História Minha pequena Mellorine - um romance de Sanji por Nami - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Piece
Personagens Monkey D. Luffy, Nami, Nico Robin, Roronoa Zoro, Sanji, Tony Tony Chopper, Usopp
Tags Nami, One Piece, Sanami, Sanji X Nami Sanji
Visualizações 73
Palavras 1.385
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura! 🌸

Capítulo 26 - Ela é a minha namorada!


Fanfic / Fanfiction Minha pequena Mellorine - um romance de Sanji por Nami - Capítulo 26 - Ela é a minha namorada!

Assim que os primeiros raios de sol surgiram no horizonte do oceano a tripulação dos chapéu de palha já estavam de pé, fazia um lindo dia, principalmente pra um "certo" casal de tripulantes que havia ali.

Sanji havia acordado cedo, ou melhor dizendo, não tinha conseguido pregar o olho durante o resto da madrugada anterior, a visão da ruiva aceitando seus sentimentos ainda parecia algo surreal pra ele, o loiro estava novamente pisando nas nuvens...

Voltou a realidade assim que sentiu o cheiro de algo queimando, e logo que viu descobriu o que era, as panquecas que estava preparando pra o café da manhã estavam completamente queimadas, ele imaginava a reação de um certo capitão esfomeado quando descobrisse...

Sanji: " Mellorine... olha só o que você faz comigo..." - O sorriso bobo se fazia presente 

Não demorou muito até que Luffy e os outros chegassem na cozinha, atraídos pelo cheiro de queimado que tomava conta do navio.

Usopp: Sanji! O que aconteceu aqui?!

Sanji: Nada demais, apenas me distraí um pouco

Luffy: MINHAS PANQUECAS! VOCÊ QUEIMOU! - Dizia o moreno enquanto encenava uma dor no coração.

Zoro: Ooo, receita nova Ero-cook? - O espadachim de cabelos verdes jamais perderia a chance de debochar do loiro

Sanji: Sim, você que terá a honra de comer tal iguaria - Respondeu o cozinheiro no mesmo tom de sarcasmo

Robin: Parece que o senhor cozinheiro estava perdido nos seus pensamentos, afinal ele nunca deixou isso acontecer antes...

Sanji: Não se preocupe com isso Robin chan, irei preparar o seu café da manhã o mais rápido possível - O loiro agora via Robin apenas como sua companheira de tripulação, não havia mais o "Robin Chwan" ou os seus famosos rodopios quando a encontrava pelos cantos do navio.

Robin: Arigatou

Sanji: E a Nami san? Não vai vir tomar o café da manhã?

Robin: Ela está se arrumando pra vir, creio que não irá demorar

Sanji: Entendo, arigatou

Assim que o loiro se manteve concentrado pra não queimar o café da manhã duas vezes seguidas os passos da tão esperada ruiva ecoaram pela cozinha, arrancando um suspiro do cozinheiro assim que ele olhou pra trás e viu quem havia chegado.

Sanji: Nami san! Ohayo! (Bom dia)

Um rubor tomou conta da face da ruiva assim que ela olhou pro seu cozinheiro que a aguardava tão feliz.

Nami: Ohayo... Sanji kun

Robin, ao notar a "timidez" dos dois logo deduziu que eles tivessem finalmente se acertado, o que a deixou imensamente feliz.

Nami contornou a mesa e sentou ao lado de uma cadeira vazia, que estava destinada a Sanji, assim que ele serviu o novo café da manhã ele sentou ao lado de sua Mellorine, tomando a liberdade de pegar na mão dela por debaixo da mesa. Assim que os minutos passaram Nami apertou a mão do loiro, como um sinal de que a hora certa pra eles contarem a verdade houvesse chegado, após respirar fundo ela foi a primeira a tomar a palavra.

Nami: Pessoal... eu tenho uma coisa pra contar pra vocês... na verdade não só eu... nós dois temos - Terminou a frase encarando o loiro que permanecia sentado ao seu lado.

Luffy: Algum problema?

Sanji: Não, muito pelo contrário... bem, eu não gosto de enrolações, então irei direto ao ponto, tudo bem pra você Nami san?

Nami: Sim, eu também prefiro que contemos tudo de uma vez

A pequena rena que se encontrava ao lado de Zoro estava sem entender nada daquena situação, um enorme ponto de interrogação se fazia presente em sua cabeça, que não demorou muito ali assim que ele ouviu o loiro dizer:

Sanji: A Nami san e eu... estamos juntos!

Um sorriso se fez presente na face de Robin e Usopp, que eram os únicos que sabiam dos sentimentos de ambos, já em relação a Luffy e Chopper,  ainda pareciam estar um pouco confusos.

Chopper: Como assim Sanji? Todos nós estamos juntos ... - Disse um pouco perdido na conversa, ao mesmo tempo sentiu a mão do espadachim sobre seu chapéu, que se encontrava com um sorriso de satisfação no rosto, afinal, ele também ja vinha desconfiando da aproximação dos dois a algum tempo, e ver Nami ir até o quarto dos homens na noite anterior só lhe deu a certeza.

Luffy: O Chopper tem razão, todos nós estamos juntos aqui! Hahahaha Sanji, você é um cara tão engraçado!

Nami suspirou de frustação, aqueles dois realmente passavam no limite quando se tratava de ingenuidade, enquanto Sanji tentava reunir um pouco de paciência.

Robin: Acho que não foi bem isso que o senhor cozinheiro quis dizer Luffy

Nami ergueu as mãos aos céus em pensamentos ao lembrar que alguém ali na mesa tinha uma certa inteligência pra entender a situação.

Sanji: Arigatou Robin chan, o que eu quiser com "juntos" é que a Nami san e eu estamos aqui na frente de vocês pra assumir o nosso relacionamento, ela é a minha namorada!

Luffy: O QUÊÊÊÊ?? Você e a Nami?? - Os olhos do pequeno capitão pareciam querer saltar do seu rosto a qualquer momento

Chopper: N-namorados?! Quer dizer que vocês irão se casar??

Nami teve que intervir antes que Sanji respondesse que " Sim".

Nami: Calma Chopper, nós não iremos nos casar, o Sanji kun e eu estamos namorando, apenas isso

Usopp: Até que enfim Sanji! Realmente você estava falando sério naquela hora! - O atirador também estava feliz ao receber a notícia.

Sanji: Sim Usopp, eu jamais iria brincar com uma coisa dessas

Luffy: Entendo... então vocês estão juntos, bom , isso é ótimo, contanto que vocês continuem na minha tripulação eu não me importo - Realmente ele não se importava, tanto é que a única coisa que ele via naquele momento era as deliciosas panquecas a sua frente

Sanji: Luffy, que fique bem claro que eu não estou pedindo permissão a você, estamos avisando a todos porquê nem eu e nem a Nami san achamos certo esconder algo assim de vocês, mas no momento em que ela quiser ir embora desse navio eu também irei.

Luffy: Mas ela é a minha navegadora! E você é o meu cozinheiro! Vocês não podem decidir algo assim sem antes falar comigo!

Nami: Luffy, fique calmo, nem eu nem o Sanji kun iremos a lugar nenhum, eu prometi a você que iria ser a sua navegadora até você realizar o seu sonho, e eu cumprirei a minha promessa.

O capitão pareceu ficar mais calmo com aquela resposta.

Luffy: Sendo assim então tudo bem, vamos comer!! - E voltou a devorar o seu café da manhã, deixando Sanji incrédulo com aquela reação dele, enquanto a ruiva apenas riu.

Robin: Como eu já sabia de tudo eu fico feliz em ouvir isso,  torço pela felicidade de ambos.

Nami: Arigatou Robin

Sanji apenas sorriu em agradecimento

Usopp: Digo o mesmo, mas espero que você não faça nada com a Nami, lembre-se das minhas palavras naquele dia

Sanji: Sim, não esquecerei...

A pequena rena se encontrava um pouco tristonha no outro lado da mesa.

Nami: Chopper...? Está tudo bem?

Chopper: Vocês...não vão mesmo abandonar o navio não é...?

Nami: Claro que não, eu prometo! - Disse a ruiva recebendo um lindo sorriso do  médico

Agora só faltava a resposta de um certo espadachim, que se encontrava bebendo uma xícara de chá.

Nami: ...Zoro?

Zoro: O quê?

Nami: Não vai falar nada?

Zoro: Eu? E por quê eu falaria?

Nami: Porquê você também é o nosso companheiro..

Sanji: Nami san, a opinião desse marimo não nos interessa

Nami: Interessa sim, o Zoro também é o nosso amigo, por isso eu também me importo com a opinião dele

Aquilo deixou Zoro surpreso, a relação que ele tinha com Nami não era das melhores, mas mesmo assim ela queria saber o que ele pensava a respeito de algo tão pessoal pra ela.

Zoro: Eu não me importo, não tenho uma relação muito boa com nenhum de vocês dois, mas se querem saber a minha opinião eu direi, Nami, tente botar algum juízo na cabeça desse cozinheiro de merda, ele tá precisando, e quanto a você - Dizia direcionando o olhar a Sanji - Trate-a bem, eu não sou a favor de caras que tratam mal uma mulher, sendo assim se eu descobrir que você fez algo de ruim a ela eu quebro a sua cara.

Nami: Zoro...

Sanji: Não se preocupe com isso, eu jamais farei algum mal a Nami san, você também tem a minha palavra.

Ele deu de ombros e voltou a comer. A reação dos chapéu de palha tinha sido melhor do que o esperado na visão de ambos, o que deixava a ruiva aliviada... eles agora estavam oficialmente juntos, sem nada a esconder de ninguém.

                                              Continua...


Notas Finais


Deixem seus comentários 😁


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...