História Minhas cicatrizes - Capítulo 2


Escrita por: ~

Exibições 172
Palavras 1.699
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi pessoas 😄😄 voltei 😙
Direto ao assunto : boa leitura 😉espero que gostem

Capítulo 2 - O dragão rosa


Fanfic / Fanfiction Minhas cicatrizes - Capítulo 2 - O dragão rosa


              POV Harle

-Ei King!Eu tô falando com você!

Segunda vez que isso acontece só hoje.Olhei pra cima, era o Ban.

-Fala inconha

Ele soltou uma gargalhada sinistra

-Eu só queria saber se você ainda se lembra que vamos na sua casa hoje - disse ele - ou você ficou tão vidrado na novata que já esqueceu?

Senti minhas bochechas queimarem.Tava tão na cara assim?

-D..Do que você está falando? - gaguejei

-Nada!Imagina - Ele riu - só sei que o Hauser já está ganhado terreno - disse,apontando para um lugar no gramado onde Diante *suspiro* estava sentada sorrindo... para o Hauser.Meu mundo caiu.Tah,eu nem conheço ela e eles só estavam se apresentando,mas acho que isso me deixou...inseguro?ansioso? Não sei a palavra certa pra isso,só fiquei lá encarando.

Senti um tapa nas costas que quase me jogou no chão

-Você está com ciúmes! - gritou Ban

-Shhhhhh!Fala baixo!É claro que eu não estou com ciúmes! Eu nem conheço ela!

Ban estava quase tendo um treco de tanto rir.Nesse momento chegou a Elaine olhando fixamente para mim,eu sabia que era pra ela não precisar olhar para o Ban. 

-Oi anã!como vai? - perguntou ele provocando 

Elaine fingiu que não ouviu e lançou:

- Harle!Você esqueceu o dinheiro do seu lanche na mesa da sala de jantar.Aqui está.

Peguei o dinheiro. Será que ela vai se importar com os meninos lá em casa?

-Obrigado Elaine - olhei para o Ban,ele parecia estar disposto a irritar ela a qualquer custo.Ignorei ele e me virei para ela - eu te avisei que os...

-Nós vamos pra sua casa hoje Elaine!-Ban me interrompeu - e adivinha com quem você vai dividir seu travesseiro!Isso mesmo!comigo é que não é! Seu quarto  deve parecer uma casinha de boneca quem dirá o travesseiro!

Elaine olhou pra ele com um ódio explosivo que até eu fiquei com medo

- Responda anã! - Ban ria e se contorcia tanto  que já não parecia humano.

- Nos vemos mais tarde Harle! - Elaine se virou como se Ban nem existisse e foi embora.Confesso que até eu fiquei impressionado.Mal ela saiu e Ban começou a imitá-la.

-"Nos vemos em casa Harle"- ele disse revirando os olhos e rebolando.

Não gosto quando zoam ela,mas dessa vez foi engraçado.Logo,eu e Ban parecíamos duas hienas retardadas no meio da escola.Mas aí eu olhei pro lado, vi Diane *suspiro* e aquela ansiedade voltou. Será   que é ciumes? 

 

POV Diane

Eu estava na minha,comendo meu lanche quando esse menino,o Hauser,apareceu.Ele parece ser legal mas eu não estou a fim de fazer amigos.

Hoje umas meninas estranhas estavam mexendo comigo só porque eu sou alta e tals... isso não é novidade,acaba acontecendo sempre comigo uma hora ou outra.O mais impressionante é que do nada surgiu um menino loiro e despachou as meninas pra longe.Ele me perguntou se eu estava bem e disse que se chamava Meliodas. Ninguém nunca me defendeu!Acho que estou apaixonada por ele.

Mas tem essa menina...acho que seu nome é Liz. Parece que ela fica muito atrás dele. Engraçado,  não faz nem um dia direito que estou na escola e já estou sabendo tanta coisa.

Tá! Eu admito!Eu estava stalkeando ele.Dizem que admitir é o primeiro passo para se libertar de um vício. Mesmo admitindo eu acho que não vou conseguir tirar ele da minha cabeça tão cedo.

-Er...oi! 

Olhei pra cima pra ver de quem era a voz.Um menino menino de cabelos castanhos que parecia muito tímido estava ali.Lembrei!Esse é o menino que eu vi na classe!Opa!De onde eu conheço ele mesmo?

-Oi! - respondi,parecia que ele estava fazendo um grande esforço para conversar comigo - qual é o seu nome?

- Eu me chamo Harlequim - disse ele se sentando do meu lado - alguns me chamam de Harle,outros de King...Pode escolher!

- King?

- Meu sobrenome - disse ele olhando timidamente para os pés  - o que você achou da escola?

-Parece...legal

-Já fez algum amigo? - ele agora balançava timidamente os pés,achei ele fofo

-Não quero ficar presa às pessoas - droga!por que estou contando isso pra ele?

-Por que? - ele parecia assustado.Que ótimo! 

-Bom,sabe...eu nunca fico muito tempo em um lugar... não quero criar laços que vão me machucar depois. Também não quero prejudicar ninguém. Você entende?

-Bom,mais ou menos... entendo que você não quer amigos por medo de perdê-los e sofrer depois,por isso você fica sozinha.

-É tipo isso...

-Então...você topa dar uma volta comigo na escola? - disse ele sorrindo.

-Eeeeeehhhhhh?Não ouviu o que eu disse? - perguntei

-Claro! - ele não parecia ofendido - vamos apenas como humildes colegas de classe que estão buscando proporcionar uma maior troca de dados no âmbito escolar. 

Eu sorri,não entendi nada do que ele disse mas parecia engraçado.Eu senti que podia confiar nele.

-Vamos? - Ele se levantou num pulo e estendeu a mão para mim.Sem hesitar dei a mão pra ele e levantei.Harle é bem menor que eu,mas quando a mão dele envolveu a minha eu me senti tão protegida!De um jeito que eu nunca me senti antes!Acho que posso contar pra ele da minha paixão pelo Meliodas.Ele parece ser um amigo muito confiável.Quem sabe ele não me ajuda?

 

POV Elaine

Argh!Aquele Ban me tira do sério!Que ódio dele!Como ele ousa agir assim comigo?Não quero que as pessoas pensem que ele consegue me deixa irritada,por isso, fui para o banheiro com a maior "máscara de calma" que eu consegui fazer.Entrei em uma cabine e chorei derramando o meu mais puro ódio.Ele é horrível!

Sequei minhas lágrimas e olhei para o meu rosto no espelho, eu tenho olhos dourados como os da minha mãe,é o que meu pai sempre diz. Mamãe... eu queria que ela estivesse aqui...

Guardei o espelho na minha bolsa e esperei até que meus olhos já não estivessem tão vermelhos.Levantei da cabine e fui lavar as mãos.

Eu não tinha nem uma amiga ou amigo,meu pai estava sempre viajando e meu irmão Harle... bem,não sei o que pensar dele.

Será que nesse mundo não tem realmente ninguém que esteja a minha altura para ser meu amigo?Encarei meus olhos no espelho mais uma vez.Hoje depois da aula realmente vai ser difícil!

 

POV Ban

Nossa!Acho que nunca ri tanto na minha vida!Quem  mandou a Elaine ser uma chata?Enfim!Tem alguma coisa nela que me intriga.

Eu estava perdido em pensamentos quando Jericho abraçou, ilha cintura e gritou:"surpresa!"Coitada dela, me segue pra baixo e pra cima e o irmão dela,Gustav,é um babaca pior até do que eu.

-Ei Ban! - ela disse - namora comigo? 

-Eh? - confesso que essa me pegou desprevenido.Teria escutado errado?

-Seu bobo! - ela riu - por favor!

-Olha Jericho você é muito legal e tal e coisa,mas agora eu não quero namorar,entende?

-Por favor Ban! - implorou ela - é só de fachada!Eu sei que você não se interessa por mim

-Me dê uma boa razão pra fazer isso

-Porque eu faria o mesmo por você 

-É diferente,e mesmo que não fosse,você não me convenceu - parei um pouco,pensando bem até que não era má ideia - mesmo assim eu vou ajudar você,só porque eu sou legal

-Obrigada Ban!Você é o melhor!- disse ela beijando minha bochecha - prometo que vou tentar ser uma namorada legal!

Jericho saiu correndo na direção oposta e eu fiquei lá parado pensando "porque diabos eu fiz isso?"

POV Elizabeth 

O intervalo hoje está longo...eu estou aqui sentada sozinha comendo um sanduíche e observando a sorte que a Liz tem por poder ficar tão perto do Meliodas.Ela parece tão feliz perto dele...Será que um dia me sentirei assim?mudando de assunto passou na minha frente uma menina loirinha de olhos dourados  tão bonitinha que eu fiquei impressionada.Ela era delicada como uma pequena fada e suas curvas pouco acentuadas faziam ela parecer mais jovem.Se não me engano ela é a irmã daquele menino que se senta atrás de mim,o Harle.Qual eh mesmo o nome dela?eu não consigo me lembrar!Nesse momento alguém gritou atrás de mim.

-Elaine! 

Eh mesmo!ela se chama Elaine!Vamos ver...Quem estava chamando ela era...ah sim,o Harle e...ah? a novata está com ele?

"Pare Elizabeth!"pensei.Nao adianta nada eu ficar prestando atenção na vida dos outros enquanto a minha está escorrendo entre os meus dedos.Eu não tenho uma coisa pela qual lutar,eu luto por causas dos outros,causas que não são minhas,por coisas que impuseram a mim.Eu tô cansada disso!quero viver minha própria vida!quero que as pessoas gostem de mim pelo que eu sou!eu vou mudar!"será que eh muito estranho se eu chegar e começar a conversar assim do nada?ai!não desista agora Elizabeth!não pode ser tão difícil! " quando eu comecei a me levantar pra dar o primeiro passo decisivo da minha vida uma bola veio rodopiando em minha direção.Quando eu vi a bola já era tarde demais.A última coisa de que me lembro era de um menino de cabelos loiros e olhos verdes correndo pra mim...que cena linda...se eu morrer agora morrerei feliz...

POV Meliodas

-Elizabeth!Elizabeth!

Eu gritava meio desesperado,tá!Muito desesperado!Eu tava com medo de realmente ter matado aquela garota e ser preso por isso.Putz!onde eu tava com a cabeça quando taquei aquela bola?Eu tava meio puto porque a Liz tava me seguindo e joguei a bola na primeira direção que deu na telha.Infelizmente,caiu nessa menina estranha da minha classe.

Tenho que admitir que Elizabeth eh bem bonita,principalmente assim vendo desse ângulo enquanto eu estou em cima dela e ... opa! "Agora não Meliodas! Se concentra!" sem saber o que fazer,eu peguei Elizabeth no colo para levá-la para a enfermaria.Liz ficou protestando no meu ouvido mas eu fingi que nem estava ouvindo ela.Olhei o rosto inconsciente de Elizabeth...ela parecia tão frágil e indefesa... o que será que ela esconde por baixo dessa máscara de antissocial deslocada?só sei que essa garota eh realmente intrigante.

 

POV Elizabeth 

E no meu sonho...eu estava sendo carregada por um cavaleiro loiro de olhos verdes com o qual eu sonhei por tanto tempo,mas,como em todas as histórias de romance,no meio do nosso caminho tinha uma pedra.Nossa pedra era um dragão cor de rosa que cuspia fogo pelas ventas e todos os buracos possíveis.Será que meu cavaleiro vai sobreviver?

 

POV Meliodas 

-Liz?o que você está fazendo aqui?

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...