História Minha querida cereja - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hanabi Hyuuga, Hinata Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Jiraiya, Kakashi Hatake, Kiba Inuzuka, Moegi, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Obito Uchiha (Tobi), Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Temari, Tsunade Senju
Tags Eu Sou Um Lixo, Hanamoegi, Hentai, Inohana, Inomari, Kakaobi, Kibashi, Naruto, Sakuhina, Sasunaru, Shirime-chan
Visualizações 224
Palavras 1.480
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, FemmeSlash, Festa, Fluffy, Hentai, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Slash, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi!!! Tudo bom? Queria avisar que minhas aulas voltaram dia 01/08, então vai ficar mais apertado.


Nesse capitulo inseri Sasunaru, então acho que ficou legal.


Tia ama voces, espero que gostem. Fiz sa buçanha pra tu Shade, minha putinha gostosa (XUPAAAAAAAA DILMAAAAAAAAA) <3
-TAVA SEM IDEIA PRA NOME, ENTAO VAI ESSE MESMO- (nome do capitulo)

Capítulo 4 - Capitulo quatro - Que merda hein cara..


Fanfic / Fanfiction Minha querida cereja - Capítulo 4 - Capitulo quatro - Que merda hein cara..

============NARRADORA ON===========

Hinata acordou chorando..Teve um sonho (ou melhor, um pesadelo). Sonhou que brigou com Sakura, que terminaram..

Ela estava tão alarmada que apenas pensou em correr pro banho e se trocar. Entrou e ligou o chuveiro quente. A água caía em seu corpo, fazendo-a relaxar

"Apenas um sonho ruim..Nada mais que isso! Não vai acontecer tão já.." Pensou ela. Terminou seu banho, enrolou uma toalha no corpo e outra no cabelo. Colocou uma blusa de moletom fechada roxa escura, jeans preto, tênis roxo e um gorro preto.

Desceu a escada da enorme casa, tomou um café com a família e ansiosamente pegou a mochila. Se despediu e atravessou a rua.

Sakura como sempre estava atrasada, sua mãe, Tsunade, pediu para Hinata entrar. A garota o fez quando a senhora cedeu espaço para sua passagem. Sentou-se no sofá, como concedido pela mulher e esperou a rosada.

-Então..Você trabalha? - Perguntou a senhora.

-Sim! Nos fins de semana ajudo meu pai na empresa. - Respondeu Hinata alegremente.

-Olha..Desculpa a pergunta, mas.. - Tsunade parecia timida

-Hm?

-..Qual das duas é a ativa? - Perguntou ela, com tom relutante.

-A..Ainda não decidimos mãe.. - Disse Sakura, que surgiu na escada de súbito.

-Certo.. - Respondeu Tsunade.

-Então..Hina vamos? - Perguntou a rosada, que usava uma camisa branca com mangas vermelhas compridas (estilo baseball), calça jeans preta e tênis vermelhos.

-V..Vamos..- Respondeu a morena.

-Tchau mãe. - Falou Sakura, dando um abraço na loira.

-Tchau Saky..Juízo! Eu vou sair de tarde, você cuida da casa.

-Quando você não sair de tarde me avise, você sempre sai!

-Ah, é mesmo..Mas vai que você trás sua namorada pra cá e.. - A senhora parou - ...Falei muito?

-Demais mãe! - Disse Sakura, em tom brincalhão, que arrancou um sorriso de Hinata.

Sakura pegou a mão da morena, que a olhou sorrindo, abriu a porta da frente e saiu. Hinata colocou a mão na cintura de Sakura. A rosada também fizera um movimento parecido, colocando o braço no ombro da moça.

Chegaram na escola. Atravessavam um corredor qualquer. Entraram na sala mas, enquanto conversavam, Sakura deu de esbarrar com um rapaz..Olhos ônix, cabelos escuros espetados para cima, pele branca..Cara de pouquíssimos amigos.

-Ora seu.. - Ia dizer ela, que não continuou graças a Hinata, que tapou sua boca.

-Ora sua.. - Também ia dizer ele, mas sua boca foi tapada por um rapaz loiro, olhos azuis, pele branca e cicatrizes nas bochechas.

-Sasuke! Para com essa merda. Apenas.. - Disse o loiro.

-Sakura, por favor apenas..

-PARE!! - Disseram o loiro e a morena em uma única voz.

Todos se espantaram..Hinata se aproximou do moreno, ajudou-o a levantar e o loiro fez o mesmo com Sakura.

-Eu sou Naruto..Esse é o esquentadin..O Sasuke, perdão.

-Eu sou Hinata, essa é a Cherr...Opa! Sakura.

-Bem, vocês são irmãs..Amigas..O quê? - Perguntou Naruto animado e tímido.

-Somos..Namoradas. - Disse Hinata, um pouco relutante e pausada.

-Então vocês são lésbicas? - Perguntou Sasuke, evasivo.

-Lésbicas não..Ambas somos bissexuais, mas como estamos namorando isso meio que vai pro lado lésbico então.. - Sakura estava direta.

-Bem..Nós namoramos, então..É isso só. Então.. - Naruto parecia sem graça, sentia estar confiando muito nelas.

-Bom, podemos ser amigos..Por favor, esqueçam o incidente aqui. - Disse Hinata, em tom de carinho.

Os dois assentiram. Parecia que viraram amigos..

                                *****

-Puta merda mano..Essa porra dessa vagabunda dessa professora gorda de Matemática merece uns tiros no meio daquele cu obeso dela!! - Exclamou Sakura enquanto andava, muito brava com o trabalho de Matemática - Pelo menos é em dupla, né Hina?

-Sim, a gente faz na sua casa ou na minha?

-...Você vai ficar sozinha? - Sakura estampou um sorriso malicioso discreto que fez Hinata corar.

-N..Não mas, se fossemos fazer o trabalho mesmo teríamos suporte.. - Respondeu Hinata, tentando parecer calma.

-Oh..Certo..É só pra semana que vem. Podiamos ficar vegetando e depois fazer.

-Ou entao, podiamos fazer e depois vegetar..

-Hinata caralho, eu tenho necessidades meu Kami do céu!

-Tá, mas suas necessidade não são comparadas á escola.

-Próxima presidenta do mundo.. - Sakura apenas empenhou a máxima no seu tom irônico.

-O mundo não tem um presidente, cada nação tem seu governante próprio..E eu não quero ser presidenta...

-Quer ser o que então, senhorita "Sou nerd mesmo"?

-Sua... - O sorriso de Hinata era tão malicioso e tão lindo...

A morena parou de andar, o que fez Sakura também parar por um simples impulso. Olharam ao redor, Sakura nao entendia muito o que estava acontecendo. Não havia ninguem na rua e no caminho para casa havia um beco estreito. Hinata puxou Sakura pela mão, enquadrou-a numa das paredes, atrás de uma caçamba de lixo.

-Não vou fazer nada ainda..- Sussurrou ela no ouvido da rosada, o que a fez estremecer.

Hinata deu um beijo em Sakura. Um beijo molhado, quente e cheio de desejos proibidos. Quando lhes faltaram ar, separaram-se.

-Eu te amo Hinata Hyuuga.

-Eu também te amo Sakura Haruno..

Saíram do beco, continuando caminho. Finalmente chegaram á casa da Haruno. A mãe da garota abriu a porta e deu passagem.

-Vão querer comer algo? - Perguntou a senhora.

-Minha comida já tá sempre pronta.. - Respondeu a rosada, olhando para Hinata que lhe deu um cutucão enquanto ria.

Subiram para o quarto da rosada, começaram a fazer uma pesquisa intensiva. Quando, depois de muitas horas, finalmente terminaram.

-A gente terminou então..Voce falou que iamos vegetar quando terminassemos..- Disse Sakura.

-A gente podia brincar um pouco né? - Respondeu Hinata em um claro tom de malicia.

-Adorei a ideia.. - Sakura sentou na cama ao lado de Hinata e a puxou para um beijo. A morena não se atrasou e derrubou Sakura na cama, ficou por cima dela, distribuindo beijos que iam da testa, desciam para o nariz, em seguida o pescoço até o ombro, onde a morena depositava mordidinhas.

De repente a porta abriu. Nem tiveram tempo de sair daquela posição.

-...Tô indo embora de novo, só vim avisar q-que eu vou trabalhar..- Disse Tsunade, corada, dando meia-volta e fechando a porta.

-Eu acho que isso foi estranho, mas pelo menos estamos sozinhas aqui...- Disse Sakura, sorrindo maliciosamente.

-Eu acho que a gente deveria esperar um pouquinho e...- Hinata tenta se levantar mas é impedida pelo braço de Sakura.

-Esperar nada, eu já te falei que tenho necessidades..

-Poxa, mas sua mãe ia pegar a gente caralho! Isso não te causa nada?

-Só um pouco mais de tesão em você, fora isso, mais nada. - O comentário de Sakura fez Hinata revirar os olhos.

A morena continuou beijando-a, na mesma posição, fazendo o mesmo caminho. Sakura sentou novamente na cama e Hinata sentou no seu colo. Passou a tirar a camisa da rosada.

-Sakura, você viu aquele blazer preto que eu...- Tsunade abriu a porta de novo, e corou de novo - Porra Sakura! Tem cartão de motel em casa, caralho! Pega essa porra e vai meu Kami!

-Eu não tenho culpa de voce entrar sem bater..

-É mesmo..Bom, já vou indo..Se cuidem e não gritem, o vizinho é quase colado aqui, lembra? - A senhora usou um tom meio carinhoso com malicioso. Fechou novamente a porta e foi embora.

-Puta que me pariu, mano! - Exclamou Sakura.

-Que merda hein cara... Tranca a porta logo.

A rosada levantou, trancou a porta, fechou a cortina e ligou a luz. Sentou novamente. Pediu para Hinata deitar com duas batidas na cama.

Desceu as calças da morena, seguidas pela calcinha. Beijou a intimidade de Hinata, o que a fez corar e se encolher um pouco. Deu uma lambida na intimidade da mesma, e passou a fazer os movimentos repetidamente. Hinata gemia e se contraía. Sakura penetrou-a com dois dedos enquanto fazia os movimentos com a lingua.

Por muito assim, Hinata passou a ficar ofegante até que finalmente gozou. Inverteu as posições. Beijou o pescoço da rosada, enquanto passava as mãos pela extensão de seu quadril.

Tirou o sutiã de Sakura. Fez pequenos movimentos circulares com a lingua na auréola da garota, então finalmente, passou a dar lambidas e mordiscadas no mamilo da mesma. Sakura não conseguia se controlar e gemia descontroladamente.

Hinata desceu a mão pelo corpo da moça, enfiando a mão dentro de suas calças. Desceu a peça da rosada e passou a fazer movimentos leves no clitóris da mesma. A rosada estava ofegante, em êxtase, adorava tudo aquilo.

-Opa! - Disse Hinata com um sorriso malicioso no rosto, ao sentir seus dedos melarem. 

-V..Vai te c..catar. - Brincou Sakura, ofegante, tentando puxar o maximo de ar possivel.

-Também te amo. - Respondeu Hinata, tão calma quanto aparentava. Seu tom era cínico e malicioso.

A morena deitou-se ao lado da rosada, olhou um pouco o teto e depois olhou a amada.

-Matou sua necessidade..Agora vamo dormir? Já tô cansada..- Perguntou Hinata.

-Claro..- Sakura se virou e abraçou-a. Cobriram-se e dormiram o resto da tarde.


Notas Finais


E FIM!


BOA NOITE SEUS LINDOS, GOSTOSOS, CREMOSOS!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...