História Miraculous - Heroes - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alya, Chloé Bourgeois, Gabriel Agreste, Hawk Moth, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Nathanaël, Nino, Plagg, Tikki
Tags Chat Noir, Heroes, Ladybug, Miraculous
Visualizações 93
Palavras 2.220
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Super Power
Avisos: Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Booomm Diiiaaa!!!! (≧ω≦)
Eu sei que eu devia ter postado isso ontem, mas eu acabei perdendo o capítulo e tive que refazê-lo, e agora estou aqui para não deixar vocês na mão!!!

Capítulo Anterior
"Chat Noir se abriu com Marinette, contando seus sentimentos por Ladybug..."

Espero que gostem!!!!
.....(づ。◕‿‿◕。)づ.....

★ KM23 ★

Capítulo 13 - Desabafo


Fanfic / Fanfiction Miraculous - Heroes - Capítulo 13 - Desabafo

Marinette On

A azulada entrou na sala de aula junto com Alya que conversava animadamente sobre o vídeo de Labybug que ela tinha gravado para o blog naquela manhã. A joaninha havia impedido um pequeno incêndio e acenou para a ruiva que estava vindo a caminho da escola e presenciou todo o acontecido, a deixando incrivelmente contente.

O dia estava normal - tirando o incêndio que havia ocorrido, lhe dando um pequeno contratempo para chegar no horário certo de aula -, e estava animada para entregar o trabalho que ela tinha terminado na noite passada com a ajuda de Chat Noir.

Havia passado quase um mês desde o aviso preocupante da professora e apesar de admitir que não era uma das melhores alunas da sala, estava evoluindo e cumprindo a promessa que fez a mulher. Se sentia orgulhosa de si mesma, tanto na sua forma civíl como na de super-heroína e tinha muita empolgação ao dizer que seu relacionamento com Adrien estava melhorando a cada dia que passava. Estava sendo cada vez mais natural para ela conversar com o loiro, e os dois mantinham contato todos os dias, a incentivando mais do que nunca, a ir para a escola todos os dias de manhã.

- Sabe, ás vezes, eu queria ser Ladybug - a ruiva comentou sonhadoramente - Deve ser incrível ter aqueles poderes e os usar para ajudar e salvar as pessoas de Paris. Ser amado por todos os cidadãos. E trabalho junto de Chat Noir...

Marinette lhe deu um pequeno sorriso.

- Alya, se eu não te conhecesse, diria que está apaixonada por aquele gato preto - ela brincou sentando em seu lugar.

Ela a empurrou lentamente.

- Admito que o admiro e que ele é até um pouco bonitinho - confessou dando de ombros - Mais não faz meu tipo.

No mesmo momento, Adrien e Nino passaram pela porta conversando animadamente e a azulada apontou discretamente na direção do moreno.

- É verdade, aquele faz seu tipo - sussurrou com um sorriso.

Alya riu, mas não negou, o que fez seu sorriso aumentar ainda mais e as duas silenciaram a sua conversa assim que os garotos se sentaram em seus lugares e se viraram, as cumprimentando.

- Então, garotas... - Nino começou, olhando entre as duas e estranhando um pouco o silêncio - Sobre o que estavam falando?

Marinette riu baixinho.

- Sobre o possível crush de Alya em Chat Noir - comentou divertida e a amiga revirou os olhos sorrindo – E, talvez, em outra pessoa...

A amiga levantou uma sobrancelha, a desafiando a continuar, silenciosamente.

- Quer mesmo falar sobre paixões, Mari? - ela perguntou estreitando um pouco os olhos, com um sorriso em seu rosto – Porque, se quiser, eu posso falar sobre as suas também...

A azulada balançou a cabeça e ergueu as mãos em rendimento, ainda na brincadeira, dando uma pequena risada olhando em direção a Adrien, que estava com o rosto um pouco corado. Será que foi algo que eu disse? Se perguntou mais não teve tempo de perguntar, pois de um segundo para o outro, a porta foi fechada com violência, emitindo um barulho tão alto que fez a maioria dos alunos pularem em seus lugares antes se virarem para ver o que havia acontecido. E encontrar apenas Chloe de pé na frente da sala, com Sabrina voltando a ficar ao seu lado timidamente.

- Que bom que todos estão prestando atenção, porque eu tenho uma coisa importante para dizer - ela avisou e acenou com a mão, dando uma ordem silenciosa a Sabrina que começou a distribuir convites para as pessoas que estavam na sala - A minha festa de aniversário está chegando e meu pai, o Prefeito, vai me deixar fazer uma festa perto da Torre Eiffel com uma apresentação de Jaded Stone ao vivo. - ela comentou antes de apontar para os envelopes dourados que recebiam - Todas as especificações estão no convite, então espero que suas pobres almas saibam ler e venham de acordo com a vestimenta, senão não iram pisar no salão.

E com isso a loira se sentou em seu lugar com um sorriso convencido em seu rosto, deixando a azulada ainda mais incomodada do que já se sentia, quando cutucou Adrien o chamando para conversar. Roubando a atenção do loiro para si, com suas exigências malucas e impondo que ele fosse seu par no baile. Porque sim, aparentemente teria uma valsa e o garoto não pode recusar o convite daquela patricinha de cabelo loiro que conseguia fazer o sangue de Marinette esquentar de irritação com aquele seu ar de esnobe.

O resto daquele dia provou ser ainda mais horrível do que tinha esperado, porque em nenhum momento pode ter a companhia do loiro, já que quando a conseguia alguns segundos depois Chloe o convoca, o fazendo decidir entre decorações, sabores de bolos, roupas e músicas, como se aquilo fosse um casamento que aconteceria entre os dois, a deixando irritada apenas com a ideia.

Alya havia tentado a acalmar durante todo aquele tempo, mais aqueles infortúnios continuaram durante a semana toda, a deixando mal-humorada todos os dias. Até mesmo quando se transformava na Ladybug, não conseguia se distrair e esquecer daquilo. Chat Noir já havia notado seu péssimo astral, mais não havia tido tempo nenhum para tentar muda-lo porque a joaninha não queria que aquilo acontecesse e duvidava que o gatuno conseguisse realizar aquela tarefa, já que nem sua melhor amiga havia conseguido.

Mais tudo mudou naquela noite em que montava seu vestido para a festa da loira, tentando se distrair com seu hobbie, e recebeu uma ligação de Alya.

Marinette Off

 

Adrien On

Marinette estava com algum problema.

A azulada havia ficado com um péssimo humor durante toda aquela semana e o loiro estava cada vez mais preocupado com ela que havia o ajudado de várias formas. Ladybug também estava agindo estranhamente igual a garota, quase conseguia ver uma nuvem nublada sobre a cabeça da joaninha e não havia tido uma chance de a confortar de alguma forma, pois ela sempre fugia quando sua missão acabava.

Mas, apesar daquilo, ele tinha a oportunidade de ajudar Marinette com qualquer que fosse o problema que ela estava se encontrando.

Pulou entre os prédios e as moradias de Paris, no início da noite, parando apenas quando pousou sobre a sacada da casa da azulada e entrou em quarto pela claraboia, a encontrando sentado sobre sua espreguiçadeira com uma almofada entre suas pernas.

- Ela está querendo me provar, Alya – protestou com a amiga ao telefone – E ela está conseguindo me tirar do sério.

Chat Noir se aproximou lentamente dela, se deitando na espreguiçadeira e pousando sua cabeça sobre o travesseiro, a surpreendendo por um momento antes da mesma volta a se entreter com a conversa que tinha com a outra.

O gatuno prestou atenção no dialógo entre as duas, ouvindo quase sem querer a sua discussão, usando sua audição aguçado para entender o conversavam.

- Chloe está mesma te deixando maluca – comentou a amiga.

Ela suspirou colocando a mão sobre os cabelos dele.

- Sim – confessou.

- Maluca de ciúmes – brincou a ruiva.

Marinette se manteve em silêncio, parecendo não querer responder aquilo e começou a acariciar os fios loiros do garoto, fazendo o fechar os olhos e ronronar sutilmente.

- Queimando de ciúmes – disse novamente rindo.

- Você pode parar agora, Alya. – ela murmurou cansada – Você sabe que está certa.

- Então faça algo produtivo com isso, Mari! – ela incentivou – O convidar para assistir um filme por exemplo, seria um bom começo para isso.

O gatuno concordou silenciosamente com a ruiva, mesmo não conseguindo entender muito bem e começava a ficar cada vez mais surpreso com o desenrolar da conversa. Agora algumas coisas faziam sentido, alguém deve estar a deixando enciumada, ele pensou calmamente, aproveitando o carinho que recebia.

- Essa missão é impossível, e você sabe disso... – murmurou a azulada.

- Ah, amiga, desculpa mais eu vou ter que desligar agora – ela informou um pouco triste.

- Tudo bem, Alya – suspirou – Eu te vejo amanhã.

- Sim, a menos que seu ciúme pelo Agreste te reduza a cinzas! – ela disse rapidamente, soltando uma risada – Até logo!

Chat Noir ficou chocado com essa parte e assim que Marinette tirou o celular com ouvido e o pousou sobre o colchão, ele se sentou olhando para ela com um sorriso chocado.

- Espera um minuto, Princess! Você está com ciúmes?! – ele questionou a olhando com as sobrancelhas erguidas – De Chloe Bourgeois? Com Adrien Agreste?!

A azulada de repente ficou indignada, e olhou para ele com irritação.

- Eu? Com cíumes?! Porque eu teria que ter ciúmes dela?! Talvez por que ela conhece Adrien a mais tempo e provavelmente sabe tudo sobre ele? Porque ela pode segurar sua mão e convidar o convidar para festas, sem nenhuma preocupação?! Porque ela pode dançar com ele? Ou porque eles parecem um lindo casal na frente de todos? Quando eu... - sua irritação começou a diminuir e ela se tornou mais séria – Eu... Só faz um ano que o conheci, não sei nada sobre ele, nunca tive a chance de segurar sua mão ou dançar com ele sozinha... E provavelmente nunca terei... – ela levou a mão no rosto parecendo frustrada – Droga, eu nem consigo construir uma frase normal quando tenho que falar com ele e desde da segunda vez que nos conhecemos eu tive... – parou no meio da frase parecendo se conter – Por que eu teria que ter cíumes...? Eu nem sei porque estou conversando com você sobre isso...

Chat apenas a observou, querendo aliviar um pouco da situação que ela estava passando, mais não parecia que conseguiria fazer muita coisa. Ele nunca tinha pensado que Marinette se sentia excluída daquele jeito quando estava em companhia da Chloe, mal conseguia imaginar que ela mantinha alguns sentimentos a mais por ele.

- Hmm... – ele começou dando um pequeno sorriso para a acalmar – Mas, nós estamos falando sobre aquele garoto-modelo, certo? Ele realmente é tão bom assim? Não é só um cara rico com uma aparência bonita? – questionou, querendo entender o motivo dela ter aqueles sentimentos por ele.

Ela sorriu brevemente, parecendo não acreditar que ele havia dito aquilo e se levantou, andando até um manequim onde construía uma roupa nova. Ele esperava uma resposta muito superficial, como todas as suas lhe davam, mais se surpreendeu com as palavras da azulada.

- Do que você está falando? Adrien é muito mais do que isso. – ela murmurou, um pouco admirada – Ele é gentil, carinho, justo, responsável, fiel... E também é simplesmente uma boa pessoa. – ela pegou uma agulha sobre a mesa e começou a trabalhar nos tecidos – Eu nunca conheci ninguém como ele e não acho que vou conhecer.

Chat encarou com um pouco de choque, enquanto a azulada voltava a costurar seu vestido. Ela achava tudo aquilo dele? Se perguntou chocado observando a doce garota que havia ficado um pouco mais feliz com aquele desabafo incrivelmente revelador.

- Ele sabe que você acha tudo isso dele? – perguntou lentamente.

Marinette deu uma curta risada.

- O que? – ela balançou a cabeça – É claro que não, eu nunca teria coragem de dizer essas coisas pessoalmente.

Ele deu um pequeno sorriso, mal sabia ela que havia acabado de fazer aquilo. Levantou-se as espreguiçadeira lentamente e se aproximando do manequim que continha a roupa que ela estava criando.

- Não precisa se preocupar, Princess – comentou carinhosamente – Eu tenho certeza que ele sabe o quão você é incrível e maravilhosa, provavelmente ele apenas quer ajudar aquela garota que é amiga dele desde a infância.

A azulada franziu um pouco a testa.

- Como sabe que ela é a amiga de infância? – questionou curiosa – Eu não contei isso a você.

Ele ficou em silêncio durante alguns segundos inventando uma desculpa, enquanto tentava não agir tão nervosamente.

- Pelo o que você falou dela pelo telefone, só sendo amiga de infância para conseguir aturar – ele disse um pouco forçado – E todos sabem que Chloe é amiga de Adrien Agreste, ela fez questão de falar disso da ultima vez que a vi.

A garota pareceu se convencer com aquilo e deu um pequeno sorriso para ele.

- Obrigada, Chat – agradeceu – Você me ajudou muito.

- De nada, Princess.

O apito de seu anel surgiu, acabando com o momento que estava tendo, e ele se despediu da azulada voltando para casa e alimentando Plagg que, ficou o olhando estranhamente, enquanto comia seu queijo.

- O que foi? – começou um pouco desconfiado.

Ele abaixou o queijo e estreitou os olhos verdes.

- Ela é sua namorada? – perguntou sem rodeios.

Adrien arregalou os olhos, quase engasgando de choque e o olhou com descrença.

- Não – respondeu indignado – É claro que não, Plagg.

O kwami deu de ombros, parecendo não acreditar.

- Você é apegado com essa garota e parece realmente gostar dela – ele comentou, tentando o fazer confessar – E ela parece gostar de você, também.

O loiro balançou a cabeça, negando com o rosto levemente corado.

- Você não sabe do que está falando – murmurou se deitando, para encerrar o assunto.

Ele sabia que não conseguira arrumar argumentos decentes para contradizer o kwami, e com a convivência que havia obtido com ele, sabia que Plagg não se rendia fácil então decidiu dormir com aquela frase presa em sua mente:

“Ela parece gostar de você”.

Adrien Off


Notas Finais


Agradeço que tenha lido até aqui e espero que tenha gostado do capítulo!!!

Próximo Capítulo
"A Festa da Chloe chegou, e Marinette terá muitas emoções ao lado de Adrien...."

"P.S.: Comic inspirada para fazer o capítulo:"
https://drive.google.com/open?id=0B3wTQMymsRffZnR1Wk14TWI5OW8

Vejo vocês na próxima quinta-feira!!
Kissus!! <3

★ KM23 ★


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...