História Minha vida depressiva - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 5
Palavras 306
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia)
Avisos: Canibalismo, Heterossexualidade, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 2 - Alguém se importou?



Todos os dias de aula continuavam normais eu era esquecido e as vezes parecia que eu nem existia, eu tinha começado a me cortar, mas um dia, algo diferente aconteceu, uma menina chamada Maria Luíza veio falar comigo, ela me perguntou:

-Porque você está sempre tão sozinho?

-Eu não tenho nenhum amigo pra conversar

-Você pode passar o recreio comigo

E então foi ai a primeira vez que alguém se importou, começamos a passar o recreio juntos e com uma amiga dela chamada Helena, conversavomos todos os dias, na escola e por Whatsapp, eu estava começando a gostar dela, ela era linda, se preocupava comigo, ela era perfeita.

Conhecer ela me fez muito bem só que eu ainda sentia um vazio dentro de mim e eu cada dia só me cortava mais e mais, até que um dia na escola ela percebeu meus cortes e acabou me perguntado sobre eles. Ela percebeu meus problemas e perguntava porque eu fazia isso, porque eu me cortava, eu não queria dizer, apesar de muitas conversas não me sentia com intimidade o bastante com ela, ela queria me abraçar, só que eu sempre recusava os abraços dela, e porque? Porque eu achava que não merecia me sentir bem, eu não merecia ter amigos, eu mesmo já havia feito mal aos outros quando menor, e comecei a achar q não merecia ser feliz.

Durante esse tempo, eu comecei a pensar mais sobre algo que eu seguia, ou melhor, não seguia, eu era ateu, e muitas pessoas não gostavam disso inclusive na minha família, eu não entendia, deus não deve ter me criado para sofrer, será que deus se quer existe? De onde surgiu o conceito de deus? Eu não ia botar a culpa do meu sofrimento em deus, ele não teria me criado só para sofrer, e então acabei me tornando mais ateu do que já era.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...