História Miraculous: Civil War II - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alya, Chloé Bourgeois, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Nino, Personagens Originais, Plagg, Tikki
Tags Adrinette, Chat Noir, Civil War, Ladrien, Ladybug, Ladynoir, Marichat, Miraculous, Peacock, Queen Bee, Tortue, Volpina
Exibições 186
Palavras 1.108
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Famí­lia, Fantasia, Magia, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Não deu tempo de revisar de novo, desculpem qualquer erro :p
Boa Leitura!!!

Capítulo 17 - Out Of The Cocoon


Fanfic / Fanfiction Miraculous: Civil War II - Capítulo 17 - Out Of The Cocoon

— Não é loucura, confie na gente. – Alya tentava convencer o garoto.

— É, a Ladybug nos mandou aqui pessoalmente para te entregar o Miraculous. – foi a vez de Alpha falar.

— Então, o que me diz?

— Eu adoraria ajudar, mas creio que não serei muito útil. – Ali se pronunciou - Fico preso o dia todo aqui quando não estou no meu país.

— Você pode sair quando quiser se tiver o Miraculous. Nós só precisamos de ajuda e qualquer uma é bem-vinda. Precisamos de alguém confiável para repassar o Miraculous.

— Eu... – o leque de Peacock tocou e a mesma o pegou rapidamente, se deparando com Tortue correndo enquanto olhava para a tela.

— Só um segundo. – pediu ao príncipe – O que foi?

— Ladybug e Chat Noir estão com problemas.

— Como assim?

— Recebi uma mensagem confusa do Chat. Ou eles estão com problemas ou ele sentou em cima do bastão sem querer. De novo. Mas como eles não respondem, acho que a primeira opção é a mais provável.

— Certo, você avisou as outras?

— Sim, estamos indo nos encontrar com elas perto da prefeitura. Onde vocês estão? – Alya encarou o príncipe, como se implorasse por ajuda com os olhos.

— Nos esperem aí que já estamos indo. – desligou e voltou sua atenção para Ali. – E aí o que nos diz? – ele baixou a cabeça.

— Desculpe.

*

— E agora, o que vamos fazer? Não podemos ficar aqui parados. – Ladybug cochichou. Os vigilantes que tinham os trancado na sala, estavam do lado de fora da porta cuidando caso os dois tentassem fugir.

— Eu poderia quebrar essa parede com o Cataclysm, mas chamaria muita atenção.

— E as janelas estão trancadas também. O jeito é sair pela porta da frente.

— E como pretende fazer isso sem sermos vistos por aqueles dois que estão na ali fora?

— Não falei nada sobre não sermos vistos por eles. – ela sorriu de canto e ele entendeu. - Vamos precisar de um bom trabalho de equipe agora. Você confia em mim? – Chat Noir assentiu.

— E você, confia em mim?

— Sempre. – o felino sorriu e se posicionou atrás da porta com a mão na fechadura.

— Primeiro as damas. – abriu a porta e ficou atrás dela. Ladybug puxou para dentro um dos vigilantes que ia entrar e Chat Noir acertou a porta no outro. Em seguida o puxando para dentro também.

Não demorou muito para que os heróis conseguissem deixar os dois caídos no chão. E em seguida saíram da sala.

— Acha que devemos resgatar o prefeito agora?

— Melhor esperarmos para fazer isso com toda a equipe.

— Certo, vamos lá!

— Eles saíram, vamos lá! – um dos vigilantes avistou os dois e gritou.

— Hora de ir! – Chat Noir segurou Ladybug pela cintura e estendeu seu bastão até que os dois alcançassem o telhado.

— Vamos! – os dois saíram correndo sobre os prédios sem nem olharem para trás. – Queen Bee, onde vocês estão?

— Calma aí, vocês não estavam com problemas?

— Estávamos, mas demos um jeito. Precisamos nos encontrar com a equipe toda, onde vocês estão?

— Vou mandar o endereço, estamos todos reunidos aqui.

— Certo. – Ladybug fechou o ioiô depois que viu o endereço e os dois foram até lá.

— E aí, o que descobriram?              

— Eles estão no Colégio Françoise Dupont. Batwing não é o líder, mas sim eles estão com o prefeito e estão fazendo um exército para tomar Paris. – a joaninha explicou. – Vamos precisar de toda a ajuda possível e quem são esses... – franziu a testa. Só agora havia notado que tinham mais pessoas trajadas junto com os outros.

— Novos recrutas que achamos por aí enquanto procurávamos informações. – Tortue respondeu.

— Então... Hã... sejam bem-vindos. – Chat Noir falou. – Estão cientes do que estamos prestes a enfrentar, não é? – eles assentiram. Logo um por um se apresentou.

— Conseguiram que o novo Hawk Moth viesse?

— Bem...

— Peacock me explicou algumas coisas, mas acho que vou precisar de mais ajuda para entender os poderes. – Ali surgiu de trás dos heróis.

— Que bom que veio. – Ladybug e Chat Noir o cumprimentaram.

— Bem, agradeço por me darem essa chance.

— É, no começo ele estava relutante, mas conseguimos convencê-lo.

— Sim, mas eu preciso voltar antes que meu segurança note a minha ausência. – eles riram.

— Então, agora precisamos de um plano. – disse o loiro – My lady, é com você. – ambos ficaram sem graça ao perceberem que Chat Noir havia chamado a azulada de “my lady” sem querer.

— Acho que sei o que vamos fazer. – a joaninha começou – Nossas prioridades são resgatar o prefeito, identificar o líder deles e conter a invasão.

— E como exatamente vamos fazer isso?

— Acredito que não vamos conseguir se não alertarmos os policiais e pedir para que montem um perímetro de distância seguro. – disse Ladybug.

— O problema é saber onde vai começar o ataque dos vigilantes.

— Meu palpite é que ou eles vão ir até a prefeitura, ou vão até a Torre Eiffel, são os dois pontos mais importantes de Paris.

— No entanto não dá pra simplesmente jogar uma moeda e escolher um dos lugares, então o que vamos fazer? – Volpina questionou. Todos os presentes estavam sem nenhuma ideia de como poderiam impedir um ataque de grandes proporções, ainda mais que não sabiam nem o local que seria o primeiro alvo.

— Já sei. – Marinette estalou os dedos após o silêncio, assustando a equipe – Desculpe. – encolheu os ombros – Enfim, se não sabemos para onde eles vão ir, podemos levá-los ao local que quisermos.

— Ou seja, atrair eles para uma armadilha. – concluiu Chat Noir – Boa!

— Faremos o seguinte. Volpina e Peacock vão falar com os policiais. Eu e Chat Noir vamos trazê-los até aqui e o resto vai ficar distribuído ao redor da Torre Eiffel, reforçando o perímetro.

— Não acha melhor perguntar se todos concordam com sua decisão de usar a Torre Eiffel? – Adrien questionou, recebendo um olhar descrente de Marinette.

— No momento qualquer sugestão é válida, por acaso alguém tem uma melhor? – ninguém se manifestou – Ótimo! Então usaremos essa.

— Então, vamos lá. – Chat Noir pontuou – Queen Bee e Tortue cuidem da distribuição do pessoal e ajudem Hawk Moth com os novos poderes. – a equipe se distribuiu e a dupla se deslocou até as proximidades da escola.

— Olha, eles estão saindo. – Ladybug abriu o ioiô e ligou para Peaocock.

— Os policiais já estão a caminho. – Alya confirmou.

— Certo, eles já estão saindo, vamos chegar aí em breve. – ela assentiu e por fim Marinette fechou o ioiô.

— Tortue mandou mensagem dizendo que já estão posicionados.

— Bem, agora é com a gente. – respirou fundo.

— O que vamos fazer exatamente?

— Eu não sei, acho que vai ter que ser no improviso. – Ladybug ficou de pé e estendeu a mão. – Preparado para mais uma luta? – o loiro pegou a mão dela e levantou.

— Como você mesma disse, sempre.

 

 


Notas Finais


Com o capítulo 18 sai a data de estreia da nova fic e o pôster dela também no meu twitter > @theladycatt
Espero que tenham gostado <3 Kittykisses xx


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...