História Minseok-hyung - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Chen, Xiumin
Tags Exo Kids, Xiuchen
Visualizações 66
Palavras 476
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Droubble, Escolar, Fluffy, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico)
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


oi

Capítulo 1 - Amigo homem




Eu tenho um amigo, hm, quer dizer, um hyung. Pra mim, o melhor hyung de todos!

Seu nome é Kim Minseok. Minseok-hyung.

Ele é apenas dois anos mais velho que eu, então ele sempre me protege. Não sei o por quê.

Eu estudo na 2° série, Minseok-hyung na 4° série.

No intervalo, sempre ficamos juntos. Dividimos nossos lanches e brincamos com os meus brinquedos. Eu com um esquilo de pelúcia, e o Minseok-hyung, com o meu dinossauro preferido!

Tem uns dias que alguns garotos estão me perseguindo e falando coisa sem sentido do tipo: “Olha lá o ‘viadinho’.” Pra falar a verdade, eu nem sei o que isso significa, então nem ligo.

Uma vez eu estava andando de mãos dadas junto com o Minseok-hyung. Ele me dizia, enquanto andava, que eu não devia dar atenção para os meninos mais velhos (os que me importunavam), pois eles não tinham nada pra fazer e ficavam caçoando de alguém inocente e puro, como eu. Palavras do hyung!

Certo dia, um garoto da 7° série disse que eu era re... repu... Como era a palavra? Ah! Repugnante! Eu não sabia o que era, então perguntei ao Minseok-hyung.

— Hyung... O que é repugnante?

— Quem te disse isso, Dae? — ele questionou enquanto fazia carinho no meu cabelo.

Estávamos na parte de trás do nosso colégio, Minseok-hyung estava sentado, com as costas no tronco da árvore e as perninhas esticadas, eu, por minha vez, estava deitado no chão com a cabeça apoiada em suas coxas, enquanto recebia um carinho gostoso e brincava com o esquilo de pelúcia.

— Foi um garoto da 7° série. O que significa isso?

— Bem... — ele coçou a nuca — Na verdade, Dae... Não ligue para os insultos deles, okay? Não significa nada demais. Tudo que eles falarem para vocês, apenas ignore, as palavras deles são inúteis contra você.

— Minseok-hyung, é errado andar de mãozinhas dadas com um amigo homem?

— Não, Dae.

— É errado abraçar um amigo homem?

— Não, Dae.

— Então tudo bem! Eu vou continuar a andar de mãozinhas dadas e dar abraços no Minseok-hyung! Aqueles garotos não sabem de nada! Eles são uns bobões que não tem nada pra fazer! Eles deviam ser que nem você, Minseok-hyung! Completamente legais!

— Você é tão inocente, pequeno Dae. Estou com medo de em um futuro próximo você não seja mais inocente.

— Eu serei sempre assim, pode ter certeza! — Me sentei na grama e dei um selinho rápido na boquinha do Hyung.

Nós dois ficamos vermelhinhos.

Enfim, eu não ligo se os outros garotos dizem palavras feias para mim apenas por eu ser íntimo — seja lá o que for isso, foi o Minseok-hyun que disse — de um amigo homem, ou melhor, do Hyung!

Somos apenas amigos, certo? Apesar de as vezes trocarmos umas bitoquinhas bem escondidinhos.


Notas Finais


bye


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...