História Minha pequena Bella - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Saga Crepúsculo, The Originals, The Vampire Diaries
Personagens Elijah Mikaelson
Tags Elijah Bella
Visualizações 91
Palavras 1.083
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 4 - Confusão


- não sei do que vc está falando - disse tentando disfarçar. 

- meu bem vc não entendeu eu não tô pedindo eu tô mandando, eu não quero ter que matar ninguém mas se vocês tentarem matar um dos meus, que Deus tenha misericórdia de vocês por que eu não vou ter.

- quem vc pensa que é? 

- eu sou Isabella Mikaelson e vc é um vampirinho desinformado que tá dando um tiro no próprio pé, por que se vc matar um original toda a sua linhagem de transformados também vai pro ralo inclusive você e alguns de seus colegas sobrenaturais,  agora por que vc não se senta e a gente conversa civilizadamente e faz um acordo.

- não tem acordo Klaus quer matar a todos nós e vc ainda quer que eu acredite nessa mentira.

- errado salvatore eu queria somente Elena mas vocês tinham que dificultar.

- calma aí vocês dois, se senta pra gente conversar.

- acho melhor vc sentar logo salvatore a paciência da minha esposa é curta - disse enquanto via ele se sentar.

- presta atenção eu sei que foi vc e seus amiguinhos que libertaram Mikael.

- O QUE!? - disse Klaus. 

- calma Nik não adianta reclamar pelo leite derramado,  mas o que eu quero perguntar é o que vc acha que Mikael vai fazer com vocês se por um acaso eu esteja errada e ele consiga matar Klaus, o que vc acha que ele vai fazer com vocês,  por que ele caça vampiros e pelo o que eu me lembre vc e a maioria ali naquela mesa são nada mais e nada menos que é a caça do meu querido sogro?

- eu ....

- é foi o que eu pensei, e quanto a linhagem peça a bruxa de vocês perguntem aos ancestrais eles vão responder a pergunta de vocês.

- o que vc sugere?

- Klaus para de os perseguir e vocês nos ajudam com Mikael nos dando todas as estacas de carvalho branco disponíveis. 

- o que garante que ele não vai atrás da cura pra pegar o sangue da duplicata. 

- eu, até por que eu posso desfazer o feitiço que coloca a condição do sangue da duplicata colocando sangue humano normal.

- por que não me disse isso antes ? Perguntou meu cunhado.

- por que eu queria conhecê ló primeiro e colocar regras, não pode ficar transformando qualquer um e ficar mandando e desmandando isso vai gerar revolta e um bando de híbridos raivosos não é uma boa coisa.

- tudo bem vc tá certa.

- bem e quanto a cura eu sugiro que vocês desistam. 

- Elena quer voltar a ser humana.

- pra quê ? Ela não quer ficar com um vampiro, quem quer esse tipo de relacionamento tem que ter vida eterna à não ser que uma das partes não quiser que dure, mas eu não tenho nada haver com isso só não reclama depois.

- como a gente vai saber que vão honrar o acordo.

- sua bruxa pode fazer um contrato de magia.

- Damon algum problema ? - perguntou um cara que parecia o Edward. 

- nenhum Stefan só estávamos conversando e vc ouviu tudo, então o que vc acha?

- pode ser um bom acordo mas a resposta é não,  Damon vamos embora.

- vc ouviu gatinha eu tentei - disse enquanto me levantava.

- Damon - o chamei - quando eles derem uma facada nas suas costas você pode me preocupar. 

- do que vc está falando?

- vc é lento em Salvatore, Elena não quer ser humana pois ela está com seu irmão, seu irmão desculpe a sinceridade quer mais que vc se foda, os outros apesar de tudo não confiam ou gostam de vc ou seja pra quem vc acha que eles vão dar a cura.

- ela tá mentindo irmão ela é uma Mikaelson e eles não são confiáveis. 

- todos eles levantaram e foram pra nossa mesa dizendo coisas e isso já tava me irritando até Klaus e Elijah já estavam discutindo então eu disse - JÁ CHEGA , onde já se viu um bando de vampiros discutindo como se fossem comadres isso é ridículo fora que não vai levar à lugar nenhum.

- e quem vc pensa que é pra dar lição de moral em alguém ? Disse a loira aguada com o nome Kerolayne. 

- alguém que quer evitar mortes e tragédias sem motivo ....

- não dá ouvidos pra ela Kerolayne provavelmente só é mais uma vadia que....

- calei a boca dela com um tapa na cara tão forte que ela caiu no chão e ficou lá estatelada - escuta aqui sua piranha a única vadia que tem aqui é vc, fica trocando de irmão como se troca de roupa e fica traindo seu namorado com o garçom loiro e dando pro time inteiro de futebol,  e como eu sei disso eu sei ler mentes e tava me dando até dor de cabeça de tanta putaria que vc fez.

- mentirosa não sei o que o Elijah viu em vc ?

- com certeza uma coisa que vc nunca vai ter, caráter e lealdade , com certeza vc não sabe o que é isso, e qualquer insulto à mais sobre minha mulher eu vou matá lá da pior forma possível,  minha Isabella não é vc nem Katherine então não se coloque no mesmo lugar em que ela está por que vc não chega nem à poeira dos seus pés, vadia.

- faço das minhas palavras as do meu irmão, e eu vou dar uma dica pra vocês Salvatore, nenhuma duplicata presta e digo isso por experiência própria,  vamos irmão,  Bella. 

- depois daquela cena fomos pra casa - Nik tem alguma coisa na geladeira?

- já com fome cunhadinha, sinto muito mais não tem nada.

- não eu iria sair pra comprar comida, tchau a gente se vê mais tarde - sai de lá com o carro e depois das compras fui fazer o jantar estava quase terminando de por a mesa.

- o que vc tá fazendo ? - perguntou Nik.

- jantar eu sempre faço para min e pro e Lijah,  senta aí e come também, vc viu ele sabe onde ele tá.

- daqui à pouco ele chega ele foi buscar os caixões dos meus irmãos, resolvemos tirar as adagas.

- ei acho melhor vc conversar com seus híbridos eu não tô com um bom presentimento. 

- nem eu eles estão estranhos, pode deixar.

- cheguei. 

- senta amor eu fiz lasanha. 

- onde estão os caixões. 

- coloquei no porão a gente tira à adaga amanhã cedo.

- tudo bem, vamos ao jantar.

- vamos.

(( continua ))





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...