História Minha vida, minha história - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 9
Palavras 808
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 2 - Um dia normal


Fanfic / Fanfiction Minha vida, minha história - Capítulo 2 - Um dia normal

07 de agosto de 2017- segunda-feira


Eu/autora on

Eu estava dormindo de boas, até porque, era ruim acordar cedo para ir a uma escola de tempo integral. Mas voltando ao assunto, minha tia entrou no meu quarto sem bater como sempre.


Tia Helena:Acorda, querida.- disse puxando minha coberta e fazendo carinhos no meu cabelo. Como sempre fazia. Ela, minha tia Marlene, meus primos, irmão e o resto eram os únicos que sobrara de familia para min.


Eu:Okay, okay.- digo reclamando como sempre, era péssimo acordar cedo. Saio do cama com o cabelo pouco bagunçados e vestindo um pijama rousa com branco. A sigo até a cozinha coçando os olhos e descalça.


Tia Helena: Você poderia ter calçado os chinelos, mocinha.- disse sorrindo enquanto colocava meu toddynho na mesa a minha frente.


Eu:A senhora sabe, que sou assim acostumada, desde pequena.- digo após dar um gole no toddynho pelo o canudinho, e sentindo aquele líquido dentro da caixinha marrom cheio de desenhos.


Tia Helena:Okay, okay.- riu - acho melhor se apressar.- disse me fazendo olhar para frente e um pouco para o alto me deparando com as horas.


Eu:Tia.- a repreendo me levantando da cadeira. Mas quando eu ia sair da cozinha, minha prima entra arrumada para a faculdade.


Larissa:Ola meu amor.- disse sorrindo me dando um tapa na bunda. Outra com essa mania. Revirei os olhos e me despedi dela. Entrei no banheiro, tomei banho e me arrumei❪foto a cima❫. Penteei meu cabelo, passei um gloss. Peguei meu celular❴ smartphone7, da Apple❵ dourado com roxo, meu fones brancos, minha mochila e saio de casa.


Tia Helena:Vamos, que temos que pegar o Victor e o Heitor.- revirei os olhos, formando um sorriso.


O Victor e o Heitor são meus sobrinhos para outra história. O victor aquele moleque de 11 anos não me respeitar, apesar dele estar no 6ano. Já o Heitor de 4 anos me respeita muito, e está na creche. Abri o portão esperando o carro sair, coloquei os fones na orelha colocando uma música em segunda no celular.


Nycolas on

Eu estava na escola conversando com o pessoal, mas a minha pessoa favorita 1❮ depois da minha família❯ estava atrasada.


Lara:A Thay nunca demorou para chegar.- disse confusa enquanto cruzava as pernas.


Eu:Eu deveria ter ido buscar ela, dessa vez.- digo me sentando ao lado da Ray. Suspirei olhando as horas no celular.


Júlio Fernanda: Até que enfim menina.--disse olhando para o portão. Olhei e vi uma menina linda atraindo os olhares dos meninos para si, ou melhor, para seu corpo. Eu queria matar cada um deles.


Wendel Santana:Calma Nycolas, vai matar os meninos com esse olhar e essa baba escorrendo no canto da boca.- disse rindo enquanto me olhava, corei desviando o olhar.


Thayna:Gente, desculpa, mas...eu acordei tarde.- falou colocando as mãos nos joelhos com a respiração ofegante. Os olhos dos meninos estavam agora na sua bunda.


Kauany:Calma Nyck, quer matar os meninos com os olhos?- perguntou fazendo Thay olhar para mim com um sorriso de lado.


Thayna:Meu namorado, tem ciúmes de mim?- indagou sorrindo e falando com aquela voz rouca/sexy natural vindo em minha direção e passando seus braços por minha cintura.


Eu:Claro, você é minha, somente minha.- digo cruzando os braços fazendo um olhar superior. Ela abriu um sorriso malicioso, e com isso, desfiz a pose me entregando.


Ela tem um poder/efeito sobre mim, quando eu estiver sério/triste/irritado, ela faz qualquer coisa e já tira eu da minha pose. Esse é seu poder sobre mim.


Thayna:Também te amo.- disse com aquela voz natural passando os braços pelo o meu pescoço. Essa mina está acabando comigo, ou melhor, acabou comigo a tempos.


Eu:passei os braços pela sua cintura a puxando contra mim- Também te amo.- quando estávamos a prestes a nos beijar, o maldito sinal tocou nos fazendo nos separar bruscamente.


Dayane:Vamos para a sala.- falou rindo e puxando Thay pela a mão até a sala. Mas o nosso azar, tínhamos que passar o refeitório.


Entramos na sala, e ela se sentou na segundo fileira na primeira carteira da porta para a janela. Ela colocou a mochila na mesa a apoiou a cabeça na mesma. Fui até ela e me sentei atrás dela, comecei a mexer nos seus cabelos pretos lisos, que por estar na luz, estava brilhando.


Eu/autora on

Estava tão bom o carinho que Nyck estava me dando, que poderia dormir. 


Eu:Que professora é agora?- perguntei com a voz baixa, mas...como ela é outra tipo de voz, saiu rouca/sexy, isso porque ela é natural.


Nycolas:Zeli.- falou carinhosamente. Sorri, porque a matéria é português. Levantei a cabeça o fazendo retirar dos meus cabelos, abri a mochila e retirei o material lá de dentro.


Eu:Eu estou morrendo de sono.- falo voltando a apoiar a cabeça na mesa. Assim que a, profª entrou na sala, os outros se sentaram. 


Profª Zeli(português):Thay, vem ca.-- me chamou séria colocando suas na mesa. Me levantei indo até ela.- Vai lá na mesa dos professores e pega cinco desenhos que estão lá.- assento e saio da sala fechando a porta.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...