História Minha princesa.... (Incesto) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Incesto
Exibições 410
Palavras 809
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Bem curtinho🐼🦄👽💕

Capítulo 1 - 1° Capítulo


Ian ON

— Pai posso fazer uma pergunta?— Amanda se apóia no balcão olhando para mim.

*Vai começar perguntas com Amanda Walker!*

— Fale Mandy.— Digo limpando as mãos em um pano de prato.

— Os homens gostam de mulher atiradas ou meio inocentes? — Ela perguntava cerrando os olhos em sinal de duvida.

— Amanda me diz para que você quer saber disso?— digo um a olhando com uma cara seria.

— Porque quero que o homem sinta tesão por começando pelo meu jeito.— Ela falava aquilo com a maior tranquilidade do mundo.

Ela estava na fase de "Eu quero perder minha virgindade!". Mas o bom é que ela ainda não havia me pedindo permissão para se dar a o seu namoradinho. Ela e eu somos muitos próximos. E tudo ela pede minha permissão. Tento ser paciente com essa criatura.

— Se ele te amar de verdade você vai poder ser quem você é.— Digo lançando uma piscadela.

— Você e suas lições de vidas que fogem das minha perguntas. — Ela revira os olhos e vai para seu quarto. Provavelmente escolher o vestido da sua festa de 17 anos.

Vai ser uma festa na piscina só para os amigos. Não gostei muito da idéia de vários adolescentes na minha piscina bebendo e comendo. Mas o que eu não faço pela minha princesa.

(...)

— Pai?— A voz de Mandy me chama docemente na porta do meu quarto.

— Oi princesa. Deseja alguma coisa??— Falo sem olhar para ela só me concentro nas séries novas que a netflix acabará de atualizar.

— Como esse biquíni ficou em mim?— Ela vai para frente da teve. Usava um biquíni branco com detalhes pretos. Do tamanho certo para seu lindo corpo, exceto pelo fato que Amanda tenha bunda e peitos um pouco mais que o normal. O biquíni deixou seu corpo ainda mais exuberante. Fazendo qualquer homem sonhar acordado. Sem nem perceber eu estava me excitando olhando o corpo da minha própria filha. Sinto meu membro latejando. Por sorte havia um cobertor impedindo que ela visse um volume suspeito.

— Acho que um maio cairia melhor... Sua mãe deixou alguns no closet antigo dela.— Digo apontando para o closet.

— Você acha?— Ela interrogou um pouco triste por eu ter reprovado seu look. Ela pega alguns maios e vai para o seu quarto experimentar. Quando ela saiu do quarto eu tive que começar a pensar em coisas broxantes afinal me recusava me masturbar pensando na minha própria filha. Eu sou monstro mesmo.

(...)

Na festa Mandy usou um maio meio aberto dos lados aparecendo suas curvas da barriga mas não a mostrando por completo. Aquela garota fica bem em tudo! Não é a toa que é minha filha. Resolvi não ficar ali olhando para adolescentes de 16 anos se achando adultos.

(...)

Depois de toda aquela bagunça da noite passada a casa estava limpa graças as minhas empregadas.

Me sentei na frente da piscina e tentei curtir meu domingo. Até que minha filha amada chega me pegando de surpresa. Ela senta em meu colo com uma perna de cada lado, virada para mim e advinha bem em cima de meu pênis.

Puta que pariu. Tive que me segurar para não pensar nenhuma besteira de novo.

Ian ela é sua filha! Se controle!

— Pai... Posso te pedir algo?— Ela olhava para os dedos e brincava com os mesmo. Huum lá vem merda.

— Antes meu amor.... Eu preciso te ensinar uma coisa...— Digo-a tirando de cima de mim.— Você não pode sentar assim em um homem, né filha?!— Digo calmante.

— Mas você é meu pai.— ela diz um tanto confusa.

— Eu sei... Mas eu nunca pensaria algo impróprio de você. — Eu tento não pensar...— Mas se fosse outro homem?

Ela concordou com a cabeça.

— O que queria perguntar?— Lembro que ela tinha algo a me propor, já sabia que coisa boa não era.

— Então Papai... Eu fiz 17 anos e o Theo meu namorado me pediu algo...— ela brinca com o meu polegar.

— O que o babaca quer?— digo tirando os óculos de sol.

— Tirar minha virgindade. — Ela me olha de um jeito meio gato de botas .

— Sonha!! Eu nunca vou deixar esse Ogro tirar sua pureza minha princesa! — Grito com ela.

— Ai Pai! Isso corresponde a mim não a você!— Ela começa a gritar mais alto que eu!

— Ele é um Ogro! Duvido que seja cuidadoso com você! Você meu bebê tão frágil. Tem que ter carinho e romantismo tudo o que ele não tem!— Tento aumentar novamente minha voz mas alta que a dela.

— Assim parece que você quer tirar minha virgindade! — Aquelas palavras parecem lanças.

Por impulso dou um tapa na cara de Amanda.

— Me respeita garota! Sou seu pai!

— Meu pai? Não estou reconhecendo meu pai!— Lágrimas rolam pelo rosto dela e a marca da minha mão vai ficando visível.


Notas Finais


Se tiver erros ortográficos perdão🌸💘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...