História Minhas Cartas Para Você - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Shawn Mendes
Personagens Personagens Originais, Shawn Mendes
Tags Cameron Dallas, Cartas, Magcon, Shawn Mendes
Exibições 14
Palavras 502
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Meus personagens são muito dramentos, nossa
Sim eu tô me criticando
E sim tô criticando a minha mozão na qual a fic é inspirada ( Bia meu amor, te amo)
E sim tenho problemas com o tamanho dos capítulos, percebi que faço uns cotocos e chamo de capítulo, então desculpa

Capítulo 11 - Vou trazê-la de volta


Shawn

 Assim que terminei de ler as cartas me deu um aperto no coração, ela foi embora por minha causa, ela foi embora pois eu sou um covarde, se tivesse falado com ela a teria comigo, em meus braços, ela não estaria do outro lado do país, não estaria tentando me esquecer.Mas eu lhe prometo Claire, eu não vou deixar isso acontecer.

 E a Anne, se eu vê-la, juro que deixo todo o meu cavalheirismo de lado e parto pra cima dela, ela devia ser uma amiga melhor, ninguém faz isso nem a pior pessoa do mundo, nunca pensei que teria tanto nojo de alguém.

 O Cameron já havia me falado sobre essa sua paixão platônica pela Arabella, sempre lhe falei que o sentimento é recíproco, mas ele é troxa e não acreditou.

Mas voltando para a questão da Claire, eu vou falar com a mãe dela, achar mais respostas, bom, é isto que estou fazendo agora, ignorando todos os chamados de minha mãe saio de casa, com todas as cartas passando pela minha cabeça me deixando cada vez mais culpado.

 A casa de Claire está silenciosa, toco a campainha acabando com este silêncio e logo  tia Mary atende

- Shawn?? Você leu as cartas?? Vamos entre

- Sim eu acabei de lê-las

- É um péssimo jeito de descobrir certas coisas, mas se você não soubesse... Bom você é o único que conseguiria trazê-la de volta pra casa

- Antes tarde do que nunca né

- Como??

- Veja, eu amo sua filha a muito tempo, tinha medo que ela não me visse desse outro jeito, percebo que se tivesse falado com ela antes ela não estaria do outro lado do país, ela ainda estaria aqui

- Querido não se culpe, ela também não falou nada

- A culpa é minha tia, muito obrigado pelas palavras de conforto mas a culpa ainda martela minha cabeça, aquelas cartas, elas me deixaram louco

- E o que você vai fazer??

- Vou ir atrás dela

- Em Vancouver?? Você tá louco garoto?

- Claro que vou ligar mais vezes pra ela, mas ela não me atende

- Pelo visto ela está levando essa missão de esquecê-lo a sério - suas palavras me acertam em cheio como um soco no estômago

- Bom, vou indo então convencer minha mãe a me deixar ir buscá-la, tchau tia. - me despeço já pensando no que dizer a minha mãe, ela precisa deixar

(...)

- Mãe por favor

- Você é louco?? É Vancouver!

- Não mãe é a Claire, eu tenho que trazê-la de volta

- Por quê a mãe dela não vai??

- Porque a culpa é minha

- O que?? Não entendo como- então explico tudo sobre as cartas

- Não conte a ninguém mãe - ela me olha ofendida e depois deu um suspiro

- Você é bem grandinho pra saber o que fazer, espero que a ache, sempre a desejei como nora- posso dizer que nunca fiquei tão feliz na minha vida.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...