História Miraculous : Uma nova realidade. - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alix Kubdel, Alya, André Bourgeois, Chloé Bourgeois, Gabriel Agreste, Hawk Moth, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Mylène Haprèle, Nathalie Sancoeur, Nathanaël, Nino, Plagg, Sabine Cheng, Sabrina, Tikki, Tom Dupain
Tags Drama, Ladybug, Miraculous, Romance
Exibições 113
Palavras 1.198
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Suspense, Violência
Avisos: Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi gente espero que gostem e ficou meio pequeno então desculpa aí. Kissus de morango.

Capítulo 15 - O Encontro


Fanfic / Fanfiction Miraculous : Uma nova realidade. - Capítulo 15 - O Encontro


...foi aí que eu avistei o Adrien!
   Corri e me escondi atraz de uma árvore,toquei o fone e me comunique com a Alya. 
    -MARI:Alya?-Sussurrei.
   -ALYA:Que foi?-Sussurrou.
   -MARI:Temos um problema,o Adrien tá aqui.
   -ALYA:O que ele tá fazendo aí? É melhor você ir.
   -MARI:Eu não sei,mas eu dou um jeito não se preocupe.
   -ALYA:Ok,me avisa qualquer coisa.
   -MARI:Tá.
   Olhei pra onde ele estava e o vi de costas pra árvore, saí correndo pra longe me escondendo em outra árvore.
   -TIKKI:Tá tudo bem Mari?
   -MARI:Tá sim,só preciso que o Adrien não me veja.
   -TIKKI:Por que?
   -MARI:Porque ele não pode saber do plano da Alya,e também eu vou ficar toda boba perto dele e não vou conseguir me concentrar.
   -TIKKI:Você tem razão.
   -MARI:Agora se esconde pra ninguém ti ver.
ADRIEN ON:
   Estava andando pelo parque para o Nino ter um pouco de intimidade quando me viro vejo uma garota de cabelos azuis correr e se esconder atrás de uma árvore,ela parecia com a Marinette,será que é ela?E por que tava correndo?Toquei o fone e avisei o Nino.
   -ADRIEN:Nino?
   -NINO:Que foi cara?-Disse sussurrando.
   -ADRIEN:Eu acho que a Marinette tá aqui.
   -NINO:Ela não pode te ver se não...
   -ADRIEN:Eu sei relaxa eu dou um jeito.
   -PLAGG:Quê que tá pegando cara?
  -ADRIEN:Eu acho que a Marinette tá aqui.
   -PLAGG:E qual o problema?
   -ADRIEN:Ela não pode saber do plano do Nino.
   -PLAGG:Olha você não sabe se é realmente ela,e se for é só você a evitar.
   -ADRIEN:Eu sei Plagg,agora se esconde.-Ele entrou no casaco e eu fiquei por lá.
ALYA ON:
   Hoje é o dia, eu e o Nino vamos ter um encontro!Aí eu tô tão nervosa!A Mari vai tá lá o que me deixa mais calma.Coloquei uma blusa longa regata vermelho escuro com sinal branco de wifi,short jeans rasgado,casaco marrom amarrados na cintura,tênis branco,relógio no braço esquerdo,um colar com una pedra marrom e outra vermelha penduradas e o cabelo preso com uma fita vermelha num rabo de cavalo com apenas duas mechas soltas no rosto(PARA TER UMA IDEIA MELHOR DA ROUPA OLHE NA CAPA).Conversei direitinho com a Mari,ela falou que daria umas voltas então fiquei sentada esperando o Nino,quando ela fala no fone:
    -MARI:Alya?-Sussurrou.
   -ALYA:Que foi?-Sussurrei de volta.
   -MARI:Temos um problema,o Adrien tá aqui.
   -ALYA:O que ele tá fazendo aí?É melhor você ir.
   -MARI:Eu não sei,mas eu dou um jeito não se preocupe.
   -ALYA:Ok,me avisa qualquer coisa.
   -MARI:Tá.
   Será que o Nino teve o mesmo plano que eu?Não tive tempo para pensar pois o avistei vindo em minha direção,ele estava meio corado aí ele é tão fofo.
   -NINO:Oi.
   -ALYA:Iaí?Então você disse ter uma surpresa.
   -NINO:Isso aí,me acompanhe.
   Ele estendeu a mão e entreguei a minha.Ele me levou até um campo florido onde havia uma toalha de mesa xadrez,uma cesta de piquenique,pratos e talheres, sucos, frutas, bolos, doces, tudo perfeito. Me virei para ele.
   -NINO:Surpresa! 

-ALYA:Nossa Nino está tudo tão lindo e perfeito!-Nos sentamos, comemos e conversamos.
NINO ON: 
   Eu tinha preparado tudo,o piquenique perfeito para pedir a mão da Alya. Estava indo para o ponto de encontro quando Adrien fala no fone:
   -ADRIEN:Nino?
   -NINO:Que foi cara?-Disse sussurrando.
   -ADRIEN:Eu acho que a Marinette tá aqui.
   -NINO:Ela não pode te ver se não...
   -ADRIEN:Eu sei relaxa eu dou um jeito.
   Segui em frente e avistei a Alya,ela estava simplesmente linda!Coreia um pouco e me aproximei.
   -NINO:Oi.-Disse meio nervoso.
   -ALYA:Iaí?Então você disse ter uma surpresa.-Nossa ela é rápida.
   -NINO:Isso aí,me acompanhe.-A levei até o local do piquenique,ela ficou admirada.
   -NINO:Surpresa!
   -ALYA:Nossa Nino está tudo tão lindo e perfeito!-Nós nos sentamos ficamos conversando e comendo,em pouco tempo vou pedi-la em namoro.
MARINETTE ON:
   Estava muito tempo atrás daquela árvore,olhei de sorrateiro e não vi o Adrien,então saí de lá e fui caminhar.O dia estava tão lindo que não olhei pra frente e caí deitada no chão.
   -?¿?¿:Ei!-Protestou alguém,me sentei e virei,vi uma menina de olhos verdes e cabelo castanhos agachada,ela usava um avental florido,luvas e pá de jardinagem,ela estava olhando para uma muda caída e a terra espalhada.
   -MARINETTE:Aí não!O que eu fiz?Me desculpa eu...eu não vi a plantinha.
   -?¿?¿:Esse é o problema,ninguém vê.-Ela olhou pra mim com raiva e tristeza ao mesmo tempo fez eu me odiar por ser tão desajeitada.
   -MARINETTE:Eu...eu sinto muito mesmo,por favor me deixe te ajudar,meu nome é Marinette mas pode me chamar de Mari.-Estendi a mão para ela que ficou me olhando por um tempo.
   -?¿?¿:Meu nome é Juliana.-Ela apertou minha mão.-Mas pode me chamar de Ju.
   -MARI:Então Ju o que você está fazendo? 
   -JU:Eu estou plantando árvores no parque para ajudar na arborização da cidade.
   -MARI:Nossa que incrível!Posso ajudar? 
   Ela fez se sim com a cabeça e me entregou luvas e um avental.Nós plantamos algumas mudas e regamos flores,Ju era bem legal. O tempo todo foi paciência,me ajudou e explicou dos impactos ambientais com a poluição.O sol estava começando a se por quando Alya me liga.
LIGAÇÃO ON:  
  -MARI:Alô. 
   -ALYA:Aí amiga tá tudo perfeito.
   -MARI:Que bom,mas por que me ligou?
   -ALYA:É que eu acho que o Nino vai me pedir em namoro e eu to meio nervosa.Você pode vir aqui e ficar escondida?Te mandei as coordenadas por mensagem.
   -MARI:Tá chego aí em 15 minutos,Bjss.Ju obrigada por tudo,mas eu preciso ajudar uma amiga.
   -JU:Ah,tudo bem pode ir.-Ela ficou meio triste.
   -MARI:Olha esse é meu número,me liga no próximo plantio que eu venho.-Entreguei um papelzinho com me número e sorri,ela retribuiu então fui embora.
ADRIEN ON:
   Estava sentado no banco e resolvi dar uma volta,me aproximei de uma área com pequenas mudas,então vejo a Marinette e outra garota regando algumas flores e dando gargalhadas,Marinette estava linda mesmo um pouco suja de terra no rosto e na roupa,ela estava tão natural.Eu as observei por um tempo,então Nino me ligou.
   -NINO:Iaí cara,eu vou pedir a mão da Alya,tem como você vim pra cá?
   -ADRIEN:Ok mas,cadê você?
   -NINO:Eu te mando as coordenadas por mensagem.
   -ADRIEN:Tá,chego aí em 15 minutos.
   Saí e fui até o local,me escondi atrás de uma moita e depois de um tempo vejo a Marinette fazer o mesmo.Resolvi me aproximar dela.
   -ADRIEN:Oi.-Ela se virou rápido e caiu pra trás.
   -MARINETTE:Aí.O que?Você me assustou.
   -ADRIEN:Desculpa.-A ajudei a levantar mas assim que a soltei ela mordeu o lábio e caiu de novo.
   -MARINETTE:Aí não.
   -ADRIEN:Você está bem?
   -MARINETTE:Tô,eu só torci o tornozelo direito.
   Ela falou tão calma,mas me senti culpado.
   -ADRIEN:Desculpa Mari.
   -MARI:Tá tudo bem.-Ela se levantou e colocou o pé no chão,fez uma careta e quase caiu mas a segurei.-O-obrigada.
   -ADRIEN:É o mínimo que posso fazer,vem eu te ajudo.
   Coloquei meu braço envolta do seu pescoço e ela fez o mesmo um pouco corada,fomos até um banco e nos sentamos.
   -ADRIEN:Então o que você faz por aqui?
   -MARI:S-só passeando.-Ela sorriu nervosa.-E v-você?
   -ADRIEN:A mesma coisa.Eu não te falei ainda mas,você foi incrível hoje.
   -MARI:Não é pra tanto,mas obrigado.
   -ADRIEN:De onde veio toda aquela inspiração? 
   -MARI:Bem...eu não sei,ela simplesmente veio.-Sorriu tímida.
   -ADRIEN:Então...como vão as aulas de piano? 
   -MARI:Vão bem,me arrisco tocar umas notas.
   -ADRIEN:Eu sei um pouco de piano.
   -MARI:Sério?!Aposto que é melhor do que eu.
   -ADRIEN:Podemos tocar um dia juntos.-Ela assentiu.-Minha mãe tocava tão lindo.
   -MARI:Minha mãe amava piano,ela tocava quando jovem com meu tio na China.-Seu olhar ficou meio triste.
   -ADRIEN:Como está indo com tudo isso?
   -MARI:Adrien posso te fazer um pedido? 
   -ADRIEN:Pode.
   
 


Notas Finais


Comentem aí o que acharam. E OBRIGADO PALA LEITURA.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...