História Minha vida quase perfeita. - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bts, Jikook, Namjin, Suga, Taejin, Vhope
Exibições 26
Palavras 2.326
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Mistério, Musical (Songfic), Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Espero que apreciem o capítulo, a roupa da menina é a roupa que a personagem está usando.
Vejo vocês lá em baixo

Capítulo 10 - New city, Job New


Fanfic / Fanfiction Minha vida quase perfeita. - Capítulo 10 - New city, Job New

Alice on:
 
  Acordei com os raios solares entrando pelas frestas da cortina cor vinho, sentei na cama e olhei o relógio que marcavam 08:00hrs da manhã, levantei me espreguiçando, dei um leve sorriso encolhendo os dedos dos pés ao sentir o chão gelado, fui em direção à cortina e a abri ficando de frente para a porta de vidro que dava acesso a sacada, abri a porta e senti um ar muito gelado batendo contra minha pele exposta corri para cama de novo e entrei de baixo das cobertas.

  Alice- estou parecendo uma criança hihi, mas não tem como evitar isto é muito bom.

 Corri de novo para a varanda coloquei minhas mãos nas barras de metal e fiquei na pontinha dos pés sorrindo igual a uma doida.
 Me lembrei que estava apenas de roupas íntimas e então corei, mas aí lembrei que estava no décimo sexto andar.

  Alice - bem impossível alguém me ver daqui, mas estou com frio então vou entrar.

 Entrei e fechei a porta, fui até a minha mala e peguei uma roupa que eu considerava decente para procurar empregos.

  Alice - acho que talvez possa ser difícil achar um emprego, afinal meus cabelos estão pintados nas pontas.- murmurei para mim mesma.- mas sem pensamentos negativos.

  Fui para o banheiro e tomei um banho, depois sai e me vesti. Quando estava pronta sai do meu apartamento e fui para o elevador, após ele chegar entrei e apertei o botão para o vigésimo e último andar que dava para o restaurante onde serviam o café da manhã, andei pelo lugar apreciando a grande e recheada mesa.

  Alice- uau parece tudo tão gostoso.- Eu disse fazendo um perfeito "O" com a boca.- Okay, vamos comer hihi.

  Depois de um café da manhã bem reforçado sai pela cidade a procura de um emprego e um apartamento que eu possa alugar

  Alice- bem. .... Pelas minhas economias, posso dizer que tenho dinheiro suficiente para viver por um mês e meio sem trabalhar, mas um mês passa rápido então tenho que ser rápida também.
 Acho melhor eu começar a procurar por cafés ou salões de beleza, depois procuro algum lugar para morar .

  E assim foi, procurei quase pela cidade toda e não conseguia achar nada, ninguém precisava no momento.

  Alice- po, será que eu não vou conseguir um emprego nessa cidade enorme ??

  Eu disse já quase desanimando, peguei meu celular para olhar as horas e vi que havia uma mensagem do Ji.

 Mensagem on:

  Ji Oppa - Ei você quer almoçar comigo hoje ?? ~~ 09:30
   Alice- tudo bem, mas não pode ser um lugar muito chique, não posso ficar gastando.~~ 11:35
 Ji Oppa - Não se preocupe, hoje é por minha conta.~~11:35
 Alice - ui, desculpa aí haha.~~11:36
 Ji Oppa- boba haha, me encontre em frente ao The Park View.~~11:36
 Alice - Onde fica isso pelo amor de Yoongi.~~11:36
 Ji Oppa - 202  Jangchung-dong.~~11:36
 Alice - Okay.~~11:37
 Ji Oppa - estarei lá ao meio dia em ponto, não se atrase.~~11:37
 Alice - sim senhor capitão, já estou a caminho. Hahaha. ~~11:37
 
  Mensagem off :

 Me dirigi ao tal restaurante e quando cheguei lá vi Ji de um jeito descontraído, com sua calça jeans pretas que era um pouco justa realçando seu quadril, uma blusa branca, por cima uma blusa de frio vermelha com listras pretas e por cima mais uma jaqueta jeans meio clara, os pés estavam com um coturno marrom escuro e os cabelos lisos bagunçados.
 Suas mãos estavam dentro dos bolsos e na hora que ele me viu deu um sorriso que mostravam seus dentes perfeitamente brancos e veio até mim.

 Ji - cinco minutos atrasada senhorita.
  Alice - desculpa Ji, é que foi difícil achar esse lugar.
 Ji  - apenas te desculpo se você me der um beijo na bochecha e me chamar de Oppa.- ele disse batendo na bochecha com seu dedo indicador e sorrindo.
 Alice - Okay Ji Oppa, me desculpe pelo atraso.- Eu disse e depois fiquei na ponta dos pés , dando um beijo na bochecha dele.
 Ji - está desculpada , agora vamos entrar e almoçar.

  Entramos no restaurante que por sinal era bem elegante, escolhemos uma mesa mais afastada e nos sentamos , um garçom veio e depois de anotar nosso pedido se retirou. 

 Ji - olha ... Eu só te conheço a dois dias, mas, que olhar desanimado é esse? - ele falou olhando fixamente em meus olhos com um semblante sério.
 Alice - bem ....- fiquei em silêncio pensando se falaria para ele ou não.
 Ji - Ei, pode confiar em mim, não quero seu mal, muito pelo contrário.- ele falou pegando em minha mão e depois a acariciando.
 Alice - acontece que eu procurei por um emprego a manhã inteira, praticamente quase na cidade toda, e não acho nenhum. -falei de uma vez.
 Ji - entendo.- ele pareceu pensativo por um tempo.- Ah.- ele disse em um tom de voz alto me assustando um pouco .
 Alice - que foi ???
 Ji - olha, minha irmã abriu um café esses dias atrás, talvez ela ainda precise de funcionários.
 Alice - você tem uma irmã? ?
 Ji - hum.- ele disse afirmando com a cabeça.- espere um pouco.- ele falou e puxou um papal e caneta do bolso da calça, depois de anotar algo me deu o pedaço de papel. - aqui está, esse é o número dela.
 Alice - você sempre anda preparado ? - falei em um tom divertido e ele riu.- mas não sei se é uma boa idéia eu ligar para ela.
 Ji - por que não? - ele me olhou confuso.
 Alice - Eu nem a conheço.-Eu disse devolvendo o papel.
 Ji - Okay,  me dê isso aqui.- ele falou pegando o celular do bolso de trás da calça e digitando o número.
 Colocou o celular na orelha e depois de um tempo falou.- Nonna, sou eu Ji, então eu tenho uma amiga que está precisando de um emprego e pensei em você, afinal você abriu um café.... Sim. ...okay ......que horas ??..... As 15:00hrs? ?.- ele olhou para mim e eu balancei a cabeça positivamente.- okay estaremos aí então.- ele desligou o celular e me encarou.- bem, ela falou que só tem mais uma vaga, e quer que nós estejamos lá na loja as três da tarde, pode ser ?
 Alice - se pode ? Claro que pode, cara você é um anjo da guarda .
Ji - haha não exagere, foi apenas uma coincidência.

 Eu ia falar algo como resposta, mas o garçom chegou e nos serviu, depois saiu discretamente.
 
 Ji- agora vamos almoçar, depois iremos passar a tarde na minha casa.
 Alice - Não sei se isso é uma boa idéia.
 Ji - por que não?
 Alice - vai que você está com segundas intenções comigo, irá me usar e depois de satisfeito irá embora. - ele tombou a cabeça para trás e soltou uma de suas deliciosas gargalhadas.
  Ji - sua imaginação é bem fértil não acha ?
 Alice - rum,  não estou brincando, estou confiando em você muito rápido para meu gosto. -falei fazendo um bico .
 Ji - Não se preocupe eu não irei te abusar, e voce pode confiar em mim de olhos fechados.
 Alice - será?
 Ji - claro que sim, você é apenas uma garota frágil em outro país, eu irei cuidar de você.
 Alice - haha, pode até ser sua intenção AGORA, mas no começo você queria outra coisa.
 Ji - tudo bem é verdade, mas agora apenas quero te proteger como uma irmã mais nova. Então quando acabarmos de almoçar iremos para minha casa fazer alguma coisa legal.
 Alice - Okay você venceu.

  Nosso almoço ocorreu de forma tranquila e divertida e quando terminamos fomos para o apartamento do Ji que ficava no bairro Hongdae e devo admitir que era bem sofisticado, a sala era média e com a cor clara, haviam dois sofás fofos na cor verde musgo, um tapete da mesma cor e a frente a televisão de tela plana grudada em um painel de madeira na cor tabaco, de um lado tinha uma cortina aberta em uma cor  creme que dava acesso a sacada e do outro lado havia uma cozinha americana em cores escuras.
 
 Alice - para um homem, seu apartamento e até bonito e bem arrumado.
 Ji - para ser sincero eu não gosto muito de bagunça.
 Alice - hum... ei cadê seu appa e sua omma ? - Eu disse colocando minhas mãos no bolso de trás da calça.
 Ji - eu não moro com eles.- Falou tirando o casaco e em seguida tirou a blusa de frio, ficando apenas com a blusa branca..- que foi? Você está olhando demais.
 Alice - você tem um corpo bem definido né Oppa.- falei fazendo cara de malícia me jogando no sofá e depois ri.
 Ji - larga de ser boba menina haha.- ele jogou a blusa de frio que pegou em meu rosto.

 Alice - eii .- gritei e joguei a almofada nele.- Não me chame de boba, rum.- enchi as bochechas de ar e fechei a cara.
 Ji - meu Deus que menina fofa.- ele veio até mim e apertou minhas bochechas. Depois se levantou e foi em direção a cozinha.- fica a vontade, pode andar pela casa, fazer qualquer coisa.
 Alice - Obrigada.- me levantei e sentei em uma cadeira alta que ficava de frente para o balcão de mármore preto.
 Ji - você que alguma coisa ??- ele abriu a geladeira para eu ver o que tinha lá dentro.
 Alice - que tanto de besteira em.- ele sorriu.- Okay me dá aquele bolo de morango ali.- ele pegou e colocou o prato com o bolo em minha frente.
 Ji - aqui, pode se servir, os pratos estão na segunda porta desse armário alto aqui.- ele apontou para um armário planejado de cor escura.- mas talvez Seja difícil de você pegar haha.
 Alice - cala a boca idiota.
 Ji - sério, quantos metros você tem ?
 Alice - 1,62.
  Ji - Meu Deus que anã.- ele soltou outra gargalhada.
 Alice - Vamos pra sala logo, coloca um dorama para eu assistir.
 Ji - pega o bolo ue. - peguei o prato inteiro e fui para sala me sentar.- será que você vai conseguir comer ?
 Alice - Não se preocupe vou te dar um pedaço. A propósito você terá que me aguentar em meu modo off, já que disse que vai cuidar de mim como meu irmão mais velho.
Ji - e como seria esse modo off ?
 Alice - preguiçosa, dorminhoca, dramática, comilona, as vezes não me toque e etc.
 Ji - Não podemos esquecer do folgada haha. Mas sim eu juro solenemente que irei te aturar haha.

 ~~Quebra de tempo ~~

  Alice - será que ela vai gostar de mim ??
  Ji - calma , você está muito nervosa, respira.
 Alice - Okay. - respirei fundo olhando para Ji.
 Ji - isso, respira devagar.... pronto ? - Balancei a cabeça afirmando.- agora vamos, é apenas uma entrevista de emprego, não há porque ficar alterada.

  Ele me pegou pela mão e me levou para dentro do estabelecimento. Era bem bonito com uma decoração estilo vitoriana , vi uma mulher vindo em nossa direçao, seus cabelos lisos pegavam na cintura na cor azul, sua pele era levemente bronzeada, seus olhos eram castanhos escuros e um pouco mais alta que eu.

 Ji- noona.- ele acenou para ela, e quando a mesma chegou perto de nós ele nos apresentou.- Alice essa é Park Hyun Yuna, e noona essa é Alice.
 Yuna - Olá Alice, pode me chamar apenas de Yuna.- Ela disse rindo.
 Alice - Okay.- retribui o sorriso.
 Yuna - Eu gostei de você, vamos lá para dentro para a entrevista.
 Alice - tá.
Ji - Boa sorte pequena.

   Segui ela é fomos para um "escritório".
 
 Yuna - Okay Alice, vamos conversar, se sente.
 Alice - okay.- me sentei em uma cadeira estofada em frente a uma mesa de madeira.
 Yuna - quantos anos, nome completo, objetivo, por que quer o emprego, já trabalhou como garçonete de café?
 Alice - be - bem, 18 anos, Alice Dias, meu objetivo principal é me tornar uma k-Idol, quero um emprego por que preciso me sustentar até eu consegui o meu objetivo, já  trabalhei como garçonete, mas não era em um café.
 Yuna- uma k-Idol?
 Alice - sim
 Yuna - Bom. .. Você parece bastante nervosa, mas eu também não gosto de muita aglomeração , então se você me prometer que quando conseguir ser tá tainne ou virar k-Idol não vai deixar a porta do meu estabelecimento com repórteres e tal.
 Alice - Eu prometo e eu meio que acho impossível fazer uma aglomeração com repórteres aqui na frente, por que trainnes não são famosos. Mas eu prometo.
 Yuna - Okay então , o emprego é seu.- Ela disse e abriu um sorriso lindo que me lembrava o do Ji.

 Sai da sala acompanhada da minha nova patroa e fomos ate Ji.

 Ji - Eai?
 Yuna - o emprego é dela.
 Ji - isso.- ele disse Feliz.- temos que comemorar Alice.
 Alice - mais tarde Ji Oppa, que dia eu posso começar Yuna?
 Yuna - daqui dois dias, aí vai ser tempo suficiente para você se acostumar.
 Alice - Okay.
 Yuna - e aproposito.
 Ji - sim ?
 Yuna - Ji Oppa? ? - Ela falou e eu corei.
 Ji - sim, o quê que tem ?
 Yuna - nada não haha , mas eu só achava que você  não gostava de ser chamado de Oppa.
 Ji - Ela é exceção.- ele me puxou em um abraço.

Yuna - sei hihi " exceção ", huehehe
Ji - como você é boba né noona. Vamos Alice , temos que comemorar.- ele me puxou.
 Alice - t - tá. Tchau Yuna.
 Yuna - Tchau Alice , foi um prazer... Tchau "Ji Oppa".- Ela riu e fomos embora.


Notas Finais


Obrigada por lerem, comentem o que acharam, Beijos de morango, até o próximo capítulo.

Roupa da Yuna : https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/736x/7c/4e/c5/7c4ec51a040b3b9509bf27bb5b1d2fe5.jpg


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...