História Miraculous-As terriveis aventuras de hawkmoth - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Personagens Originais
Tags Hawkmoth
Visualizações 7
Palavras 1.518
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Luta, Magia, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 25 - Nightmare se apresenta a familia Agreste...


Clarinha esta dormindo com seu ursinho de pelúcia branco...que de repente ficou preto...Gabriel vai até o quarto dela como de costume e a cobre, e vê o ursinho de pelúcia que o encarava com os olhos todo preto, mas não se lembrava de comprar 1 ursinho preto, mas pensou ser uma ilusão de óptica...pois ele mexia com magia dos miraculous e poderia estar ficando louco.

Nightmare estava muito fraco e não conseguia se materializar...estando preso na dimensão dos mortos, o único lugar onde lady_akuma tinha pavor de ir, só foi lá uma unica vez a anos atras junto com Enard que estava morto...ou seja...agora ele fazia parte do mundo dos mortos também.

Bianca acordou e percebeu que se lembrava de tudo...e estranhou:

-Oque será que aconteceu?

Foi ver Clarinha e Gabriel tinha acabado de sair de lá...ela entrou e por mexer com magia e portais dimensionais e já esteve no mundo dos mortos, viu que o ursinho branco da Clarinha estava preto porque estava possuído.

Bianca acorda Clarinha e diz para vir tomar cafe da manha...enquanto isso Gabriel se arrumava para ir trabalhar...pois a dias não pisava em sua empresa...tinha que ver como estava.

Gabriel grita da porta:

-Bom dia para todo mundo aí...estou indo ver a empresa...volto logo amo vocês todos.

Clarinha corre ate a saída e abraça seu pai e da 1 beijinho na bochecha e diz:

-Boa sorte papai, e bom trabalho, trabalhe bem e traga um lanchinho pra mim ta?

Gabriel:

-Mas é claro minha queridinha.

Gabriel sai pela porta e vai embora...Clacinha e Bianca vão até a cozinha e pra surpresa da Bianca...o ursinho preto estava lá jogado na cadeira, o mesmo ursinho que estava na cama de Clarinha, agora estava na cozinha na cadeira da mesa...Clara se aproxima do ursinho preto e o pega, abraça ele e o ponha em seu colo, logo entra na cozinha Tyler, dizendo:

-Com licença...estou com fome também...posso comer?

Bianca:

-Mas e claro que pode.

Então todos começam a lanchar...mas Bianca não tira o olho do ursinho possuído...logo que terminam de lanchar, Clarinha deixa o ursinho na sua cadeira e vai lavar as mãos...Bianca a acompanha e diz:

-Que tal irmos tomar um sorvete, só eu,você e o tyler?

Tyler:

-Eu amo sorvetes...meu preferido é de flocos com cobertura de chocolate branco.

Clarinha:

-Eu gosto do de Morango com cobertura de leite condensado.

Bianca:

-Então vou pegar de chocolate branco com cobertura de chocolate preto.

Quando estavam saindo pela porta da frente, de novo o ursinho estava lá, jogado no chão bem enfrente a porta, estranhou um morto que possuiu um brinquedo ser tão rápido a ponto de passar por elas e nenhuma delas ver.

Clarinha percebe que Nightmare quer ir junto, então pega o ursinho e leva pra sorveteria também...lá chegando,  todos pegam seu sorvete, mas quando chegou a vez de clarinha pegar, algo aconteceu, ela pega o sorvete e vai ao caminho da mesa, mas tropeça e cai, seu sorvete e seu ursinho também, oque Bianca não esperava é que a Clarinha ralou o joelho e levantou sem sentir dor alguma, ela percebe que o joelho do ursinho estava ralado, bem gasto, coisa que não estava a minutos atras...e seu sorvete estava caído na barriga do ursinho, nada foi perdido.

Bianca pergunta sobre o ursinho preto:

-Clarinha...não vai me apresentar seu amigo?

Clarinha:

-Que amigo?

Bianca:

-O ursinho preto que esta sempre com você.

Clarinha:

-Você consegue vê-lo?

Bianca:

-Mas é claro que consigo vê-lo...Eu Sou a lady_akuma...abro e fecho portais sabia? eu já fui ao mundo dos mortos...é horrivel lá...e isto que esta segurando é um demônio dos bem fortes, não vai me apresentar ele?

Tyler:

-Você o tinha visto desde o inicio de hoje?

Bianca:

-Sim, desde que acordei vocês!

Clarinha:

-Ok! ele é o pesadelo, mais conhecido como nightmare.

Bianca ouve uma voz grossa de demônio em sua cabeça que diz:

-Eu sou o demônio Nightmare...o demônio responsável por trazer a tona o seu pior pesadelo.

Então todos terminam de tomar seus sorvetes e vão para casa pois sairam a tempos já...e ficaram o dia inteiro tomando sorvete, Gabriel já estava em casa e o pessoal chega.

Natalie:

-Ola crianças...olá madame...sejam bem vindas...

Bianca:

-Anda meia sumida Natalie...onde esteve?

Natalie:

-Cuidando da empresa do Sr. Agreste...as tarefas da empresa por eu ser a secretaria dele, cai tudo sobre mim e eu tenho que resolver tudo sozinha...me desculpe não estar presente aqui na mansão para ajudar vocês...prometo ser mais pontual.

Bianca:

-Tudo bem.

Natalie vê o urso negro olhando para ela e se assusta e diz:

-Por acaso este ursinho estava olhando para mim?

Clarinha:

-Claro que não...é só 1 ursinho de pelúcia simples...como um simples ursinho poderia olhar  pra alguem...não seja boba...culpando meu brinquedo por seus sustos...que feio.

Natalie:

-Sim...tem razão...acho que estou ficando doida.

Clarinha vai para seu quarto que sempre esta escuro e com as cortina sempre fechadas...ponha o ursinho na cama e começa a conversar com ele...

Tyler entra no quarto escuro e diz:

-Clara...como esta o Nightmare? ele está bem?

Clarinha:

-Sim ele esta bem, mas esta muito fraco, tem 2 métodos dele recuperar a força...o primeiro é absorvendo energia vital de uma pessoa...com isso a matando, e a segunda e se nós fossemos para o mundo dos mortos e encontrasse ele lá...e troussecemos  ele pessoalmente ate o quarto...mas lembra q mamãe disse que lá e a pior dimensão que existe...é onde seus piores pesadelos estão enterrados...

Tyler:

-Que medo...mas pelo meu amigo iremos até lá...principalmente agora que posso queimar tudo que eu quiser...eu sou um menino-dragão agora lembra? não preciso ter medo de nada...o medo tem que ter medo de mim...hahaha.

Clarinha:

-Você não está se achando demais com este miraculous?

Tyler olha para clarinha e sai do quarto...indo para seu quarto...e todos vão dormir...

Clarinha ainda pensava:

*Tenho que dar 1 jeito de roubar o miraculous do poder e o miraculous dimensional para poder abrir a dimensão dos mortos...a não ser que no livro de minha mãe tenha algum feitiço de regeneração.*

Nightmare mesmo fraco ficou sempre protegendo Clarinha...não podia andar nem acompanhar ela mas podia se teleportar...com o pouco poder que lhe restava, Clarinha dormiu e Nightmare ficou de guarda...claro que se aparecesse algum outro demônio, nightmare teria que dar tudo de sí para proteger Clarinha e Tyler...mesmo q isso resultasse em mais perda de energia...que no ato ele deveria poupar para poder voltar ao mundo dos vivos...

E o pior aconteceu...O demonîo Devorador de almas apareceu...um ser muito antigo e poderoso...com um tamanho colossal...medindo mais de 4 metros de altura e ainda andando de quatro...seu rosto era tão feio que nem mesmo o pior dos pesadelos podia assustar mais que o rosto deste demônio...Nightmare viu o ser chegar pelos Pés de Clarinha e começando a devorar ela viva mesmo.

Nightmare estava fraco, não conseguia lutar, não conseguia quase falar...então cantou a cancão suprema da salvacão, e a canção não dava certo se o pensamento fosse para maldade, este poder funcionava apenas para o bem e para salvar:

-Antigos sábios do universo venham todos até mim, protejam meus amigos do mal, cuja sina fatal é o fim...reúnam forças...reúnam forças sábios...reúnam forças sobre mim, para que eu possa proteger...dóse mou ti dýnami...dóse mou ti dýnami...

De repente toda sua força volta a tona e volta com 100x mais força que o normal...ficando tão poderoso quanto o rei dos Demônios...

Nightmare sai do ursinho...tomando a forma do poderoso rei dos demônios...e diz:

-Seu verme...oque esta fazendo com esta criança indefesa? Eu pensei q você fosse poderoso o suficiente pra atacar adultos mas vejo que você é um covarde seu verme...não sei como eu pude criar um ser inútil como você.

Devorador de almas:

-Mas...Chefe? fora do trono? isso não é legal...tem algo errado aqui...o senhor nunca sai do trono por nada...porque esta aqui meu senhor.

Nightmare disfarçado:

-Eu resolvi ver se você esta trabalhando direito...e vejo q te criei forte mas você é um covarde que mata pessoas enquanto ela dorme...

Nightmare pega com sua garra gigante o pescoço do Devorador e o joga contra a parede...Devorador sente que é forte demais para lutar contra mas também sente que ele é um impostor...pois o rei nunca sai do trono e nunca atacaria seus soldados...sem dizer que o rei poderia explodir o Devorador apenas tocando nele...

Devorador de almas:

-Vou me retirar por enquanto...mas eu voltarei, não pense que eu não percebi que você é o demonîo traidor de sua própria espécie...Nightmare...seu poder é se transformar no que a pessoa tem mais medo...reconheço sua força e não posso contra você...mas na próxima eu não virei sozinho...trarei o meu exercito junto e irei te derrotar...

Devorador de almas vai embora e bem na hora o efeito da habilidade do livro se esvai e nightmare volta a ficar fraco novamente...voltando pra dentro do ursinho.

Nightmare:

-Minha Criança, mesmo que eu realmente morra...irei te proteger com todo o meu ser...nunca tive amigos...e não quero perder vocês que me acolheram tão bem.

Nightmare adormece, estava cansado demais para continuar acordado, se viesse mais alguma horda de demônios...ele provavelmente morreria protegendo seus amigos.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...