História Minha perdição - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Michael Ballack
Tags Michael Ballack
Exibições 28
Palavras 801
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 8 - O que será??


Letícia on

Quando tá escuro
E ninguém te ouve
Quando chega a noite
E você pode chorar.

Sentia todas as dores ao mesmo tempo,queria gritar,mas eu só consegui de enfiar debaixo do chuveiro e chorar.

Há uma luz no túnel
Dos desesperados
Há um cais de porto
Pra quem precisa chegar.

Fui obrigada a ouvir todo tipo de sermão da minha madrinha,mesmo estando tão mal.
Ouvi todas as mensagens de voz que Michael mandou pra mim.
Eu não podia,eu não queria.

Eu tô na lanterna dos afogados
Eu tô te esperando
Vê se não vai demorar

Flashback on
-Você e o Michael?-Lisa por pouco não gritou pra meia Alemanha ouvir.
-Eu sabia,Philipp tinha deixado escapar alguma coisa.
-Que babado.-Anna deu pulos e bateu palmas.-E aí,por que você tá assim?

As três olharam pra mim esperando a resposta,só consegui chorar mais uma vez.
Decidi que teria que por pra fora e nada melhor que dançar,coisa que fiz sozinha já que as três não aguentaram me acompanhar.

-Dê um tchau pro Thomas Letty.-Lisa estava filmando isso?Deu um tchau e meio sorriso.-Estão querendo saber onde você está.
-Vai nos contar o que houve?-Klaudia pergunta por fim.
-Natacha tá grávida e a mãe dele me olhou tão séria que tive medo.

Flashback off

Uma noite longa
Pra uma vida curta
Mas já não me importa
Basta poder te ajudar
E são tantas marcas
Que já fazem parte
Do que eu sou agora
Mas ainda sei me virar.

Hebert Viana terminou os acordes da música que há tempos não ouvia.
Me encolhi debaixo do edredon e fiquei lá pensando na vida.
A campanhia tocou insistentemente e acabei por levantar e ir atender.

-Letícia?-A senhora Ballack estava na minha porta.-Posso entrar?

Dei passagem a ela que entrou e me lançou um sorriso,tive medo do que viria a seguir.

-Podemos conversar querida?
-Uhum.-Nos sentamos no sofá.-Desculpa.
-Por que está pedindo desculpa?-Senti as mãos dela segurarem as minhas.-Eu ouvi os dois lados e agora preciso ouvir o seu.

Contei a ela toda a história,ela ouvia cada palavra e sua expressão mudava,variava de várias formas.

-Eu não vou ficar no meio,vou voltar pra Berlim.-Ainda chorava.-Eu não quero que ele sofra.

Tinha decidido isso e não poderia voltar atrás.
-Meu filho não será feliz desse jeito.

Michael on

-Ela foi embora cara.-Essas palavras do Lahm acabaram comigo.-Pediu pra não dizer onde ela está.

Passei dias trancado dentro do quarto pedindo que ela voltasse,até o telefone ela havia mudado,graças a Natacha,Beth também tinha ido embora.

-Pai,abre a porta,sou eu,Louis.

Sabendo que meus filhos não eram fãs da Natacha abri a porta e os três entraram.

-Você tá péssimo pai.-Jordi diz e se senta na cama,estava mexendo no celular.
-Horrível,tudo isso por causa da Natacha?-Louis era o não fã número 1.

-Não,tudo isso é por causa da Letícia.-Acabei contando tudo pra eles que comemoraram dizendo que Natacha era nadinha e Letícia rainha.-De onde vocês tiram essas coisas?

-A gente vai te ajudar a achar ela.-Emílio pegou o celular das mãos de Jordi e começou a procurar alguma coisa.-Vovó falou com ela antes dela ir embora.

Minha mãe falou com a Letícia?Piorou muito as coisas.

-Onde fica Angra dos Reis?-Emílio fez uma careta ao olhar no celular.-Olha,é uma foto dela em uma praia e é recente.

Ela está no Brasil,.
Fui até a casa dos meus pais e interroguei minha mãe sobre o que ela teria dito a Letícia.

-Só conversamos,é uma boa menina,se a ama tanto assim,vá atrás dela,ela disse que ia pra Berlim.

E agora?Pra onde realmente ela foi?Brasil ou ainda está aqui na Alemanha.

-A foto pode ser antiga e ela só postou agora.-Lahm olhava a foto e analisava.-O cabelo tá bem maior,não ia crescer tão rápido.

Eu estava perdido,praticamente enlouquecendo,passava horas bebendo pra aturar Natacha e suas piadas sem sentido.
Me mudei completamente para o quarto de hóspedes e nem a cozinha me servia mais como refúgio.
Eu quero minha Letícia de volta.

Letícia on

Nem Brasil,nem Berlim,decidi ficar em Munique mesmo,longe mas nem tanto.
Eu não precisava fugir nem me esconder e sim me afastar.

-Foi demitida por minha causa?-Perguntei a minha madrinha.

-Não,saí porque não aguentaria ver o meu menino naquele sofrimento todo,tá tão largadinho.-A cara de dó dela me dei um aperto no peito.-Aquela bruxa tá mentindo,eu sei disso.

Msg do Whatsapp

Só as top's

LisaMüller : Letty dê o ar da graça já.
AnnaLewan : Cadê essa guria?
Eu : Aqui.
O que houve?
KlaudiaLahm : Nina tem uma bomba pra gente.
Eu : Nina?Do Manu?
AnnaLewan : Aham e como diz o Thomas,é sobre a libanesa do mal.
LisaMuller : Vem aqui em casa e te contamos tudo.
Eu : Ok tô indo.

Me despedi da minha madrinha após arrumar toda minha bagunça e me arrumar.
O que Nina teria de tão importante para falar?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...