História Minha pequena humana - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Camren, Dinally, Homossexualidade, Larry, Lobo, Sobrenatural, Transexualidade, Vampiro, Vercy
Visualizações 31
Palavras 621
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Festa, Luta, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


HEY GUYS, gente meio que o capítulo anterior foi tipo uma apresentação então.. Começaremos com esse okay??😊

Capítulo 2 - Tudo para proteger


POV.THALLES

Ja era quase 3:00 da manhã e o sono não vinha, e sim, eu posso dormir, o meu lado lobo permite isso, assim como comer.. Eu estava preocupado com Bea e Cara, elas estavam sofrendo cada vez mais, me levantei da cama e fui até o quarto de Bryan, o encontrando vazio, na verdade só Cameron que estava la e bem, ele estava em um sono profundo, eu não iria acordá-lo, desci as escadas e veio uma imagem de meu irmão em frente a casa das meninas, então eu fui rapidamente pra la.

Quando cheguei ele estava sentado no galho da árvore, olhando diretamente pela janela.

- Thur? Oque faz aqui?_ Ele sentiu meu cheiro, então se virou.

- Eu que te pergunto.. Mas, deixa pra la, como elas estão?_ Subi em cima da árvore e fiquei ao lado dele.

- Elas estão trancadas no quarto o dia inteiro, e como não somos convidados, não podemos entrar.._ Disse divagando.

- Temos que ter um jeito pra fazer isso, lembra oque nossas mães disseram?

- Sim, tudo para proteger.. E é oque vamos fazer_ Disse determinado.

- oque vamos fazer?_ Perguntei em dúvida.

- Você vai saber.. Vamos_ Pulou da árvore e eu o imitei.

Cheguei em casa e apenas me joguei na cama, logo pegando no sono.

Acordei com uma falação la embaixo, me levantei e quando fui para abrir a porta ela estava trancada, oque? Fiz de tudo para abrir, eu não iria quebra-la, não teve jeito, olhei para os lados e vi a janela, ótimo, fui até ela e fiz força novamente e ela abriu.

Fui caminhando até a entrada e eu juro que se eu tivesse um coração no momento ( Bom, ter eu tenho mas.. Bem..) ele sairia pela boca, era ela, era a minha humana que estava ali junto da irmã e daqueles imundos, eu fiquei com raiva, eu senti meus olhos ficarem negros, mas tive que controlar e então fui pra la, minha família me olhou assustada e eu os olhei com raiva e querendo explicações, e foi quando me virei e olhei pra ela e quando nossos olhos se encontraram que senti todo meu corpo em chamas e me neguei a acreditar que estava com vergonha.

- Oque houve aqui?_ Perguntei como quem não quer nada e logo desviei meu olhar do dela.

- Esse idiota ali, que estava de conversinha com minha filha e ainda quebrou meu carro_ COMO É QUE É?

- Olha seu.._ Minha mãe apertou meu ombro_ Não ouse falar assim do meu irmão, escutou? E outra ele fala com quem bem entender, até parece que você proíbe suas filhas de tudo_ Falei cínico.

- Seu pirralho, você não sabe oque fala.

- Oque anda fazendo por essas áreas ah? Saiba que é perigoso aqui, eu de você não provocava_ O avisei e ele não se abalou.

- Acha que tenho medo?_ Riu e a merda da sua mulher acompanhou, enquanto as meninas abaixavam a cabeça.

- Deveria ter_ O olhei com raiva e semti meus olhos ficarem daquele jeito de novo e agora ele se abalou.

- Não deveria ter vindo aqui_ Meu irmão chegou perto.

- Ah, e porque?_ Falou sarcástico.

- Eu vou te matar..

Acordei assustado e tudo foi um sonho, QUE DROGA, me levantei rapidamente e coloquei uma roupa qualquer e desci as escadas.

- Bom dia_ Falei pra todos e dei um beijo em minhas mães e minha irmã.

Saimos pra caçar e depois de matar minha sede, desviei o caminho e fui direto pra cidade.

Chegando la na casa, olhei tudo em volta e parei em um quanto calmo aonde ninguém me veria, hoje tudo estava calmo, oque era estranho, logo vi ela em sua cama e sorri, é, minhas mães estão certas e bem, não importa a ideia do meu irmão, eu faço de tudo pra protege-las.


Notas Finais


Espero que gostem, bye ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...