História Minha Vida - Biografia da Lilith - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce, Kuroshitsuji, Undertale
Personagens Alois Trancy, Alphys, Asriel Dreemurr, Bardroy "Bard", Chara, Ciel Phantomhive, Claude Faustus, Elizabeth Midford, Finnian "Finny", Grell Sutcliff, Mettaton, Mey-Rin, Napstablook, Papyrus, Personagens Originais, Ronald Knox, Sans, Sebastian Michaelis, Snake, Sr. Tanaka, Undyne, William T. Spears
Exibições 93
Palavras 1.195
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Festa, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


NOVA HISTÓRIAAAA

Capítulo 1 - O Começo De Tudo


Fanfic / Fanfiction Minha Vida - Biografia da Lilith - Capítulo 1 - O Começo De Tudo

-MÃEEE (Lilith)

-PAIIII (Hideki)

-Oi? (Mary)

-Hoje é meu aniversario! (Hiroki)

-Hã? Se é o seu é o meu também! (Lilith)

-Não é o meu!  (Hideki)

-Gente é aniversario de todo mundo hoje ok? (Mary)

-SIM (Nós três)

-Agora todo mundo se arrumando pra escola (Castiel)

-Porque? Podemos faltar hoje? (Hideki)

-Não vocês tem que ir pra aula (Mary)

 

-Eu e meus irmãos saímos do quarto dos nossos pais e cada um foi pro seu-

 

-Marta (Lilith)

-O que foi Jovem dama? (Marta)

-Me ajuda a me trocar? –carinha fofa sem perceber- (Lilith)

-Claro! (Marta)

 

-E então depois-

 

-Prontinha (Marta)

-Obrigado pode ir (Lilith)

-De nada (Marta)

 

-Marta sai do quarto-

 

-Teddy? Teddy cadê você? (Lilith)

 

-E então Lilith depois de não achar seu amigo começar a chorar e segundos depois sua mãe chega-

 

-Lili está pronta? –Vê Lilith chorando e vai correndo e já se ajoelha pra ficar na altura dela- O que foi querida? (Mary)

-O Teddy... snif snif... eu não o acho (Lilith)

-Calma querida ele deve estar aqui no seu quarto deixa eu vê... –Mary vê algo marrom de baixo das cobertas- por acaso é esse bichinho? –Puxa o bichinho de baixo das cobertas e mostra o ursinho marrom que a mesma deu pra sua filha- (Mary)

-Teddy! –pega o bichinho e gira com ele depois o abraça- Obrigado mamãe você salvou o Teddy! (Lilith)

-De nada vem vamos descer pra você e seus irmãos tomarem café junto comigo e seu pai (Mary)

 

-Eu e a mamãe descemos e vimos que meus irmãos estavam segurando a risada de alguma coisa nisso eu me viro vejo o papai com a cara cheia de tinta e começo a segurar a risada-

 

-O que foi? (Castiel)

-Q-Querido vai ver no espelho –gagueja por causa do riso- (Mary)

 

-Castiel vê que seu rosto estava completamente pintado de amarelo com bolinhas verdes limão e rosa-

 

-HIDEKI E HIROKI COLLINS DINIZ VOCÊS VÃO ME PAGAR (Castiel)

-KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK (Os quatro)

 

-Hideki e Hiroki começam a correr com o Castiel atrás deles-

 

-Querido vai lavar seu rosto que eu arrumo o café da manhã pra esses pestinhas e a princesinha aqui (Mary)

 

-Toca a campainha-

 

-Aya! Kat! Mic! (Lilith)

 

-Vou até a porta, pulo e puxo a maçaneta mostrando ali minha Prima Katrinna e minha melhor amiga Ayano e meu primo Michel-

 

-Olá –abri um sorriso- (Lilith)

-Oi o papai pediu pra tia Mary nos leva pra creche (Katrinna)

-Ok Kat (Mary)

-A mamãe mandou um bilhete –entrega o bilhete pro Castiel que já estava com o rosto lavado- (Michel)

 

-Papai lê o bilhete-

 

-Tinha que ser ela... (Castiel)

-Bem vamos comer depois levo vocês pra creche (Mary)

-OK (Todas as crianças)

 

-Depois que todos comeram-

 

-Todo mundo está com seu material? (Mary)

-SIM (Crianças)

-Com um lanchinho? (Mary)

-SIM (Crianças)

-Com xixi nas calças? (Mary)

-SI... pera que? (Crianças)

-kkkk pequena brincadeira então vamos todo mundo de mãos dadas (Mary)

 

-Do lado esquerdo estava Lilith, Ayano e Katrinna e do Direito estava Hiroki, Hideki e Michel tudo de mãos dadas-

 

-Vamos lá (Mary)

 

-Na creche-

 

-Chegamos (Mary)

-Mas já? (Lilith)

-Sim querida –Mary se ajoelha pra ficar na altura de todos mesmo estando muito frio o chão- Boa sorte pra todos vocês hoje (Mary)

-OK (Pimpolhos)

 

-Todos entram só que Lilith, Hideki e Hiroki param voltam para a Mary-

 

-Até logo mamãe (Os três)

 

-Os três dão um beijo na bochecha de Mary e o Teddy também e vão para dentro da creche-

 

-Eu entrei na escola junto com minha família e amigos só que ai me lembro como devo ficar na escola então fico mais seria mais não ao ponto de acharem que estou depressiva ou algo do tipo. Bem entramos na sala onde brincamos as vezes junto com a Tia (Quem nunca chamou seu ou sua professor propositalmente ou acidentalmente de Tio ou Tia?) Nisso percebi que tinha um loiro me observando do outro grupo isso me preocupa um pouco...- (Lilith)

-Bem vamos começar as brincadeiras (Tia)

 

-Brincamos de varias coisas até que uma hora era meio que uma aula-

 

-Então você vai para que lugar nas férias? (Criança 1)

-Irei para o vale do Sol (Menino Loiro)

-Eu queria ir pra La só que mais pais não são tão ricos (Criança 1)

-Tudo bem, acho que a Lilith vai ir (Menino Loiro)

-A garota que nunca falou? Cara ela dá patada em todo mundo que se aproxima dela alem dos irmãos! (Criança)

-Então eu não sou todo mundo! (Menino Loiro)

 

-Menino se aproxima de Lilith-

 

-Oi, pode me chamar de Edd, você é da minha sala não é? (Edd)

-O que você quer imbecil? (Lilith)

-Sua amizade –abre um sorriso- (Edd)

-Faça o que quiser mais nunca ira conseguir isso (Lilith)

-Ok então! (Edd)

 

-Edd da um beijo na bochecha de Lilith fazendo a mesma ficar muito vermelha-

 

-S-Seu bobo! (Epoca que eu achava que Bobo era um chingamento que dava treta) Porque fez isso? (Lilith)

-Você não falou pra eu fazer o que eu quiser? (Edd)

-Bobo –vira a cara meio vermelha- (Lilith)

-Vou ficar com meus amigos, Tchau (Edd)

 

-Edd sai deixando Lilith meio triste-

 

-Quando eles vem falar comigo sou assim... grossa e chata. Não quero ser assim mas se aproximarem demais de mim iram se machucar!- (Lilith)

 

-Lilith começa a cantar uma musica na sua cabeça-

 

Sou uma inútil, inútil, inútil demais

Sou uma zero à esquerda

Não é nada mais

 

La la la má nos estudos e esportes

Não consigo se expressar

Pobrezinha idiota e todo suja

Nem meu próprio nome

Eu consigo dizer completo

Mesmo assim eles gostam dos meus ruidinhos

 

Sou babona e ranhenta

Também fede muito

Doentinha, assustada

Retardada, lixo, lixo

Vou ficar sozinha pra eu mesma me proteger

 

La la canção de ninar para dormir

Vou fazer sozinha o meu solo

Só eu, só eu

Vou cantar sozinha

 

Eu sou inútil, inútil, inútil demais

Sou uma zero à esquerda

Não é nada mais

 

Sou uma inútil, inútil, inútil demais

Com certeza morreria

Sem minha mamãe

 

Sou uma inútil, inútil, inútil demais

Infeliz, infeliz

Só faço besteira

 

Sou uma inútil, inútil, inútil demais

Quero ir ai pra a mamãe

Me salvar

 

La la la monstra, fantasma, menina invisível

Com meus lábios secos eu sussurro um insulto

Querem ouvir meu gritinho tão monótono

 

Mesmo assim meus dias vão passando todos chatos

Que lerdeza, não consigo ser clara, perda de tempo

Já chega, o meu tempo acabou

 

La la canção de ninar para dormir

Vou fazer sozinha minha nova dança

A dançar, a dançar

Para sempre a dançar

 

Sou uma inútil, inútil, inútil demais

Sou uma zero à esquerda

Não sou nada mais

 

Sou uma inútil, inútil, inútil demais

Enquanto viva estou

Me renderei

 

No entanto, uma criança quis se diferenciar

Ela veio para mim e a conheci

Quando percebi minha alegria estava ferida

Mas independente eu fui grossa

 

Sou uma inútil, inútil, inútil demais

A alegria útil

Não está aqui

 

Sou uma inútil, inútil, inútil demais

Sou tão inútil que

Não fiz amizade ele

 

Sou uma imbecil, imbecil, imbecil demais

A alegria imbecil

Não está aqui

 

Sou uma imbecil, imbecil, imbecil demais

Eu gostaria de no tempo

Regressar


Notas Finais


Gostaram?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...