História Minha vida sobrenatural (Imagine J-Hope) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Jungkook, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V, Youngjae, Yugyeom
Tags Ficção, J-hope, Lobisomens, Vampiros
Exibições 333
Palavras 1.471
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Fluffy, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


CHEGUEYYYYYYY
BOM CAPITULU PRU CEIS XD

Capítulo 2 - De novo!?


Fanfic / Fanfiction Minha vida sobrenatural (Imagine J-Hope) - Capítulo 2 - De novo!?

Luana ON*

Okay, um garoto acabou de morder meu pescoço e deixar dois furos no mesmo....Oque foi isso? Fiquei um tempo parada tentando entender oque tinha acabado de acontecer.Depois de um tempo sai correndo dali com medo do garoto estar por perto.Corri para meu apartamento e quando cheguei tranquei a porta e fiquei parada recuperando o ar que tinha perdido por ter corrido muito rápido e não ter parado para descansar.Depois de recuperar o ar fui tomar um banho para esfriar a cabeça, peguei meu pijama, fui para o banheiro, me despi e entrei na banheira.Fiquei uma meia hora dentro da mesma, pois era muito relaxante e me ajuda a me acalmar quando estou tença, brava e coisas assim.Depois de pensar muito sobre oque tinha acontecido decidi sair do banho.Me sequei, vesti meu pijama e fui para meu quarto secar o cabelo.Fui para meu quarto e me dei conta que havia uma pesquisa da escola para fazer.Peguei meus materiais, meu computador e me sentei na mesa para fazer a pesquisa.Depois de fazer tudo comecei a pesquisar sobre vampiros, é vampiros.Depois da situação que passei fiquei curiosa para saber oque era ou quem era que me mordeu.Fiquei pesquisando por um tempo, pois comecei a ficar com sono.Fechei o computador, penteei meus cabelos e fui dormir.

NO DIA SEGUINTE 

Acordei com meu despertador tocando, fiquei um tempo sem levantar por preguiça.Quando me levantei fui para o banheiro, fiz minhas higienes, troquei de roupa, tomei meu café e fui para escola.No caminho fiquei pensando no ocorrido de ontem a noite, coloquei  as mãos em meu pescoço paraver se sentia a "marca" que o garoto tinha deixado ali, por incrível que pareca não tinha "marca" nenhuma! Estranhei um pouco mas parei de pensar na quilo.

Quando cheguei na escola estranhei um pouco pois tinha um garoto, bem bonito por sinal, totalmente de preto me encarando enquanto andava.Quando ele viu que estava o olhando, sorriu, um sorriso safado digamos, mas que fez seus olhos se tornarem risquinhos.Se eu não estivesse com medo eu poderia apertar aquelas bochechas agora mesmo! Mas parei para pensar um pouco, levei uma mordida de um garoto que simplesmente sumiu e agora e menino aparece me olhando com um sorriso.Toquei meu pescoço pois ele começou a arder um pouco e quando tirei meus dedos vi que tinha um pouco de sangue saindo.Olhei para o lugar que o menino estava e vi ele com uma expressão medonha, ele lambeu os lábios assim que viu o sangue em meu pescoço e isso me fez ficar com mais medo ainda.Sem pensar entrei na escola e fui para o banheiro lavar meu pescoço.Entrei no banheiro, molhei minhas mãos e passei em meu pescoço, ardeu muito e rapidamente enxuguei.Fiquei um tempo me encarando no espelho e pude jurar que vi meus olhos ficarem um pouco vermelhos.Definitivamente estou ficando louca, fui para minha sala e me sentei na minha carteira.

Estava ouvindo minhas musicas enquanto a aula não começava e os outros alunos entravam.Tudo estava normal até a patricinha da escola chegar na minha mesa.

Yang Mim-Fique longe deles!

Pude jurar que seus olhos castanhos começaram a ficar roxos e seus dentes ficarem um pouco afiados digamos.Aquilo me deixou muito assustada, em resposta ela simplesmente sorriu e saiu como se nada tivesse acontecido.Fiquei parada olhando ele se distanciar enquanto o medo tomava meu corpo.Alguns minutos se passaram e a professora entrou na sala fazendo com que saísse de meus pensamentos.Não consegui prestar atenção em nada que ela falava, estava ocupada pensando no que tinha acontecido após ontem a noite.O sinal para o intervalo bateu e todos saíram correndo da sala.Eu esperei todos saírem, sem ninguém ver guardei meus materiais e peguei minha mochila.Virei uma ninja e fui para o fundo da escola.Chegando lá subi em uma das árvores que tem no fundo e joguei minha mochila do lado de fora da escola.Pulei o muro, peguei minha mochila e sai andando como se nada tivesse acontecido, fui para um lugar em que podia relaxar e esfriar a cabeça, fui para uma praça.Como a praça ficava perto do prédio, fui antes em meu apartamento pegar meu violão e meu caderno de canções, bom eu não sou compositora mas de vez em quando escrevo algumas coisas.Guardei a mochila, peguei minhas coisas e fui para praça.Me sentei em um banco, abri meu caderno e comecei a tocar e cantar uma das musicas que estava compondo.

Lu-Fico lembrando nossos momentos juntos, quando eramos felizes e sem preocupações.Nossa vida era boa mas você a estragou! Nos trouxe problemas, nos trouxe brigas.Nos afastou~ (Eu-Foi um trecho de algo que era pra ser uma canção minha hehe Fico uma bosta ;_;)

Essa é uma parte de uma canção que estou compondo, comecei a escrever e a tocar, tinha momentos que algumas pessoas se aproximavam para me ver, isso me deixou feliz.Estava tocando quando uma criança apareceu, uma criança que mora na rua.

Menina-Tia, posso tentar tocar?

Lu-Claro! Senta aqui!

Dei espaço para ela sentar e dei o violão para ela, ela começou a tocar e cantar, sua voz era simplesmente incrível! Quando ela parou aplaudi e ela sorriu.

Lu-Você tem muito talento!

Menina-Obrigada! *sorri*

Lu-Vai ser uma grande estrela quando crescer!

Menina-É meu sonho! Obrigada por deixar eu tocar! *me dá o violão*

Lu-Quer saber? Fica pra você!

Manina-M-mas tia, eu não posso! É seu!

Lu-Agora é seu! E toma, você parece com fome! *da dinheiro a ela*

Menina-Muito obrigada! *me abraça*

Lu-De nada! *retribui*

Menina-Minha mãe vai ficar muito feliz!

Lu-De esse dinheiro a ela e fale para comprar algo para vocês comerem!

Menina-Obrigada tia! Qual seu nome? O meu é Hyuna! *sorri*

Lu-Seu nome é muito bonito! Meu nome é Luana! *sorri*

Hyuna-Bonito nome! Tenho que ir! Tchau tia! *me abraça*

Lu-Tchau! Fale que mandei um oi para sua mãe! *retribui*

Hyuna-Falo sim tchau! *sai*

Lu-Tchau!

Vi ela se distanciando, chegou perto de uma mulher e falou algo que não entendi por estar longe, a mulher a abraçou e sorriu, a pequena apontou pra mim e a mulher que parecia ser mãe dela acenou e agradeceu, eu sorri e acenei.Depois disso fiquei até escurecer compondo alguns trechos de musica, ou pelo menos tentando.Quando deu 18:00 e decidi ir para casa, estava fazendo o mesmo caminho que fiz ontem só que desta vez olhando para todos os lados com medo de ter u garoto querendo me morder.Quando estava perto de casa e passei por aquele mesmo beco alguém me puxa.Me empurrou na parede e segurou meus pulsos com uma mão enquanto tampava minha boca com outra.

XXX-Me deixou com fome princesa! Ver seu sangue sair calmamente e escorrer por seu pescoço hoje de manhã foi difícil! Agora posso fazer oque quero!

Ele se aproximo de meu pescoço e o lambeu, logo depois ele me mordeu! Dei um grito de dor mas sua mão fez com que não desse para escutar de longe, só pessoas com super audição pra ouvir! Ele sugava meu sangue de uma maneira muito estranha, parecia que precisava da quilo, parecia que era algo que ele estivesse louco para fazer.Eu estava quase desmaiando quando escuto alguém gritar.

XXX-JIMIN! 

O garoto parou de me morder imediatamente e me soltou, fazendo com que eu caísse no chão por conta do quão fraca estava.

Jimin-Rap Moster não é nada do que você esta pensando!

RM-Claro que não! Você sai a noite sem dar uma palavra se quer, não caça e ainda morde humanos sendo que vamos todas as noites nos alimentar de animais!

Jimin-Desculpe, mas estava cansado, sangue humano é muito bom e não aguentava mais para de toma-lo!

RM-Para isso que a Yang Mim servia! Ela é humana, mas você parou de beber sangue dela e a matou!

Jimin-E-eu não a matei....

RM-Como assim?

Jimin-Ela não é humana! Ela sempre nos enganou! Perdemos muitos amigos por causa dela! Rap Monster....Ela é uma lobisomem!

RM-Por isso os lobisomens sempre estavam um passo a frente...Maldita! Vou arrancar a cabeça dela assim que tiver chance! Mas mudando de assunto...Quantas vezes tomou sangue humano?

Jimin-Duas!

RM-De quem?

Jimin-Dela! *aponta pra mim*

RM-Meu Deus Jimin! Não acredito que fez isso! Mordeu ela duas vezes! *se aproxima de mim e pega meu pulso*

Jimin-O sangue dela é um dos melhores que provei! Não resisti!

RM-Ela quase morreu! Se não tivesse chegado você teria a matado! *me pega no colo*

Jimin-Oque vai fazer?

RM-Levar ela pra caverna! Vamos cuidar dela!

Jimin-Mas eu não prometo nada!

Rm-JIMIN!

Jimin-Tá bom! Não mordo ela!

RM-Acho bom! Vamos! 

Não ouvi nem vi mais nada pois desmaiei.Acordei em uma cama, em um lugar estranho, pude ouvir algumas pessoas falando.

XXX-Omma, ela vai ficar bem?

XXX-JÁ DISSE PRA NÃO ME CHAMA DE OMMA! Sim, ela vai ficar bem!

Jimin-Quero morde-la de novo!

RM-Não vai morde coisa nem uma!

Jimin-Affe! 

Lu-Onde eu to? *fala com dificuldades*

XXX-Ela acordo!


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...