História Miraculous : Amour Rouge - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alix Kubdel, Alya, André Bourgeois, Chloé Bourgeois, Gabriel Agreste, Hawk Moth, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Mylène Haprèle, Nathalie Sancoeur, Nathanaël, Nino, Plagg, Sabine Cheng, Sabrina, Tikki, Tom Dupain
Tags Miraculous
Exibições 82
Palavras 505
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 5 - Sem querer te dizer, eu sou uma vampira....


Marinete e Adrien não estavam bem ali, Adrien pensava em seu vacilo, desperdiçando  a bondade e o amor da amiga... Já marinete ficava pensando no seu segredo, será que ela contaria a Adrien? Eles chegaram à padaria, quando marinete tirou da sua bolsa a chave a derrubou ela foi pegar, mas o nosso cavaleiro foi a ajuda-la, os dois quando se levantaram ficaram parados um olhando nos olhos dos outros aqueles azuis-oceanos e aqueles verdes - esmeralda estava quase encontrando, até marinete interromper, ela não podia se apaixonar naquele tempo, era muito arriscado, as presas podiam nascer naquele segundo. Já Adrien queria ver aquele par de olhos novamente, sorrindo para ela, ele ficava feliz com ela. Enquanto ele entrava marinete abria o forno para ver se encontrava algum petisco, enquanto eles conversavam, infelizmente não tinha nada.

-Adrien não tem comida para nos comermos, se quiser eu posso fazer o almoço...?- ela disse para Adrien um pouco tímida.

-eu te ajudo não tem problema.

Marinete resolveu fazer uma Lasanha, era uma comida especial, aproveitando que tinha um convidado, eles ficaram se divertindo... Adrien se divertia, ele não se divertia á muitos anos atrás... Ele ficava olhando para ela de cabeça abaixa pensando sobre a tragédia que aconteceu naquele dia, quando seus pais morreram... Enquanto marinete colocava a lasanha no forno. Ela via que Adrien não estava bem mesmo:

-Adrien enquanto esperamos me fale o que aconteceu- disse ela pegando nas mãos do amigo

-ah sim, bom você é a única, a saber, disso, quando eu era criança meus pais morreram, me deixando com seu amigo de trabalho, mas infelizmente ele me manda fazer muitas coisas, coisas que faço só para agradar ele. – ele falou isso com firmeza, lagrimas caiam dos seus olhos.

-Tente conversar com ele, o papel dele não é mandar, é aconselhar...

-Adrien ficou feliz, sabia que ela entendia a perguntando uma coisa: - e você tem algum problema?

-olha Adrien, como você é meu amigo, eu quero que entenda, não fique com medo, não conte para ninguém, quando eu era pequena minha mãe e meu irmão na sua barriga morreram com uma bomba aqui na cidade, fui puxada por alguém me mordendo no pescoço três vezes, ficou marcado e doendo , virei uma vampira infelizmente- cada palavra era uma gota do choro. Adrien ficou assustado, não muito, ele ficou meio envergonhado com a palavra que ela quis dizer, era só amigos?

Ele entendeu acariciando seus cabelos, ela se acalmou , acariciando o seu rosto. Assim dando lhe um beijo um no outro, os lábios de marinete eram carnudos e á sabor a morango, eles se separam, um corando com o outro.

A comida estava pronta, eles comeram principalmente Adrien que elogiou que era a melhor comida que ele tinha provado. Eles conversavam, até adrien ir embora, era de n

Noite e marinete estava na sua caça de sangue, tomando o sangue de uma vaca.

Ela dormiu mesmo ali, estava muito cansada.

já adrien pensava no beijo com a amiga, ele sentia alguma coisa?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...