História Mirrors - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, Selena Gomez
Personagens Justin Bieber, Selena Gomez
Tags Criminal, Jelena, Justin, Selena
Exibições 63
Palavras 1.269
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Hentai, Luta, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 16 - Parece que teremos que dividir um quarto


P.O.V. Selena Gomez

Abraço a Ashley pela milésima vez naquela noite e me afasto dela me despedindo do Liam em seguida.

— Toma cuidado e me liga se precisa de algo - ele fala após me abraçar e eu apenas concordo com a cabeça

Me despeço novamente deles e caminho em direção ao carro no qual haviam 2 seguranças e o Charlie que já estava dentro do carro.

Entro no mesmo e fecho a porta vendo um dos seguranças dar partida.

— Pensei que nunca ia sair de lá - Ouço o Charlie falar e Reviro os olhos

Pego meu celular visualizando a tela do mesmo e guardo em seguida focando na estrada vazia e escura.

(...)

O Sol batia contra meu rosto e abro os olhos lentamente me acostumando com a luz do dia, olho pela janela e percebo que acabamos de chegar a Nova York, me Ajeito no banco e passo a mão no cabelo ajeitando o mesmo.

— Iremos esperar essa noite para invadir a casa do Harry e voltamos para Miami hoje mesmo - Falo e os seguranças apenas concordam

— Uau... Já está até dando ordens aos seguranças - o Charlie fala rindo em seguida

— Quem pode, pode - Falo acompanhado de uma risada baixa e logo vejo o carro estacionar no hotel

Saio do carro sentindo o vento bater em meu rosto e o Sol bater em minha cabeça.

Caminho até a entrada do local com os seguranças e o Charlie indo em direção a recepção.

— Bom dia - Falo me apoiando no balcão e vejo a garota desviar a atenção do computador para mim na mesma hora - Gostaria de 3 quartos de solteiro - Falo e ela digita algo no computador se voltando mim em seguida

— Só temos 2 quartos de casais disponível - ela fala me observando e eu me viro olhando para eles

— Tudo bem... Fico com eles - falo e ela logo se abaixa pegando 2 chaves e me entregando em seguida

— Muito Obrigada - Falo dando um breve sorriso e a vejo retribuir

Saio em direção ao elevador e aperto o botão do mesmo.

Me viro entregando uma das chaves ao segurança e olho para o Charlie em seguida.

Parece que teremos que dividir um quarto - Falo balançando a chave em minhas mãos e ele ri baixo

— Era tudo que eu queria - ele fala olhando atentamente para frente

— O que quer dizer com isso? - Pergunto e logo vejo a porta do elevador se abrir fazendo com que algumas pessoas saiam do mesmo

— O que entendeu com isso que eu disse? - ele retruca adentrando o elevador e eu faço o mesmo acompanhada dos seguranças

— Não vale rebater minha pergunta com outra pergunta... Não é justo - Falo cruzando os braços e ele ri da minha atitude

— Qual foi Selena? - ele fala e põe o braço sobre meu ombro - Vai dizer que não vai gostar de passar um tempinho a sós com o bonitão aqui - ele Falo piscando pra mim e eu solto uma risada inasalada

— Vai sonhando - Falo tirando o braço dele de meus ombros e cruzo os braços fitando a parede

Após alguns segundos naquele elevador, vejo a porta se abrir e caminho em direção ao meu quarto.

— O quarto fica pra cá Selena - Ouço a voz do Charlie e o olho

— Não, fica pra cá - Falo apontando para um dos corredores

— Eu aposto que é para cá - ele fala apontando para o lado oposto ao meu

— Vamos para o lado de cá - Falo segurando em seu pulso e o puxo para o corredor que eu havia apontado

Paro frente a porta do quarto e me viro para ele em seguida.

— Sempre estou certa - Falo e ele da de ombros

Abro a porta adentrando o quarto em seguida e o vejo fazer o mesmo fechando a porta em seguida.

— Você tem bom gosto para hotéis - ele fala e eu me jogo na cama

— Tenho bom gosto para tudo - Falo respirando fundo

— Como sabia que esse era um bom hotel? - ele pergunta se sentando na cama e encostando na cabeceira

— Eu já vivi aqui queridinho - Falo rindo baixo

— Perdão madame... Esqueci desse detalhe - ele fala rindo

P.O.V. Justin Bieber

Balanço a xícara de café fitando a mesa enquanto Ouço o pessoal conversar descontraidamente tomando café.

Sinto uma perna bater contra a minha e logo percebo que era o Ryan.

Olho em sua direção e ele faz sinal com a cabeça para que fôssemos ao meu escritório, apenas assinto com a cabeça discretamente.

— Bom... Tenho que resolver uns últimos detalhes do assalto de hoje, nos vemos depois - Falo me levantando e em seguida olho para o Ryan - Venha comigo - finalizo e saio da cozinha indo em direção ao meu escritório

Entro no mesmo indo em direção a minha mesa e apoio os 2 braços na mesma fechando os olhos em seguida.

— Tranca a porta - Falo e Ouço a chave girar em seguida

— Pode me explicar o que está acontecendo? - ele começa e eu tento manter a concentração - Tem 2 dias praticamente que você está mega estranho Justin, o que aconteceu?

— Eu tenho uma filha - falo baixo ainda de olhos fechados e ainda sim consigo sentir as lágrimas querendo sair

— O que? - ele pergunta e a confusão é visível em sua voz - Como assim? Quem é a mãe? Vai me dizer que a Hailey estava grávida de você... - ele fala e eu me levanto passando a mão no rosto - Justin isso é péssimo - ele fala e permaneço de costas para ele

— Eu sei disso Ryan... Eu sei disso tudo, mas não pude evitar, ela só chegou aqui falando que estava grávida e que eu era o pai - Falo me virando para ele e a essa altura as lágrimas já desciam de meu rosto - Eu não posso ser pai, olha a minha vida... A Melissa é apenas uma criança de 5 anos - Falo passando a mão no rosto e ele se aproxima

— O nome dela é Melissa? - ele pergunta e eu assinto - Justin você não pode fazer mais nada agora, a não ser assumir sua filha - ele completa e eu nego com a cabeça - Não pode negar a paternidade de uma criança que não tem culpa de nada disso, porém tem que manter ela distante o bastante desse mundo - ele fala e sinto uma de suas mãos em meu ombro - Vai ficar tudo bem e pode contar comigo

— Eu sei Ryan... - falo soltando um longo suspiro - Valeu mesmo assim - Falo respirando fundo

— Você não me contou como a Selena está vivendo - ele fala e eu nego com a cabeça

— Essa é uma longa história que eu prefiro deixar para outro momento, mas me conta... Aonde vai ser realizado o assalto hoje? - Pergunto batendo em seu ombro

— Ahm... Bom... O banco que íamos assaltar foi assaltado ontem à noite e o dinheiro está em uma propriedade bem conhecida por nós - ele fala rindo fraco - Está na casa do Harry - ele fala e sinto meu sangue ferver

— Como assim na casa do Harry? Por que ele guardaria lá? - Pergunto confuso e com um pouco de raiva

— Se ele guardasse no galpão dele, seria meio óbvio e iriam tentar roubar dele, por isso ele decidiu colocar no local menos procurado, mas o local mais óbvio - ele fala fazendo alguns movimentos com as mãos - Vai dar tudo certo

— Eu espero que sim... - Falo dando um leve sorriso de lado


Notas Finais


Redes Sociais:

Twitter - @ladymrs_bieber
Instagram - malufreak
Facebook - Malu Bomfim


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...