História Minie is you? ( Imagine hot with Jimin) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangantan Boys, Bts, Heterossexual, Hot, Imagine, Imagine Hot Bts, Jimin
Exibições 695
Palavras 3.976
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Escolar, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Capitulo Unico


Fanfic / Fanfiction Minie is you? ( Imagine hot with Jimin) - Capítulo 1 - Capitulo Unico

   Não acredito que estava perdendo o show das meninas do Girls Generation, só podia ser castigo, o pior seria se eu perdesse o do BTS, que no caso seria o próximo grupo a se apresentar, já pensou perder a chance de ver meu grupo utt e claro meu bias Jimin? Jesus o que dizer daquele menino, com o sorriso mais lindo infantil e sexy ao mesmo tempo, mas como ajudante do comitê de eventos da faculdade la estava eu, Ha Neul ,arrumando de ultima hora os fios de som, até porque se não fosse uma emergência claramente eu não estaria aqui,já que o combinado era eu não fazer nada hoje e acompanhar os shows que iriam rolar no campus hoje,  vamos concordar que esses shows de verão nas faculdades foi um dos motivos pra eu entrar no comitê, e vamos até dizer de eu ter vindo pra Seul , sim é lugar maravilhoso, com um ensino que Jesus nunca que eu encontraria em outro lugar mmaasss não teria vindo se não fosse pelo meu amor a musica, na verdade meu grupo favorito também tem credito nisso, BTS quando soube que eles viriam tocar na faculdade eu quase desmaie, se não fosse minhas amigas pra me segurarem provavelmente eu teria caído de cara no chão mais é claro que como eu teria que trabalhar com coisas a respeito deles tive que fingir nem ligar pra eles pelo menos para os professores porque de resto ninguém mais me agüentava falando desse show.

     Era umas das ultimas musicas que estava tocando e dava pra ouvir de onde eu estava já que estava atrás do palco junto com o resto dos alunos que me ajudavam, quando elas começaram a cantar Mr.Mr. no mesmo momento olhei pra minhas duas amigas Minzy e Kay que entenderam o olhar e logo ficaram de pé do meu lado, começamos a dançar o refrão fazendo caras e bocas fingindo ser membros do grupo, como sempre fazíamos já que tínhamos um grupo de dance cover. Continuamos dançando até que senti um tranco e fui jogada no chão.

      

                                                JIMIN ON

 

        Estávamos atrás do palco nós alongando quando ouvi Mr.Mr, olhei pra J-hope e para kook dando risada e logo começamos a fazer os passos, dançávamos de um jeito desengonçado, se um dia dançássemos nossas coreografias assim certeza que o manager nos botaria para treinar por 24 horas seguidas. Enquanto dançávamos os outros membros riam sem parar, logo vi que Hope e Jungkook pararam de dançar, dei dois passos para trás encostando em alguém, logo me virei e sem querer cai em cima da mesma.

  - ai me desculpe- disse tentando me levantar mais logo olhando para a pessoa, era uma menina, branquinha com os cabelos tão pretos quanto os meus. Seus olhos também eram escuros, os mesmos olhavam estalados para mim. Aquela não podia ser ........ Não era impossível já fazia uns 6 anos.

    Levantei-me e ergui a mão para ela que ainda estava deitada no chão, a mesma ainda olhando para mim pegou minha mão e eu a ajudei a levantar. 

- Me desculpe eu estava de costas – disse me inclinado em sua direção.

 

 

HA NEUL ON

 

        Olhei para jimin que estava inclinando na minha frente esperando meu perdão, e na mesma hora quis me beliscar para ver se isso era verdade.

 - ah imagina eu também estava distraída- disse acordando dos meus pensamentos, aquilo só podia ser mentira não é possível.

- olha você se machucou- disse ele apontando para meu cotovelo que estava sangrando um pouco.

    Sinceramente estava tão anestesiada pelo fato de jimin, meu bias estar na minha frente que nem percebi que estava ardendo um pouco.

- aah não foi nada- disse sorrindo e olhando para o meu cotovelo.

- vem ainda tenho um tempo antes de subir no palco- disse ele pegando minha mão e me guiando.

      Fiquei olhando para nossas mãos por uns segundos porque ainda estava difícil de acreditar, jimin estava segurando a minha mão?

   Nós afastamos dos meus amigos e dos outros meninos e fomos até a área dos camarins que eram praticamente proibidos para nós. Andamos até uma porta com uma plaquinha escrita bts.

    Jimin abriu a porta e entrou soltando minha mão e esperando eu entra, logo fechando a porta atrás de mim.

- esta ardendo? – perguntou ele pegando meu braço com cuidado e olhando meu cotovelo.

   Suas mãos eram quentinhas, olhei para o mesmo e fiz que não com a cabeça, ele se levantou e pegou uma mochila que estava jogada em um sofá, tirando de dentro dela um gelou e um band-aid.

  - Deixa eu adivinha você j-hope e jungkook estavam dançando girls generation ?- disse olhando para ele para quebrar o silencia que já estava me incomodando.

  - Deixa eu adivinhar você estava fazendo o mesmo ? – disse ele e nós rimos.

   Ele se levantou e ficou na minha frente.

- posso?- disse olhando para o gelou.

-sim – disse esticando o braço.

- talvez arda um pouco – disse ele segurando meu braço novamente e passando o gelou no local machucado, fiz uma careta pois estava ardendo e ele logo parou de passar o medicamente, ele assoprou e olhou para mim, logo pegou o band-aid tirando os papeis e colocando sobre o machucado.

     Queria tanto ter pensado no qual amorzinho essa cena foi mais so consegui lembrar do Minie, era o apelido de um menino, pare ser mais exata do meu primeiro e único amor, ainda não sei porque lembro tanto dele. Ele estudava na mesma escola de dança que eu e conhecendo ele a apenas 2 anos já estava perdidamente apaixonada por ele.

                                     Flashback on

- Me solta – disse batendo em suas costas como protesto.

- okay okay – disse Minie se agachando e me tirando dos seus ombros.

- Minha vontade é bater em você – disse olhando para ele com cara brava.

- Mas você não consegue bater neste rostinho lindo- disse ele e eu passei a mão do seu cabelo descendo até sua cara.

- Ta vamos voltar a treinar- disse indo até o radio e ligando-o novamente, nós nos colocamos nas posições e a musica começou e assim dando seqüência, cá entre nós não gosto muito de dança contemporânea, mais aquela coreografia fazia eu me sentir diferente.

- Aish- disse um pouco alto, e colocando a mão na coxa, sentia dores na mesma a um tempo já.

- você esta forçando de mais de novo- disse Minie pegando o gelou e passando na minha coxa que estava nua por causa do shorts. Me sentei no chão e o mesmo passou o medicamento na minha perna e depois assoprou. O mesmo olhou para mim e foi chegando mais perto, até que eu sentia sua respiração sobre a minha, ele selou nossos lábios, o que me fez ficar totalmente sem reação.

                                 Flashback of

   Sem explicação nenhuma ele sumiu depois daquele dia, uns disseram que ele tinha passado em uma audição para se tornar treinner mais na verdade nunca fiquei sabendo, não vou mentir aquele fez co que e ficasse um mês em casa chorando.

- Ei- disse Jimin estralando os dedos na minha frente.

- Me desculpe, viajei um pouco – disse rindo.

- muito obrigada – disse olhando o meu cotovelo.

- não foi nada- disse ele se levantando.

- sei que pode aparecer estranho mais eu posso te abraçar?- disse olhando para o chão.

- mais é claro- disse Jimin dando um sorriso que fez seus olhos desaparecerem, mais pelo incrível que parece ele não corou. Andei para os teus braços e entrelacei os meus na altura da suas costelas, já os dele estavam sobre meus ombros, era um abraço tão confortável que parecia até familiar.

- acho que você precisa ir – disse ouvindo alguém chamar ele.

- a sim, novamente desculpa por antes- disse ele sorrindo o que fez com que parecesse uma criança.

  Ele foi andando na frente, peguei meu celular olhando a ora, quando reparei no meu papel de parede eu realmente precisava mudá-lo, era uma foto de uma apresentação de quando tinha 16 anos com o Minie.

- AI- disse dando de cara com as costas de Jimin, o que fez meu celular voar longe.

- Ta mesmo amando encontrar você a gente precisa parar de fazer desse jeito – disse jimin rindo o que me fez rir também, até que notei o “ mesmo amando encontrar você”, o que me fez corar e ficar sem entender ao mesmo tempo.

- deixa que eu pego- disse ele indo até meu celular que estava jogado no chão porem quando pegou o mesmo sua expressão mudou, ele deu um sorriso de canto de rosto, veio em minha direção e me puxou pelo braço até uma sala diferente, eu não estava entendendo nada, o que estava acontecendo? Era uma pegadinha do tipo como fazer Ha Neul ter uma parada cardíaca?

       Entramos na mesma e Jimin trancou a porta, ele tirou o celular do bolso e o entregou para mim olhei confusa, mais peguei o mesmo de sua mão. Olhei para a tela do celular e fiquei sem entender mais ainda, era a mesma foto que estava no meu.

- eu percebi que era você mas achava que você tinha esquecido de mim- disse ele passando a mão pela nuca.

-Espera me esquecido de você?-  disse olhando para ele com cara de desentendida.

- Ha Neul, você tem medo de ficar sozinha por muito tempo e sente dor na coxa quando treina por muito tempo- disse ele colocando as mãos nos meus ombros.

- Não..... Não é você- pera, Jimin, Jiminie, não, não é possível ele não pode ter mudado tanto ao ponto de ser o meu Minie.

- sim Ha Neul sou eu Minie- ele disse abrindo um sorriso lindo. Naquela hora certeza que me cérebro parou de funcionar, junto com o meu coração.

- Se é você me explique por que você não me avisou? Por que não me contou que tinha passado na audição? E por que sumiu sem nenhuma explicação, eu fiquei mais de um mês chorando e esperando alguma noticia Jimin- disse já com os olhos cheios de lagrimas, achei que nunca ficaria chateada com um k-idol principalmente meu bias utt, mas se aquilo era realmente verdade eu queria saber o porque.

- Logo que eu fiz a audição, já recebi a noticia de que tinha passado, e me fizeram assinar um monte de papelada e me mudar para um dos seus dormitórios- disse ele segurando meus ombros e me olhando com uma cara triste.

- eles me disseram que eu não podia ter envolvimento amoroso nenhum, sendo que era o que eu queria ter com você – disse ele com lagrimas nos olhos.

     Nesses últimos anos tudo que eu conseguia pensar e que ele tinha me abandonado, que eu não fazia diferença na sua vida. E o vendo agora na minha frente dizendo que praticamente foi impedido de me ver doía mais que qualquer coisa.

   Senti lagrimas escorrerem pelos meus olhos, não gostava que pessoas me vissem chorar. Me virei de costas tentando enxugar as mesmas que não paravam de sair. Dei um pequeno pulo quando sentir as braços de Jimin entrelaçar da frente do meu corpo de puxando para si.

- Por Favor não chore – disse ele me abraçando ainda mais apertado.

- Eu senti tanto a sua falta sabia?- disse ele agora passando as mãos vagarosamente pelos meus cabelos.

    Descobrir que seus dois maiores amores da vida eram a mesma pessoa se transformou em algo esquisito mais incrível ao mesmo tempo.  Me virei de frente para ele e passei meus braços em torno das suas costelas, e apoiando minha cabeça ao seu peito, ouvindo seus batimentos, que estavam tão acelerados quanto os meus.

- Jimin temos que entrar – disse uma voz que parecia do Namjoon ao longe.

-Você vai ficar por aqui?- perguntou ele nós separando e passando as mãos pelos meus cabelos. Respondi com um sim com a cabeça.

- então quero te ver quando sair daqui- disse ele olhando pra mim e roubando um selinho, logo dando aquele sorriso lindo fazendo seus olhos fecharem e saindo correndo.

   Eu até poderia dizer alguma coisa enquanto o via correndo mais estava em choque, levei uma mão aos lábios e passei-a pelo mesmo. Não sei o que me deixava mais nervosa, Jimin o k-idol ter roubado um selinho meu, ou meu Minie ter me beijado de novo, que jurava que nunca mais sentiria o mesmo.

               

[...............]

 

    O show estava prestes a acabar, e eu fiquei assistindo o mesmo do back-stage junto com as meninas, e a cada palavra daquelas letras que tento eu ouvia era um tiro diferente. Me peguei inúmeras vezes encarando Jimin e pensando se tudo aquilo era realmente verdade. Vez ou outro ele também olhava em minha direção com aquela cara de cansado que o deixava 10 vezes mais sexy, e toda vez que isso acontecia eu olhava para o chão dando um sorriso tímido. Blood Sweat & Tears tinha acabdo e vi ele ir correndo para NamJoon e cochichar algo em seu ouvido

   Ela cantava Lost, que por coincidência do destino era minha musica favorita deles. Vi RapMonster, Suga e J-Hope vindo em nossa direção para sair do palco e ficarem do meu lado. Isso com certeza era insano.

- você é a Ha Neul certo?- disse RapMonster, se inclinando para de frente ao meu rosto para chamar minha atenção.

- Ye – disse fazendo que sim com a cabeça, Jesus ele sabia meu nome, será que jimin já falou algo de mim para eles?

- Ele pediu para eu te perguntar se você vai fazer alguma depois que nosso show acabar  – disse o mesmo meio vermelho, provavelmente tanto quanto eu depois de ouvir isso. Engoli a seco e fiz que não  com a cabeça.

- Acho que essa pergunta deve ter ficado esquisita né ?- disse Namjoon rindo e eu comecei a rir junto. Nem dei conta de que a musica já tinha acabado e os meninos voltaram para o palco para a sua ultima musica.

    Wings acabou e eu estava tão chateada por ter acabado, mas assim que vi Jimin vindo em minha direção com uma cara de cansado mas com um sorriso gigante no rosto.

  - Me espera aqui- disse ele parando na minha frente e logo indo em direção ao camarim com os outros meninos, que se viraram para ele e começaram a falar algo que eu não conseguia entender.

    Todos já estavam indo embora pois era o ultimo show, então fiquei praticamente sozinha atrás daquele palco. Estava começando a ficar frio.

  - Oi – ouvi a voz de Jimin enquanto sentia sua mão no meu ombro.

  Ele estava com o cabelo molhado provavelmente tinha tomado banho, estava com uma mascara preta e um moletom também preto.

- Oi- disse sorrindo, por perceber que em anos era a primeira vez que vez que ficava perto dele assim.

 - Tenho uma boa noticia – disse ele cruzando os braços e olhando para mim, admito fiquei curiosa.

- Fala, Fala- disse dando pulinhos, então percebi como estava infantil fazendo aquilo. – desculpa – disse olhando para baixo.

- estava com tanta saudade- disse Jimin tirando uma mexa de cabelo do meu rosto, olhei para a sua mão que estava repleta de anéis, e levei minha mão em direção a sua. Era uma sensação maravilhosa sentir seu toque, trazia recordações. - Bom tenho o resto do dia livre......... com você- disse ele, pulei em seus braços o abraçando, o mesmo não esperando esse ato se assustou um pouco mas logo o retribuiu.

- eu estava com tantas saudades- disse ainda no abraço.

- desculpa por te fazer passar por isso- disse ele olhando para baixo. Levei minhas mãos até a mascara que o mesmo usava na boca e a tirei, o mesmo me olhou nos olhos e deu um sorrisinho que o fazia parecer uma criança, fiquei na ponta dos pés lhe quando beijo.

   Ele levou suas mãos ate a minha cintura me aproximando mais dele, logo ele pediu passagem para a sua língua e eu cedi, era tão necessitado aquele beijo, nossas línguas dançavam em harmonia dentro de nossas bocas, estava ficando com falta de ar quando nós separamos e colamos nossas testas nós olhando. Sem dizermos nada eu coloquei sua mascara de novo e coloquei o capuz do seu moletom nele. Peguei sua mão e fui andando pelo campos até o meu dormitório,abri a porta do meu quarto e entrei, esperando jimin entrar para fechar a porta.

 - eu precisava tanto de você – disse Jimin me abraçando por trás, o que fez meu corpo inteiro formigar.

- Por Favor não me deixa mais – disse me virando para ele e o abraçando de volta, ele nos separou e levou sua mão em direção ao meu queixo erguendo meu rosto na altura do seu, e se aproximou começando um beijo que fazia meu corpo inteiro queimar, as vezes ele nós separava dando chupões e mordidas na minha boca mas logo a guerra entre línguas começava de novo, e por mais que pareça isso acontecia de uma forma calma, desejosa e quente mas calma, e eu sabia que so Jimin conseguia ser assim, intenso ao ponto de já estar fazendo eu imaginar coisas consideradas imprópria, mas calmo e amoroso ao ponto de me tirar suspiros apaixonados.

- Por Favor me deixe matar a saudade de você- disse ele encostando nossas testas novamente enquanto acariciava meu rosto. Eu sabia o que ele queria dizer, e eu definitivamente estava tão louca por aquilo quando ele, acho que pelo falo de ficarmos separados por tanto tempo me fazia querer ele o mais perto e conectado de mim possível.

    Olhei para ele me estiquei na ponta dos pés até chegar ao seu ouvido.

- Acabe com essa saudade por favor- disse em um sussurro em o que o fez arrepiar.

   Ele foi andando em minha direção sem tirar o olhar fixo de mim, quando me dei conta estava encostada na parede, que por estar gelada fez com que meu corpo entrasse em choque, pois so com os beijos do Jimin meu corpo já estava queimando. Ele se encostou o Maximo possível em meu corpo me prensando na parede. Sua mão foi em direção ao meu cabelo, entrelaçando seus dedos ao mesmos, enquanto a outra se posicionava na minha cintura, logo após aproximando nossas bocas novamente, minha boca já começava a ficar inchada com as mordidas e beijos, o que eu também não deixava barato. Sua mão que antes estava no meu cabelo agora também estava na minha cintura, Minie distribuiu selinhos na minha boca até o meu pescoço, sua mão foi até aquela região e com um toque suave tirou o cabelo que se encontrava naquela região e o colocou para o outro lado. Assim tentando uma visão melhor do meu pescoço.

   Senti sua língua passar na altura da minha clavícula o que fez com que eu desse um gemido baixo, ele voltou com o rosto na altura no meu e ficamos nós encarando por alguns segundos. Ainda sustentando o seu olhar, levei minhas mãos até o começo do seu moletom o tirando junto com a as blusa.

- você é tão lindo- disse passando a mão pelo seu abdômen, que não estava tão bem definido como já já foi, e sinceramente era assim que eu gostava de velo.

- eu que deveria dizer isso a você- disse ele olhando para baixo e dando um sorriso fofo. – eu te noona ...... eu ainda te amo sabia?- perguntou ele agora mudando um pouco sua expressão, me olhava com um rosto angelical porem aparentemente inseguro, provavelmente do que eu faria agora.

- eu que deveria dizer isso a você- disse, repetindo a frase que ele acabara de dizer, meu Minie abriu um sorriso enorme e eu acabei rindo fraco. Ele levou as mãos na minha cintura me dando impulso para subir em seu colo colocando minhas pernas em trono da sua cintura, ele me sustentava segurando fortemente as minhas coxas o que acabou me fazendo soltar uma respiração um pouco mais pesada.

    Coloquei meus braços em torno do seu pescoço o trazendo para mim e trouxe sua boca para a minha, o que fez com ele pedisse espaço para nossas línguas, aquela posição estava favorecendo o fato que minha calcinha estava completamente molhada. Jimin foi andando ate a cama onde me apoiou calmamente ficando por cima de mim. Nem notei que minha camisa já estava na altura do meu peito, com meu auxilio nós nos livramos dela. Ele se distanciou um pouco tendo uma visão de todo meu tórax  que agora estava completamente exposto. Ele foi até a região do botão da minha calça e a desabotoou, agora do me deixando com um único pedaço frágil de pano. Ele levou suas mãos as partes internas das minhas coxas e a passando delicadamente até onde começava o tecido, o que me fazia soltar altos suspiros e arquear um pouco as costas. Seus beijos e leves chupões iam da barra da minha calcinha até meus seios. Que agora estavam sendo massageados pelas mãos macias de jimin.

-MI....MINIE- disse arfando, olhei a direção a ele que me olhavam com uma expressão observadora, como se quisesse analisar e guardar tudo que estava acontecendo. Coloquei minhas pernas ao redor da sua cintura novamente o puxando para mim, agarrando seus cabelos e o trasendo mais para mim. Inclinei um pouco sua cabeça para o lado e comecei a distribuir lambidas e pequenas mordidas pelo seu pescoço, enquanto minhas mãos foram até suas costas nuas, passei minhas unhas vagarosamente por aquele local e o senti arrepiar. Trouxe sua boca a minha enquanto isso levei minhas mãos ate sua calça a abrindo e a tirando junto com sua cueca com o auxilio do meu pé, não conseguiu enxergar como estava a situação de jimin então coloquei a perna novamente ao redor sua cintura o trazendo para mim, fazendo nossa intimidades se encostarem, eu e jimin soltamos um gemido mais alto juntos.

   Eu precisava daquilo, pra ter certeza de que aquilo era real, para me sentir completa como nunca estive. A mão de jimin deslizou até dentro da minha calcinha, tocando minha vagina, e eu estremeci com seu toque, e ele percebeu, logo abrindo um sorriso malicioso que mesmo assim continuava fofo, começou a fazer movimentos circulares sobre a minha entrada me fazendo soltar gemidos cada vez mais altos. Sem aviso prévio jimin penetrou dois dedos em mim, e acabei dando um pequeno pulo com o ato, e claro de saiu junto com um gemido mais arrastado.

- AAAH.... JI-MIN- pronunciei pausadamente.

- Noona você me deixa louco fazendo isso- disse ele sussurrando no meu ouvido.

    Ele fazia movimentos de entra e sai com os dedos, mas aquilo não estava sendo necessário.

- so pedir noona- sussurrou ele no meu ouvido novamente.

-Mi-Minie Por Favor eu-u preciso- disse meio fora do meu si.

    Vi Jimin abrindo um sorriso. Em um piscar de olhos Jimin tirou minha calcinha, pegou uma camisinha em sua calça e a colocou, ficando de joelhos na minha entrada, enquanto eu o olhava desejosa por rabo de olho deitada. Ele entrou devagar o que fazia tanto os meus quando os gemidos dele saírem arrastados.

- Não faça isso comigo- disse quase em um sussurro, que pelo visto ele ouviu, pois as estocadas foram ficando cada vez mais fortes, suas mãos foram até as minhas as entrelaçando e as colocando um pouco acima da minha cabeça, não demorou muito e senti as veias de Jimin se saltarem, e meu liquido quente sair, tínhamos chegado juntos.

    Ele saiu de mim, tirou o preservativo dando um nó no mesmo e o jogando fora, ele pegou uma cueca no chão e a vestiu e se deitou do meu lado, me virando fazendo com que eu ficasse de costas para ele, e o mesmo me abraçou. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...