História Minhas férias estranhas - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Comedia, Romance
Exibições 16
Palavras 573
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Ficção, Magia, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo
Avisos: Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 18 - Dia de casal.


Sal narrando.

Eu, Ana, Bárbara e os outros estávamos no Shopping comprando roupas, eu e Ana estávamos entediados pois eu e ela não estávamos nada afim de ficar experimentando roupas.

Ana- Sal?

Eu- Que?

Ana- Vamos no fliperama? 

Eu- Ta bom, ta chato aqui mesmo.

Nos dirigimos até o fliperama que era no Shopping mesmo, e quando chegamos ficamos surpresos em ver dois "demônios"  la dentro.

Marcos e Marcelina no fliperama e acho que os dois estavam descutindo, mas só ignoramos e pegamos algumas fichas e começamos a jogar.

Ana- Bom temos 14 fichas sobrando...

Eu- Que tal jogarmos aquele ali?

Apontei a uma máquina que tinha vários bichos de pelúcia. 

Ana- Ta bom se é o que você quer. (Sorri)

Eu- Se eu pegar algum deles, vai ficar com você. 

Ana- Ok amor.

Coloquei uma ficha e consegui pegar um tubarão branco que segurava um coração vermelho que tinha escrito "Eu te amo".

Eu- Pronto. 

Ana- Que coincidência...

Nós saimos do fliperama e encontramos Bárbara e os outros com uma cara de preocupação. 

Bárbara- Aonde vocês foram?!

Ana- No fliperama. 

Bárbara- Que isso ai? (Aponta pro tubarão)

Ana- Sal pegou na máquina de bichos de pelúcia. 

Tatsumya- Que coincidência pegar justo um tubarão branco...

Eu- Podemos ir embora logo?

Bárbara- Não!

Ana- Por que?

Bárbara- Por que nós vamos no cinema. 

Ana- Que filme?

Bárbara- Um filme bem romântico e meloso... (cara de apaixonada)

Eu e Ana- Não. 

Bárbara- Por que?

Eu- Esses filmes são chatos e enjoativos.

Ana- Vocês vão ver o filme e eu e o Sal vamos fazer qual quer outra coisa.

Eles foram em direção ao cinema e eu e Ana fomos em direção a praça de alimentação. 

Ana- O que você quer comer?

Eu- Pode escolher. 

Ana- Vamos no Sabor Campeiro então. 

Chegamos lá nos deram o cardápio e bom nós comemos e resolvemos dar uma volta no Shopping pra ver se tinha algo de interessante.

Ana- Poxa esse Shopping não tem nada de interessante. 

Eu- Concordo. 

Ana- Acho que vamos ter que esperar os outros. (Celular bipa)

Mensagens da ana.

Bárbara- Cade vocês? 

Ana- Na frente do fliperama.

Bárbara- Fiquem ai.

Ana- Ta bom.

Sal narrando.

Eu- E então? 

Ana- Temos que ficar esperando aqui.

Depois de algum tempo vimos Marcos e Marcelina vindo em nossa direção, não pode ser nada bom, Ana segurou minha mão bem forte e dava pra ver em seus olhos o medo.

Marcos- Oi Ana e Sal.

Eu- Oi.

Ana- O-oi.

Marcelina- A quanto tempo Salzinho.

Eu- Oque vocês querem? 

Marcos- Pedir desculpas pelo ocorrido daquele dia.

No mesmo momento Bárbara e os outros chegaram .

Bárbara- Que são esses?

Samekichi- Acho que são os irmãos que eles falaram.

Eu- São eles mesmos.

Marcelina- Humm...Quem são vocês?

Bárbara- Agente larga vocês em casa ok?

Ana- Ok.

Eu- Então vamos logo!

Saimos do Shopping e fomos pra casa.

Ana- Sal, por quanto tempo você acha que eles vão ficar tentando nos separar?

Eu- Eu não sei, mas lembre se que eu nunca vou te trocar ok?

Ana- Ok Sal...agora temos que decidir onde vai ficar esse tubarão aqui. (Pega o tubarão de pelúcia)

Eu- Ok que tal no seu quarto?

Ana- Ok.

Colocamos o tubarão de pelúcia na cômoda.

Eu- Gostei.

Ana- Também, eu acho que ele parece com você. (Sorri)

Eu- O-oque?

Ana- Você ouviu... (Beija ele)

Eu- Você é tão fofa! (Sorri)

Ana- Você também é um fofo...meu tubarão fofinho!

 


Notas Finais


Agora o que eu faço com aqueles irmãos loucos em?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...