vocês sabem como - Keana pisca - Bebemos uma coisinha e vamos para o club de Stripper , porque a noite é uma criança.

-Tenho que voltar no máximo uma hora da manhã , já faltei o trabalho hoje - digo e elas reviram os olhos. - Podemos fazer isso , mas antes...quero saber de quem você gosta, Keaninha - me direciono a ela.

-Não é bem gostar , é só algo especial que sinto desde o tempo de escola. - Keana inicia.

-Continue - coloco os cotovelos na mesa e a mão no rosto interessada.

-Eu gosto da Vero. - ela suspira.

-Da Vero? - eu pergunto surpresa

-Sim , desda época da Lucy. Eu sei que a Vero nunca vai me amar , porque a única foi a Lucy e não tem pessoa no mundo que vá mudar isso , mas enfim...já me acostumei. - a menina diz triste. Eu pego sua mão fazendo um leve carinho.

-Não fica assim não , meu amor. Ela sabe sobre isso? - pergunto e ela nega - Dê o tempo dela. Você é lindíssima , incrível e inteligente. Qualquer um daria tudo para ficar com você. - digo a vendo sorrir de lado. 

-Ai Mani , não me faz chorar - ela abaixa a cabeça envergonhada

-Mas é verdade -eu insisto lhe dando um sorriso amigo

-Ai que lindo , estou comovida. Deixa eu limpar minhas lágrimas. Dá para pararem de viadagem as duas ? - Alexa pergunta impaciente

-Iii oh o ciúmes - Keana brinca rindo.

-Por isso que vai morrer sozinha - implico levando um tapa - Ai bruta! 

-Eu não vou morrer sozinha , porque vocês estão aí para me aturar - ela beija o próprio ombro.

-Está bem , louca! Para de se achar - diz Keana cortando a onda dela.

Hoje seria um longo dia. 


Dinah Jane. 

Eram meia noite e quarenta e cinco. Todo mundo estava no apartamento de Lauren , Verônica e Normani , mas nada da Normani. Hope estava em minha casa com Zandaya. A minha filha não queria falar comigo , ela estava mal , a febre só tinha piorado e ela não queria comer. Ally , Zandaya e Camila tentaram e com muito custo conseguiram fazer com que ela comesse pelo menos um pouquinho. Eu não queria estar na casa da Normani agora , mas eu fiquei tão preocupada , que deixei os problemas de lado e vim ver como estavam as coisas. 

-Gente! Não é possível! Se essa mulher não aparecer em 24 horas , eu chamo a polícia - Shawn põe as mãos na cintura irritado.

-A polícia sou eu e ela não quer ver nem pintada de ouro - suspiro sentando ao lado de Ally  , que me abraça de lado para me dar apoio.

-Eu já falei! Ela está com aquelas duas vagabundas que a gente chama de amiga. - Verônica bufa colocando as mãos no rosto irritada. 

-Claro que está! Ela sabia que a gente não iria dar bebida para ela e ela foi direto as "fornecedoras do álcool" para encher a cara. E agora , ela deve estar...-Lauren pausa - Desculpa Dinah , mas eu tenho que falar. - ela diz e eu afirmo triste - Ela deve estar em algum club de Stripper por aí bebendo , dançando , enchendo a cara e comendo um monte de putas. - Diz Lauren andando dum lado para o outro. 

-Já liguei milhares de vezes para o telefone dela e nada - se pronuncia Troy aborrecido. 

-Calma , Baby. Quando ela chegar aqui , ela vai escutar , mas ela vai escutar muito , como nunca - fala Lauren responsável e preocupada. 

-Calma gente , a Mani só está nervosa - Ally tenta "pacificar" a situação. 

-Calma? Calma é o cacete! Eu que sou liberal , não sou exemplo para porra nem uma , vou encher a cabeça dela , até ela dizer chega - Verônica se levanta andando dum lado para o outro igual a Lauren. 

-O correto é manter a calma - Camila tenta concordar com Ally.

-Você pedindo calma? Eu vou sentar o cacete nela e nas duas cobrinhas que devem estar enchendo a cabeça dela contra a Dinah - Nick se manifesta nervoso também. 

-A Keana não , mas a Alexa sem sombra de dúvidas , já deve ter falado um monte contra a Dinah - Lauren fala um pouco mais calma - Eu vou matar elas , sério!

-Calma Lolo - Camila se levanta indo até a namorada e passando a mão em seu rosto - A Mani vai voltar , mas não precisa de agressão - Camila abraça a namorada. Eu reviro os olhos com toda aquela melação. 

-Gente , ninguém merece! - Ally também revira os olhos.

-Você só está falando isso porque o Troy te deixou de castigo. - Shawn implica recebendo um dedo do meio como resposta da menor - Mas não é verdade? 

-É! Está bom para você? Não me enche o saco , se não vou te agredir - Ally ameaça se levantar e Shawn se esconde atrás de Nick - Acho bom!

-A outra pede paz e quer agredir - Troy ri

-Eu te agrido também! Quer morrer , mermão? 

-Não. E você , quer que eu aumente seus dias sem? - o loiro também ameaça

-Não , amorzinho. Era só brincadeirinha , lindo - Ally sorri amarelo para ele nos fazendo rir.

De repente a porta se abre revelando três bebadas abraçadas. Eu engulo em seco com medo. E um punhado de silêncio e olhares medrosos são jogados a mim. 

E agora? Eu estava brava , com ciúmes , nervosa , com medo , mas não poderia fazer nada , pois eu errei feio. Eu queria matar aquelas duas , atropelando-as e jogando fogo no corpo delas , com elas enroladas em um pneu de borracha , dentro de um barril cheio de álcool , daí depois eu jogava os corpos no mar e morreram. Mas eu queria tanto , mas tanto , que o fogo subiu a cabeça vendo Normani segurar na cintura delas. Que merda de ciúmes.


Notas Finais


Eita cuzão. Eu fiquei meio indignada com a maneira como a Alexa falou da Dinah , mas enfim. Só barraco e está para piorar. Desculpe os erros. Bye


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...