História Minha prisioneira - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Shingeki no Kyojin (Attack on Titan)
Personagens Angel Aaltonen, Anka Rheinberger, Annie Leonhardt, Bean, Beast Titan, Beaure, Bertolt Hoover, Boris Feulner, Carlo Pikale, Connie Springer, Dario Inocencio, Darius Baer-Varbrun, Darius Zackly, Daz, Dennis Eibringer, Dieter, Dimo Reeves, Dita Ness, Djel Sanes, Dot Pixis, Eld Jinn, Elena Munsell, Ellie, Eren Jaeger, Erwin Smith, Farlan Church, Flegel Reeves, Franz Kefka, Frieda Reiss, Grisha Yeager, Gunther Schultz, Gustav, Hange Zoë, Hannah Diamant, Hannes, Henning, Historia Reiss, Hitch Dreyse, Hugo, Ian Dietrich, Ilse Langnar, Isabel Magnolia, Jean Kirschtein, Jurgen, Kalura Yeager, Keiji, Keith Shadis, Kenny Ackerman, King Fritz, Kuklo, Lauda, Levi Ackerman "Rivaille", Lord Balto, Luke Siss, Lynne, Marcel, Marco Bott, Marlo Freudenberg, Mikasa Ackerman, Mike Zacharius, Mina Carolina, Mitabi Jarnach, Moblit Berner, Moses, Mylius Zeramuski, Nac Tius, Nanaba, Nifa, Nile Dok, Oluo Bozado, Pastor Nick, Pere, Personagens Originais, Petra Ral, Ralph, Reiner Braun, Rico Brzenska, Rod Reiss, Roy, Samuel Linke-Jackson, Sasha Braus, Sharle Inocencio, Smiling Titan, Sonny, Sorum Humé, Thomas, Thomas Wagner, Tom, Xavi Inocencio, Ymir
Tags Rivamika
Visualizações 59
Palavras 1.842
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Fantasia, Ficção, Hentai, Luta, Mistério
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá pessoal!aqui está mais um cap espero que gostem 😍

Capítulo 9 - Lembranças


Fanfic / Fanfiction Minha prisioneira - Capítulo 9 - Lembranças

Pov Levi

Seu sangue é delicioso,não sabia como o descrever;era doce,amargo até mesmo salgado,um sabor novo para mim,tipo,único e especial,um sangue que só existia um no mundo todo, sinceramente incrível!mas não poderia o sugar todo já que iria matar minha querida Mikasa,quando finalmente me saciei de minha sede Mikasa estava fraca e quase que desmaiando pela falta de seu precioso sangue a segurei pela cintura calmamente não querendo a apertar muito para não a machucar Nei nada,olhei para seu rosto agora mais pálido doque o normal,sua boca rosada que me provoca só de a olhar mas oque me chamava mais atenção era seus olhos Onix mais escuros doque a noite e mais bonitos doque diamantes e ela ficava cada vez mais bonita quando a luz do luar refletia em seus olhos o deixando mais brigante ainda,comecei a aproximar-la para mais perto de mim com delicadeza como se ela fosse uma boneca de porcelana,quando nossos lábios se tocaram começamos um beijo calmo,delicado e quente.

Mikasa:hm..m l..Lev...

Ela estava tentando falar alguma que não deu muito bem para compreender por causa de nosso beijo que estava ficando cada vez mais feroz.depois de um tempo nos beijando me separei dela dando um selinho em sua boca a deixando corada.

Levi:oque queria dizer?

Mikasa:p-por que você ficou assim...

Levi:como assim?

Mikasa:com os olhos mais cinzas doque o normal e com suas presas tão afiadas...

Ela falou desviando de meu olhar que estava totalmente fixado nela por causa de sua pergunta...

Levi:toda meia noite fico assim e já que Fais alguns dias que eu não bebia sangue na quantidade suficiente para mim fico que meio um pouco descontrolado....

Quando acabei de falar persebi que Mikasa me olhava assustada e com uma de suas mãos em seu percoço que estava saindo um pouco de seu sangue ainda.

Levi:por que essa cara?

Mikasa:....

Levi:ei,piralha não vai me responder ?

Ela ainda continuou muda,parecia que tinha olvido ou visto a pior coisa de toda sua vida,comecei a ficar um pouco preocupado com isso já que agora seu olhar estava em choque e medo e sua respiração descontrolada.

Levi:piralha? ...

Quando eu ia pronunciar mais alguma coisa recebi um soco de Mikasa em meu estômago me fazendo recuar para traz e colocar minha mão aonde vinha minha dor.

Mikasa:SEU IDIOTA!

Levi:o...oque?

Mikasa chegou perto de mim novamente para me dar mais um chute só que quando ela estava prestes a me dar outro chute a dei um rasteira fazendo com que ela caise no chão.

Levi:quer parar com isso!e me explicar o porquê você está fazendo isso?!

Subi em cima dela e imobilizando-a  no chão nojentos e sujo, confesso que me arrependo de ter feito aquilo já que sujei um pouco de minha roupa.

Mikasa:sai de cima de mim!seu anão de jardim idiota!

Ela se debatia incontrolávelmente me fazendo a segurar com mais força,mas de onde é que essa piralha tira tanta forças assim tão rápido ?!

Levi:quer parar piralha,e me esplicar o por quê disso !

Mikasa:então me solta idiota!

Como ela pedio eu fiz a soltei,me alevantei batendo em minhas ventimentas sujas para tirar aquela sujeira nojenta e estendi minha mão para Mikasa se alevantar,ela não aceitou minha ajuda se alevantando por si própria e se sentando logo em seguida perto da árvore que estava aquele balanço. 

Levi:agora pode me explicar o porquê disso tudo?

Falei meio que irritado e me sentando ao seu lado.

Mikasa:você...me...mordeu...

Levi:e daí?

Mikasa:e daí ?! Só pode estar  de brincadeira!!

Levi:não.

Mikasa:você me mordeu idiota !

Levi:é isso não é bom?

Ela olhou para mim com uma cara de raiva mais ao mesmo tempo de "WTF",eu sinceramente não estáva entendendo por que aquela drama toda por causa de uma mordida.

Mikasa:eu não quero me transformar em uma coisa iqual a você....

"Coisa?!"aquilo era deprimente e idiotice foi iqual uma adaga perfurando meu coração,e parece que ela não entende muito bem de como nós vampiros nos transformamos.

Levi:se acalma...voce não vai se transformar,Nei virar essa coisa.

Falei apontado para mim ironicamente

Mikasa:não me entenda mal sobre não querer me transformar,mas porque não irei,pois você já me mordeu...

Levi:você lê muitos dessas ficções de monstros não é mesmo?

Mikasa:sim.

Levi:esses livros mentem piralha,você só se transformará em uma de nós se for mordida por um vampiro que tenha algum tipo de ferimento em sua boca ou qualquer coisa do tipo e quando ele te morder ele terá que mais ou menos uma fusão de seu sangue com o dele...

Sua expressão era agora mais aliviada e calma e tinha um meio que um sorrisinho em seu rosto.

Levi:mas...eu queria saber..

Mikasa:sobre?

Levi:por que veio aqui?

Mikasa:para descansar,já te falei isso.

Levi:não,você não me disse a ração do porquê veio aqui...

Mikasa:...

Levi: então?

Mikasa:eu...não sei...

Levi:nao sabe ?

Mikasa:acho que foi intuição...tive um sentimento que deveria vir aqui...mas não sei o porquê....

Pov Mikasa 

Estava confusa,com medo,raiva mas principalmente curiosa em saber o meu motivo pela vinda a esse local,eu só tive o sentimento que deveria vir aqui,queria entender o motivo do porquê disso,do porque depois desse tempo todo tendando me esquecer do meu passado eu venho no local aonde que eu mais....mais...fui feliz...e boba sobre a vida,dos momentos em que estive com meu pais,amigos,parentes e ter os perdidos o mais rápido doque eu poderia correr atrás para ajudar ou até mesmo o tempo que passou e eu não aproveitei com eles.

Levi:ei,piralha?...

Me alevantei empurrando Levi que estava meio que escorado em mim e comecei a correr o mais rápido que eu podia,não estava entendo o motivo porque estava correndo mas tenho o sentimento que tenho que chegar em algum lugar,quando comecei a olhar para aonde que eu estava indo era meio que uma estradinha de pequenas pedras com algumas flores mortas isso era familiar para mim,sinto que já tinha visto isso antes...

flashback on

???:querida,acorde já é um novo dia.

Comecei a abrir meus olhos ainda sonolentos devagar e me espreguiçando,quando os abri por completo vi minha mãe com um grande sorriso natural em seu rosto ela estava sentada na beira de minha cama.

Mãe:vamos tomar café da manhã querida?

Fiz como sim com a cabeça e comecei a desser de minha confortável cama e indo tomar meu café da manhã.

Pai:bom dia querida. 

Dei um sorrisinho para ele como um "bom dia pai!" E me sentei na messa começando a comer meu café.

Depois disso minha visão ficou um completo branco não me deixando ver mais nada..

???:ei Mikasa!

Uma voz doce e suave me chamou me fazendo sair daquele branco completo e começar a olhar para os lados a procura daquela voz.

???:Mika!aqui em cima hahah!

Olhei rapidamente para cima de uma árvore e percebi que uma menina de cabelos amarrados e com várias pintinhas em seus rosto sorridente,ela estava pendurada na árvore se mechendo de um lado para o outro iqual a um macaco comecei a rir por causa disso. 

Ymir:ei!por que está rindo boba!

Mikasa:por nada ! Hahaha 

Ainda rindo comecei a olhar em volta do local aonde eu estava,percebi que estava sentada de baixo de uma árvore rosa linda como o céu,o som da água corrente me acalmava e o silêncio do lugar me deixava prestar mais atenção nos som em que cada pássaro fazia, sinceramente um belo local para estar.

Ymir:Mikasa!

Mikasa:sim?

Ymir:sobe aqui por favor!

Mikasa:mas se eu cair..

Ymir:não seja medrosa ! Eu não te deixarei cair !

Mikasa:promete ?

Ymir:sim!iqual naquela vez do lago que eu te salvei!

Estava confiante em subir naquela árvore mas mesmo assim com uma pitada de medo,mas subi com ajuda de ymir até lá em cima.quando finalmente subi me deparei com uma bela vista do riacho aonde nos estávamos e das flores com corres vivas e que destacavam o local.

Ymir:Mika...olha para mim...

Mikasa:ok...

Olhei para ela como me pediu,percebi que ela estava escondendo alguma coisa atrás de suas costas que me impossibilitava de ver oque ela segurava. 

Ymir:então... você me promete uma coisa?

Mikasa:depende oque...mas sim...

Ymir:ok...vamos fazer uma promessa de amizade eterna para nois duas que não poderemos nos separar até nossas mortes e se um dia nós ficarmos bravas uma com a outra terrenos que sempre voltarmos a sermos melhores melhores melhores amigas de novo!

Mikasa:eu ACEITO!

Ymir:tá então coloca isso aqui.

Ela tirou o objeto de suas costas mostrando duas pulseiras escrito"para " em uma e a outra "sempre" ela me deu a parte escrita "sempre" e ela ficou com a outra parte.

Ymir:só podemos tirar essas pulseiras quando morrermos agora.

Mikasa:eu prometo que nunca irei tirar isso!

Ymir:também prometo!

Quando eu me alevantei no ganho em que eu estava para ir mais perto de ymir meu ganho deu uma quebrada e começou a quebrar mais ainda lentamente,eu e ymir ficamos em choque com aquilo.

Ymir:mika...não se mecha...

CRAS!

Ymir:MIKASA!!!!

Mikasa:HAAAAH

As únicas coisas que me lembro foi de estar caindo e dá  cara de ymir de terror,susto e desespero e em minha volta ficou tudo preto.

???:idiota

Mikasa:oque ?

???:por que você os deixou !?

???:não deveria ter feito aquilo!

???:você deixou eles morrerem!

Várias vozes começaram a gritar em meus olvidos coisas repuquinantes, horríveis e tristes.

Mikasa:eu...eu não fiz isso !

??:fez !

???:você os deixou morrer!

???:não deveria ter feito aquilo!

???:tudo sua culpa!

Mikasa:não! NÃO HAAAAAHAAAAH NÃO FUI EU!

???:tudo sua culpa!

???:tudo sua culpa!!

???:TUDO SUA CULPA!!!!

Não aguentava mais,não aquentava mais aquilo!eu não queria eu juro! aquelas vozes almentavam cada vez mais e mais me deixando louca,mas isso era verdade?eu tinha feito aquilo?senti meus olhos lacrimejar e um líquido quente em minhas bochechas,não estava mais aquentando aquilo,a única coisa que eu queria era que essas vozes parassem e que eu saice desse lugar de uma vez por todas,fechei meus olho tentando me esquecer disso...

??:hahah

Olvi uma risadinha doce,divertida e feliz,as vozes que estavam me atormentando começaram a ficar mais baixar mais ainda conseguia as olvir.

??:hahahah,abra os olhos.

Os abri,percebi que tinha um luz branca em um lado da escuridão aonde eu estava,quando minha visão começou a melhorar um pouco percebi uma garotinha com cabelos negros e um vestido sujo e com duas correntes em seus braços e uma com pontas afiadas em seu pescoço,me surpreendia ela estar sorrindo nesse momento,sorrindo para mim,olhei em minha voltar me deparando com uma criatura negra com seus olhos vermelhos iqual o sangue da morte e suas presas mais afiadas do que qualquer coisa nesse mundo. 

???:idiota!sua culpa!

Aquelas vozes começaram a ficar mais altas e aquela criatura se aproximar de mim como se eu fosse sua presa.

garotinha:HAAAAAHAAAAH

Alhei para onde vinha aquele grito e vi que aquela garotinha estava sendo puxada pelas correntes para a escuridão,sem pensar duas vezes comecei a correr até ela como se isso dependese de minha vida.

garotinha:HAAAAAH MIK....

Antes dela terminar de falar uma pessoa escura como a noite tampou sua boca e começou a puxar aquela menina que se debatia para tentar se soltar.

Mikasa:solta ela!!!

Quando estava quase me aproximando daquela garotinha minha perna foi puxada brutalmente por alguma coisa que começou a me machucar,olhei para trás e vi aquela criatura negra com os olhos de morte para mim,fiquei paralizada o medo entrou em meu corpo inteiro e as lágrimas encheram meus olhos,não entendia porque...porque eu estava chorando?...porque tinha medo daquilo...

Criatura:só falta você. 

Aquela voz...a voz que ria do dessespero de meus pais enquanto os matava,essa era a coisa de meus pesadelos,a que destruiu minha vida,acabou com minha felicidade,família,amigos,foi por culpa dessa criatura que eu perdi tudo.medo,medo a única coisa que podia me descrever agora não queria olhar para aquilo não queria olvir aquilo.

Garotinha:HAAAAH!Não por favor!

Ela gritava com muito desespero e se debatia para aquele ser o soltar,queria poder a ajudar mas meu medo era maior.

Criatura:só faltava você,fraca e inútil  como sempre.

Mikasa: NÃO!































Notas Finais


Oi pessoal ! Oque vocês acham que acontecerá com mikasa?e aquela menina?kkk comentem aí oque acharam do cap!


e para quem não entendeu muito bem o flashback,eles são tipo um pouco doque a Mikasa se lembra do seu passado e oque ela senti sobre aquilo,tipo,de como ela se sente culpada sobre essas lembranças junto é claro com a sua loucura e medo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...