História Miraculous - one-shot: os opostos se atraem - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Alya, Chloé Bourgeois, Lila Rossi (Volpina), Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Plagg, Tikki
Tags Plakki
Visualizações 51
Palavras 1.460
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


*brota*
OLÁ PESSOAL!!!!!!!!!!!!!!!!!! *joga glitter no ar*
Sim, eu FINALMENTE tô postando a minha primeira one (graças à insistência da minha amiga MyladySamy -_-), então pelamordedeus peguem leve comigo ^-^
VEJO VOCÊS NAS NOTAS FINAIS!!!!!!!! *some em um Foguinho rosa*

Capítulo 1 - Os opostos se atraem - Capítulo Único


P. O. V.'s Tikki

Lágrimas. São elas que escorrem pelo meu rosto. Somos só amigos, então... Por que dói tanto?

 

~ Flashback ON ~

 

Lá estava eu, com minhas melhores amigas: Alya e Marinette. Estávamos conversando na escadaria da escola, após as aulas, quando "elas" chegaram: Chloé, Lila e Póllen. Sabrina havia faltado, por isso não estava com elas. Vieram falar conosco:

olá meninas! - disse Chloé.

- o que vocês querem?! - falou Alya, claramente irritada.

- que grosseria! - disse Lila, se fingindo de ofendida.

falem logo! - falou Marinette, também irritada.

calma, só queríamos saber se vocês viram meu Amorzinho! - falou Póllen. 

- que "Amorzinho"? - perguntei tombando a cabeça pro lado. 

vocês não sabiam? Eu e o Plagg estamos namorando!

Nessa hora meu coração praticamente parou. Ela e Plagg? Namorando? Toda a minha felicidade, minha alegria de todos os dias, se foi. Por que? Somos apenas amigos. Então... Por que senti meu mundo desabar?

não... Não vimos... - respondi, tentando conter o choro.

que pena! Bom, digam que eu estou procurando-o! Tchauzinho! - disse Póllen sorrindo cínica, logo depois saindo com as outras.

m-meninas, acho que não estou muito bem. Eu vou pra casa, ok? - pretextei, precisava ficar sozinha.

- ok - disse Alya meio desconfiada. 

você vai ficar bem, né? - perguntou Marinette, preocupada.

sim, não se preocupe! Tchau! - disse me despedindo.

Assim que saí da vista delas, comecei a correr, chorando. Queria chegar no parque, único lugar que eu queria estar naquele momento. Sozinha.

 

~ Flashback OFF ~

 

Agora estou aqui. Sentada em um dos bancos do parque. Lágrimas dominam totalmente meu rosto. Mas... Porque? Ele é meu amigo, não deveria estar feliz por ele? Quando ouvi aquilo meu coração se despedaçou em milhões de pedaços. Agora resta saber: por que isso aconteceu?

Passos interrompem meus pensamentos. Logo, uma voz familiar me pergunta:

Tikki?

Levantei a cabeça e vi. Era ele, ele estava ali, me encarando com um olhar preocupado. Limpei as lágrimas rapidamente.

o-oi Plagg - disse forçando um sorriso

por que você estava chorando?

eu não estava chorando! - menti, ou pelo menos tentei.

não adianta esconder, eu vi você chorando!

ok, você venceu. Eu estava chorando. - disse com as mãos pro alto, me rendendo.

- sabia! Mas... Por que você estava chorando?

- nada de mais - menti, a verdade é que nem eu mesma sei por quê estava chorando.

Tikki... - repreendeu ele.

é sério! Não é TANTA coisa assim, é um motivo bobo! - pelo menos acho que é... 

ok... - falou ele meio desconfiado.

Me lembrei do que Póllen disse, é melhor avisá-lo:

ah, sua namorada está te procurando! - disse tentando esconder a voz triste.

que namorada? - hã?

como assim "que namorada"? A Póllen! - como ele não sabe quem é a própria namorada?!

nós não estamos namorando! Quem te falou isso?

- ela mesma... - disse mais pra mim do que para ele. Como pude acreditar numa mentira dessas?!

então ela está mentindo! Eu nunca namoraria ela, faço de tudo pra evitá-la!

- essa última parte é algo inteligente! - disse eu, rindo um pouco.

parando pra pensar, é mesmo! Ninguém suporta ela! - disse Plagg, também rindo - além do mais, faz pouco tempo que descobri que me apaixonei por outra garota!

Assim que ele falou isso, fiquei triste de novo. Mas não tanto.

hm... - respondi.

ei, olha lá! - ele disse apontando para algo atrás de mim.

Quando me virei, vi que era uma espécie de festival. Já fui em um desses, com meus pais e minha irmã Trixx. 

nossa, que legal! - disse sorrindo, olhando para o festival.

vamos lá? - disse Plagg

claro! Por que não?

E nós fomos. Vimos cada tipo de coisa que tinha lá: jogos, brinquedos, comidas, acho que fomos no festival inteiro! Mas ainda havia uma coisa que me intrigava: quem era a garota por quem Plagg estava apaixonado?

Na verdade, por que isso está me intrigando? Por que eu não consigo parar de pensar nisso?

Ultimamente não estou reconhecendo à mim mesma. Sempre que vejo o Plagg meu coração acelera, borboletas invadem minha barriga e uma felicidade muito grande surge em mim. Fico nervosa ao falar com ele, mesmo parecendo que estou normal. Espera... Será que...

Estou apaixonada pelo Plagg?

Não, não pode ser. Somos apenas amigos, não posso estar apaixonada por um amigo!... Ou posso?

É... Eu posso. Não só posso, como já estou. Mas... Por que por ele? Ele é totalmente o oposto de mim! Eu sou alegre, ele é misterioso. Eu gosto do dia, ele da noite. Eu prefiro sol, ele a lua. Eu escolho doce, ele salgado. Eu gosto de cookies, ele de camembert. Eu uso roupas claras e chamativas, ele usa roupas escuras e neutras. Somos totalmente diferentes! Como me apaixonei por ele?

Sou interrompida dos meus pensamentos:

TIKKI ACORDA PRA VIDA SUA PANDACÓRNIA GLITTERINADA!

Olhei para o lado assustada, era Plagg me chamando.

- ai que susto, Plagg! Não precisava gritar! - eu falei, massageando minha orelha. (N/A: como se adiantasse alguma coisa, né kirida?  /  Tikki: me deixa narrar!)

você que estava aí plantada olhando pro nada! Estou te chamando faz tempo!

- tá, tá! Mas por que você estava me chamando?

- olha, já está anoitecendo e eu queria te levar para um lugar especial... - disse ele, um pouco vermelho. Por que ele está vermelho? (N/A:... Alguém me helpa? -.-')

hm, ok. Mas para onde vamos?

- você vai ver!

Depois disso fomos para o "lugar especial" que o Plagg falou. Logo pude avistar onde era: na Torre Eiffel. Subimos até o topo, e quando chegamos lá, havia um monte de rosas vermelhas e brancas decorando-a. Minhas flores preferidas!

- Plagg i-isso... Isso é lindo! - disse admirada, quase  chorando de emoção.

- ainda tem mais uma coisa!

- mais?!

- olha lá! - disse ele apontando com a cabeça.

Olhei para onde ele estava apontando e vi: as luzes de Paris acesas, iluminando majestosamente a cidade. Olhando para cima, dava para ver as estrelas, mais brilhantes que o normal. E a lua, cheia e iluminada, parecia reinar aquela noite. Uma paisagem quase irreal, com tamanha beleza. Os ventos gélidos, sopravam suavemente pela maravilhosa noite. Fechei meus olhos, para sentir o aroma pareando no ar, junto ao vento.

Plagg e-eu... - respirei fundo - eu não sei o que dizer! - falei, por fim, sorrindo... E chorando. Mas só uma lagrimazinha!

mas eu sim! - disse ele se voltando para mim. O encarei, para prestar atenção no que ele iria falar. E ele começou, segurando minhas mãos:

Tikki, você simplesmente é a garota mais incrível que já conheci. Você consegue trazer alegria aonde só existe tristeza. Você é doce, gentil, fofa, incrivelmente fofa. Você é uma luz neste mundo. Um anjo que caiu aqui por engano. Um arco-íris em dia de chuva. Sei que somos o oposto um outro, mas não pude deixar deixaram sentir atraído por você. Lembra quando eu disse que estava apaixonado por uma garota? Esta garota é você. Você trouxe algo que eu nunca senti antes: amor. Você me completa, Tikki. Não posso me imaginar longe de você. Não sei por que só percebi meu amor agora, mas sei que ele é muito forte. Você é parte de mim. Eu te amo, Tikki.

A cada palavra que ele me dizia, minha felicidade aumentava e meu coração acelerava. Não pude conter as lágrimas. Quando ele terminou eu o abracei fortemente. E disse:

Plagg, hoje você me fez a garota mais feliz de todas. Não pode haver notícia melhor que essa. E felizmente eu te digo: seu amor é correspondido! - falei sorrindo.

Depois disso ele abriu um sorriso enorme, e me abraçou com uma força e felicidade que não tinha fim. Me girou no ar, e depois me soltou. Se ajoelhou e tirou uma caixinha do bolso.

então, Thiffany Lucky Charm Ladybug, aceita namorar comigo? - ele falou abrindo a caixa, revelando assim, dois colares que se completam, símbolo do yin e yang.

sim, sim, SIM!!!!!!

Ele se levantou, tirou os colares da caixinha e me deu a parte branca, ficando com a parte negra. Depois disso, nossos rostos foram se aproximando, por conta própria. Podia sentir sua respiração de tão perto que estava. Logo, o mínimo espaço que havia entre nossos lábios foi selado com um beijo, calmo e sereno. 

Como eu não percebi...? Eu o amo porque ele é meu oposto! Como pude me esquecer?!

"os opostos se atraem"!


Notas Finais


*chega carregada numa "cama" (não sei o nome daquilo ;-;) por 4 homens estilo Cleópatra* voltei *cara de diva*
Intaum (erro proposital)... O que vocês acharam???
Eu realmente precisava de um pouquinho de Plakki... Hehe
Me desculpem por qualquer erro de ortografia (exceto os "N/A's")
FALOU PESSOAS!!!! *some numa bomba de fumaça*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...