História Minhas canetas (poesias) - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Poesias
Exibições 19
Palavras 133
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Poesias, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Espero que gostem. desculpe qualquer forma, boa leitura 😜

Capítulo 17 - Essa sociedade


As cidades estão imersas,
De pessoas que se dizem ocupadas,
Mas com idéias inversas,
Sua felicidade aos poucos está sendo apagada.

Elas perderam seus valores,
Perderam suas vidas,
Perderam seus amores,
Agora estão presas em suas lógicas sofridas.
 
Se venderam por dinheiro,
Agora são escravos da rotina,
Seguem apenas seus roteiros,
E se esqueceram de sentir a adrenalina.

Elas não questionam,
O porquê de terem que fazer,
Não raciocinam,
Apenas fazem sem perceber.

O governo não precisa de gente inteligente,
Não precisa de gente perspicaz,
Apenas acabam com a nossa mente,
E tiram nossa paz.

Eles querem exterminar a sociedade,
Querem criar apenas um mundo de soldados,
Querem exterminar nossa felicidade,
Querem apenas que sejamos muito ocupadas.

Para não podermos prestar atenção,
Nos seus atos,
Na sua ação,
Sem podermos enxergar os fatos.

Notas Finais


Gostaram?
Desculpem, só consegui postar agora.
Gosto muito quantos vocês comentam, mas as vezes eu simplesmente fico sem palavras, ainda estou me acostumando que realmente tem gente que gosta das minhas poesias.
Bjs😄😉😜😚


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...