História Miraculous: A magia de Bianca - Capítulo 10


Escrita por: ~, ~Nikkibela2005 e ~Helena1202

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Personagens Originais
Tags Miraculous
Exibições 24
Palavras 1.254
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Aventura, Magia, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desculpa galera, era pra ser mais de uma imagem, so que meu celular "do nada" fica com muito pouco Mb e ele automaticamente desistalou o app, ou foram meu primos, num sei.

Capítulo 10 - O Gato desaparecido/A conversa secreta


P.o.v Mari
Esta chegando em casa quando uma pessoa assenou para nós, que estranho, não a conhecia.
-Bianca!- ela correu ate nós, ou melhor, ate Bianca, e a abraçou forte. Bianca sorriu animada.
-Elizabeth?!! O que vc esta fazendo aqui?- perguntou com um tom leve de raiva mas continua com um sorriso (Falsa!; Lilly: Falsiane a vista)
-Eu estava passando e vi um gato em cima daquele parapeito, acho que ele vai cair- disse olhando para o parapeito, perai, era o parapeito...... DA MINHA CASA!
-Ai minha nossa!- fiquei repetindo essa frase ate chegar na área livre de casa.
Me agachei e cheguei perto do gato que parecia não estar nem ai pra morte (kkkkk, melhor frase), peguei-o e o confortei acariciando seu pelo.
-Mas que gatinho vida loka- Falei pensando no que tinha acontecido tempo atrás.
-Marinette?- uma voz doce soou e eu me virei, Bianca.
-a-ah, oi- falei meio sem ar
-eu o peguei- disse
-mais que fofinho!- seus olhos brilharam. Ri um pouco da situação.
-Como vc chegou aqui.....- olhei para sua coleira- Trixx? (Lilly: Pra quem não sabe, trixx é o nome do kwami da volpina vulgo alya)
A mesma miou e se esfregou em meus braços.
-kkkk, parece que ela gostou de vc- disse bianca que parecia estar se divertindo com a situação.
-kkk, verdade, ei, você não ia conversar com a tikki?- perguntei ainda curiosa.
-Aé!- disse dando um tapa na testa.
-kkkk, tikki?- perguntei e a mesma saiu da minha bolsa.
-Sim?- perguntou inocente
-Eu queria falar com você, podemos?- perguntou bianca
-Claro- as duas foram ao meu quarto e eu me virei para Trixx.
-Vc parece estar com fome, quem seria o dono horrível que te largou no meio da rua?- perguntei perplexa.
Balancei minha cabeça tentando esquecer e voltei ao objetivo, lanche.
-Vou pegar uns lachinhos para a gente, posso até servir alguns as meninas, o que acha?- pergunto.
-Miaaaau- ri um pouco e fui a cozinha.
Soltei Trixx e peguei um pote onde coloquei um pouco de leite, quando me virei trixx estava passando a patinha em um pote de cookies.
-Ei! Como vc sabe que ela gosta de cookies?- perguntei animada
-Miaaaaaau- miou a gatinha, ri um pouco e peguei a bandeija onde estava o lache delas.
-Eu vou la ok,-me agaixei-  e você lindinha- disse esfregando sua pequena cabeça- fique aqui e não faça bobeiras ta legal?!.
Me levantei e fui ao meu quarto.
Abri um pouco a porta e ouvi parte da conversa
-Por favor, por favor tikki! Eu preciso do livro- disse Bianca
-Não está mais comigo- disse calmamente.
Bianca chegou mais perto de tikki, desta vez, com um olhar de desprezo.
-Olha tikki minha- olhou para os lados para verificar se tinha alguém as vigiando, o que foi um fracasso, enconstei mais um pouco a porta, quando seu olhar passou despercebido continuei a ouvir a conversa.
-.......- falou num tom mais baixo, um tom tão baixo que não consegui ouvir.- está em jogo!- continuou- então, ou você me ajuda ou....-Ela se aproximou mais e mais da tikki, tikki recuou, esta aparentava tranquilidade.
Abri mais a porta
-Oi gente, trouxe um lanchinho!- Bianca parou de andar e  virou-se para mim, esta deu um enorme susto. Ela ia agredir a tikki? Como ela ousa!
-Desculpa intrometer-me na sua conversa- Argh! Minha vontade era de pular na cara dessa........Argh!- mas eu trouxe alguns coisinhas para lancharmos!- falei tentando desfarçar minha raiva, ainda bem que eu fazia teatro, senão ela teria desconfiado.
-ahm, não vai dar mari, marquei com....-ela parecia procurar a palavra certa- a Alya!
-A alya?- uma onda de ciúmes invadiu meu corpo, porquê essa......Pessoa sairia com a Alya?- o que vcs vão fazer?- dei um sorriso animado pra disfarçar meus ciúmes.
-Ah, sei lá, marcamos de ir numa sorveteria- Sorveteria? SORVETERIA?! Vou agora falar com a aly.......perai, e se ela estiver mentindo?
-Que engraçado, a alya não me falou nada - Agora eu te  pego palhaça!
-Na verdade não é nada de mais e....- eu a interrompi
-Então eu posso ir?- falei e vi sua espressão se tornar medo, ela estava escondendo algo.
-hummmmm, ta ok!- falou como se tivesse tido uma grande ideia.
-Ótimo!- Sorri animada com um tom de seriedade.
-Vamos?- perguntou com um olhar animado e cofiante, como se estivesse com um plano em mente, o que me fez estranhar tal ato.
-Claro- perguntei não mais animada, agora um pouco mais normal.
Peguei minha bolsa onde estavam meu celular, tikki e alguns biscoitos para caso de alguma emergência.
Eu e Bianca caminhamos até a Sorveteria que elas haviam marcado, mas não direcionamos nem uma palavra, nem um olhar, ou siquer um gesto.
Ao chegarmos na sorveteria alya acenou para nós, indicando a mesa que deveriamos sentar.
Bianca e eu nos aproximamos da mesa onde se encontrava alya, junto a ela se encontrava alguns folhetos de desaparecidos, não havia entendido o que estava acontecendo.
Bianca e eu nos sentamos.
-Eae meninas, como vão?- perguntou alya.
-Bem!- respondemos eu e Bianca em coro.
-Alya?- perguntei
-Que?- falou mexendo nos folhetos
-De quem exatamente você ta procurando?- falei olhando os folhetos.
-Ah, isso, é que meu gato fugiu, o nome dele é trixx e....- eu a interrompi.
-Trixx? Mais é o gato que apareceu mais cedo em casa- falei mostrando uma foto que eu havia enviado a minha mãe pedindo, ou melhor, implorando pra que eu ficasse com ele, um pedido que foi obviamente negado pelo fato de meu pai ser alérgico a pelo.
-Ah você o achou!- disse me abraçando- você Mari- me abraçou mais forte dessa vez- é a melhor pessoa que alguem pode considerar uma amiga.
-Hey, mais o que tem de tão especial nesse gato, vc mesma disse que nunca gostou deles- falou Bianca.
-Ah! É que assim.....o Nino me pediu pra tomar conta do gato dele e.....enquanto eu atualizava o ladyblog ele meio que....- Alya deu uma pequena pausa
-Fugiu?- eu e Bianca dissemos rindo.
Nossa risada parecisa ser contagiosa, quanto mais riamos mais dava vontade de rir, o que acabou pegando a alya também.
Depois que terminamos de rir um silêncio contagiou a região, então, pra quebrar o clima, eu finalmente  falei.
-Então, vão querer sorvete de que?- falei mesmo ja sabendo a resposta.
Elas olharam entre si e depois olharam para mim, como se estivéssemos nos comunicando mentalmente.
-Morango!- dissemos em conjunto (Arhg! Odeio morango/Lilly: eu gosto)
-Kkk, tudo bem, vou la pedir nossos sorvetes- disse levantando da cadeira.
Me aproximei do caixa e fiz nossos pedidos.
Ao olhar pra trás vejo alya e Bianca conversando sobre algo que me deixou curiosa.
-Hey garota!- sai do transe e olhei para o senhor que eu havia dado nossos pedidos.
-Ah! Obrigada- disse pegando-os e o levando para a mesa.
Quando eu cheguei as duas automaticamente pararam de conversar e olharam para os sorvetes em minhas mãos.
-Finalmente!- disse alya pegando a colher e enfiando-a no sorvete com gosto.
Bianca e eu olhamos aquela faminta comer com orgulho aquele sorvete.
Eu e bianca nos olhamos, não aguentamos e rimos da morena toda suja de sorvete.
-O que foi?- disse parando de comer o sorvete - eu não almocei sabia?
-kkkk, ta ta, ae, do que vcs tanto conversavam enquanto eu estava pedindo o sorvete? - disse enfiando a colher no sorvete.
As duas se olharam preocupadas.
Eu estranhei tal ato, nos somos amigas, amigas não escondem coisas, o que elas teriam de tão grande, maior que nossa amizade para que não pudessem me contar?
                  Continua


Notas Finais


Cabô!
Só sábado que vem agora.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...