História Minha Vida Sem Fama - Capítulo 9


Escrita por: ~ e ~biersack_cookie

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Block B, EXO
Personagens Baekhyun, B-Bomb, Chanyeol, Chen, D.O, Jaehyo, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kai, Kris Wu, Kyung, Lay, Lu Han, P.O., Rap Monster, Sehun, Suga, Suho, Taeil, Tao, U-Kwon, V, Xiumin, Zico
Tags Chanbaek, Colegial, Hunhan, Jikook, Kaisoo, Lemon, Namjin, Phope, Sulay, Taehyo, Ubomb, Vsuga, Xiuchen, Yaoi, Zikyung
Exibições 60
Palavras 556
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Ecchi, Escolar, Festa, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Slash, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 9 - O ladrãozinho de iPhone @otaldojaldissinhooh


Pov’s Xiumin

— Chen, pelo amor de Deus, para de cantar música de corno!!

— Mas é tão legal. “Êê infiel, eu quero ver você morar num motel…”

— Amor, você não é corno! Para de cantar isso e vamos fazer algo que interessa!

— Algo tipo..?

— Isso — o joguei no sofá beijando-o.

— Oi, filho! Oi, Chen! — minha mãe abriu a porta da sala. — Terminem isso no quarto, sua tia já vai chegar e você sabe que ela é uma viciada em lemon! — ela foi para a cozinha. 

Pronto, a gente correu pro quarto. 



Pov’s Luhan

— Sehun, você sabe mesmo onde a gente tá indo? — perguntei pela terceira vez ao entrarmos em mais um ônibus. 

— Claro, meu amor. Eu conheço todas as linhas de ônibus daqui. 

— Não era mais fácil o meu motorista trazer a gente?

— Ah, andar de ônibus nem é tão ruim assim. 

— É, pelo menos esse não tem gente fedida... 

E para minha desgraça tinha um ponto na frente de uma escola, até aí tudo bem, mas era uma escola pública. Tipo nada contra escolas públicas, afinal tem muita gente boa nelas, o problema é que mais de 70% do povo é funkeiro, o que significa que entrou um monte de coisa daquela espécie no ônibus. 

Eu me senti um alien no meio daquela raça, e eu sinceramente estou achando que trocaram o uniforme da escola pública pra camisa da Hollister, boné da Oakley, bermuda Quicksilver, meião de futebol, Nike fluorescente e óculos de mosquito chikungunya, tudo falsificado, óbvio.

— Amor, eu fui sarrado... 

— Eu também… vem aqui pra minha frente, deixa que EU te sarro.

— Tá — com muito esforço consegui me enfiar na frente dele, e agora Oh Sehun está me sarrando, e eu tô amando.

Depois de meia hora aprendendo novos funk, finalmente chegamos ao ponto final da linha. Todo mundo desceu do busão e então reparamos…

— A gente pegou o ônibus errado — Sehun falou olhando ao redor.

— Onde a gente tá? — agarrei minha bolsa com uma força que não sei de onde veio.

— Só sei que é favela...

— Onde você me enfiou, Oh Sehun?!

— Eu não sei, Lu, mas fica calmo!

— Eu vou ligar o GPS! — peguei o celular, mas nem deu tempo de desbloquear a tela que um filho de rapariga que saiu do ônibus de trás o arrancou da minha mão e saiu correndo. — DEIXA PELO MENOS EU TE PASSAR A SENHA, SUA BUCETA COM GONORRÉIA!!

— Ah né verdade, tio — o projeto de desgraça voltou com o celular — Anota aí — ele me entregou uma caneta e me mandou escrever na mão dele.

— Miga, posso pelo menos tirar uma última selfie no meu iPhone?

— Tá bem, mas eu tenho que tar junto — ele me passou o celular. — Mas dá follow aí mano, @otaldojaldissinhooh!

— Mas tu segue de volta, viu? — coloquei na câmera. — Vem, mozão! Vem, Jaldisson!

Tiramos a selfie, marquei o mozão e o Jaldisson, e coloquei a descrição “Com o mozaum e o ladraunzinhu @otaldojaldissinhooh ;-; adeus iPhone 6 #sad”

— Tó, Jaldisson… cuida bem dele… Pega aqui o carregador e o fone — quando ia entregar o celular para ele um outro filho de rapariga passou correndo e roubou.

— VOLTA AQUI, WESLEY!! EU ROUBEI ESSA PORRA PRIMEIRO!! — Jaldisson saiu correndo atrás do raparigo.


Notas Finais


A intenção não era fazer dessa fic uma Crack!Fic... mas acontece
Mas claro q obviamente vai ter uma história descente nela viu, só que com muita zuera porque the zuera never ends


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...