História "Miraculos no Reverse..." - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alya, André Bourgeois, Chloé Bourgeois, Gabriel Agreste, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Nathalie Sancoeur, Nino, Plagg, Sabine Cheng, Sabrina, Tikki, Tom Dupain
Tags Adrian X Marinette, Adrianette, Cat X Ladybug, Catbug
Exibições 30
Palavras 2.082
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Nudez, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Acho que vocês vão gostar desse capítulo...Ele demorou pra ser postado pois eu tava...Com... preguiça...pronto admiti...Mais vamos logo com essa merda de capitulo...

Capítulo 4 - "WTFFFFFF....OQUE ELE TÁ FAZENDO...socorro;-; "


Fanfic / Fanfiction "Miraculos no Reverse..." - Capítulo 4 - "WTFFFFFF....OQUE ELE TÁ FAZENDO...socorro;-; "

A tortura finalmente acabou...

Mãe- Hummmm...Isso me custou muito mais tempo do que eu esperava...Bem você tem que me fazer um favor "especial" quer dizer... pra mim não, mais sim para oltra pessoa...

Mari- Outro serviço? Mais... E-eu não consigo andar... você quebrou minha perna...

Mãe- Que se vire aí...Se você não fizer esse serviço você nunca mais terá contato com seus "amigos"...Quer dizer...com os restos de carnes feitas para matar lá fora...Já que você não tem amigos...E NUNCA terá....A não ser que você queira sofrer "aquilo" novamente...

Mari- NÃO...Tudo menos "aquilo"...e-eu já estou l-levantando...(*eu ajusto minha perna e dou um soco nela, fazendo o meu osso voltar ao lugar, e então levanto já pegando minha mochila para o serviço...*)

Mãe- Boa menina...hehe..lebre-se...você só é um objeito a ser usado...Não precisa de sentimentos ou amigos...

Mari- Ok...(eu falo um Ok meio seco)

*Minha mãe sai do quarto...*

Mari- Eu já estou indo...

Tikky- Espera Mari...(*Ela sai chorando de baixo da coberta e me abraça*)isso foi orrivel...Tinha um buraco na coberta e eu vi você sendo torturada mais não estava chorando e nem gritando..mari...

Mari- Eu disse para você tapar os ouvidos...(*falo em quanto sorrio e fasso carinho na cabeça de Tikky *) Não se preocupe... eu vou fazer um "serviçinho" e volto rapidinho...

Tikky- eu te ajudo no seu serviço...eu poss-...

Mari- Tikky...eu sei que você não pode me ajudar nesse meu serviço...E mesmo que pudese não quero que você surge suas mãos...

Tikky- Minhas mãos? ...Não me diga que esse serviço é de assasinato ou de estr-...

Mari- Não nada de estrupo...eu...Só mato pessoas que outras pessoas pagam para eu matar...eu sou uma assassina e não uma super heróina...desculpa Tikky...

Tikky- M-Mais mari...

Mari- nao sou uma Garota normal Tikky...Tchau, e fique escondida ou vaia embora para qualquer lugar seguro...

*Saio pela janela *

Quebra de tempo... *1Hora depois.*

*Chego em casa...*

Mari- Tikky?...Acho que ela se fo-...

Tikky- Ai está você... (*Ela me olhou de cima a baixo assustada*)você está cheia de sangue...

Mari- Eu estou acostumada com isso...

Tikky- mari...eu sou sua amiga né?...

Mari- Não posso opinar sobre isso...eu não preciso disso...

Tikky- precisa sim... E como uma amiga sua eu vou te ajudar...

Mari- NÃO... Seria mais seguro se você tivesse fugido... Bem...eu não quero te atrapalhar, eu vou tomar banho e dormir...

Tikky- Mari...ESTA BEM...SE VOCÊ NÃO QUER TER UM AMIGO, EU NÃO VOU SER SUA AMIGA ENTÃO...E BOA NOITE... BAKA...

Mari- Como quiser...eu vou tomar banho agora...

Quebra de tempo.

Depois do banho dormi na minha cama(por mais que meus pais fossem mals eu ainda tinha meu quarto com cama e uma escrivaninha...Só que ele não era cor de rosa de como todas as garotas...Além de ter uns negócios de tortura no lado...)

Quebra de tempo ...  de manhã...

Mari- Aaaargh... Que cama dura do caramba...Mais é bem Melhor que o chão...(*eu levanto e vejo Tikky do meu lado*)

Tikky- Oi marinette...

Mari- Você ficou mesmo aqui?

Tikky- Obvel que fiquei...baka... Agora se arruma logo ou perdera a aula...

Mari- AAAAAA.... EU ESQUECI... *Sai correndo para me arrumar e ir para escola no caminho peguei um pedaço de bolo para dividir com a Tikky*

Mari- Toma...eu posso não comer por 20 dias então pode pegar...

Tikky- Obrigado Mari... Mais mari sua mãe e seu pai tem grandes olheiras...que estranho...

Mari- Eles deven ter ficado acordados a noite...eu não sei nada deles... Só sei que eles conversam sozinhos isso é deis de quando eu era pequena falando com um tal de mestre...Foi a partir dali que eles começaram a me torturar e pegar serviços assassinos para mim fazer etc...Além que eles ficão o tempo todo saindo...

Tikky- estranho...

*chegando na escola fui direto para minha sala sentando do lado de Alya*

Alya- Oi migah...você souber do novo babado?...

Mari- Para de me chamar assim...Mais não... oque é esse "babado"...

Alya- Existe 2 pessoas que combatem o mal com roupa de Gato preto e de joaninha chamado CatNoir e LadyBug...

Mari- A haha(*dou uma risada sem jeito esfregando a cabeça* )eu sei disso...(Sei até de mais...hehe)

Alya- O melhor é que eu vi isso eles lutando junto e eu gravei tudo é postei na Internet... E eu criei um outro Canal só para esses novos herois...uhhu...Demais não?

Mari- S-sim...Aí droga (*eu deixei meu lápis cair Longe pra K7...Tipo lá na puta que paril...*)ESPERA LÁPIS MALDITO!!! (Mais como minha vida sempre quer me Trolar eu  cai rolando pelas escadas e como tentei me segurar em algo eu acabei puxando a camisa de alguém que acabom caindo junto comigo...)

"Pá" (melhor efeito sonoro 2000 e fockin 17) nos finalmente paramos de rolar mais....

~Kiss♡

(EU TAVA EM BAIXO DELE QUE ESTAVA ME BEIJANDO, mais na posição que eu tava não dava para mim me mecher... Meu único pensamento na quele momento que abri os olhos e vi que o garoto era naverdade o Adrien eu fiquei tipo...)

(Mari-WTFFFFFF....O QUE ELE TÁ FAZENDO...Socorro ;-;)

*Aquele era meu primeiro beijo com o garoto que eu mais odeio...Mais...*

(Até que ele levantou todo corado....)

Adrien- E-E-E-E-E-EU SINTO MUITO...É QUE...

* Eu levantei peguei meu lápis e sai andado sem falar nada fui para minha mesa e coloquei minha cabeça de baixo do livro...*

 (Porque... eu.. Estou tão corada?!?!?...)

Alya- Mari se tá bem migah???

Mari- Que isso eu só dei meu primeiro beijo no garoto que eu mais odeio...nada de mais...(Isso...devo tar assim por que aquele foi meum primeiro beijo..Além de ter sido na frente da Sala)

Alya- Ok...

???- QUEM VOCÊ PENSA QUE É?!?!?!

*Tirei o livro da minha cabeça e vi uma imagem não muito boa na minha frente*

Mari- Piranha?...A não é só você Chloe...

Chloe- Você beija o meu Adrien e ainda faíz essa cara de troxa?(SOU TROXA COM ORGULHO.... O PIRANHA OXIGÊNADA)

Mari- Olha...Aquilo...

Adrian- foi um acidente...

Mari- Isso mesm-...(PUTA QUE PARIU O QUE ELE TÁ FAZENDO NA MINHA FRENTE)

Chloe- Adrien vai ficar protegendo essa aí?...Não me diga que se apaixonou por ela?

Adrien- E se eu me apaixonei?(Como assim Adrien Você bateu a cabeça quando caiu) Isso é problema meu não?...Mais de qualquer forma elá só tropeçou e me levo junto...

Chloe-OQUE?...Mais eu vou deixar isso passar só dessa vez(eu acho que ja ouvi isso em algum lugar)...

Depois disso a aula começo e eu não conseguia a prestar atenção na aula, pois tinha UM FOCKN GAROTÔ OLHANDO PARA MIM...Isso mesmo o Adrien...ELE CONSERTESA BATEU A CABEÇA QUANDO CAÍMOS....E-E-E...E FODA-SE O QUE ACONTECEU DEPOIS...

*No final da aula*

Eu sai da portaria mais quando ia dar um apasso sinto uma mão me puxar para um canto, me encurralando na parede...

Mari- A-Adrien?!?!?!

Adrien- Olha desculpa por ter puxar assim mais era o único jeito de falar com você já que você não presta atenção em mim...

Mari- Me solta...(*eu tento me debater mais ele não me solta*)oque você quer? me deixa...

Adrian- Me desculpe por ter beijado você lá atrás...Foi sem querer mesmo(*ele tava meio corado* para mim ele não parecia NADA arrependido da quilo)

Mari- Eu sei então me solta(ele é mais forte que eu pensava...que merda)

Adrien- Só te solto se você disser que nos podemos ser ao menos amigos ou não...

Mari-(Eu abaixei a cabeça )eu sou um objeito...Não preciso de amigos não preciso desse sentimento de amor ou compaixão...bom...fassa como você quiser...

Adrian-( *ele me olhou assustado quando eu disse que era um objeito, mais daí ele voltou ao normal e me olhou sério *) se você é um objeto...Posso usalá?...

Mari- Como assi-...(Ele me beijou antes que eu pudesse falar algo até que nossos labios se separaram) PORQUE DIABOS VOCÊ FEZ ISSO...

Adrien- Você é um objeto... E objetos tem que ser usados não?...Então acho melhor eu continuar he...

Mari- P-Para...

Adrian- então retira o que disse sobre ser um objeto...

Mari- N-Não posso...Não é como se eu quisesse...

Adrien- Então eu vou continua...Ou você quer dinheiro por isso?...

Mari- Mais que tipo de Objeto você acha que eu sou? (Socorro;-;)

Adrien- Porque você fala tanto se é um objeto?...É sua primeira vez?... haha prometo ser gentil...

(Wtf MAIS QUE TIPO DE GAROTO DEMONIACO ELE É)

Mari- A-Adrien?!?!?!

Adrien- Olha desculpa por ter puxar assim mais era o único jeito de falar com você já que você não presta atenção em mim...

Mari- Me solta...(*eu tento me debater mais ele não me solta*)oque você quer? me deixa...

Adrian- Me desculpe por ter beijado você lá atrás...Foi sem querer mesmo(*ele tava meio corado* para mim ele não parecia NADA arrependido da quilo)

Mari- Eu sei então me solta(ele é mais forte que eu pensava...que merda)

Adrien- Só te solto se você disser que nos podemos ser ao menos amigos ou não...

Mari-(Eu abaixei a cabeça )eu sou um objeito...Não preciso de amigos não preciso desse sentimento de amor ou compaixão...bom...fassa como você quiser...

Adrian-( *ele me olhou assustado quando eu disse que era um objeito, mais daí ele voltou ao normal e me olhou sério *) se você é um objeto...Posso usalá?...

Mari- Como assi-...(Ele me beijou antes que eu pudesse falar algo até que nossos labios se separaram) PORQUE DIABOS VOCÊ FEZ ISSO...

Adrien- Você é um objeto... E objetos tem que ser usados não?...Então acho melhor eu continuar he...

Mari- P-Para...

Adrian- então retira o que disse sobre ser um objeto...

Mari- N-Não posso...Não é como se eu quisesse...

Adrien- Então eu vou continua...Ou você quer dinheiro por isso?...

Mari- Mais que tipo de Objeto você acha que eu sou? (Socorro;-;)

Adrien- Porque você fala tanto se é um objeto?...É sua primeira vez?... haha prometo ser gentil...

(Wtf MAIS QUE TIPO DE GAROTO DEMONIACO ELE É)

Mari- A-Adrien... (eu tô...lacrimejando? Comassim maluco)

Adrien- (Até que do nada o Adrien volta ao normal e com um olhar assustado...)o-oque eu tava fazendo?

Mari- Não sei...A lembrei...VOCÊ TAVA QUASE ME ESTRUPANDO....

Adrien- E-Eu sinto muito e-eu não queria fazer isso...desculpa...(Ele mudou completamente)é que eu não aguentei ouvir você se chamar de objeto por algum motivo a quilo me deixou louco...

Mari- Você é estranho...Seu hentai maldito...

Adrian- Eu queria me desculpa por aquilo e agora por isso... Para falar a verdade me surpreendeu você ser a única pessoa a exitar a mim...Por isso eu quis comprovar se você me odiava...M-Mas não desse jeito...Desculpa mesmo...

Mari- Eu te odeio mais agora do que antes...Mais ta desculpado(eu quase peguei minha faca dentro da bolsa para matar ele na que legal momento)...

Adrien- Eu sei que você não vai querer...Mais quer ser minha amiga?...

Mari- Não...eu já te disse...

Adrian- Foi por causa do que eu fiz agora pouco né?...Desculpa, Desculpas, Desculpa,(ele tá quase que se ajoelhando para pedir desculpas)

Mari- Não é Não...Aceita logo que dói menos...

Adrian-( T-T )Foi mal....

Mari-N.Ã.O....Hump(*eu bufei e fui para casa*)

Mari- Garoto doido...Mais bem eu comprei pão para você Tikky...(escondi o pão na minha mochila)

Tikky-Desculpa não ter te ajudado naquela hora...

Mari- o Adrien é só um garoto mimado que acha que pode conseguir tudo o que quer fácilmente...Eu odeio o jeito dele ele me enrrita muito...

(*Cheguei em casa e ia direto para meu quarto mais*)

Pai- Mari...Sua mae tá doente e prestes a morrer...Mais não pensse que só por isso sua parte da tortura vai acabar...

Mari- O QUE?....MAMÃE TÁ DOENTE E VOCÊ ACHA QUE É MAIS IMPORTANTE A TORTURA?...Mesmo que ela não queira me ver...eu vou ir lá ver ela...ONDE ELA TÁ...

Pai- Cof... Cof...SE VOCÊ QUER ASSIM...ELA ESTÁ NA CAMA...(papai parece estar doente também, suas olheirás estão mais fortes)

*Eu fui para o quarto da mamãe mais a Tikky começou a sentir uma dor de cabeça Muito forte*

Mari- Tikky tudo bem?

Tikky- Uma energia cinistra está no quarto da sua mãe...Como se fosse um Akuma que está já faz tempo na pessoa...Só que adormecido e está acordando agora...Sua mãe deve tar com o Akuma deis de quando você era criança... Mais porque sua mãe não se transformou em monstro?...

Mari- Não sei...eu nem sabia que ela tavá akumatizada...

Tikky- O Akuma por não ter transformado sua mãe em monstro, para sobreviver ele deve ter ficado sugando a energia de sua mãe... Sua mãe não tá doente...Ela vai morrer por ter acabado sua energia vital...

Mari- minha mãe...Foi akumatizada deis que eu era uma criança e...E era por isso que ela me torturava...Mais papai tabem me tortura....Será que os dosso tão akumatizados???

Tikky- Sim... As pessoas mudão quando akumatizadas...

Mari- Se eu posso fazer tudo voltar ao normal...eu vou fazer...

Tikky...Transformar... 


Notas Finais


Os pais de mari vão mesmo morrer?...
Descubra no próximo capítulo...
Tô vendo todo mundo amaldiçoado eu minha familha e minha vaca(referência a Mulan) por eu ter acabado aqui o Capitulo...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...