História Minha Vida - Biografia da Lilith - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce, Kuroshitsuji, Undertale
Personagens Alois Trancy, Alphys, Asriel Dreemurr, Bardroy "Bard", Chara, Ciel Phantomhive, Claude Faustus, Elizabeth Midford, Finnian "Finny", Grell Sutcliff, Mettaton, Mey-Rin, Napstablook, Papyrus, Personagens Originais, Ronald Knox, Sans, Sebastian Michaelis, Snake, Sr. Tanaka, Undyne, William T. Spears
Exibições 43
Palavras 1.069
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Festa, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


CAPITULO 2 POVINHO BONITOOOOO

Capítulo 2 - Edd... porque?


Fanfic / Fanfiction Minha Vida - Biografia da Lilith - Capítulo 2 - Edd... porque?

-Sou uma inútil...- (Lilith)

-Lili? (Ayano)

-Oi? (Lilith)

-Já é a hora de a gente ir embora vem! –puxa a mão da Lilith até fora da creche- (Ayano)

-Oi Filha (Tália)

-MAMÃE –pula em cima da Tália e da um abraço- (Ayano)

-Oi Tia Tália (Lilith)

-Oi Lili, desculpa Lili eu e a Ayano temos que ir, Tchau (Tália)

-Tchau –abre um sorriso falso e quando não vê mais elas tira o sorriso falso da cara- Moro a dois quarteirões da creche, Hideki é aluno exemplar então ajuda a Tia até tarde e Hiroki sempre vai na diretoria e fica até tarde também... e sempre fico sozinha com você né Teddy? Sinto falta de ter amigos... (Lilith)

 

-Depois de uns minutos chega o menino de antes-

 

-Oi (Edd)

-O que está fazendo aqui imbecil? (Lilith)

-Vim te fazer um convite (Edd)

-Pra que? (Lilith)

-Pra eu te acompanhar até a sua casa (Edd)

-Certo... (Lilith)

 

-Então começamos a andar até a minha casa e eu estava meio nervosa-

 

-Então você gosta de alguém da nossa sala? (Edd)

 

-Eu comecei a sentir meu rosto esquentar então pra ele não ver isso tampei minha cara com a minha mochila-

 

-Vou aceitar isso como um não kk (Edd)

 

-Quando ele começou a rir tirei um pouco da minha cara da mochila e nisso chegamos na minha casa-

 

-Bem... obrigado (Lilith)

-Ei... amanhã vão soltar uns fogos e eu queria saber se você quer ir comigo como minha melhor amiga! (Edd)

-Claro, um modo de te agradecer (Lilith)

 

-Eu entrei em casa e pela janela com a cortina vi ele comemorando um pouco e indo pra sua casa nisso eu percebi que tinha feito um amigo e comecei a comemorar também- (Lilith)

-Então como foi seu dia na Creche? (Castiel)

-Papai, posso ir ver uns fogos com um amigo? (Lilith)

-Amigo? –pouco de ciúmes- (Castiel)

-Sim (Lilith)

-Claro que n... –interrompido- (Castiel)

-Sim, va arrumar uma roupinha pra você usar amanhã com seu amigo (Mary)

-Ok! (Lilith)

 

-Subi pro meu quarto e arrumei minha roupa, uma empregada chegou no meu quarto me levou para o banheiro e me deu banho nisso colocou um pijama em mim e durmi-

 

-No outro dia-

 

-HOJE É SABADO (Hiroki)

-HIROKI PARE DE CORRER PELA CASA! (Castiel)

-Jovem Mestre! (Empregada)

 

-Empregada corre atrás do meu irmão-

 

-Querida hoje eu tenho uma surpresa pra você (Mary)

-O que foi mãe? –abri um sorriso- (Lilith)

-Eu irei escolher um mordomo só pra você (Mary)

 

-Gente pra quem não entendeu que acho que foi todos, Mary ensinou por um tempo para todos seus filhos como se cuida da casa e se arruma pra não ser aqueles mimadinhos que não fazem nada e nisso a Mary prometeu que quando eles mostrassem que são responsáveis teriam seu próprio mordomo, Hideki já ganhou o seu e Hiroki ainda não ganhou (Autora)

 

-Vem irei mostrar quem é ele, ele é filho de uma amiga minha e de seu pai (Mary)

 

-Eu me troco e desço educadamente ou seja acabei tropeçando e sai rolando pela escada e quando estou no chão vejo duas cabeças uma da minha mãe a outra de um menino que não conheço-

 

-Hã? (Lilith)

-Vem aqui eu te ajuda Jovem Dama

 

-O menino me ajuda a me levantar educadamente-

 

-Obrigado (Lilith)

-Lili essa é seu mordomo Sebastian, Sebastian essa minha filha Lilith (Mary)

-Prazer em conhecer você (Lilith)

-O prazer é todo meu Jovem Dama –faz reverencia- (Sebastian)

-Pode me chamar de Lili assim que meus amigos me chamam (Lilith)

-Certo então (Sebastian)

 

-A campainha toca-

 

-É a hora dos fogos! (Lilith)

 

-Lilith abre a porta e lá estava seu “amigo”-

 

-Oi Lili (Edd)

-Lili? Não me lembro de ter te dado intimidade o suficiente pra me chamar assim! (Lilith)

-Não seja malvada! Vem –pega a mão do Lilith e a leva para uma pequena colina- daqui a pouco os fogos iram começar (Edd)

-Certo (Lilith)

-Hey Lilith, posso te chamar de Lili? (Edd)

-Não –vira a cara pro lado contrario do Edd- (Lilith)

-Não seja malvada comigo! >.< (Edd)

 

-Os fogos começam-

 

-Uau... (Lilith)

-Legal né? (Edd)

-Sim (Lilith)

 

-E assim meses se passaram, nas férias-

 

-Vamos Lili! (Edd)

-Sim! (Lilith)

-Olá?

-Oi (Edd)

-Posso ser amiga de vocês?

-Claro, qual é seu nome? (Lilith)

-Meu nome é Menma, é japonês (Menma)

-Ela é Lilith mais a pode chamar de Lili e eu pode me chamar de Edd (Edd)

-Ok (Menma)

 

-Menma tinha cabelos curtos pretos e olhos cinzas era bem legal-

 

-Menma, Lilith e Edd ficaram brincando até que uma hora acham um monte de madeira-

 

-Vamos fazer uma base secreta de amigos? (Edd)

-SIM (Lilith e Menma)

 

-Montaram uma pequena cabana e assim ficaram as férias brincando todos juntos. Um dia-

 

-Vamos ir comprar sorvete? Hoje é o penúltimo dia das férias temos que aproveitar! (Menma)

-Claro! Esperem! (Lilith)

-O que foi Lili? (Edd)

-Presente pra vocês (Lilith)

 

-Lilith entrega duas caixinhas de veludos que dentro tinham uma pequena corrente com uma flor que abria e ali mostrava uma foto dos três-

 

-Uau Lili! Obrigado (Edd)

-Sim valeu! Agora sorvetes! (Menma)

-Depois vamos brincar de lutinha com espadas de madeira? (Lilith)

-Claro! (Menma)

 

-Pra quem não entendeu Lilith sempre brincava de espadas com a Menma (Autora)

 

-Assim foram compraram sorvetes, no caminho de volta-

 

-Você tem que marcar com sua cor favorita as coisas que você mais gosta (Lilith)

-Disso eu sei sua tola! (Edd)

-Edd empurra Lilith fazendo o Sorvete de Lilith cair nisso ela fica com raiva e começam a empurrar um ao outro até que uma hora a corrente de Edd cai na rua nisso Menma vai lá e pega só que no mesmo momento um caminhão passava...-

                              

-MENMA (Lilith)

 

-Menma morre atropelada-

 

-No outro dia foi o funeral de Menma, nisso só sobra Edd e Lilith no local-

 

-Por sua culpa! (Edd)

-O que? (Lilith)

-Por sua culpa ela morreu sua tola! (Edd)

-Você que não devia ter começado com tudo isso! (Lilith)

 

-Edd tira sua corrente de flor do bolso joga no chão e quebra-

 

-ISSO QUE É VOCÊ PRA MIM AGORA, NADA (Edd)

 

-Edd sai dali muito irritado-

 

-Edd... eu nunca vou me esquecer do tempo com você eu vivi... A primeira pessoa que se importou comigo... –chorando- (Lilith)

 

-Quando começou as aulas Edd não estava lá-

 

-Você sabe o que aconteceu com o Edd? (Lilith)

-Ele mudou de escola (Ayano)

-Não... (Lilith)


Notas Finais


Gostaram?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...