História Miraculou perdido - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Visualizações 11
Palavras 838
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Luta, Magia, Musical (Songfic), Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Mutilação, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Herói misterioso. Será inimigo ou amigo?


Fanfic / Fanfiction Miraculou perdido - Capítulo 2 - Herói misterioso. Será inimigo ou amigo?

( Narrador: Marinette)

Eu estava andando pelo parque, mas eu sinto a Tiki puxar minha blusa me chamando, e eu abro um pouco minha bolsa.

- Marinette precisamos conversar- A Tiki fala olhando para mim.

- OK Tiki mas aqui não.

Eu digo e vou para atrás de uma árvore e me escondo e a tiki sai da minha bolsa e fica flutuando na minha frente.

- Então tiki qual é o problema?

- Eu to com um mal precentimento, por que eu estou sentido uma força maligna, eu não sei direito o que é mas parece ser a força de um miraculous- A tiki fala preocupada.

- Um milaculou, mas qual? A da raposa, do pavão? Qual?

- Esse é o problema não é nenhum desses, essa força é maior e mais poderosa- Tiki diz e ela começa a me preocupar.

-Isso não é bom tiki.

Eu digo e em seguida ouço gritos vindo do outro lado do Park, eu corro até lá e para minha surpresa não é nada.mais e nada menos do que uma vitima de um Akuma, eu me desconto atrás de umas moitas e árvores.

- Tiki transformar.

Digo e eu viro a Ladybug e quando saio da moita o Chat noair aparece na minha frente.

- Olá my lady- o gatinho fala no tom bobo de sembre.

-Olá gatinho.

Digo e o Chat noair vira de frente pro monstro e vê um monstro de gelo.

- Esse ai pressisa esfriar a cabeça.

O gatinho fala e eu reviro os olhos, ele e suas piadinhas, o Chat noair ataca o monstro, mas o monstro transforma o gatinho numa pedra de gelo eu estava sozinha, quando eu ia atacar o monstro eu vejo alguém pulando de trás do monstro.

-Presida de ajuda Ladybug.

Aquele garoto que estava na minha frente diz me olhando e eu não responde e só o observo, ele tinha o cabelo vermelho , olhos vermelhos que nem olho de gato com pupila fina, usava uma roupa de ninja e rinha duas armas semelhantes a foices só que tinham correntes.

-Quem cala concente.

O garoto disse e começou a atacar o monstro, ele era rápido, ágil, forte e se movia de forma impressionante, o garoto da um pulo e fica atrás do monstro e enrola as correntes da foice nas seus pernas fazendo ele cair, ele pega um colar que estava no pescoço do monstro e me entrega.

-Ele é todo seu my lady.

O garoto diz e eu corei instantaneamente, peguei o colar e o quebrei liberado o Akuma, pego meu talismã e o jogo pra cima.

- Miraculous ladybug.

Digo e prendo o Akuma no meu talismã e o liberto.

-Tchau Tchau borboletinha.

Digo e a borboleta sai voando, eu ouço um barulho e vejo que o Chat noair consegue se libertar arrebentando o gelo e ele olha com raiva para o garoto.

-Quem você pensa que é- Chat noair diz com raiva.

- Penso que sou alguém que ajudou a salvar a cidade- O garoto retruca com um olhar frio.

- Quem é você.

O Chat noair diz quase nas pontas do pé, já que aquele garoto mascarado parecia ser uns 10 ou 13 centímetros mais alto que o Chat noair.

- Meu nome é Darking mas pra ficar mais fácil pra você me chame de Dark.

O garoto diz e o chat noair ainda o encarava com raiva.

-Ei .

Digo tentando distrair os dois um pouco se não o chat noair ia pular no pescoço do Dark.

- Arma legal como se chama?

- Essas armas se chamam Kusarigama, é uma arma ninja- O dark diz e pega uma das kussarigama na mão me mostrando.

- Que arma ninteressante, ela parece uma mistura de foice com correntes- digo e pego a Kussarigama da mão do Dark - Nossa ela é bem pesada.

- Eu sei, isso porque ela é feita inteiramente de ferro e não é calquer ferro, ela é uma arma ornamental, uma relíquia muito antiga feita inteiramente de uma mistura de prata e titânio, feita pra aguentar impactos enormes.

O Dark me explica e põe sua mão encima da.minha para me mostrar os tetalhes da arma, pelo o que pude ver o chat noair estava morrendo de ciúmes.

- Ta foi legal mas agora temos que ir tchau.

O chat noair diz e me puxa e me leva para o outro lado do Park.

- O que deu em você chat noair- digo com raiva.

- Eu não confio naquele cara- chat noair diz com raiva.

- Você náo confia nele ou esta com ciúmes dele- digo e ele me olha paralisado.

- Eu tenho cium... Quer dizer eu não confio nele- ele diz tentado se corrigir.

-Ta me engana que eu gosto- digo sarcástica.

Quando digo isso eu percebo que o meu tempo estava acabando.

-Ah. Tchau chat noair eu tenho que ir.

Eu disse e sai correndo e me escondi atrás de uma árvore e me destransformei.

-Ufa foi por pouco.

Digo e escondo a tiki na bolsa e volto pra casa, mas eu não parava de pensar naquele garoto que me ajudou a terrotar aquele monstro, ele me parecia meio estranho, algo nele me intrigada, ele parecia ser meio estranho e misterioso, ele me parecia um tanto frio, será ele amigo ou inimigo?




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...