História Minha vida quase perfeita. - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bts, Jikook, Namjin, Suga, Taejin, Vhope
Exibições 35
Palavras 1.741
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Mistério, Musical (Songfic), Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Espero que apreciem a leitura.
E deixando bem claro que eu não sei quem é esse carinha na foto, e ele é novo personagem que adicionei de última hora .

Capítulo 9 - Freedom Wings


Fanfic / Fanfiction Minha vida quase perfeita. - Capítulo 9 - Freedom Wings

    2 anos depois....

   Coloquei meus pés para fora da plataforma e respirei fundo sentindo o ar gélido de Seul em estação de inverno.
 Soltei um riso de alegria, não estava acreditando que eu realmente havia conseguido concretizar minha idéia.

   Flash back on:
 
 Mãe- você quer o que ??- Ela disse com voz de tédio.
Alice- quero ir embora daqui quando completar 18 anos, e como eu sei que você também me quer longe..... vim pedir sua ajuda. Irei morar com minha tia a partir de janeiro, ela ira me dar de presente cursos de inglês intensivo e coreano. Por incrível que pareça eu consegui conversar com meus 3 de 5 irmãos e eles concordaram em colocar na minha poupança 400 reais Todo mês, até 2018, minha pensão é de 600 reias então ela vai ser depositada todo mês também na minha poupança, irei trabalhar em um salão e o salário semanal é de 500 reias, quero que você deposite na poupança 400 reais Todo mês também. Olha você não tem nada a perder, afinal temos o mesmo objetivo,  me ver fora de casa, então. ... O que acha ?
 Ela pareceu pensar por um tempo e então respondeu.
Mãe- Okay.... Vou aceitar isso então.

Flash back off

    Para falar a verdade me senti bem triste pelo fato de ter sido bem fácil negociar com ela, queria que ela pedisse para eu ficar, mas isso só iria acontecer nos meus sonhos mesmo.
 Alice - chega, afaste esses pensamentos ruins.- Balancei a cabeça sussurrando.- Eu consegui.- dei um pulinhos de alegria e uma bela moça que passou ao meu lado me olhou como se eu fosse de outro mundo.
Para disfarçar fui em direção ao lugar que era o banheiro, andei apreciando a beleza de tudo.
Alice - caraca mano, todo mundo é bonito aqui, meu G-Dragon, tenho vários novos crush.
Cheguei ao banheiro e me olhei no grande espelho que havia na parede.
Eu usava uma calça cos alto preta com botas cano alto sem salto também pretas, vestia um sueter cinza em gola v colado no corpo e um casaco de frio preto, meus cabelos agora um pouco acima da cintura com as pontas roxas me dava um ar mais rebelde, peguei meu celular e tirei uma foto, precisava registrar esse momento, depois guardei ele na minha bolsa de ombro marrom escuro, peguei minha mala da mesma cor e voltei a central do aeroporto para pedir um táxi.


    Quando o táxi chegou dei a ele o endereço do apartamento que eu aluguei por 30 dias e ele me levou até lá.
 Parei em frente a um prédio de mais ou menos uns 20 andares bem bonito  com estilo aconchegante, fui em direção à porta de vidro e ela se abriu automaticamente me dando uma visão ampla da recepção do lugar. Logo de início dei de cara com um balcão enorme de mármore branco, um tapete marrom escuro sobre o chão de piso liso, apertei um pouco a alça da minha mala respirei fundo e fui até uma das recepcionistas que era bem bonita por sinal, com seus cabelos negros prendido em um coque bem feito, sua pele clara, olhos escuros e seu vestido vermelho sangue que fazia contraste com o sapato de salto alto de camurça preto junto com sua maquiagem bem feita.

- Boa noite. No que posso ajudar ?
Alice - Boa noite. Me chamo Alice Dias, fiz uma reserva de um apartamento para 30 diárias.
-Okay já vou verificar, só um instante.

 Ela começou a mexer em seu computador e depois de uns 5 minutos me passou todas as informações necessárias.
  Eu havia ficado no décimo sexto andar no quarto que ficava de frente para cidade.

 Alice - os apartamentos daqui são bem legais... Ahhhhh não acredito, não acredito, Uhuuuu.- Eu disse pulando pelo apartamento todo e depois me joguei na cama de casal, olhei o relógio e eram 22:00hrs.- acho que eu deveria sair para comer alguma coisa.
 
 Peguei minha mala e depois de abrir ela comecei a procurar uma roupa, peguei uma calça cos alto cinza ( sim gente eu só tenho  roupas com cos alto, não todas, mas a maioria), um moletom preto da minie e a mesma bota que eu estava.
 Fui para o banheiro e tomei um banho quente que me fez relaxar, sai do banhar me arrumei e sai, a noite em seul era realmente maravilhosa, tinham luzes com decoração de Natal por todos os lados e vários casais andando. 
  Eu estava realmente deslumbrada e por isso continuei andando por aí, e vamos dizer que por pura "coincidência" achei um restaurante de lamen, entrei e dei um sorriso ao sentir um cheiro delicioso, fui até uma cadeira que ficava de frente para o balcão e me sentei. Haviam dois casais comendo em uma das mesas atrás de mim e do jeito que eles saborearam a comida tinha me dado até água na boca.

 -Boa noite.- fui tirada dos meus pensamentos quando ouvi uma voz masculina, falando em inglês.
Alice - Boa noite e não se preocupe eu falo sua língua.- Eu respondi em coreano e sorrindo.
 - Okay, ja sabe o que vai pedir?- Disse ele sorrindo e só então reparei em sua beleza. Alto, pele bronzeada, provavelmente natural, olhos escuros e cabelos lisos pintados de vermelho, acho que tinha uns 19 anos, a blusa branca quase transparente dava de ver seu abdômen bem definido. Suspirei profundamente e então olhei para ele e respondi.
Alice - ainda não sei o que pedir, o que você sugere ?- falei olhando bem em seus olhos.
 - Bom... Temos a especialidade da casa, mas para uma moça talvez você possa achar um pouco pesado demais.
Alice - tudo bem pode ser esse mesmo.
 - Okay, só um momento.- ele saiu e voltou com um copo d ' água e colocou em minha frente.- A propósito, meu nome é Park Hyun Ji.- ele disse dando um sorriso de lado meio malicioso.
 Alice - Prazer,  Alice.- Eu disse tamebm sorrindo.

 Se passaram uns 30 minutos e então vi Ji colocando uma tigela cheia de lamen na minha frente, ela estava bem recheada com muitas coisas e como ele disse, se realmente fosse uma coreana iria achar pesado .
 
Hyun Ji- vai querer algo para beber?
Alice - se tiver uma Coca Cola eu quero.
Hyun Ji- Okay. - ele se virou e pegou uma lata de Coca dentro de um freezer.- aqui está.
Alice- Obrigada.
Hyun Ji- eu estaria me entrometendo demais se perguntasse de onde você é?
Alice- claro que não haha , eu vim do Brazil.- Eu disse e depois coloquei um pouco de lamen na minha boca, estava maravilhoso como o cheiro.
Hyun Ji- uau Brazil, e o que você veio fazer do outro lado do mundo?
Alice - vim me tornar uma k-Idol.
Hyun Ji- além de você ser americana o que chama bastante atenção, e esse ramo gosta de atenção, você é bastante bonita, acho que irá conseguir.
Alice - Obrigada, tanto pelo elogio quanto pelo apoio.- Eu sorri para ele.- está realmente muito bom.
Hyun Ji- Obrigada, foi meu appa que fez.- ele sorriu e apontou para a cozinha e então eu vi um senhor sorrindo, retribui o sorriso com a maior sinceridade.

 Depois de conversar mais com Hyun Ji terminei meu lamen e paguei, o restaurante já estava vazio por causa das horas. As ruas tamebm não estavam tão movimentadas como antes mas eu acho que não seria tão cliché assim de eu sair e um cara bêbado me atacar, não mesmo.
Dei Boa noite a todos e sai, acho que dei uns 5 passos e ouvi Hyun Ji me chamando e vindo até mim.

Hyun Ji- talvez seja estranho mas posso te levar até em casa ??  Uma moça bonita andando por aí pode ser perigoso.
Alice- a não precisa, eu não quero incomodar.
Hyun Ji - será um prazer, eu insisto.
Alice- tudo bem então.

Fomos conversando o tempo inteiro sobre coisas aleatórias até chegarmos no meu apartamento temporário, trocamos nossos números de celulares e vamos dizer que eu fiz um novo amigo.

Hyun Ji - entregue são e salva haha.
Alice- Obrigada Ji.
Hyun Ji.- faltou o Oppa.- Disse fingindo raiva.
Alice- Okay.... Obrigada Ji Oppa.- Eu disse fazendo bico e ele deu uma gargalhada muito gostosa e contagiante que me fez começar a rir com ele.
Hyun Ji - então Boa noite Alice.
Alice - Boa noite.
 
  Subi para meu apartamento e apenas tirei a roupa jogando em qualquer canto, ficando apenas de calcinha e sutiã.
  Entrei de baixo das muitas cobertas da minha cama e me acolhi, pensando nas muitas coisas que Ji disse para mim, e ca entre nós, minha opinião sobre os coreanos serem santinhos mudou muito.
 Resolvi ir dormir já que estava tarde e eu teria que acordar cedo.


    ~~~outro lado da cidade~~~~
 

Suga on:

 
  Vamos dizer que minha vida está muito corrida com o álbum novo que estamos preparando para lançar, trabalhando a noite toda e tendo pouco tempo para dormir, mas isso é o que nos deixa feliz.
  Nesse tempo que passou Tae e jin pararam de se falar um pouco e os meninos estão estranhando isso, todos ja sabem que  eles já namoraram quando eram treinnes, porém só eu sei a história toda.
 Jimin e jungkook estão mais fortes que nunca entre paredes, já que lá fora eles tem que ser de outro jeito.
 Tae e hope estão namorando ainda e estão bem.
 Jin e namjoon tamebm estão namorando e estão bem.
 E eu aqui sendo tocha para os idiotas, eu não sou gay mas eu também não tenho preconceito, além de eles são como meus irmãos então eu os apoio com todas as minhas forças, nesses dois anos a filha de um MC que fizemos entrevista não sai do meu pé, ela sempre fica com aquela voz irritante atrás de mim falando que vai se casar comigo. Tenho apenas lembranças vagas da menina que eu conversei no Brazil, mas tenho um ótimo sentimento quanto a ela e só de lembrar que nunca mais irei ver ela eu me sinto estranho. Não que eu fosse lembrar dela totalmente, mas sei lá, mas também não iria fazer diferença mesmo afinal estou focado em minha carreira e não pretendo ter algo tão cedo.
 
 Terminei minha música e fui me deitar, eu precisava relaxar um pouco, estava muito tenso, e assim adormeci.


Notas Finais


Obrigada por lerem até aqui, espero que tenham gostado.
Beijos de morango


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...