História Miraculous: tudo invertido - Capítulo 11


Escrita por: ~ e ~priscila321

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alix Kubdel, Alya, André Bourgeois, Chloé Bourgeois, Félix, Gabriel Agreste, Hawk Moth, Jalil Kubdel, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Mylène Haprèle, Nathalie Sancoeur, Nathanaël, Nino, Personagens Originais, Plagg, Sabine Cheng, Sabrina, Tikki, Tom Dupain
Tags Miraculous
Exibições 98
Palavras 1.603
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Escolar, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


DEPOIS DE 4 DIAZ ESSE SER DE LUZ VOLTA PARA CONTINUAR SUA FIC!!!
gente Mals aí, o problema foi que nos fins de semana eu não vou escrever pois tem grandes chances de eu viajar para a casa do meu avô e lá naum tem Internet.
E ontem eu não escrevi pela mais pura e verdadeira preguiça
Mas hoje 6 gosta do cap bjins

Capítulo 11 - O fim


Fanfic / Fanfiction Miraculous: tudo invertido - Capítulo 11 - O fim

P.O.V.S ADREAN 

Nós estávamos abraçados de baixo da a torre eifel(lu:eh assim que escreve?; An: ñ... sei....) estava tudo lindo, dia maravilhoso (chat: fora a parte em que eu tentei me suicidar :/) e principalmente sem o Raposo chato por perto!

:my Lady?

:sim chat?

:você e o volpino estão juntos?

Ela parou, me olhou e suspirou(an: da pra fazer até música com isso!; chat: não corta meu barato...) 

:sim chat... nós  estamos juntos...

:sabia... -falei sentindo meu coração quebrar em milhoes de pedaços- porque ele?

:chat... não é uma questão de escolha, nossos corações escolhem apenas aqueles quem amamos...

: entendi....-falei sentindo meu rosto molhar- só queria ser o escolhido...

Nós ficamos lá abraçados, imóveis por um bom tempo, até que os brincos de my... digo... Da Ladybug apitaram  

: eu preciso ir chat...

: tudo bem... adeus ladybug!- falei e dei um beijinho na... ( An: SUSPENSE......) sua testa 

: adeus gatinho preto!-falou, lançou seu ioiô e foi embora.

Eu peguei meu bastão e seguir rumo a minha casa, cheguei lá entrei pela janela e desfiz a transformação 

:eu não acredito...- gelei ao ouvir alguém falar atrás de mim

:NATAHLIE?!?!?! (P.s. eu estava escrevendo o nome dela errado o tempo inteiro... perdão!)

:Adrean oque você está pensando? e oque é esse rato preto no seu ombro?

: ofendeu heim? Eu não sou um rato!  Adrean eu tô com fome cadê o meu queijo?

: calma Plagg! temos que resolver outra coisa antes do seu queijo! -falei e ele fez cara emburrada - Natahlie! você não pode contar isso para ninguém! nem para o meu pai, nem para o prefeito, nem pra ninguém!

:mas... Adrean.... se seu pai perceber que eu estou mentindo eu serei despedida!

:darei um geito para que isso não aconteça!- falei sorrindo na esperança de passar confiança 

: está tudo bem... eu acho...

: OBRIGADA!- falei a abraçando e ela me abraçou de volta 

: ei coisinha-falou ela se referindo a Plagg- você disse que queria queijo? qual deles você prefere?

:CAMBERT!!!-falou ele sorrindo- você pode me trazer um pouco? estou com muita fome!

: Plagg! você está sempre "com muita fome!"- falei imitando a voz do Plagg 

: a minha voz não é assim- falou cruzando os bracinhos 

: eu vou trazer um pedação de Cambert pra você!- falou Natahlie fazendo carinho na cabeça de Plagg que começou a ronronar

: ta aí uma Sena que eu  pensei que iria ver!- falei fazendo Natahlie rir, e então ela desceu para a cozinha indo buscar o queijo de Plagg

P.O.V.S NATANAEL 

Eu e Marih acordamos pela manhã com a belíssima noticia de que iriam prender o meu padrasto 

:Nath!!! seu padrasto vai ser preso- falou-Marih me balançando para me acordar, ela estava tão animada quanto uma criança na manhã de natal

: eu não creio no que está diante de meus olhos!-falei me levantando e abrandou a Marih- finalmente estou livre daquele monstro! e tudo graças a você! - falei passando a mão em seu rosto- obrigada por tudo Marih!- falei e nos beijamos

: não fui só eu raposinho, se você não tomasse iniciativa de fugir de lá e criasse coragem para vir aqui, mostrar sua identidade e denunciar ele... nada disso estaria acontecendo! 

: verdade mas eu teria algum lugar para ficar se não fosse você?

: você venceu essa! vem! vamos tomar o café da manhã!-falou ela me puxando para a cozinha

: bom dia senhor Dupon! bom dia senhora Chang!

:bom dia Natanael!-falaram em uníssono 

: olá papai!- falou Marih cumprimentando o pai (An: ela já tinha visto a mãe dela!por isso ela sabe que o pai do Nath está para ser preso)- eu vou colocar o café para mim e para o Nath!

: Marih... eu acho que consigo me servir sozinho...

: senta! deixa que eu coloco o café para você! 

: mas eu...

: psiu!

: okay então...- Marih colocou dois copos com leite e dois croissants para nós comermos, depois do café eu pensei em ir lá em casa para pegar umas roupas obra mim pista não posso usar as roupas do pai da Marih para sempre! Marih e o pai dela pegaram no pé dizendo que iriam juntos a mim, eu não quero que eles venham comigo! tenho medo que se machuquem!

Ao chegarmos vimos vários carros da polícia cercando minha casa e meu padrasto saindo de lá com as mãos algemadas

: ME SOLTEM! VOCÊS NÃO TEM O DIREITO DE FAZER ISSO!- gritou ele enfurecido até que ele percebeu minha presença, ele se soltou dos policiais e veio com toda a velocidade em minha direção, antes que eu pudesse fazer qualquer coisa ele me acertou com um soco no rosto me fazendo cair no chão - VOCÊ FEZ ISSO NÃO FOI? VOCÊ VAI ME PAGAR CARO! VOU TIRAR DE VOCÊ A COISA MAIS VALIOSA!!!- falou ele com o sorriso mais psicopata que eu já vi! a Marih e o pai dela se assustaram, me ajudaram a levantar e me levaram para longe 

:Nath seu rosto está sangrando!- falou Marih assustada olhando para minha boca enquanto eu cuspia sangue

: minha boca!- eu mal consegui falar isso direito- está ardendo!

:acho melhor comprar amos roupas novas ao invés de pegar suas antigas!

:você tem razão! minha mãe é  muito baba-ovo desse Panaca!- falei e o senhor Dupon me entregou um lenço de papel, eu o coloque contra minha boca e em pouco tempo ele já estava todo sujo de sangue!( an: não imagina! tava todo sujo de óleo!) nós fomos ao shopping para eu comprar as roupas novas! eu comprei um gorro preto, ( estyle nomegusta)uma camiseta roxa, uma casa jeans, um casaco preto de couro e um all star preto.

: Nath... v-você está l-lindo...

: oi?!?!- pude ver a irritação do senhor Dupon só na voz!

: PAI!!! não vai dar piti agora né? 

: não prometo nada- Marih apenas revirou os olhos

: então Nath?  vai ser essa roupa mesmo?

:sim! deixa eu pegar o dinheiro falei colocando a mão no bolso da minha jaqueta e pegando o dinheiro

: de jeito nenhum! eu vou pagar!- falou o pai da Marih pegando seu dinheiro 

: mas senhor! não precisa! 

: eu insisto!- falou entregando o dinheiro

: obrigado!-falei agradecendo ao pai da Marih. 

:Não ah de que!- fomos para casa e como já era tarde tomei banho,vesti o pijama,( que eu também tinha comprado ) escovei os dentes e fui dormir. eu estava tendo um sonho maravilhoso eu e Marih juntos de mãos dadas juntos em uma casa só nossa olhando o por do sol, até que eu virei e vi que a Marih não estava mais do meu lado, eu procurei em toda parte até que achei ela morta perto da minha antiga casa com o meu padrasto sujo de sangue com uma faça na mão 

" eu disse que iria tirar de você o mais precioso!"

"MARIH!!!"-falei chorando muito

" agora é a sua vez!"- falou erguendo a faça em minha direção 

"NÃO!"

Eu acordei assustado suando, com a Marih me olhando assustada

:NATH! tá tudo bem?

: huh? ah! sim! tá,  tá tudo bem!

: não parece! oque aconteceu?

: nada! Pode relaxar! foi só um pesadelo!

: tem certeza?

: tenho, tenho sim! vamos dormir estou com sono!- falei tentando pular o assunto 

: okay então... bora noite  raposinho!- falou e me deu um selinho

: boa noite joaninha! - falei e ela se deitou com a cabeça em meu braço e colocou o braço sobre meu peito e pude ver que ela não tira essa pulseira( a q eu dei pra ela no primeiro cap:/) nem mesmo pra dormir! que fofa. no outro dia fomos a escola, as pessoas ficaram me olhando de maneira estranha talvez pelas minhas roupas (an: naum kiridu! eh pq tem uma espinha enorme na sua testa;nath: sério?  onde?; an: #facepalm)

Alguma caras estavam me olhando e rindo e as garotas suspirando... eu e a Marih chegamos na sala de mãos dadas, o Nino sorriu e mandou o joinha, a Alya começou a bater palmas baixinho, o Adrean nem ligou para nossa presença, e a Chloé me olhou estranho... (nath:#medo) eu ignorei e fui para o meu lugar e a Marih para o dela, eu fiquei a aula inteira pensando em uma maneira de proteger a Marih do meu padrasto  até que a professora de matemática me chamou atenção 

: NATANAEL!!!

:S-sim professora?

: vou te fazer uma pergunta... (an: fudeu! ; nath: vc n tá ajudando...) quanto eh 40×0 2=?( ela acha que eu sou uma criança?) 

:2!

: oque? 

: 40×0 2! 40×0= 0 2=2

A professora ficou boquiaberta!

:Até que essa tava fácil! 

: então você quer uma difícil?

: porque não? 

: então quanto é:11÷4=?

:é 2,75!

:e... 247÷584?

: o resultado é: 0,4229452!

: muito bem Natanael! vejo que andou estudando!

:na verdade não!

:então como respondeu tudo assim de cabeça?

: antes eu era muito timido e distraído... agora não tenho mais esse problema!-falei e a professora pegou meu caderno e anotou "10" em uma página- valeu professora!--falei sorrindo

Depois da aula eu chamei a Marih pra dar uma volta  no parque... eu tinha algo importante para lhe dizer!!

 :Marih... você sabe que eu te amo muito não sabe?

: sei! É eu também te amo raposinho!- falou e eu senti uma pontada no coração 

: Marih... esse é o problema!- falei e peguei as mãos dela

: c-como assim um problema? 

: Marih depois doque o meu padrasto disse eu fiquei com muito medo de que ele fizesse algo contra você! -falei tocando seu rosto.

: é por sua segurança que eu estou fazendo isso- tirei meu gorro e coloquei nela- Marih... eu quero terminar!- falei chorando

: mas... Nath...

: Marih! eu só faço isso porque te amo! se não fosse por ele eu nunca, nunca faria isso!- falei ela me abraçou e começamos a chorar- adeus Marih- falei dei um beijo nela e fui para a casa de meus tios.


Notas Finais


Gente eu tô aki ca Marih ela tá chorando horrores
Espero q tenham gostado
Eu sei que vcs já estavam esperando por esse cap...
O especial pode demorar um pouquinho mas ele sai ok? Ok!
Kisses de mel 🍯🍯🍯


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...