História Minha Vida Com Você É Assim - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Akatsuki, Amor, Naruto, Sasusaku
Visualizações 130
Palavras 3.333
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Ecchi, Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Apenas, uma boa leitura.
Perdoem os erros.

Capítulo 10 - Caralho...


Fanfic / Fanfiction Minha Vida Com Você É Assim - Capítulo 10 - Caralho...


- Precisamos parar. - Eu disse sentindo me uma idiota por acabar com aquele momento tão bom. Coloco minhas mãos no peitoral de Sasuke o empurrando de leve para nos separar.

- Não precisamos parar.- Ele diz se aproximando de mim novamente, puxando minha cintura até acabar batendo no seu peito pela força.

Por Deus, aquilo estava fugindo do meu controle. Sasuke  e eu eramos livres para fazermos o que quisermos porém minha dignidade  iria parar no lixo, isso me prendia a não  me entregar pra ele. Digo, estamos sós, a porta trancada e eu sou a única que estou atrapalhando esse momento, eu queria aquilo assim como ele, queria sentir mais aquela sensação que nunca senti com nenhum homem em minha vida e isso me deixava afoita de desejo e ao mesmo tempo com medo das consequências. Mas eu não tinha nada a perder.

Sorri maldosa olhando para seus olhos. - Então por favor, não pare.

Aquilo foi um pedido de súplica para Sasuke que me agarrou bruscamente fazendo nossos lábios se chocarem com força, eu mal tive tempo para raciocinar, Sasuke estava segurando meu rosto enquanto eu inclinava para beija-lo ainda mais, suas mãos soltaram meu rosto e correram para minha cintura, eu me prendi em seu pescoço e puxava ainda mais seu rosto contra o meu. Ele sugou meu lábios inferior puxando entre os lábios, novamente voltou agora com sua língua pedindo permissão para entrar e eu concedi com vigor, nossas línguas se enrolaram de forma  mágica que e rápido, era o único barulho pelo quarto. Minha intimidade estava dando sinais de vida e eu sentia ela aquecer conforme nossos beijos aceleravam. Sasuke parecia com fome naquele momento e eu assim como ele, puxei seus cabelos com força, ele encerrou o beijo e pude senti suas mãos nas minhas coxas me levantando até ficar na altura de sua cintura, enlaçei minhas pernas em sua cintura e pude sentir seu membro por cima do pano, muito duro, parecia querer rasgar as nossas roupas. Aquilo foi o ápice para minha pepeca começar a queimar e pra mim ter a certeza que estava bem molhada. Ele caminhou comigo em seu colo até a parede e apoiou minhas costas nela. Notei que seu rosto estava avermelhado como um pimentão, mas ele não estava dando a mínima para isso, não naquela hora. Seus olhos novamente se fecharam como se gostasse daquela sensação desconhecida por mim e então voltaram a se abrir ficando entreabertos focando seu olhar em minha boca. 

- Você não sabe o quanto eu esperei por isso... - Um sussuro fugiu da sua boca em meu ouvido, o ar quente passou pelo meu pescoço, aquilo me fez arrepiar até onde não devia. Ele empurrou seu membro por cima das roupas contra minha intimidade fazendo eu sentir o quanto estava duro. Senti um forte frio na barriga e estava ofegante, não sabia o porquê. 

Sua atenção volta para minha boca, conforme ele se aproximava para me beijar, seus olhos  se fechavam assim como os meus. Nossos lábios se tocaram com afoito, senti sua língua com aquele gosto misterioso, doce, gostoso que habitava, era tão bom que eu poderia passar o meu dia todo beijando aquele moleque. Meu coração acelerou novamente ao me deparar nas coisas que eu queria que ele fizesse comigo. Seus lábios estavam mais macios do que de custume, mais suculento, Meu Deus, estava tão bom que alguma coisa em mim queria ser satisfeita, algo muito grande e Sasuke sentia o mesmo. É claro que eu não era tão ingênua a ponto de não saber o que era orgasmo.

Sasuke parou o beijo mais uma vez me deixando frustada, ele respirava rapidamente enquanto seus olhos estavam entreabertos com um olhar de faminto. Ele colocou suas mãos abaixo da minha bunda me apoiando até parar na cama onde ele me coloco delicadamente deitada. E PUTA QUE PARIU...

O som no andar de baixo começou a tocar novamente muito alto só que era funk, com certeza Ino estava começando sua farra com pizzas e muita bebida. 

Ele sorriu de pé na minha frente.

- Agora você pode gemer a vontade rosada. - Ele disse isso pegando a barra da sua camisa e passando por sua cabeça jogando a no chão. Eu corei olhando seu corpo cheio de gominhos, peitoral definido, a barra da boxe e alguns pelos concentrados abaixo do umbigo, sem dizer no "imperceptível" pau que brilhava vida nas suas calças. Maldito seja essa homem gostoso da porra. Ele joga seu cabelos para trás como custumava dando seu charme e se agacha para tirar tênis e meia. Eu me apoio nos cotovelos vendo ele olhar pra mim dando seu sorriso de leve e voltando a olhar para baixo, meu coração salta forte e eu coro por tal ato. 

- Você não devia ter parado para tirar a roupa, eu mesma a tirava. - Eu disse baixo para ele NÃO escutar mas o cretino tinha uma audição do satanás.

- Calma amor. - Ele diz sorrindo e se levantando para ficar em pé. Pode até ser besteira mas "amor" fez meu coração bater acelerado novamente me fazendo corar levemente, ele pareceu percebeu e deu uma risada gostosa. 

Percebemos passos e risos do lado de fora do quarto o que me deixou alerta. Parecia ser Hinata e tenten rindo alto e descendo as escadas correndo. Soltei um suspiro demorado e olhei pra Sasuke que saiu da cama de deixando um vazio, andou até a porta e confirmou que estava trancada e que ninguém iria nos atrapalhar novamente. 

Joguei minha cabeça no colchão macio sentindo meu coque desmanchar com a batida, fiquei olhado para o teto pensando que aquela poderia ser a pior escolha da minha vida, ou talvez a melhor. Senti a cama afundando e o corpo quente de Sasuke fica sobre mim entre minha pernas. 

- No que está pensando ?  - Ele disse se apoiando nos cotovelos olhando nos meus olhos bem perto  de mim. Sentia o ritmo do seu coração bater por estarmos tão juntos.

- Estou pensando no que vamos fazer daqui alguns minutos...- Disse olhando seus olhos séria.

- Você não precisa pensar, não mais. - Ele sorriu. Se referia quando invadiu meu quarto e eu estava me masturbando, corei. Droga de garoto.

Tomou meus lábios com os seus, jogando seu peso nos cotovelos. Entornei minhas pernas na sua cintura tentando nos girar até ficar por cima, sentei em cima de seu membro ainda o beijando e o puxei para que ele ficasse sentado na cama. Nossos beijos estavam me deixando cada vez mais molhada, eu acho que vou explodir de tanto desejo. Sem perceber dei uma pequena robolada no seu colo sentindo seu membro latejar, escutei ele dar um suspiro baixo e continuei a provocar  dando mais uma rebolada, Sasuke então escerrou o beijo me olhando com malícia.

- Não faz isso...- Ele diz fechando os olhos novamente pois eu dava mais uma rebolada em seu membro. 

- E porque não ?  - Eu disse mordendo os lábios e o olhando, Sasuke suspirou e não respondeu. Ele se aproximou do meu pescoço beijando de leve, mordendo o lóbulo da minha orelha e sua respiração estavam me deixando arrepiada, seus beijos molhados foram descendo meu pescoço deixando uma trilha de saliva, ele foi barrado pelo pano do meu cropped listrado. Seu olhar voltou pra mim como se pedisse permissão, eu obviamente concedi balançando de leve minha cabeça. Sasuke beijava meus ombros enquanto suas mãos tocavam a parte de baixo da pequena blusa, ele então colocou suas mãos por dentro, meu corpo agitou pela mão gelada mais logo se acostumou, ele colocava suas mãos agora por baixo do meu sutiã me deixando arrepiada, senti suas mãos tomarem totalmente meu seios, ele aperta de leve e me olha.

- Gostosa... Vou te fuder hoje - Murmura baixo. Eu sabia que ele estava louco para me comer, seu membro duro perto da minha intimidade parecia falar e eu estava com sede ou fome, eu não sei explicar, minha boca apenas salivava. 

Sasuke deve ter cansado de esperar ali e começa subir minha pequena blusa sobre meus ombros e tira-la pela minha cabeça me deixando apenas de sutiã preto rendado transparente, ele joga minha blusa no chão e foca seu olhar nos meus seios como se estivesse hipnotizado. Ele volta agora sugando meu pescoço com força, com fome, meu corpo está delirando de arrepios sem contar que minha intimidade parecia estar escorrendo pelas minhas coxas. Gemi baixo fechando meus olhos sentindo aquele momento depois de desejar tanto, depois de tanto pensar em momentos como esses. Nos estávamos fora de controle, ou talvez no controle perfeito.

Conforme Sasuke descia seus lábios para o meu busto meu peito pulsava fortemente enquanto eu arfava, aquilo era novo para nós e eu estava com certa timidez,  meu sutiã era pouco transparente mas ainda me deixava envergonhada. Ele então foi barrado novamente pelo pano do sutiã, seu olhar dessa vez não veio até mim. Seus dedos frios sairam da minha cintura e foram subindo lentamente pela minhas costas, tateando o fecho do meu sutiã. Então ele abriu sem nenhuma dificuldade, eu fiquei até surpresa mas lembrei que essa situação acontecia várias vezes com Sasuke e as garotas da escola. Ele finalmente tira meu sutiã revelando meus seios rosados, corei e subitamente os escondo entre meus braços.

- Para com isso, você é linda, eles são lindos. Não tem porquê se esconder. - Ele disse sorrindo me deixando completamente êxtasiada pela seu voz rouca e carinhosa.  Ele tirou meus braços dos meus seios. Ele me olha e da um selinho rápido e volta sua atenção para eles,  seu rosto se aproximou deles fazendo eu fechar meus olhos de vergonha, mas o abri quando vi que ele estava quase abocanhando o bico. Ele abocanha o direito me fazendo apertar minhas pernas, era uma das imagens mais bonitas que eu já vi, olhando de cima. 

- Porra... - Gemo baixinho, porém saiu mais alto do que eu imaginava. Ele estava chupando com força o bico dos meus seios, seus olhos estavam fechados como se apreciasse meus seios em sua boca. Eu gemi mais uma vez e senti um tapa forte na lateral da minha bunda.  Eu subitamente agarrei sua cabeça puxando mais ainda para meu busto buscando mais daquela sensação, arranhava seus costas nuas deixando um rastro de vermelhidão . Ele os solta da boca e brinca com a língua fazendo os típicos círculos nas aréolas e mordendo os dois, eles já estavam durinhos naquele momento. 

- Eu preciso te comer agora. - Ele diz baixo no pé do meu ouvido. Ele me dá novamente um tapa forte na bunda e eu grito sentindo a ardência. Ele chupa agora o esquerdo com força fazendo eu me contorcer em seu colo. Suas mãos estavam agarradas em minha cintura me fazendo ficar parada enquanto ele chupava gostosamente.

Meu Deus, aquilo tava  tão ótimo que eu parecia me arrepender por todas as vezes que fugi dele. 

- Sasuke. - Gemi alto perto de seu ouvido enquanto rebolava. Meu sangue estava fervendo junto ao de Sasuke,  dava para perceber o quanto ele estava se controlando para não rasgar nossas roupas naquele momento e me fuder. - Ah ah ahnn... Para 

Sasuke pareceu irritado e soltou meus mamilos me olhando por cima dos cílios longos.

- Não começa Sakura. - Dizendo isso ele se vira ficando por cima e me deixando deitada. Ele se levanta e tateia os bolsos da calça jeans que usava como se procurasse alguma coisa depois olha em volta e anda pelo quarto até sua mala que estava jogada perto do banheiro, reparei alguns arranhões em suas costas que eu mesma fiz e ri baixo,  ele se agacha e retira algo de lá e o coloca na boca enquanto fechava a bolsa. Voltando para a cama, ele joga o objeto quadriculado perto do meu rosto, CAMISINHAS. 

Corei violentamente o olhando enquanto o mesmo se posionava entre minhas pernas ainda em pé. Ele se apoia com um joelho na cama e se abaixa até sua boca gostosa tocar na minha barriga depositando um beijo demorado. Ele tocou o cós do meu shorts desabotoando lentamente o abrindo e correndo pelas minhas pernas, revelando minha calcinha rosa claro com laços.

Eu estava simplesmente consciente de tudo que estava acontecendo. Minha cabeça girava pouco e mesmo assim, Sasuke estava me proporcionando prazer intenso. Nada que eu já tenha sentido com alguém, nem com Sasori.

As pontas de seus dedos tocaram minha coxa interna e deslizaram até minha barriga, ele sorriu malicioso e aproximou sua boca do único pano que sobrava em meu corpo, ele beija. ELE BEIJOU MINHA "PPK".

Arrepiei com a sensação. Sasuke subiu na cama tirando sua calça jogando ela no chão do quarto, ficou apenas de cueca boxe preta, tive que admirar seu pau rígido e grande por cima do pano fino. Ele subiu novamente para cama e me fitou, desceu sua o rosto umedecendo os lábios e chupou por apenas dois segundos meu mamilo esquerdo, descendo uma trilha e beijos, saliva e chupões que consequentemente ficariam roxo no outro dia, seus dedos deslizavam pela minha coxa externa me fazendo cócegas, seus lábios estava no meu umbigo descendo cada vez mais. Ele beijou novamente por cima da calcinha e logo depois morder me fazendo suspirar. 

- Droga, você vai fazer isso mesmo ? -  Perguntei. Ele estava ajoelhado no chão entre minhas pernas apoiando o queixo sobre minha  barriga.  Ele me olha sorrindo, sem responder  e volta a beijar aquela área mais uma vez fazendo me fechar os olhos. Ele coloca seus dedos na alça da calcinha e a desce lentamente pelas minha coxas. - Ah, isso não deve ser real...- Eu disse pra mim mesma. Me martirizando por tal coisa. Suguei meu ar e tentei me manter calma. Minha calcinha estava na minha coxa descendo pelas minhas pernas e eu fechei meus olhos, Sasuke a passa pelos meus pés e joga junto nossas roupas. Eu subitamente fecho minhas pernas mas ele me impede ficando entre elas. Ele me olha confuso.

- O que foi ? - Pergunta baixo.

- Eu não consigo fazer isso. - Eu disse me sentindo uma idiota infantil. 

- Só relaxa e goza irritante, você vai gostar. - Ele diz sorrindo e tentando abrir minhas pernas. - Relaxa! - Ele repete. Então eu cedo ao desejo que estava sentindo e deixo que ele faça. 

Ele beija meu joelho e eu novamente arrepio com seus beijos em lugares que  nunca imaginava. Trilhando, ele foi para minha coxa interna revezando entre beijos e carícias com a língua. Fechei meus olhos sentindo aquela sensação agoniante e excitante de sua boca subindo cada vez mais para minha intimidade.

Ele morde minha coxa subindo lentamente até chegar na virilha. Me surpreendeu colocando minhas pernas de cada lado de seu ombro tendo a visão de toda minha intimidade, meu Deus, fechei meus olhos tampando meu rosto de vergonha, tinha quase certeza que Sasuke estaria sorrindo vitorioso.

A primeira coisa que Sasuke fez, foi demorar um pouco mas logo pude sentir sua respiração naquela área, ele sopra devagar e lento me fazendo contorcer. Sua ponta da língua passou pelos meus lábios maiores fazendo eu morder meus lábios para não gemer, fazendo círculos ele acariciava apenas naquela área me fazendo querer mais de seus lábios. Apertei o lençol ja baguncado com força e fechei meus olhos. Acariciou agora meu clitóris necessitado, fazendo eu jogar minha cabeça pra trás esquecer tudo a minha volta, eu abri meus olhos e me apoio com os cotovelos tendo aquela visão SUPER excitante.

- Ahhhh - Gritei jogando novamente meu corpo na cama. Ele parecia beijar minha intimidade como beijava minha boca. Estava chupando meu clitóris e o mordendo levemente a pontinha, sua língua desceu pela minha intimidade e penetrou minha vagina. 

- Caralho... - Eu disse arfando e voltando a olha-lo enquanto seus olhos se encontravam com os meus. Eu suava sem me movimentar, aquele quarto estava tão quente que parecia uma sauna, e já era por volta  de oito horas da noite. - Isso... - Agarrei seus cabelos o empurrando de volta para minha intimidade, ele voltava para meu clitóris brincando com a língua.

- Sakura? 

 Uma voz fina do outro lado da porta me fez ficar rígida e parar de gritar, Sasuke continuava com seu trabalho de me chupar enquanto eu empurra levemente sua cabeça para que cessasse, o que não sutil efeito algum.

-O-oi ? - Disse tentando controlar meus gemidos, Sasuke abriu seus olhos me encarando com humor.

- Você está bem? - A voz fina e fofa era de Hinata, ela parecia meio receosa em perguntar. 

- Não estou me sentindo muito bem, Hina. Acho que vou durmir um pouco. - Eu disse sestindo o prazer do orgasmo se aproximar. 

- Tudo bem então, melhore. Eu trouxe alguns remédio se precisar, estão no meu quarto. - Seus passos se distanciaram e desceram as escadas. 

Suspirei. Olhando com raiva para Sasuke que continuava a me chupar.

- Você é muito deliciosa - Ele diz mordendo meus lábios maiores. Ele para e coloca sue maior dedo posicionando na entrada da minha vagina, sua boca volta para meu clitóris, acariciando com a língua para cima e para baixo rapidamente, seu dedo então  desliza facilmente e devagar penetrando minha vagina tocando meu ponto G.

- Não, não... - Eu sussurava baixo.  - Não Sasuke... 

Estava sentindo meu orgasmo bater na porta conforme Sasuke aumentava a velocidade de seu dedo e língua. Apertei seus cabelos contra minha intimidade mantendo o preso, a sensação de satisfação estava cada  vez maior. Sasuke se separou da minha intimidade mas ainda penetrava rapidamente seu dedo em minha vagina. Ele olhava fixamente para minha intimidade enquanto eu gemia alto torcendo para a música está tão alta quando aos meus gritos.

- Isso, goza pra mim gostosa. - A velocidade aumentou muito enquanto seus olhos se desviavam para os meus. Estava quase sentindo o orgasmo concetrado abaixo da minha barriga e fechei meus olhos, esperando finalmente vir só que ele retira seu dedo, Sasuke parou me fazendo encara-lo com raiva e o mesmo rir gostosamente. 

Ele novamente abre minhas pernas colocando agora dois DOIS dedos posicionados na entrada, ele desliza novamente os dedos para dentro me deixando sentir um pequeno desconforto mas logo se tornar em prazer intenso. Sua velocidade estava rápida como antes.

- Porra Sasuke... ahhhn, que delícia...Sasukeee - Eu gritei sentindo o orgasmo me consumir, eu joguei minha cabeça para trás pelas sensações maravilhosas, minhas costas arquearam e meu peito saltava, estava ofegante e arrepios ocorreram por todo meu corpo, apertei ainda mas o lençóis entre meus dedos e gemia sentindo o mundo me abandonar. 

Senti algo molhado e quentes abocanhar minha intimidade novamente. Sasuke sugava todo líquido que saiu durante o orgasmo como mel, eu sentia alguns espasmos ainda e meu clitóris estava  completamente sensível. Ele vai finalizando com leves beijos em minha intimidade. O mesmo se levanta ficando em pé.  Sentei na cama sentindo meu corpo mole e suado, estava com tanta sede que ele não imaginava. 

Levantei  minha cabeça para encara-lo, seu membro estava bem de frente do meu rosto. Mordi de leve pro cima do pano, ouvi seus suspiros. Ele acariciou meu cabelo enquanto eu abaixava sua box. Seu pênis enorme pulou para fora da cueca de forma inesperada, cabecinha rosinha e pálido com veias grossas em volta, desci sua cueca até ele mesmo tirar e jogar em qualquer lugar. Beijei sua coxa e fui trilhando um caminho de bejos até seus testículos e os abocanhei com delicadeza sugando enquanto acariciava a outro com as pontas do meu dedo. A cabecinha estava molhada com o pré-gozo e eu estava louca para chupa-la. Terminei de chupar dando leves beijos, chupei forte a parte inferior da sua coxa deixando minha marca avermelhada e estava louca para chupar seu pau. O peguei em minhas mãos sentindo a rigidez daquele pedaço de um grande pecado, abocanhei sentindo seu líquido salgado descer pela minha garganta. 

- Que boquinha gostosa - Ele diz baixo me fazendo olha-lo e sorrir maliciosa. - Nada se compara com a sua buceta.



Continua...












Notas Finais


Gostaram do pequeno hentai?
Acharam que não ia acontecer? Rsrs
Foi bem fraquinho mas ainda não acabou.

Quero que saibam que a estória continua a mesma, nada mudou...
Não esqueça de me dizer o que achou nos comentários, ajuda MUITO.
Beijinhos de Sakuras até o próximo.🌸


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...