História Minha vida em apenas uma noite - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Andre, Bts, Danny, Felipe, Iago, Jeon Jungkook, John, Jung Hoseok, Kim Namjoon, Kim Seokjin, Kim Taehyung, Min Yoongi, Park Jimin, Rafael, Red Velvet, Wibe
Visualizações 9
Palavras 1.270
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Festa, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Me desculpem pela demora.

Capítulo 12 - Capítulo: Twelve


Sonho ON:

"Olho em volta e me vejo num corredor branco sem fim, olho para cima e enxergo um teto branco sem fim também, fico observando o local silencioso, sem nenhum sinal de que havia alguém ali, que me trouxe uma certa curiosidade.

-Olá? -Pergunto um pouco alto, fazendo minha voz dar um eco naquele imenso lugar. -Alguém? -Pergunto novamente, mas mais alto que antes, dando um eco, causando susto a mim mesma, e ninguém responde. Fico ali tentando me lembrar como fui parar ali. Sou interrompida com passos ecoando, vindo na minha direção oposta, viro e vejo uma pessoa vestida de branco, caminhando em minha direção, seguido por uma luz clara meio violeta/azul, luz pela qual fez-me semicerrar meus olhos por tamanha claridade. A cada passo que aquele ser dava, mais alto era o som, e pude perceber que era um homem de cabelos pretos, pele clara, olhos castanhos escuroz que pareciam que haviam projetado um oceano nos seus olhos, bochechas rosadas e lábios também rosados, um pouco carnudos, resumindo, ele era extremamente bonito.

-Olá Antonela! -Ele diz com um sorriso encantador em seu rosto. É, ele é lindo mesmo, mas como sabe meu nome?

-Olá!? Quem é você? E como sabe meu nome? Onde estou? -Pergunto curiosa e um pouco aflita perante a situação.

-Kkkkk. -Ele da uma risada, que para mim, era gostosa de se ouvir. -Meu nome é Saulo, sou um mensageiro do bem, sei seu nome por causa de Hadassa, sua futura filha, ela não para de falar de você, ela te ama muito.

-Eu também a amo, mesmo ela não ter nascido ainda. -O interrompo contente por ouvir que Hadassa me ama de verdade.

-E você está num lugar que chamamos de "Nosso Lar". -Ele diz simplista.

-"Nosso Lar"? O do filme? -Pergunto me lembrando do filme que assisti a umas semanas atrás com o pessoal da faculdade.

-Não exatamente. -Ele responde rindo. -É só o nome dado para um lugar bom, que você se sinta bem, que você possa ser você mesma.

-Isso quer dizer que posso nomear meu quarto como "Nosso Lar"? Ou melhor "Meu Lar"? -Digo arqueando uma sobrancelha, dando um ar de desentendida.

-Claro, por quê não!? Mas creio que não queira falar sobre o futuro nome do seu quarto, certo!? -Ele diz na boa, e eu apenas assinto. -Sabe por que esta aqui? -Nego com a cabeça. -Bom, você está aqui por que eu sou seu Anjo da Guarda oficial e o dever de um anjo é proteger e, bem, eu soube dos últimos acontecimentos e sinto muito. -Ele fala atencioso.

-Não, tudo bem, as coisas acontecem porque elas devem acontecer, e se Deus quis assim, quem sou eu na fila do pão. -Digo e ele me olha sem entender, arqueando uma sobrancelha. -Quem sou eu pra julgar. -Vejo ele soltando o ar de quem entendeu.

-O conselho que eu te dou é para não deixar de fazer as suas coisas, ass que você gosta por conta de um "obstáculo", vai viver, seja feliz, uma hora ele vê o que fez e se da conta de tudo que ta acontecendo. Ele vai te procurar, mais cedo ou mais tarde ele vai atrás de você. -Ele fala olhando em meus olhos e depositando suas mãos em meus ombros.

-Não acho que isso vá acontecer. -Digo pensativa, olhando para os lados.

-Acredite Tonton! Bom, eu não posso falar muito do seu futuro, porque as coisas podem mudar, se depender de você. -O olho desentendida. -Acredito que Hadassa contou sobre a vida passada dela né!? -Concordo positivamente. -Pois é, tome cuidado em relação a Yara, ela não é o que parece.

-Disso eu já sei. -Digo me lembrando do que ela fez para mim e para o Jimin.

-É sério Antonela. Não é atoa que ela ta na Terra com o mesmo nome o com a mesma fisionomia, o que muda é a cir do cabelo, mas isso não importa. A Yara tem uma grande dívida e não é das menores. -Eu começo a me preocupar com o que pode vir dela. -Se você ama as pessoas a sua volta, cuide-as e se cuide também. No começo será difícil, mas depois as coisas serão melhores e acredite, você vai ser muito feliz. -Ele fala sorrindo, mostrando seus dentes totalmente parelhos e brancos.

-Eu tomarei cuidado, e pode deixar, cuidarei das pessoas que eu amo. -Digo mostrando a ele e a mim que sou forte o bastante para enfrentar tudo e todos.

-Eu contarei com você. Estarei de seu lado sempre, viu!? -Apenas concordo. -Bom, eu tenho que ir e você também, sua mãe está te chamando. Vai Antonela!

Olho desentendida para ele e o vejo sumir como o vento. Olho para trás e vejo uma porta, mas parece que ela está andando, começo a correr e a porta vai ficando cada vez mais longe, não desisto e corro mais rápido, mas algo estava me impedindo, parecia que alguém estava me segurando, não deixando-me correr. Vou mais um pouco e chego, vendo uma luz clara aparecer, fecho os olhos e entro.

Sonho OFF.

Acordo sentindo uma mão quente passando no meu rosto, abro os olhos devagar enxergando minha mãe sentada na minha cama, me fazendo carinho.

-Não queria ter te acordado. -Ela diz parando de me fazer carinho.

-Não, continua o carinho, é o que eu mais preciso agora é de carinho. -Ela ri assoprado e deita do meu lado, fazendo minha cabeça pousar em seu peito.

-E como foi lá com o Jimin? -Pergunta depois de um tempo.

-Nada bom. -Respondo e ela tira a minha cabeça dali, sentando na cama com as pernas em posição de índio.

-Mas o que houve? -Pergunta séria.

-Ele não acreditou em nada do que eu falei, me chamou de interesseira e tudo, disse que o filho que eu to esperando não é dele. -Digo sentindo meus olhos marejarem. -Sabe qual é a pior, eu acreditar numa pessoa que eu pensava que era minha amiga, mas não, fui lá e quebrei a cara. -Não consegui segurar as lágrimas e desabei em choro.

-Não acredito que ele fez isso. Sabe o que ele é, um idiota que não aguenta as responsabilidades e joga nos outros, isso que ele é. -Dou uma risada assoprada.

-E acreditar que a Yara fez a cabeça dele... Idiota! -Digo firme. -Sabe o que me surpreendeu!? A ex dele aparecer por lá e me dar total apoio. Ela também disse que a Yara também quis fazer a cabeça dela, mas ela teve juízo suficiente para negar.

-Não fica assim, eu estou aqui com você ta. Mas agora a ex dele aparecer e dizer que te apoia? Que doido isso. Quanto menos esperamos aparecem pessoas de bom coração. -Ela diz me deitando e deitando do meu lado novamente.

-É, ela me pareceu ser uma boa pessoa. -Concordo.

-E agora? Quer fazer o que? -Me pergunta olhando em meus olhos.

-Voltar para o Brasil o mais rápido possível e esquecer que um dia tive um caso com um famoso, esquecer que meu filho ou filha, é filho de um coreano, criar meu filho sozinha, fingindo que ele foi feito pelo vento. -Digo segura de mim mesma.

-Você que sabe, amanhã vemos isso, mas vamos dormir. Como nos velhos tempos quando você tinha medo da chuva e dormia comigo. -Ela fala abraçando minha cabeça, fazendo um carinho no local. -Eu to aqui sempre, viu!? -Fala beijando minha cabeça.

Não respondo e acabo dormindo novamente, só que agora tendo um sonho "normal", sem nada nem ninguém para contar o que vai acontecer da minha vida no futuro.


Notas Finais


Ta ai Chuchus, bjinhos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...