História Minha Vida e Um Pouco Mais - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 13
Palavras 1.679
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Escolar, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Fake Smile :)

Capítulo 3 - 2015 e 2016....eita atras de eita!


Fanfic / Fanfiction Minha Vida e Um Pouco Mais - Capítulo 3 - 2015 e 2016....eita atras de eita!

Hm. Por onde começo essa parte da história... Acho que eu devo começar no inicio de 2015, foi quando eu me apaixonei por uma amiga minha, Julia (nome ficticio). Sim. Parece zoeira mas eu me apaixonei por uma guria, eu também não entendi bem na época, comecei a achar que era Bi.

Sei lá, ela era tão legal, era linda,muito! E tipo, eu me jogaria na frente de um carro por ela, foi algo muito intenso.No duro! ( referências hehe). Quando eu me toquei que estava apaixonado por uma guria, eu achei que aquele pesadelo tinha acabado.A fase tinha acabado. Ou não. 

Eu era muuuuito tímido, ainda sou hehe. Então toda vez que eu chegava perto dela, ou ela vinha falar comigo, eu me sentia todo estranho. Meu coração acelerava, eu não sabia o que falar hehe era engraçado. Teve um dia na educação física em que a atividade era em duplas, todo mundo já foi arranjando as suas e eu como sempre fiquei por ultimo .-. Mas quando me deparo, a Julia vinha correndo na minha direção - Você quer ser meu par ? - Quase que eu falo- Pra vida toda, minha linda. Bem, era uma especie de handebol em duplas, tinha que ficar de mãos dadas e não podia largar. Na hora que ela segurou minha mão e apertou, nossa! Eu me senti a pessoa mais feliz do mundo. Tá tão bom, se eu morrer aqui já ta de bom gosto.

No desenrolar dos dias que se passaram, ou melhor, semanas mesmo! A Julia ficou mais minha amiga, pra minha felicidade e pra minha Perfect Illusion.

A real é que ela era tão, tão legal comigo que isso me iludia, eu jurava que ela tambem gostava de mim, mas ela tinha um rolo com um colega meu e era uma fuleragem sério, os dois ficavam de ''ain eu não gosto mais'' era um inferno! E isso me fudeu depois. Teve um dia que eu achei que ela dito que gostava de mim tambem, e foi uma confusão danada. No final de tudo isso ela descobriu que eu gostava dela. O clima ficou meio chato, e isso durou umas semanas, mas com o tempo a gente voltou a se falar e somos amigos até hoje.

Agora vem uma fase legal, foi ano passado ainda. Mais precisamente no meio dessa historia aí que acabei de contar. Teve uma apresentação de um livro que a escola mandou a gente ler, e a professora de portugues mandou um grupo fazer uns trabalhos sobre o livro. Nesse dia eu fui pra escola sábado, pois era uma atividade extra-classe. Quando eu cheguei lá, uma menina da outra turma ( Turma A, eu era da B) veio correndo pra cima de mim e literalmente me jogou na parede! E perguntou Você gosta de alguém? Tipo What The Fuck, essa guria vem desse jeito e me pergunta isso. Eu disse que sim, que gostava de alguem, e era da minha sala. Ela botou um sorriso no rosto e começou a conversar comigo sobre o assunto. Na real, eu já havia falado com ela, mas não muito. Ela era namorado de uma amigo meu, D.G. . Bem no final dessas apresentações sobre o livro, ela me chamou pra ir de pé com ela até a casa da vó dela, que por coincidência era na minha rua.Ah, por sinal o nome dela era Lary.

Durante a caminhada ela veio me dizendo sobre alguém que gostava de mim, e era da minha sala. Eu fiquei muito entusiasmado ( Eu ainda gostava da Julia, essa foi uma historia que aconteceu antes da confusão) Então eu fui perguntando Quem era, quem !!!!! Até que ela soltou um Começa com B...

Pah! Travei, quem era ? Eu realmente boiei na matrix! WTF! Começa com B? Quem é ? Depois de um zilhao de milhoes de anos eu lembrei da guria ! Era a Bruna, gente boa, super legal. Mas na real, eu nunca tinha percebido que ela sentia algo por mim. No duro! Mas bem, ficou um clima estranho, mas eu sou amigo dela até hoje, ela me considera o BFF dela então...hehe.

2016 - Atualmente

Agora entramos em 2016, uma ano ''bacana'' mais um daqueles que quando começa você diz que vai ser diferente, mas na verdade vai ser a mesma merda, sabe?

Well, no inicio do ano entrou uma guria nova na escola. ela era bem legal, se adaptou rápido, muito! Mas tiveram umas brigas e desentendimentos por pura fofoca e informação errada, até eu julguei ela sem saber. Foi foda. Mas como sempre eu sou amigo dela, até me convidou pra um aniversario dela!

''Gente tenho que revelar que to animado pra ir nessa festa porque vai ter drinks, e tipo, eu amo ! AMO ! Vodca, eu sei que sou menor, mas eu acho muito gostoso ! hehe ''

Acho que vou pular esse inicio de ano pra o mês de Setembro, pelo simples motivo de não ter acontecido nada, NADA!

Bem, esse mês foi marcado pela seguinte frase Sou assim mesmo, fazer o que? Finalmente eu me aceitei do jeito que eu sou, não totalmente, mas deixei de me odiar por completo. Esse mês que eu conheci um canal muito legal que me ajudou bastante o canal do Danilo Leonardi e do Ângelo Armiliato, me ajudaram a me aceitar do jeito que eu sou.

E foi graças a Angelo Armiliato que eu to VICIADO em Lana Del Rey, só tenho a agradecer hehehe.

Bem, com essa ''aceitação'' minha, eu decidi uma coisa: Tenho que falar pra alguém, de confiança e que não me julgue. Eu fiquei em duvida se contava pra umamigo ou uma amiga minha, Lary. Mas decidi falar pra lary por uqe fiquei com medo de perder a amizade com meu amigo. Aparentemente homem hetero quando vê gay acha que pelo simples fato dele ser homem, já acha que a gente quer dar em cima dele, afz.

Eu decidi contar pra minha amiga, mas tipo, eu engasgava toda hora. Então decidi começar a desabafar até chegar ao ponto. Primeiro eu disse que já tinha tipo depressão e que já tinha tentado me matar, mas que não tive coragem. Nissa, ela também disse que também já tinha tentado! Foi muito louco, então na volta pra casa, eu fui junto com ela. Ela estava meio sad pois tinha brigado com o namorado dela o D.G. e nessa ida eu ficava dizendo

Eu.....não consigo dizer ! - Mas porque ?- É complicado, é muito dificil.

-Fala!- ela ja tava curiosa.

Eis que me vem a ideia mais GENIAL pra se assumir pra alguém ! A gente estava estudando a disciplina de história, a Segunda Guerra, nisso a professora nos apresentou m slideshow com uns fatos sobre a 2ºGM. Nesse slide tinha falando sobre a bomba atômica e o avião que levou ela. O nome desse avião era EnolaGay !

Então eu disse :

-Sabe aquele avião que levou a bomba atomica ?

-Aquele não sei o que ...gay ?

-Esse mesmo ! ( eu apontava contra mim mesmo, indicando ''EU''' ) Sabe esse aviãão ??? pois ééé....(Continuava apontando pra mim )

Até que ela abriu a boca e ficou tipo LOL, não creio ! Foi bem engraçado a reação dela, mas foi um peso que saiu de mim. Eu comecei a dizer no meio da rua sorrindo que nem um besta: Eu contei ? E-Eu contei mesmo? Até que eu desacelerei o passo e comecei a chorar, e ela veio na minha direção e disse:

 ''Ei para com isso, isso não é problema. '' Foi a frase que eu sempre quis ouvir...

Então depois disso eu comecei a me abrir mais, ou não sla, fico meio envergonhado. No inicio ela também ficou meio que evitando o assunto, mas não a culpo, ela me perguntou da Julia, mas eu expliquei que o que eu tinha sentido, era real. Esses dias mesmo eu, meio que estou com um crush num carinha, (G.) e até falei pra ela, Eu e o G. eramos ''amigos'' a gente se falava um pouco na saída da escola, eu tava no 7º e ele no 9º ano, sempre achei ele bem gatinho, mas esses tempos, jesus, não paro de pensar nele! Agora eu to no 9º e ele tá no Ensino Médio, no segundo ano mais precisamente. Eu lembro de quando a gente brincava na saida, era tão legal...lembro que uma vez ele até me convidou pra um evento de anime que ia ter na minha cidade, mas quando eu cheguei lá ele tava com uma guria '-' Bah, tava nem ai na epoca.

Bem, continuando, eu to com um crush absurdo nesse guri, to com medo de me apaixonar por ele, se apaixonar por hétero é foda.Tive até um sonho com ele.

Nesse sonho eu tava numa casa, com ele. E por algum otivo eu ficava meio deprimido e ele me perguntava 

Porque cara ?. E eu dizia gritando 

Por que eu sou um fardo, eu me acho um merda e me acho feio, acho que ninguem se importa comigo( ai eu empurrava ele ) Ele no chão dizia gritando:

''Não importa o que você ache! Eu não te acho um fardo! Eu gosto de você ! ''

Gente, acordei feliz, depois fiquei na bad por que era só um sonho afe!

Essa semana, na sala de aula eu fiz dupla com uma outra amiga minha, T. Ela ficou tipo eme olhando um tempo e disse '' Nossa, tu é tão pensativo.''' Eu comecei a rir, e disse pra ela, apontando o dedo pro sorriso :

''Isso aqui....é falso''' - Ela me olhou com uma cara....gente ela ficou tipo :o Que esse menino tem.É a crise existencial minha filha!

É incirvel a capacidade que um sorriso tem de esconder as coisas !

That everything is fine
           But I wish I was dead.

É isso, terminou, pode ir em bora, deixar um ''fav'' se quiser, não sei, não ligo muito, só queria falar minha historia pra vocês.

Até minha Fic futura ! o/

 

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...