História Minha pequena humana - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Camren, Dinally, Homossexualidade, Larry, Lobo, Sobrenatural, Transexualidade, Vampiro, Vercy
Visualizações 15
Palavras 979
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Festa, Luta, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 4 - Festa


POV.THALLES

Realmente vamos encher aquela festa, quer ver? Cara minha família é enorme, vai eu ( óbvio) , Meus avôs, sim, eles falaram que querem lembrar os velhos tempos, claro isso é normal eles aparentam ter vinte, no máximo trinta anos, vai minhas mães, Vero, Lucy, Ally, Dinah, Normani, Chris, Sofia, Taylor, Harry, Louis, Bryan, Avril, Ariana, Demi, Selena, Cameron, Austin, Shawn, Hailee, Justin, Troye e a Dua Lipa ( Se eu pudesse perder o fôlego, ja teria perdido faz tempo ) por isso que iriamos nos misturar, é muita gente!

Coloquei meu smoking e devidamente arrumado desci as escadas, encontrando todos arrumados e fodas! Realmente nós juntos iriamos destacar e chamar muita atenção, não querendo me gabar..

- Nossa nem parece que somos chupadores de sangue_ Dua disse rindo.

- Filha.._Vô Ale disse rindo e negando com a cabeça.

- É a verdade ué_ Deu de ombros.

- Vamos logo_ Sai pra fora e peguei um dos vários carros que tinhamos ali, nos dividimos e então fomos pra festa.

Chegamos e o cheiro de sangue humano ja estava sendo sentido de longe, temos que tomar cuidado... Entramos e porra todos estavam olhando pra gente, nos espalhamos e fui tentando achar a Bea pelo cheiro, até que a encontrei, ela estava com a irmã em um banco afastado e então me aproximei e elas perceberam minha presença e logo sorriram e percebi meu irmão Bryan atrás de mim. Lógico, ele veio ver sua humana.

- Olá_ Disse educadamente as cumprimentando.

- Hey_ Meu irmão fez o mesmo.

- Esse é meu irmão Bryan, sou Thalles e você deve ser a..._ Fingi que não sabia.

- Sou Cara irmã da Bea_ Nos cumprimentou.

- Pensei que estavam com amigos.._ Bryan disse.

- Se a gente tivesse_ Cara disse e abaixou a cabeça.

- Agora tem, dança comigo?_ Bry disse.

- Sim, vamos_ Cara sorriu e então foram.

De relance vi Cara e Bryan dançando e então voltei meu olhar para Bea.

- Vamos sentar ali?_ Eu disse a ela.

Nos sentamos em um banco, e eu vi que ela estava bem, pelo menos hoje.

- Obrigada por vir_ Me olhou com os olhos brilhando.

- Não precisa agradecer_ Peguei em sua mão e fiz um carinho.

- Eu não vou pra..casa_ Disse de repente mas eu nem estranhei, Lucy disse que ela faria isso.

- Sim, vocês não vão pra casa, vocês vão pra minha_ Ela me olhou assustada.

- Como assim?

- Eu sei tudo oque esta acontecendo Bea, eu não vou deixar aqueles desgraçados machucar vocês mais, chega!_ Eu disse irritado.

- Você sabe como?

- Não é a primeira vez que vou la na sua casa, na primeira vez eu até assustei, ai então prometi a mim mesmo que de um jeito ou de outro iria ajudar vocês_ Falei mais calmo.

Ela não disse nada, apenas me abraçou e chorou, eu fiquei surpreso mas retribui, eu a abracei forte e deixei ela desabafar.

- Obrigada.. De verdade, mas por favor não me deixa Thalles_ Implorou.

- Nunca mais vou te deixar querida_ Fiquei a abraçando até que ela pegou no sono, não deve dormir a dias.

Me levantei e vi Dua abraçando Ariana por trás, e quando me viu veio até mim.

- Eu vou levar ela pra casa okay?

- Tudo bem, ja iremos também_ Ari me Deu a chave do carro.

Fui com ela até o carro e coloquei ela no banco do passageiro e dei partida.

Cheguei em casa e fui ao quarto de hóspedes, coloquei ela na cama, e achei melhor não colocar outra roupa nela, Cara quando chegar coloca. 

Sai do quarto e deixei um bilhete avisando aonde ela estava, caso ela acordasse, para não se preocupar.

Sai de casa decidido tira-las de la, peguei o carro e fui até a casa delas, quando cheguei, olhei para os lados para ver se não tinha ninguém, e não tinha, subi na árvore e entrei pela janela do quarto delas, peguei todas as roupas delas e pelo cheiro sabia de quem era, peguei umas malas e coloquei as roupas, peguei todas as coisas necessárias e guardei tudo, ouvi passos la em baixo e sai do quarto, indo pra cozinha, e la estava aquele retardado, ele me viu mas antes de falar algo, um sico só o fez desmaiar, a outra não sabia onde estava e por enquanto eu nem me importava, sai da casa e guardei as coisas no carro, entrei no mesmo e dei partida indo direto pra casa.

Cheguei la e ela ainda estava dormindo, coloquei as malas no chão, e fui pra cozinha preparar algo pra ela comer, mas ai lembrei, quase não comemos comida humana, então dificilmente a gente comprava, bati em minha própria testa e sai de novo de casa indo para o mercado, tomara que tenha um aberto, pois ja é quase meia-noite, encontrei um aberto e entrei rapidamente nele, comprei algumas coisas, paguei e fui pra casa novamente, preparei um macarrão com queijo, ela ama macarrão com queijo, e isso é uma das poucas coisas que sei fazer, mentira eu cozinho bem, só não faço isso com frequência.

Depois de tudo pronto, o pessoal chegou e eu disse a Cara que Bea estava dormindo no quarto, e ela foi acorda-la, Cara desceu com Bea e ela me olhou com um sorriso no rosto que eu correspondi de imediato.

- Bem meninas, ah.. A gente ja comeu antes de sair, então.. Fiquem a vontade okay?_ Vô Mike disse a elas.

- Vocês são todos irmãos?_ Bea perguntou enquanto comia_ Meu Deus eu amo macarrão com queijo_ Sorri por isso.

- Somos todos irmãos e primos_ Mammy disse rindo_ Decidimos fazer isso, ja que.. Somos só nós, nossos pais não moram aqui, moram em outro país, então.._ Se explicou.

- Eu disse_ Falei rindo 

- Obrigada por tudo sério_ Cara falou sincera.

- Eu disse que sempre protegeria vocês_ Bry e eu dissemos juntos e depois nos olhamos e rimos.

- É, até que essa festa não foi ruim_ Bea disse rindo e acompanhamos.

É, ela tem razão, essa festa nos ajudou bastante...




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...