História Minha Perdição - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Jared Padalecki, Justin Bieber, Supernatural
Personagens Jared Padalecki, Justin Bieber
Tags Brigas, Casamento, Depressão, Hentai, Morte, Namoro, Romance, Sexo, Violencia, Violento
Exibições 19
Palavras 758
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - Ela aceitou meu beijo


        * Rose pensamento on : 

 Eu estava muito desesperada, sem sono, sem fome, apenas com vontade de chorar, imaginando o que possa ter acontecido com minha menina.

 Prometi a minha irmã diante de seu caixão que cuidaria de Luna como um pedaço de mim. E eu a amo tanto, que se algo acontecer com ela, eu não sei se teria força de enfrentar.

 Roger - Bom gente, vamos logo a policia. 

 Nanda - Pai, não tem 24 horas ainda. E por ela ser adolescente vão dizer que ela fugiu, que deve estar com namoradinho... Ou coisas assim então vamos esperar. Mesmo sabendo que foi algo ruim que aconteceu.

 * Jared pensamento on : 

 Eu fiquei com dó da minha garota, e ao mesmo tempo com ódio dela, eu não quero nada com ela... Só fode-là.

 Mas ela não cooperou comigo, tive que apelar, mas jurava que ela já teria dado para muitos, só estava se fazendo de difícil pra mim. Me enganei mas tudo bem, foi a pior maneira que já usei para tirar a virgindade de alguém, as outras praticamente imploravam por uma noite comigo.

 Luna - Eu quero ir embora, você já fez o que bem quis comigo. Me deixe ir. 

 Jared - Não. Essa é minha ultima palavra.

 Luna - Eu odeio você. - Falou Luna se levantando da cama e se aproximando de mim com murros e chute. 

Até que reparou que estava nua. Ficou parada olhou para todo seu corpo nu e voltou seu olhar para mim, eu estava paralisado também, ela tinha um corpo escultural, fiquei um tempo a observando, até que decidi ir me aproximando ela não se movia! 

 Então toquei sua pele, suas bochechas e seus lábios e fui aproximando meus lábios ao seu pescoço e subindo até seus lábios, me envolvendo em um beijo lento, e aos pouco fui colando nosso corpo.

 Luna - Eu não... - ela começou falar mas não terminou, apenas voltou ao beijo, senti uma lágrima dela escorrer e tocar meu rosto que estava grudado ao seu, mas continuei o beijo e ela fez o mesmo, desci minha mão pelo seu corpo deixando outra em seus cabelos. 

 Porém não tentei nada fiquei apenas curtindo seu beijo. Até que alguém bateu na porta, rapidamente me recompus e puxei o lençol para ela. 

 Jared - O que houve? 

 Mary - O que vai jantar meu menino?

 Jared - Dona Mary eu nada, mas prepare uma torta de frango pode ser? 

 Mary - Tudo bem. 

 Voltei ao quarto ela já estava com um pijama rosa com branco! Estava com as pernas como apoio para os braços, bem encostada na cama, a observei por uns dois minutos e sai do quarto o deixando destrancado. 

Mesmo sabendo que ela sairia. Fui para o meu quarto e cai no sono. 

* Luna pensamento on :

 Que merda, que merda, que merda. 

 Por que eu quis beijar ele, ele me machucou, me fez querer morrer, eu não posso querer nada dele. Levantei para ir até a porta mesmo sabendo que estaria trancada, mas para minha surpresa não estava. Então sai e comecei a andar naquele corredor... Tinha 4 portas fora a minha.

 Sou muito curiosa, fui abrindo devagar cada uma, era apenas quartos e estavam sem ninguém.

 Pensei que um poderia ser de Jared mas acho que era o ultimo que estava trancada. Vi uma escada desci, e fui conhecer a casa e ver as possibilidades de que eu possa fugir dali e sim eram 0%.

 Na cozinha tinha uma porta imensa de madeira sai por ela e dei de cara com uma piscina maravilhosa, dentro dela parecia ter luzes e o escuro da noite a deixava perfeita.

 Então coloquei a mão na água, observei mais 3 minutos, e voltei a cozinha, não tinha ninguém lá, nem mesmo os seguranças, então decidi procurar algo pra comer, me sentei no balcão e comecei pensar em minha tia, então perdi a fome e lágrimas começaram a rolar.

 Quando me levantei que fui sair da cozinha dei de cara com ele.

 Jared.

 Ele me puxou e me abraçou porém não obteve retribuição minha naquele abraço.

 Luna - Me solta por favor. 

 Jared - Ok.

 Rapidamente corri para o quarto e ele infelizmente fez o mesmo atrás de mim. 

 Luna - O que você quer de mim... ?

 Jared - Absolutamente mais nada. 

 Luna - Então me deixe ir. 

 Jared - Não. 

 Luna - Ok.

        Fui em direção ao banheiro. 

Entrei e tranquei a porta.

 E então me sentei no chão e ali fiquei por horas.


Notas Finais


Snap - londononaru 👻

Espero que tenham gostado do capítulo ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...